Contribuições étnicas para código regular de dispositivos legais – Ciência e tecnologia: conexões e contextos compostos the ethics of artificial intelligence.     “Nuances litigantes Contemporâneos  para entornos e tópicos de eixos com C e T”

By – United Nations – Educational Scientific and Cultural Organization.( 2019). Charter of Ethics of Science and Techonology in the Region .UNESCO – RB/Science in The Arab States. São Paulo/Paris. Documental original.

Introdução

Contextos básicos de políticas e discurso em dispositivos PP – Códigos e regulações com coeficientes sinalizantes para realidades do circuitos de construção, desenvolvimentos e processamentos e manuseios diversificados de área disciplinar de informação e conhecimento – Tecnologias e ciências basicamente em inteligência artificiais. De modo que corpos de academias mundiais reafirmam a necessidades de reconhecimentos de políticas reguladoras e lei legislativas nacionais e internacionais em áreas do conhecimento de conexão sistemática de visão para construção de referências e mostras singulares indicativas, perante cadeias e segmentos para propriedades intelectual de criação, invenção e outras ordens em ciências e tecnologia, a exemplo de: Engenharias de softwares; Ciências da computação; Informática ; Analise de sistemas e avanços em TICs, e etc. A ONU – Nações unidas e parcerias com governantes de países construtores de Pp – Políticas públicas e outros segmentos, congregam de discussões dentro da UNESCO – Nações unidas para educação cientifica e cultura organizacional em âmbitos de uma língua inicial para vertentes aberta cientifica – Ciência e tecnologia: Com textos de discursos e defesas fundamentais e princípios para: A Ética de ciência e tecnologia em diversos Continentes, em especial o documento – Charter of Ethics of Sciense and technology in the Arab Region – Composition of the AD HOC EXPERT GROUP (AHEG) FOR THE RECOMMENDATION ON THE ETHICS OF ARTIFICIAL INTELLIGENCE. Neste encontramos contribuição internacional de conexões de membros de profissionais pesquisadores: Cientistas; pesquisadores; profissionais. Ainda instituições; Organizações; Corporações; Centros de pesquisas, em cunho governamental e não, e etc. Neste perfaz reconhecer referência para uma análise breves, alinhados na proposta de defesa contidas no mesmo referencial em caminho, para acentuar fundamentos abordados e coeficientes em avanços e circunferências de regulações e leis em cadeia disciplinar e suas diversidades a serem aplicadas.

Eixos dispositivos – Ciência e Tecnologia: Charter of Ethics in the Arab Region

Princípios underpinning the charter

· Integridade e segurança

· Respeito pela dignidade humana

· Bem – estar animal, preservação e proteção do meio ambiente

· Benefícios e não malefícios

· Justiça e proteção de direitos

· Liberdade

· Abertura e comunicação privada

Membros e composição recomendação: Group (AHEG)

O documento localizado como em – Section of Bioethics and Ethics of Science – UNESCO. Distribui listas compostas de recomendadores acadêmicos por segmentos em áreas disciplinares de pesquisas, estudos, e ensino dentro de ciência e tecnologia. A academia de composição abrangem 24 membros indicadores por recomendação, em países, tais como: Ms – Mme Carolina Inés AGUERRE REGUSCI – Uruguai; MS/Mme – Teki AKUETTEH FALCONER – Ghana; Ms/Mme – Latifa Mohammend AL – ABDULKARIM –Saudi Arabia/Arabie saoudite; Mr/M – Mohamed Alloghani – United Arab Emirates – Émirats Arabes Unis; Mr/M Maxim FEDOBROV – Russia Federation /Fédération de Russie; Ms/Mme – Constanza GOMEZ MONT – México /Mexique; Mr/M – Tim HWANG – United States of America/ États – Unis d´Amérique; Mr/M. Robert KROPLEWSKI – Poland- Pologne; Mr/M. Octavio KULESZ – Argentina/Argentine; Mrs/Mme – Irena NESTEROVA – Latvia /Lettonie; Mr/M. Jean Philbert NSENGIMANA – Rwanda; Mr/M. Luka OMLADIC – Slovenia/Slovénie; Ms/Mme – Julie OWONO ASSEVINI – Cameroom – Cameroun; Mr/M. Edson PRESTES E SILVA JUNIOR – Brazil – Brésil; Ms/Mme – Golestan(Sally) RADWAN – Egypt/Égypte; Ms/Mme – Fátima ROUMATE – Morocco/Maroc; Ms/Mme – Emma RUTTKAMP – BLOEM – South Àfrica – Afrique du Sud; Mr/M. Amandeep SINGH GILL – India/Inde; Mr/M. Osamu SUDOH – Japan – Japon; Ms/Mme – Catherine TESSIER – France; Mr/M. Peter – Paul VERBEEK – The Netherlands /Pays – Bas; Mr/M. Adrian WELLER – United Kingdom – Royaume – Uni; Mr/M. Sang Wook YI – Republic of Korea – République de Corée; Mr/M. YI ZENG – China – Chine.

Ética da produção científica e tecnológica

A produção ciência e tecnologia depende principalmente de pesquisas científicas e existe um número significativo de atores que contribuem com ela, direta ou indiretamente. A proteção, promoção de ciência e tecnologia envolvem responsabilidades éticas, algumas das quais são aplicável a todas as fases da produção científica e tecnológica enquanto outras são aplicáveis a uma determinada fase, como mostrado abaixo:

Responsabilidades éticas aplicáveis a todas as fases da produção científica e tecnológica

Responsabilidades governos

a) Desenvolver e aplicar políticas que promovam a produção de ciência e tecnologia e a cooperação entre produtores de ciência e tecnologia ( universidades e centros de pesquisa e usuários, nas diferentes níveis produtivos e conscientizados da importância da ética em pesquisa científica;

b) Desenvolver e aplicar políticas que incentivam todas as instituições a estabelecer comitês de ética especializados e intra disciplinares para avaliar as questões científicas, sociais, éticas e jurídicas dos projetos de pesquisa, fornecer conselhos sobre as implicações éticas desses projetos e promover uma cultura de diálogo e conscientização da importância ética em pesquisa cientifica;

c) Adotar o ensino da ética como parte de cursos obrigatórios o mais amplamente possível e em várias disciplinas;

d) Proteger as liberdades públicas e individuais que garantam liberdade de pensamento e criatividade, tomar medidas para garantir que os trabalhadores científicos respeitem a responsabilidade pública;

e) Capacitar todas especialmente as mulheres, a participar de disciplinas científicas e outros aspectos da vida econômica e social;

f)Disseminar a cultura as participação pública e desenvolver mecanismos para permitir essa participação em todas etapas dos projetos nacionais;

g) Promover políticas que orientam as atividades científicas em Direção a áreas estratégicas que atendam as pessoas em todos os setores da sociedade e garantam a capacitação em ciência, tecnologia e inovação e suas aplicações;

h) Proporcionar as melhores condições de trabalho possíveis para os trabalhadores científicos em todos os setores em que a pesquisa científica é realizada;

i) Codificar a proteção do conhecimento tradicional e dos recursos genéticos e ter em conta o patrimônio, os costumes e as tradições positivas das comunidades que habilitam a terra de um projeto, nos princípios de conformidade e nas disposições dessa carta;

k) Regular o uso racional de recursos naturais, incluindo Terra, Água e recursos minerais;

l) Desenvolver e fazer cumprir legislações que abranjam experiências humanas e a proteção da vida e dignidade dos seres humanos;

m) Aplicar leis que protejam a propriedade intelectual e os tratados internacionais retificadas e relacionados e desenvolver mecanismos necessários para sua operacionalização;

n) Garantir e fazer cumprir legislações que protejam o bem estar dos animais utilizados na pesquisa científica.

Responsabilidades das instituições engajadas em toda produção de ciência e tecnologia

A principal responsabilidade das instituições é proporcionar um ambiente ético propicio a através ciência e tecnologia e a pesquisa científica responsável, através da seguinte:

· Adote as disposições desta carta e inclua no regulamento interno da instituição um código de ética que identifique claramente as regras que regem a conduta científica responsável e realize uma revisão periódica de tais regras, orientadas por documentos éticos globais. O código institucional de ética deve identificar práticas irresponsáveis na produção de ciência e tecnologia e mecanismos para lidar com essas práticas;

· Promover à conscientização sobre cartas, regras de procedimento e documentos de ética nacionais e globais que identifique comportamentos, políticas e procedimentos responsáveis e irresponsáveis a produção de ciência e tecnologia, pesquisa científica; disponibilize esses documentos e explique – os claramente a todos os trabalhadores das áreas de ciência, tecnologia e conhecimento;

· Forneça treinamento e explicação contínuos dessas regras de procedimentos por meio de trabalhos especializados que desenvolvam as capacidades necessárias para uma conduta ética responsável;

· Fornecer supervisão e aconselhamento contínuos sobre comportamento ético responsável;

· Estabelecer comitês de ética em todas as disciplinas para supervisionar a implementação e avaliação desta carta e o compromisso dos trabalhadores científicos com ela;

· Fornecer espaços especiais para o cuidado de animais experimentados que atendam as suas necessidades comportamentais e biológicas.

Responsabilidades dos trabalhadores científicos (pesquisadores, científicos, treinadores, assistentes, técnicos e estudantes).

· Estar ciente da carta e dos regulamentos, leis e políticas relevantes adotadas pelo Estado e acompanhar as emendas e atualizações, especialmente aquelas que promovem e regulam vários aspectos do trabalho na produção científica e na pesquisa científica;

· Liga as disposições dos estatutos e as políticas éticas internas relevantes e regras de procedimentos aplicadas em suas instituições;

· Respeitar as especificidades éticas, e culturais de diferentes sociedades( Religião, costumes e tradições) e sem violados princípios da carta;

· Impedir a interferência de agências de financiamento, nos resultados da pesquisa;

· Limitar a experimentação humana, a pesquisas que não possam atingir seus propósitos, exceto por meio de tal experiência;

· Garantir o bom tratamento do ser humano, evitar danos a ele e sua dignidade e que a pesquisa científica seja direcionada principalmente para seu benefício;

· Obter o consentimento livre e informado do sujeito humano ou de seu representante legal para participação voluntária Antes de realizar a pesquisa;

· Adotar todas as medidas apropriadas para proteger os vulneráveis e as pessoas em risco que participam da pesquisa e adotar os meios adequados para obter seu consentimento informado ou o de seu representante legal;

· Respeitar a independência, privacidade confidencialidade das informações pessoais de sujeito humano; as informações pessoais não devem ser exploradas de maneira prejudicial, difamação, chantagem ou lucro; dados pessoais que revelam a identidade do sujeito não devem ser usados sem a obtenção de seu consentimento prévio, livre e esclarecido. Esse consentimento não deve incluir garantir condições que violem os direitos humanos do sujeito ou o impeça de recorrer à lei no caso em que ele /ela sofra algum dano devido á participação como sujeito da pesquisa;

· Esteja ciente da responsabilidade pelo bem estar animal e evite realizar pesquisas com animais sem um objetivo justificado;

· Limitar o uso de animais em experimentos a pesquisas que só possam atingir seus objetivos através desses experimentos;

· Reduzir o número de animais utilizados na pesquisa o máximo possível e substitui- Los por outros modos de pesquisa apropriados;

· Animais de reposição – o máximo possível- da infiltração injustificada de dor antes, durante e após a experimentação;

· Estabelecer condições apropriadas para os animais que atendem , as suas necessidades comportamentais e biológicas;

· Abster- se de contribuir para qualquer projeto de pesquisar que prejudique a sustentabilidade de meio ambiente e seus recursos naturais e diversidade biológica que conflitos com a objetividade da pesquisa.

Responsabilidades de fundamentos agências de ciência e tecnologia

a) Contribuir para a conquista d desenvolvimento humano sustentável através do desenvolvimento humano sustentável através do financiamento de pesquisas científicas direcionada a prioridade em benefício das pessoas e que respeitem a dignidade humana e que não causam danos aos animais ou ao meio ambiente. Dando prioridade à pesquisas abordando os desafios sociais mais prementes;

b) Comprometer se a fornecer aos sujeitos de pesquisa acessos aos resultados da pesquisa, quando esses resultados tiverem de se mostrado eficazes e sempre que os indivíduos precisarem, sendo uma responsabilidade ética conjunta de agências e pesquisadoras financiadoras;

c) Comprometer se a não impedir a impedir as publicação de resultados de pesquisas financiadas e evitar interferir em seus resultados;

d) Abster de exercer qualquer tipo de pressão sobre o pesquisa em qualquer fase da pesquisa financiada para alcançar um interesse que conflita com a objetividade da pesquisa.

Treinamento, orientação e supervisão

A pesquisa não pode praticar atividade científica com a eficiência e qualidade esperadas sem treinamento, orientação e supervisão. Portanto, o desenvolvimento contínuo de uma e de outras, científica e profissionalmente, tornou se um imperativo ético.

Responsabilidades dos governos

· Adotar medidas e políticas para garantir igualdade de acessos a treinamento e oportunidades de trabalho em pesquisa científica para todos- sem discriminação baseada em cor, religião, gênero, raça ou outra;

· Incentivar iniciativas educacionais que promovem o ensino de todas as ciências e tecnologias em diferentes escolas ou instituições de ensino e incorporar tópicos interdisciplinares nos cursos curriculares de ciências; usar métodos de ensino que fortaleçam as habilidades pessoais dos alunos e habilidades mentais especiais como o uso da abordagem científica; a capacidade de ensinar um problema no todo ou em parte e as habilidades para descobrir e isolar as implicações éticas de um problema para resolver – lo;

· Treinar adequadamente o pessoal envolvido no fornecimento de treinamento.

Responsabilidades das instituições envolvidas na produção de ciência e tecnologia.

a) Garantir que todos os trabalhadores científicos, sem discriminação, recebam treinamento contínuo em todas as fases da produção científica, desde a seleção do problema de pesquisa, passado pela metodologia e estrutura da pesquisa ate a publicação dos resultados da pesquisa;

b) Incorporar ao treinamento as medidas de proteção ambiental, as condições individuais de segurança e a ética da pesquisa científica;

c) Disponibilizar a carta de outros documentos necessários no comportamento responsável da pesquisa e o código de ética da instituição, incluindo procedimentos para a proteção de seres humanos e animais utilizados na pesquisa científica.

Responsabilidades de trabalhos científicos

a) Trabalhadores científicos mais experientes, ou chefes de equipes de pesquisa, devem supervisionar os mais jovens desenvolver suas habilidades treina- Los e orienta- Los para que possam desenvolver adequadamente suas atividades de pesquisa e criar em ambiente de pesquisa saudável;

b) Consolidar padrões éticos básicos entre jovens cientistas; o mentor ( o cientista mais experiente e qualificado) deve fornecer um modelo para os menos experimentes na aplicação dos princípios éticos;

c) O cientista deve respeitar seus alunos e os cientistas mais jovens e incentivar seu pensamento crítico e, independente;

d) O científico não deve dificultar ou impedir que seus alunos se comuniquem com outros instituições científicas.

A ética da transferência e localização da ciência e da pedagogia

A transferência e a localização da ciência e da tecnologia geralmente envolvem a produção das ciências. Consequentemente, a maioria , suas responsabilidades contidas na seção 2.2. se aplicam também a transferência e localização. A ética da transferência e localização de ciência e tecnologia implica as seguintes responsabilidade adicionais.

Responsabilidades dos governos

a) Desmarcar uma política que, identifique as áreas estratégicas da ciência e tecnologia nas quais a transferência e A localização devem ser promovidas, do ponto vista de alcançar o interesse público e com base em uma avaliação das necessidades científicas tecnológicas ;

b) Promover políticas e práticas de abertura e comunicação frutífera consigo mesmo e com os outros;

c) Desenvolver políticas nacionais que apoiem a capacitação de indivíduos através da expansão de oportunidades de participação em todos os campos das atividades econômicas e de serviços para todos os cidadãos, sem exclusão ou marginalização;

d) Promover a cultura do pensamento científico para ele se incorpore ao tecido cultural da sociedade. Isso pode ser alcançado através do desenvolvimento de políticas, educação e mídia específicas e da adoção de padrões referência para avaliar as atitudes do público em relação a ciência;

e) Promover a conscientização e a cultura de respeitar os direitos de propriedade intelectual;

f) Fazer cumprir o estado de direito, especialmente na área de proteção à propriedade intelectual, para garantir a transferência de ciência e tecnologia e ajudar a localização;

g) Estabelecer uma alocação financeira mínima no orçamento geral para a transferência e localização de ciência e tecnologia e instar as instituições que operam em todos os setores produtivos a alocar recursos em seus orçamentos para esse fim;

h) Fornecer treinamento e qualificação adequados relacionados ás aplicações da ciência e da gestão do conhecimento nas diferentes instituições;

i) Incentivar o investimento estrangeiro, considerando um dos mecanismo mais eficazes e rápidos para aquisição, transferência e disseminação de ciência, tecnologia e conhecimento transfronteiriços;

j) Fornecer acesso público gratuito ás tecnologias da informação e comunicação, e treinamento sobre seu uso, para promover seu papel vital no acesso e na transferência de conhecimento e na rápida disseminação da ciência;

k) Incentivar os imigrantes árabes que trabalham na ciência para beneficiar seus países com seu capital científico e do conhecimento, e contribuir para o desenvolvimento de seus países.

Responsabilidades das instituições

a) Conscientizar sobre a importância da transferência de ciência e tecnologia como um passo essencial para localização e produção na região árabe;

b)Desenvolver o gerenciamento de ciência e tecnologia – como uma competência incorporada na estrutura, liderança e cultura da instituição inclusive – para maximizar o retorno do capital da ciência /conhecimento;

c)Desenvolver as capacidades e habilidades de seus membros na transparência e localização de ciência, tecnologia e novos conhecimentos incluindo a capacidade de negociar o acesso a tecnologia;

d) Comprometer se a estabelecer e usar intensivamente sistemas de informação de alta eficiência;

e) Expandir parcerias regionais e globais de cooperação científica para promover o crescimento e desenvolver ações conjuntas com todas os países;

f) As instituições financiadoras de ciência e tecnologia devem oferecer oportunidades de financiamento para pesquisas conjuntas que um ambiente propício á transferência de ciência e tecnologia.

Autoria

Responsabilidades das instituições

· Desenvolvimento de um padrão para escolher o conceito de autor, a fim de evitar qualquer disputa sobre a elegibilidade de uma pessoa ou pessoas a insultar…Esse padrão é frequentemente incluídos na política institucional de propriedade intelectual…;

· Incorporar ao treinamento as medidas de proteção ambiental, as condições individuais de segurança Eva ética da pesquisa científica;

· Disponibilizar a carta e outros documentos necessários em um comportamento de pesquisa responsável e o código de ética das instituições, incluindo procedimentos para a proteção de seres humanos e animais utilizados na pesquisa científica;

Responsabilidades de trabalho/Autor científico

a) Ser cientificamente proficiente no campo da pesquisa;

b) Ter um conhecimento profundo de referências, artigos científicos publicados e dos últimos desenvolvidos em seu campo de especialização antes de escolher a ideia de pesquisa;

c) Abster se de se apropriar das ideias de pesquisa inovadoras de outras pessoas;

d) Seja preciso e verdadeiro ao apresentar trechos ou citações de outros pessoas e indique claramente a fonte da citação ou trecho;

e) Ser objetivo na coleta de material científico;

f) Evite usar atividade de pesquisa para anunciar qualquer proposta pessoal ou qualquer afiliação tribal, étnica ou demagógica;

g) Lidar com dados de pesquisa com toda integridade e objetividade e abater se de modificar os dados para apoiar uma hipótese específica ou em resposta a pressão do organismo financiador ou qualquer outra entidade;

h) No caso da autoria conjunta, os novos de todos que participaram da pesquisa ou da autoria – e apenas esses nomes – devem ser incluídos, para que nenhum dos contribuidores reais, sejam adicionados sem justificativa científica.

Publicação de resultados científicos e de pesquisa

A pesquisa e produção científicas não são consideradas completas sem a publicação científica responsável, que visa promover a pesquisa científica em apoio ao benefício público.

Responsabilidades das instituições

· Garantia que todos as partes de pesquisa científica conheçam a natureza e os limites;

· Garantir uma política clara para proteger os direitos de propriedade intelectual;

· Incentivar a publicação especialidades, classificadas internacionalmente;

· Promoção de publicação científica em toda Arábia.

Responsabilidades científica de trabalhos/pesquisas

a) Procurar publicar resultados de suas pesquisas em benefício do publico, contribuir com seu campi de especialização e obter propriedade intelectual;

b) Abster se de fragmentação injustificada dos resultados da pesquisa para publica – Los em mais de um campo científico ;

c) Abster se de republicar material publicado anteriormente e enviar pesquisas para publicação para mais de uma editora;

d) Abster se de declarar como “ alcançado” os resultados que não foram totalmente completos; Abster se também alegar que um trabalho e uma publicação em andamento” quando não foi aceito pelo editor para publicação ou ainda não foi avaliada;

e) Reconhecer ia esforços de todos aqueles que contribuíram para a pesquisa científica, por mais humilde que seja a contribuição, mencionando claramente os nomes dos autores e o papel de cada colaborador na pesquisa, incluindo patrocinadores e financiadores;

f) Publicar pesquisas em árabe, além de línguas estrangeiras, se e conforme necessário, para garantir a ampla divulgação dos resultados da ciência e da pesquisa.

Responsabilidades de toda publicação

a) Siga as políticas e procedimentos necessários para garantir a qualidade e a integridade do trabalho publicado;

b) Decidir se aceita ou rejeita a publicação de uma pesquisa baseada apenas em seu valor científico e sem qualquer interferência;

c)Selecione árbitros com competência reconhecida e evite todos os conflitos de interesse;

d) Tome o máximo cuidado para impedir a divulgação sobre a pesquisa submetida a qualquer pessoa que não seja o autor potenciais árbitros e editor;

e) Relate quaisquer dúvidas sobre a maneira pela qual a pesquisa foi conduzida e preparada, sua consistência com a ética da pesquisa científica, bem como dúvidas sobre plágio, fabricação, contribuição republicação .

Princípios e fundamentos éticos: C&T

Segundo carta e política de fretamento, princípios e fundamentos essenciais e responsáveis com seus atores em C&T na região árabe, reconhecida contextos e eixos agregadores de avanços em experiências e cooperações internacionais e internas, neste a UNESCO destaca a reconhecer por documento de mostra unindo a outras políticas prioritárias e básicas como teor importantíssimo para porvir a um mundo ético em Ciência e tecnologia para pesquisa e experimentos de pesquisadores em PP. A publicação oficial objetiva assistir por direção estratégica e instrumento composto por membros acadêmicos científicos e pesquisadores e cooperações e outros, e percebe que:

a) Análise e confronta a partir 2010 a realidade em inteligência artificial em área disciplinar;

b) Análise composto em recomendação do mesmo, primor acadêmico ético em tecnologia da informação em inteligência artificial político – UNESCO.

Ética de aproveitar e usar ciência e a tecnologia

Responsabilidades dos governos

a) Monitorar mercados, agências e instituições para garantir que os padrões de segurança e segurança e apliquem a todos os produtos de tecnologia em uso e proteger os membros da sociedade de todas as formas de dano que possam resultar da não observação desses padrões;

b) Avaliar os efeitos que muitas resultam do não cumprimento desses padrões. Entre os membros da sociedade para garantir seu uso seguro, levando em consideração as dimensões social, econômica, ambiental e legal;

c) Emitir legislações que garantam o uso de produtos de tecnologia de maneira segura é sólida, que não entra em conflito com os direitos de terceiros ou é prejudicial a terceiros;

d) Emitir legislações que impeçam o mau uso das tecnologias da informação e comunicação, garanta a proteção de dados privados e respeite a privacidade de terceiros;

e) Fornecer acesso a todas as formas de tecnologia para que todos membros da sociedade desenvolvam sua capacidade humana e permitam que eles assumam o papel esperado no avanço do Desenvolvimento sustentável;

f) Fornecer acesso aos resultados de projetos científicos para benefício de todos, a fim de garantir o desenvolvimento humano sustentável;

g) Fornecer acesso à Internet e os meios e ferramentas das tecnologias da informação e comunicação para reduzir o fosso digital entre os membros da sociedade e apoiar o princípio da democracia, transparência e responsabilidade;

h) Proteger a liberdade dos indivíduos de usar e desenvolver criativamente todas as formas de tecnologia, respeitando os direitos dos outros.

Responsabilidades de pesquisa e produção instituições (Público ou privado)

a) Proporcionar um ambiente saudável, caracterizada pela integridade, precisão e responsabilidade na publicação, publicidade e valorização dos resultados da pesquisa;

b) Disponibilizar os resultados de projetos científicos e tecnológicos a todos, no interesse as justiça e da igualdade de oportunidades;

c) Dentro da estrutura de proteção à propriedade intelectual, garantir que a entidade que financia a pesquisa não impeça a divulgação dos resultados da pesquisa para benefícios pessoais;

d) Cada instituição participante iy de apoio por escrito para todas as partes envolvidas no projeto científico ( teórico ou aplicado) que esclareça a distribuição da propriedade intelectual, especialmente em termos das recompensas materiais da pesquisa;

e) Aprimorar as capacidades de todos os seus membros para garantir o uso de vários tipos de tecnologia e impedir usos errados e prejudiciais.

Responsabilidades de indivíduos

a) Use produtos de ciência e tecnologia de maneira racional que não entre em conflito com os direitos dos outros e que, preserve a dignidade e a privacidade dos outros.

Responsabilidades da mídia

a) Fornecer uma interpretação precisa e correta das práticas e produtos científicos e tecnológicos;

b) Verificar a previsão, fontes e elaboração cuidadosa de informação científicas antes da divulgação;

c) Evite a discriminação baseada em gênero, raça, religião ou qualquer outra forma de discriminação;

d) Abster se de copiar o trabalho de outras pessoas;

e) Evite todos os conflitos de interesse e relate imediatamente qualquer conflito de interesse inevitável;

f) Declarar todos os erros imediata e publicamente e corrigi – los imediatamente.

Responsabilidades da sociedade

a) Estabelecer e ativar métodos e mecanismos se a supervisão pública for sobre as práticas do estado, setores produtivos (Públicos e privados) e instituições, com base nos padrões e fundamentos éticos da ciência e da tecnologia. Associações profissionais – incluindo sindicatos de engenheiros, médicos e mídia – podem desempenhar um papel fundamental nessa área.

A região árabe – Cooperação regional Unesco e reconhece que, ao documento de fretamento influencia para:

Ø O centro nacional e evolução de C&T de pesquisa e tecnologicamente e desenvolvimento(Argélia);

Ø Academia em pesquisa C&T(Egito);

Ø Universidade de tecnologia (Iraque);

Ø Sociedade científica Royal (Jordânia);

Ø Universidade Ismael Monlay (Motocoo – Marrocos);

Ø Academia ciência palestina e tecnologia (Palestina);

Ø Prime Molammad Bin Fe Universidade (Kingdom da Arabia Saudista);

Ø Universidade Khartoum (Sudão);

Ø Instituto Pasteur Tunis (Tunisia).

· E outras contribuições coordenadas na carta (Grupos, Centros, Cooperações, organizações, empresas e pessoas instituídas.

E outras contribuições conceituais coordenadas em fretamentos (Grupos, Centros e pessoas).

Composição AD HOC especialistas – Grupo AHEG (Para recomendar em ética da inteligência artificial)

Compreende membros 24 pesquisadores cientistas compreendendo organismos, instituições e universidades, cooperações e entidades com suas Cátedras acadêmicas, e áreas com sua reconhecidas avançadas de estudos e pesquisa no mundo acadêmico.

Compreende por determinantes e entornos regionais:

Uruguai; Ghana; Árabia Saudista; Emiraldes árabes; Federação russa; México; EUA; Polônia; Argentina; Letoania; Ruanda; Slovênia; República dos camarões; Brasil; Egito; Marrocos; África do Sul; India; Japão; França; Nova Zelândia; United Kinjdon; República da Coreia e China.

Produção científica conjunta entre várias instituições

A produção conjunta de ciências entre várias instituições científicas e de pesquisa tornou se uma tradição e prática ditada pela natureza das pesquisas multidisciplinares, uma questão que criou responsabilidades éticas para as instituições envolvidas na produção de ciência e tecnologia e seus funcionamento.

Responsabilidades das instituições

a) Cada instituição participante de uma produção científica conjunta deve ter um contrato por escrito com as partes envolvidas no projeto conjunto de ciência/ pesquisa, indicando como gerenciar esse trabalho científico conjunto, o método de distribuição dos resultados da propriedade intelectual e como gerenciar os principais materiais e dados de pesquisa;

b) Cada instituição deve ter uma política clara para gerenciar conflitos de interesse;

c) A pesquisa inclui experimentação em seres humanos, e devem ser obtidas a aprovações dos comitês de éticas de todas partes participantes.

Responsabilidades dos trabalhos científico

a) Concordar desde o início sobre os objetivos e mecanismos da pesquisa, direitos de propriedade intelectual dos participantes, procedimentos para resolver qualquer disputa que possa surgir entre os participantes da pesquisa e procedimentos para lidar com qualquer violação que possa surgir;

b)Relate imediatamente qualquer conflito de interesse potencial ou real em qualquer aspecto de trabalho/ pesquisa científico;

c) O pesquisador principal não deve explorar sua influência para obter benefícios pessoais ou abusar dos direitos que lhes são concedidos para prestar serviços oportunidades ou instalações a alguns pesquisadores em detrimento de outros.

Evolução e revisão por pares

A evolução e a revisão por pares são um passo importante na avaliação científica e incluem a revisão de pesquisas não publicadas, proposto de bolsas de pesquisa e trabalhos completos enviados para promoção ou prêmio.

Responsabilidades das instituições

a) Incentivar seus funcionários e pesquisadores participar de processos de revisão e avaliação por pares;

b)Treinar todo pesquisador ou o processo de avaliação para garantir que ele seja concluído profissionalmente;

c)Desenvolver critérios científicos precisos para avaliar e revisar o trabalho entre pares;

Responsabilidades de trabalho científico e revisão

a) Realizar avaliação e revisão por pares com total objetividade, integridade e imparcialidade;

b)Preservar a confiabilidade dos dados de pesquisa que estão sendo revisados, bem como as propostas enviadas para uma bolsa de pesquisa;

c) Quando solicitado a avaliar ou opinar sobre o trabalho de um colega ou parte relacionada a ele/ela, a pesquisa/ revisor deve divulgar de forma transparente a possibilidade de conflito de interesse( material ou moral) e a possibilidade de existência de um relacionamento entre o avaliador e a parte a ser avaliada o que pose influenciar sua opinião e portanto, sujeita – lo risco de ser acusado de viés. Nesse caso o pesquisador/ revisor deve recusar o trabalho;

d) Abster se de revisar qualquer trabalho científico ou de pesquisar fora de sua especialização, pois isso contradiz o princípio da competência, segundo o qual a pesquisa deve ser cientificamente proficiente e executar apenas que pertencem a sua área de competência.

Tópicos de fretamento ético

a) A caracterização e perfil da carta C&T árabe com estruturas e eixos dimensionados;

b) Fretamentos éticos C&T em toda região árabe (Princípios e responsáveis de seus atores;

c) Referência e anexos.

A terminologia definidas e menções – Documento

Animal; Autor; Fretamento; Meio ambiente; Dignidade humana; Sujeitos humano; Propriedade intelectual Tornar(algo) disponível; Publicação.

Conclusão final

Considerações da abordagem e documento em conjunto com suas recomendações de membros acadêmicos internacional em suas bases regionais de estudos de avanços solidificam consistentes subsídios e avanços entorno da tonicidade terminológica das bases epistemológicas conceituais em avanços para consensos e interligações e experimentos de investigações e estudos científicos contribuídos – Centros institucionais, universitários, pesquisadores, cientistas e outras coordenadas presentes catalogadas regionais internacionais por Nação e Países contribuíram e reconhecimentos da recomendação de pesquisadores, além da reunião e participação da UNESCO – Educational Scientific and Cultural Organization – Charter of Ethics; compressões para apreciações de aspectos e segmentos para aplicabilidade e investigações para suas epistemologias disciplinares e vertentes para normalização e regulações promissoras para o cunho ético e adequações, suas contribuições em infinitudes terminológicas existentes e seus avanços sustentáveis, em contextos presentes solícitos da Era Digital e ciências – C&T descompensadas de ajustes nobres da regulações e relação das sociedades e comunidades com a relação de acessos e consumo em seus bens produzidos e desempenhos: criativo e intelectual, desenvolvidos e fabricados constructos . O desafio das ciências e tecnologias colocam a humanidade no centro, para administrar harmonicamente e equilibradamente as faces da natureza e riquezas materiais e usualidades, sua sustentabilidade: Usando; criando; reduzindo; reciclando; reusando e fabricando. Na linha de desenvolvimento social e econômico, para transformações das sociedades evolutivas, sem perdas de preservação, conservação e instancias de regeneração naturais, e a ciência e tecnologia com sua cooperação criativas coo participantes. Princípios éticos regulares imprescindíveis serão essenciais para C&T e a humanidade futurando de suas resultantes e atuantes éticas.

Referência bibliográfica

1. United Nations – Educational Scientific and Cultural Organization.( 2019). Charter of Ethics of Science and technology in the Region .UNESCO – RB/Science in The Arab States. Pp.30. São Paulo/Paris. http://www.en.unesco.org

2. Unesco. Commicion AD HOC specialusts Group AHEG. (2017). Recommendation ok Science and Scientific Researchers. Paris.

[Santos, Jusenildes. , (2020).Contribuições Étnicas para Código Regular de dispositivos legais – Ciência e tecnologia: Conexões e contextos compostos The ethics of Artificial intelligence. “Nuances litigantes Contemporâneos para entornos e tópicos de eixos com C&T” . University Europeia Atlantic . Ibero americana. TIC – Projetos . Docência prática . Teologia e política – FCP. Org. Tradução e estudos, 2020] .

Publicado por

jusenildes

Pesquisadora Ciência da Informação - TIC digital Aprendizagem e conhecimento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s