” Deus de Deus, Luz da Luz” – Cor de Deus: Muito além

Ícone 💯
Fonte: Utensílios arqueológicas

A Leitura – Quadro histórico cronológico vertiginoso e resgate

A graça, que ilumina reflexões de conhecimento afirmam termos, em sintonia e em luz inspiração Divina. A leitura de linguagem e códigos presentes, buscar dados de informação históricas – Calendário arqueológicos Romano, de profundidade e ausências  em déficits  de raízes, hoje em cativas lembranças de correntes, para pontes de Guerras:” A sobrevivência com o Divino, e sem as buscas do imaterial e imortal – A Vida e o eterno – O Êxodo de étnicos povos Hebreus,  mais afirmantes que Judeus”.

Diante da fé, a razão com a Ciência, revistas, (Anderson, A, y Garmis L., 2002), auxílios historiadores e exegetas cientistas, pesquisadores, que vertentes achados arqueológicos: Dados com informações resgates acertou conciliares entornar para claridade na fé – Utensílios recuperados esboços patriarcados, líderes proféticos de povo Judeus – Moisés e Josué – Egito, então Novo Império (Dinastias 18a a 20a) – Décadas A.c.1552 – 1070, Capital: Tebas.

Resgate: As afirmações  de contornos patriarcados e Império

No Egito antigo, cerca de 1250( Ibidem). Estelas de Seti I e de Ramsés II em Betsa(Beisa). Os Hebreus em regime de Corveia contrapostos (Sig. real – do latim corrogare, exigir, através do francês corvée) é uma obrigação presente no modo de produção feudal e correspondia ao tributo medieval obrigatório escravo,  demandas as construções, e nesse tempo construir PI – Ramsés. Sábias medidas de impedimentos ao ritmo de trabalho, por violências , e multiplicação de regime escravo. Inspetores de obras, e retornos de metas exigidas, e assim a construção ao Faraó,  as cidades – Armazéns de Pitom e Ramsés, (Ex.1, – 15).

Fonte: Localização Antigo Império

Consequências: Motivações pela fecundidade e fertilidade – Multiplicar a população. Contrapostos de medidas, Império de excluir nascituros masculinos, e afirmar femininas, barreiras multiplicadores ao trabalho, de força masculina ao campo, por confronto de domínio e impulso a cerca preparada, para Libertação. Aumentou a população e mulheres passaram ajudar, seus entes familiares, no laboral diário. A libertação e vestígios étnicos: Sem curas, déficits e profundas feridas

Trilhar nesta contemplação, em princípios fundamentais e culturais afirmantes, presente desde patriarcados, proféticos situam alianças, de propostos de construção de sociedades congruentes, e convenientes, unidas de comuns laços, em Divinos da natureza de filhos, rever e sim afirmar libertados, e não cativos, caritos, pelo então – Nova aliança Jesus, sinal inovador, de ardor: Evangelizar para: Aproximar, unir, aliar, congregar, juntar, resgatar, reconstruir pontes, por um porvir mais além de vidas do imaterial e imortal, pelo valor a vida.

Pós – Modernos: Rumos contrários Ressurgem – Europeia

Fonte: Campo de concentração Auschwitz

Séc XX, mediante da I Guerra (1914-18), consequentes a II (1939 – 45), conflitos étnicos de imposição transnacionais umas sobre outras, impedimentos e barreiras, retornam, a história – Povo Judeus, enraizadas na Europa, importantes pelo desconcensos, nazismo Alemão no Sul da Polônia impõe anexantes eixos, sob perspetivas desconstrução de vidas. O fundo: Instalação de regime militar de rigores, campos de concentração Auschwitz e Terceiro Reich, cativeiros em cárceres de Povos Judeus. Sediam as estratégias de medidas, em horrores da Guerra – Holocausto sinal e símbolo . Que não entonação e detrimento de todos, pela ligação étnica vigente, mais frentes opostas raciais anti – Semitas.

Fonte: Campo de concentração Auschwitz

Esse quadro, Cronos, de cativos em famílias ligadas, sem libertação, e com feridas em suas básicas linguagens culturais, religantes em Deus. Ainda hoje, Contemporâneos década Primeira e Pós década – Séc XXI, somos mais materiais e mortais. Determinantes, sem fios e elencos atores: Povos étnicos entrelaçados, próximos e entes, religados Divinos, nos afastam e nos dividem, refletem e ganham intolerâncias, espaços e campos das Ciências e tecnologias, em descobertas, para diminuir distâncias curar nossas gripes, com fé e laborais de elos, por étnicas herdeiros Povos e Nações em circuitos prósperos de laços de amizades e caminhos de P – PP, pois seres organizados – Instituições ONU – DUDH 1948 etc: Cientistas e pesquisadores, assistentes infindos e construtores em “Cor de Deus” – Avanços e outros déficits e questões nos afastam.

Fonte: Imagens resgates população cárceres

Vida eterna: Imaterial e imortal

Alianças construtores, sem amor imaterial e imortal, fiel não nos levam ao construir virtudes e talentos Divinos, além raízes e feridas a serem curadas, e libertadas. O respeito pelo ente litigantes em “Deuses”, passageiros, separam e destrói vidas e amor de famílias, com suas comunidades. Esse livre arbítrio, ciente consciente em origens políticas em Nações e instituições com entidades erguidas, Pós – Guerras de 1946, em bases congregadas na ONU – Compromissos de chefes de Estados, de Direitos representados e deveres com infinitos construtores e instrumentos sediados centrais e descentrais, a luz de vigílias e inspiração ao conhecimento – Aproximar um Todo.

Discernir inspiração : Une a todos, aproxima conhecimento, de um todo

Estado laico, que divide – se: “Apartam, Segregam e omissões instituídas, movimentos, divisões pseudo pano ante democrático, profundo afastamentos de comunidades, povos, étnicos sentidos históricos e culturas, que distanciam eixos agregadores e não por alianças congregados, e que não centraliza no Todo, não faz, o curso de leitura de Todos, se trajeto ante políticas por lemes dispositivas disparates, compreensão de entornos, por bases em medidas de impedimentos e barreiras de representantes ante regulares, consequências: Retornos da história improdutivas de relação social de indivíduos organizados de políticas normais em retrocessos: Entornos de resgates, que alimentam bolsos reativos, segregantes, contextos, por levantes e perspectivas apartes étnicos ou grupos de indivíduos – Apartheid de seus atores e indivíduos, em ante Inserção sociais também de suas riquezas e oportunidades, refere-se a Separação, diminuição do laicato distribuídos, mínimos e diminutivos, a Y ou X demandas e comunidades em P- PP. Se as leis presentes inativas, que enlaçam P- PP por Constituídas e complementares e violam atuais, desfaz leis maiores e caritarios religantes, compromissos iguais e acessos para todos. E neste, interfaces de tributos, que lembre-se compreendem por contribuições de impostos, em administração por união, diferenciais, para pluralidades e diferenças, são de pontuais, códigos laicos, direitos e deveres efetuados, e redistribuídos em P- PP e déficits perfis da escala sociais e econômicos. Es Brasis em Brasis: Um percurso peculiar de Natureza a ótica de olhar, se vantagens e em desvantagens, a serem preenchidos, e estes elos “Conexos de Seres e Vidas, referenciais teóricos, em conceitos científicos sustentáveis para processos e sistemas, numa proposta da sustentabilidade, converta- se em profundo equilíbrio, práticos de convivências…, [Capra, F., 2002].

P- PP e Desarticulação: DH e Leis regidas Constituídas Ativas Instituídas – Laico

A sobrevivência de Estado Laico, suas articulações bem por trajetos e atuação a unirem, que em comum partilhados, convergem ações: Libertação e curas de ferimentos, em doenças crônicas, em tempos cronológicos, que as diferenças de referentes: Línguas, culturas, eixos sócio – econômicos e outros, à práticas da provocações, covardes de éticos morais, céticos da fé, presentes em primitivas vencidas, não educativas Contemporâneas redutantes, de barbáries, contraditórias mídias e das redes comunicativas. Foram no passado reconhecidos, fatos em circulação mundiais, revistas em tribunais internacionais, de ativos Governados, que convergiram, para amplitudes de atos de reflexos genocidas.

A valorização da vida, inviabilizam geradores de entornantes de perdas, lutos e depressões da saúde de seus povos, e doenças à natureza de suas Nações, em líderes. Que a consciência encontre o curso a reconhecidas lideranças ativas de posições responsáveis.

A cor de Deus – Alianças civis por constructos humanos

Conceitos religam livres e possíveis, a humanidade em Estado Laicato no princípio de caritos – Amor ao próximo,  gratuito, se concorrentes, mais entornados das iguais oportunidades e viáveis por justiça, oponentes aparecem sem destrono, da covardia em desrespeito à suas leis. O que convergem: Representantes instituídos de comunicação: Diálogos, formações, estudos, regulações presentes, mecanismos conciliares por aproximações, recursos de apoio político e consulta – Plebiscitos e outros, são recursos importantes, rápidos ao Povo e Nação por questões imprescindíveis, construir novos caminhos referenciais do conhecimento e cultura marcados, de conjunto desta humanidade.  Partícipes, destes nichos, e alertas  reconstrutivos.  Todos em nacionalidades étnicas participam por direitos iguais, uns segmentos opostos instigam pelos destrono instituídos, outros a refazer por minorias, e muitos construindo conceitos éticos morais e virtuosos, crentes da valorização da vida, sem perdemos o foco – Vida imortal e imaterial.

Analogia pública de Jesus e a multidão com presença de irmãos, irmã e a mãe a espera – Lo para um aparte, um mistério Mariano providencie, ao intervir,  enriquecem, firmes posições de vida, ao simplificar, a exortação perante Deus, somos diferenças na perfeição da Criação  e iguais, cada um num todo, enquanto Corpo mistério, em a seu tempo, no tempo. [“…esse é meus irmãos, irmã e mãe…, Mt.12, 46 – 50]. A comunidade, espiritualidade e família convergem,  por acentuar, graus de parentescos, nas medidas do amor simplesmente dia – a –  dia, vai além.

Conclusão

Uma reflexão contemplante, enraizada com busca ao conhecimento divino, sob   hinos de temor e tremor, alimenta contornos de profundidade, as ciências auxiliantes iluminadoras de zelo, para maior conceitos e tonicidade “Escritos Sagrados”,  interpretações de exegetas oficiais pesquisadores e cientistas de grandes equipes e recuperações de resgates e achados, com Informações super codificadas, com diversas signos e símbolos, e  identificadas, com parâmetros e a esses rigores, a científicos e também tecnologias, adicionam epistemológicas,  com requerimento conjuntos: Teóricos invocativos e práxis, para amplitudes terminologicas, e uma diversidades de informações, exercícios desempenho, também acadêmicos e outros de aprendizagem subtraí e somam conhecimento á Deus,   diversos Povos,  e fundamentais princípios, na humanidade Divina – Somos imateriais e imortais, além da cor de Deus.

“Deus laico religantes, também com Fé,  Razão e Ciência para a valorização da vida:  Imaterial e imortal – Eternar, [Santos, J. 2020]”

Notas: 1. wik – Corveia: real(do latim corrigir, exigir, através do francês corvée), é uma obrigação  presente no modo produção feudal e correspondia,  ao tributo medieval obrigatório escravo.

 

Referência bibliográfica

1. Bíblia Jerusalém. (2002). A cronologia – Calendário histórico: Resgate arqueológicos[Trad. Exg.: Anderson, A.F. y Garmis, L.], ], Pp.1299, Paulus, 2002.

2.Bíblia Sagrada.(2004). Evang. Mateus.[Trad. Materiais, Res. F . Monges João Castro]. OFM, 1959 – Bélgica. Ave Maria,   São Paulo.

3. Capra, F. (2002). As conexões ocultas –  Ciência pura: Uma vida sustentável. Cultrix, São Paulo,  2002.

4. Enciclopédia Wik.(2020). Guerras I 1914- 8 e II Guerra 1937 – 46 Mundiais com instalação  Holocausto – Terceiro Reich de Auschwitz Sul da Polônia (Campos de Concentração). Polônia, 2019.  Wikipedia

5. Nietzsche, F.(1888 – 5). Principais obras. Tom B – Bowdom: 50 Clássicos da Filosofia [Trad. Pete Rissatti], Pp.292- 9, Bendira.2019, São Paulo.

6. ONU – Org. Nações Unidas.(1948). DUDH – Assembleia da ONU.  Washington, 1948. [Doc.Official]. Wikipédia.

[Artigo: Santos, Jusenildes.(2020). Deus de Deus, Luz da luz: Cor de Deus – Muito além. FAPESP – Incentivo Apoio a Pesquisa – São Paulo, 2020]

Publicado por

jusenildes

Pesquisadora Ciência da Informação - TIC digital Aprendizagem e conhecimento