NUBENTS – BRIDES: Sexuality and chastity

Only God fills us!”

God’s grace is a blessing in God’s

Sexuality: Exhortation in the sixth commandment

The exercise in knowledge of God, the opening of grace, enters into grace, in the Divine Trinity, the likeness while to the newlyweds, is perfected in the love of the beloved and chosen, on the way to spouses, to strengthen their indissoluble Unity. By this grace, they help each other and married life, to sanctify themselves, [Cat. Igr. 164I]. Distant from Trina’s life, one in Faith, in the mystique of the Body, it is perfected in Love, perfect in God, in fullness, unknown to the “H and M”, more possible with God.

Spouse on the way, grace does not alienate us, but also open the routines of the duties of moral and social ethical incession, as Church of Christ. We are civil exercises, we have rules, norms, laws, duties to be fulfilled and verified by commitments of service and love in our neat professional apostolates, which we have perfected at our disposal (Professionals, meters and teachers, scientists, researchers, civil servants, to the near and near and everyone). Apostolic service: “Lay people, like all the faithful, by virtue of Baptism and Consecration, are entrusted by God with the apostolate; therefore, they have an obligation and enjoy the right, individually or in association, to work so that the divine message of salvation is known to all men and to all the Earth, [Cat. Ig.900] ”. Conscious Christians live very well, this mystery of grace, and fullness in faith. A hug that the newlyweds should add to this exercise of life, not far from spouses: “Since it is characteristic of the lay state to live in the world and secular businesses in the world as leaven, thanks to the vigor of its Christian spirit, [Cat. IG. 940]. How wonderful to know that consecrated marriage, we have a sacred commitment to lead with my love and life, the spouse, to help convert into family Holiness and are presenting my part to Cistela. Who seek to meditate, knowledge of the Gospel and deepen formation, whatever Con. + Sacred. Every encounter is a Christian life.

.Chaste and believers: Only Jesus Fills us!

In full openness, in line with blessings in grace, chastity, BEING for our loved ones, in the integral experience of our life, N ’le with Him, together Whole, and not crumbs of love. This circuit of chaste people, of course, can never seek life that is part of shady ways of being, hiding places and miseries in circumstances that incline, decay, seduce and deform the BEING in BEING and making a spouse in BEING. This simple, virtuous and sensible concept of chaste, in the life of chastity, to grow up with a neighbor, and to make the other also come closer to God, integrally, integrating and not in fragmentations. In joys, faith, trust, experiences, learnings, doubts, uncertainties, concerns and community shares. We are similar and image, seeking to be. Integrated in the divine nature, humanity of Christ Jesus. To present Jesus to the brothers (a), our full mission, in the life of love – Charity, simple mutually in synthesis and reflection in this, in a practical way, to give oneself, in simple everyday things, and daily activities; It is not about exchange, more about being to be in our neighbors, who I am for Jesus. Virtue in searching for things from above, letting God fill us, in: Voids, loneliness, needs, losses, absences, distances, deficiencies, impossible desires, unbalanced pleasures, irrationalities, incapacities, unattainable dreams and addictions. If in these searches, there are performances of filling Egos, in this environment, endless returns, because the Divine referential, God does not inhabit, only transits in life. This center – It is not God whole and full, but the vacuum, open to everything, without filter and integrated in God and being Divine, in this world, to be from above. Not an intrigue, relationships of different conceptions, but the couple deepen, why do they diverge? Sharing, conversations, knowledge, you experience the light of Christ that clears everything. In an apostolic exhortation by Pope Francis at the Synod of Families – Northern Ireland, in 2017, his words illuminate couples: “Do not fall asleep and wake up without forgiveness or conversation between couples, if you let the devil do this, you are in bed, who it is Sacred ”. Emphatically said: “Forgive yourself before bed”.

These existential voids, do not lead us in growth, to divine knowledge more in Divinizing materiality and human life from endless endless desires. How courteous of practical appreciations and access, simple fleeting searches, anesthetics and flights. And many overdoses of vices, lusts, pleasures, ecstasies, gluttony and endless returns from eternal searches and encounters with meaningless things, and negative and fallen growth, do not become virtuous light and natural brilliance (a) of testimony.

Jesus, it is healing, deliverance and salvation. I believe that engaged, know this tiny. of introducing Jesus’ public life. And we see countless testimonies that Jesus, really heals, frees and saves, with faith (Mustard size), because: It fills us with voids, it becomes the Center of Man and Woman, we are whole

 Jesus’ exhortations and teaching through analogies and parables, which call us so much and question the concept of leaving behind, giving up dreaming and searching, and that parallel and similar paths go through situations of discernment in contexts of together, and that it will be a sign: Motivations of efficiency and growth of Together and family and individual project of each and every couple. Seeking to renounce, if it is an individual motive, leads and makes a path and projections of sin, so renounce, release, and heal the interjective projections of the sinner, fruits of breaking the family project and growth, of each other and the future of the prolem and community to serve. He renounces, always consistent with contours that lead to discernment: Love and meaning; Common sense; between good and evil., for always seeking priority and reprogramming formats. God and listening and dialogue and study in a steady way, in the sense of love, never and never give up. The example of creation, to the divine project, Jesus, humanity, passing through the prophets every time, in time, never changed the course of Love for the Greater creature: Man and woman created them. Free, free will, with divine identity, and each with individual name and baptism. God, waits, cares for and cares for other beings and goals, more accompanying, and working for minors, to stand firm before the end of the mission, pass the baton, enter eternal life and render an elevation path as angels, before God. It may be before in life, or after death. For this teaching context and “exhort you -“ A time for every thing, [Ecle.3, 1-8] According to the song and musical figure, in lyrics: “There is a time for every thing – Lyrics: ‘And time to love ”(M. Brasil, E. Jorge and R. Duque, 2003). May the Gospels, Paul, each one, in the resurrection be, before choice, in their states of life: Some couples, singles, celibates, and widowers. A testimony of love, and welcomed, but no concrete choice of each other: Santa Clara and São São Francisco de Assis, or Francisco e Clara. Greater love, than the interests of the family, the love and life of each one, embraced the path, of renouncing the projects of noble name, family title and family interests, would lead to the renunciation of oneself, and leading to sin

The perfection of Love

Path of perfection goes through discontent discount, undoing other projects, which depend on or seek loom or suffer from ours. It goes against perfection, and undoing participation in others. The cross that Jesus speaks and renounces, since we are not waiting for everyone, far from the “Plan of Salvation”. If we want to hit the path – stay on top. We will enter into spiritual combat, those who do not want to, or who want to involve you.

The exhortations of Jesus and teaching by analogies and parables, which call us and question the concept of leaving behind, give up stop dreaming and seek, and that parallel and similar paths, go through situations of discernment in contexts of together, and that will be a sign: Motivations of effectiveness and growth of Together and family and individual project of each and every couple. Seeking to renounce, if it is an individual motive, leads and makes a path and projections of sin, so renounce, release, and heal the interjective projections of the sinner, fruits of breaking the family project and growth, of each other and the future of the prolem and community to serve. He renounces, always consistent with contours that lead to discernment: Love and meaning; Common sense; between good and evil., for always seeking priority and reprogramming formats. God and listening and dialogue and study in a steady way, in the sense of love, never and never give up. The example of creation, to the divine project, Jesus, humanity, passing through the prophets every time, in time, never changed the course of Love for the Greater creature: Man and woman created them, free, free will, with divine identity, and each one with individual name and baptism. God, waits, cares for and cares for other beings and goals, more accompanying, and working for minors, to stand firm before the end of the mission, pass the baton, enter eternal life and render an elevation path as angels, before God. It may be before in life, or after death. For this teaching context and “exhort you -“ A time for each thing, [Ecle.3, 1-8] According to the song and musical cipher, in lyrics: “There is a time for every thing – Lyrics:‘ E time to love ”(M. Brasil, E. Jorge and R. Duque, 2003). May the Gospels, Paul, each one, in the resurrection be, before choice, in their states of life: Some couples, singles, celibates, and widowers. A testimony of love, and welcomed, but no concrete choice of each other: Santa Clara and São Francisco de Assis, or Francisco and Clara. Greater love, than the interests of the family, the love and life of each one, embraced the path, of renouncing the projects of noble name, family title and family interests, would lead to the renunciation of oneself, and leading to sin – Life and fullness greater, spousal love of each one to God: Mission to creation and love to God – Franciscans and Clarissa’s spousal mission – Sisters Clarissa. Together in the divine plan of two, in the Greater, and the first perfection – Love God above all things and the second to your neighbor as yourself. A holiness that inspires today: Vocations “M and F” in studies and discernments, religious instances M and F. “It was love, and renounces sin and self, that choices, led them to Holiness.

Grace + the Law oriented to order and reorder = Path of salvation and full happiness, simple, as an exhortating charity for Christian knowledge, between: Paths of fear and trembling in the dignity of baptized, to turn a divinely – Unity Worthy moral law if: God acts: Not wanting and operating in life – Children of God, [Phil 2, 12-13]. The moral law expands on the wisdom of the Christian life, on the fraternal social coexistence and is solidified by the joyful commitment of the Father’s identity. Guidelines for happy people on the paths of “Good and Peace”. Plunged in the integrity of the BEING, which does not mean distant, and mischief from God. Distance does not lead and diverts from the common good.

The direction and reception of order – Natural law.

Discern: Truth vs. lie? This integrity, in being upright along paths within the principles of the creator’s kindness, in this initial origin by the acts and orders of the natural government of each thing with co-creatures accepting to reorder and direct by discerning between M – B, when the divine truth and the contradictions by lie, [CIC. 1949-54]. The love of the spouses demands, by its very nature, the unity and indissolubility of the community of people that encompasses their whole life so that they were no longer taught to send the image of the man and the woman to each other, [CIC 371].

The fruits of the Holy Spirit

Perfect, we are created to be perfect, the gifts of harm and imperfection, the conduct and actions, sinners, so quickly: Inclined, seduced and tempted, we turn out to be . “Spousal love: My neighbor” My neighbor, (Pope Benedict XVI, 2020). I believe in the Love of family, and couple and sign of salvation, for this dark world. The world may want to deceive, but within divine wisdom we must discern right and wrong. We must do nothing impossible to our neighbor, more than possible, because in this way God enables us to do the impossible in D ‘le’s eyes here. It will not be in heaven, that it will see fruits of grace, it starts with its, and its brothers (a), with wisdom, to know how to deal: Jealousy, envies and strife … This world wants to end first with couples, then with parents and children , and then with brothers and sisters, and others close “. You know about the limitation of your husband, see husband and not husband, open parenthesis, for those who do not understand, the light of the world and the gospel: Husband pays the bills, and makes our wishes and desires, sometimes futile, because of money, drawing fruits of conflicts and confusion and others, destroy marriage, leading to the impossible and wrong conduct of a husband in front of jobs and other sins contrary to the Gospel, marriage and Spousal of both: Openness to love, not to impossible desires, more seeking to please each other, with virtues and sharing and service, both grow up and family, and are not subjugated and enslaved.

Virtue of Christian Life

Perfect Virtues: Spousal state of life Love, conversation, dialogue, sharing, etc., help each other together. Before going to sleep, forgiveness, excuses to happen, firm and remain above all BE – One flesh, your bonds of love for your neighbor (One to the Other). Never leave hurts for the next day, so the enemy loves, and sews separation and enmities, and in this sin enters and the marriage feast ends, joy, feeds the uncertainties day by day … (Pope Francis, 2018 Ass. l Families). “Don’t forget, what we sow in youth we reap in old age”. Marriage and Spousal … be attentive, both.

Spousal family planning

The spousal walk, pre-initiates, in the light of nuptial ties, of walking, planning the future, even if near or distant, in all instances: Financial overlap, domestic, family, work, professional training, especially a project for two. Praying together in this sense, watching, and never allowing lies, selfishness, individualism and etc. “Watch and pray … I didn’t leave the door open”. For couples, it is necessary to train in the Catholic family – Guidelines and prosperous fruits to help the newlyweds, essential points, [Lopes, Azevedo, 2018], [CIC 1643]. Finance project; Bases and lifestyles in life of attention and prudence. In the same mold of pseudo-directive essays, the forms of financial origins give rise to fundamentals, known for the fruits of family work, or better couple ”. Bonds of friendship and siblings, above all, at the end of the simple call of marriage bonds, “Everything you plant in your youth, you reap in old age”. Jesus, wants you to be happy in your choices for ways of a project of salvation, in difficult times, stronger at the exit, do not be deceived, the enemy of God, what he embraced, was only to destroy divine works, so when a divorce and adultery happens , celebrates his own luck, this is the breach that opens, on the basis of discord, and strife, in addition to jealousy in separations, dryness of division. Plus the hymns and glory, in songs of praise to works of Holiness, and divine triumph. God is greater!

Conclusion

The walk becomes long, and short when sending the trail after marriage, becomes together, individual growth, for the other (a). The nourishment of prayer should never cease, in the encounter with the Lord, when the two are not at the feet of the Lord, distant present with one, and the Lord in the center. I believe in the plan of salvation, for couples, even if everyone is not formed and achieved. This was and will be, the path of Divine edification and the return of the Father. Others help this cord, without sadness, more happiness in the ways of grace.

References

1.Pope Francis. (2018). Assembly of Families: Meeting with Families worldwide. Northern Ireland, 2018

2.Pope Bento XVI. (2020). My neighbor: Exhortation to Evang. Lc.10,25- 37. www. Evangelit.net

3.Jorge, E. and R. Duque., (2003). Brazil Message – Time to love, 2003.

4.Holy Bible, (2007). Holy Mary. Belgium, 2007. (Trad. Port.).

5.CNBB. , (2015). CIC. São Paulo, 2015.
6.Lopes, Azevedo. (2018). Catholic family financial planning – Guidelines. CIC 1643, São Paulo,. 2018.

7.www. Spinhos.com.br

[Santos, Jusenildes.,(2019).NUBENTS – BRIDES: Sexuality and chastity. – Colóquio e formação. Teologia e política – FCP. Aju, 2019.]

” Deus de Deus, Luz da Luz” – Cor de Deus: Muito além

Ícone 💯
Fonte: Utensílios arqueológicas

A Leitura – Quadro histórico cronológico vertiginoso e resgate

A graça, que ilumina reflexões de conhecimento afirmam termos, em sintonia e em luz inspiração Divina. A leitura de linguagem e códigos presentes, buscar dados de informação históricas – Calendário arqueológicos Romano, de profundidade e ausências  em déficits  de raízes, hoje em cativas lembranças de correntes, para pontes de Guerras:” A sobrevivência com o Divino, e sem as buscas do imaterial e imortal – A Vida e o eterno – O Êxodo de étnicos povos Hebreus,  mais afirmantes que Judeus”.

Diante da fé, a razão com a Ciência, revistas, (Anderson, A, y Garmis L., 2002), auxílios historiadores e exegetas cientistas, pesquisadores, que vertentes achados arqueológicos: Dados com informações resgates acertou conciliares entornar para claridade na fé – Utensílios recuperados esboços patriarcados, líderes proféticos de povo Judeus – Moisés e Josué – Egito, então Novo Império (Dinastias 18a a 20a) – Décadas A.c.1552 – 1070, Capital: Tebas.

Resgate: As afirmações  de contornos patriarcados e Império

No Egito antigo, cerca de 1250( Ibidem). Estelas de Seti I e de Ramsés II em Betsa(Beisa). Os Hebreus em regime de Corveia contrapostos (Sig. real – do latim corrogare, exigir, através do francês corvée) é uma obrigação presente no modo de produção feudal e correspondia ao tributo medieval obrigatório escravo,  demandas as construções, e nesse tempo construir PI – Ramsés. Sábias medidas de impedimentos ao ritmo de trabalho, por violências , e multiplicação de regime escravo. Inspetores de obras, e retornos de metas exigidas, e assim a construção ao Faraó,  as cidades – Armazéns de Pitom e Ramsés, (Ex.1, – 15).

Fonte: Localização Antigo Império

Consequências: Motivações pela fecundidade e fertilidade – Multiplicar a população. Contrapostos de medidas, Império de excluir nascituros masculinos, e afirmar femininas, barreiras multiplicadores ao trabalho, de força masculina ao campo, por confronto de domínio e impulso a cerca preparada, para Libertação. Aumentou a população e mulheres passaram ajudar, seus entes familiares, no laboral diário. A libertação e vestígios étnicos: Sem curas, déficits e profundas feridas

Trilhar nesta contemplação, em princípios fundamentais e culturais afirmantes, presente desde patriarcados, proféticos situam alianças, de propostos de construção de sociedades congruentes, e convenientes, unidas de comuns laços, em Divinos da natureza de filhos, rever e sim afirmar libertados, e não cativos, caritos, pelo então – Nova aliança Jesus, sinal inovador, de ardor: Evangelizar para: Aproximar, unir, aliar, congregar, juntar, resgatar, reconstruir pontes, por um porvir mais além de vidas do imaterial e imortal, pelo valor a vida.

Pós – Modernos: Rumos contrários Ressurgem – Europeia

Fonte: Campo de concentração Auschwitz

Séc XX, mediante da I Guerra (1914-18), consequentes a II (1939 – 45), conflitos étnicos de imposição transnacionais umas sobre outras, impedimentos e barreiras, retornam, a história – Povo Judeus, enraizadas na Europa, importantes pelo desconcensos, nazismo Alemão no Sul da Polônia impõe anexantes eixos, sob perspetivas desconstrução de vidas. O fundo: Instalação de regime militar de rigores, campos de concentração Auschwitz e Terceiro Reich, cativeiros em cárceres de Povos Judeus. Sediam as estratégias de medidas, em horrores da Guerra – Holocausto sinal e símbolo . Que não entonação e detrimento de todos, pela ligação étnica vigente, mais frentes opostas raciais anti – Semitas.

Fonte: Campo de concentração Auschwitz

Esse quadro, Cronos, de cativos em famílias ligadas, sem libertação, e com feridas em suas básicas linguagens culturais, religantes em Deus. Ainda hoje, Contemporâneos década Primeira e Pós década – Séc XXI, somos mais materiais e mortais. Determinantes, sem fios e elencos atores: Povos étnicos entrelaçados, próximos e entes, religados Divinos, nos afastam e nos dividem, refletem e ganham intolerâncias, espaços e campos das Ciências e tecnologias, em descobertas, para diminuir distâncias curar nossas gripes, com fé e laborais de elos, por étnicas herdeiros Povos e Nações em circuitos prósperos de laços de amizades e caminhos de P – PP, pois seres organizados – Instituições ONU – DUDH 1948 etc: Cientistas e pesquisadores, assistentes infindos e construtores em “Cor de Deus” – Avanços e outros déficits e questões nos afastam.

Fonte: Imagens resgates população cárceres

Vida eterna: Imaterial e imortal

Alianças construtores, sem amor imaterial e imortal, fiel não nos levam ao construir virtudes e talentos Divinos, além raízes e feridas a serem curadas, e libertadas. O respeito pelo ente litigantes em “Deuses”, passageiros, separam e destrói vidas e amor de famílias, com suas comunidades. Esse livre arbítrio, ciente consciente em origens políticas em Nações e instituições com entidades erguidas, Pós – Guerras de 1946, em bases congregadas na ONU – Compromissos de chefes de Estados, de Direitos representados e deveres com infinitos construtores e instrumentos sediados centrais e descentrais, a luz de vigílias e inspiração ao conhecimento – Aproximar um Todo.

Discernir inspiração : Une a todos, aproxima conhecimento, de um todo

Estado laico, que divide – se: “Apartam, Segregam e omissões instituídas, movimentos, divisões pseudo pano ante democrático, profundo afastamentos de comunidades, povos, étnicos sentidos históricos e culturas, que distanciam eixos agregadores e não por alianças congregados, e que não centraliza no Todo, não faz, o curso de leitura de Todos, se trajeto ante políticas por lemes dispositivas disparates, compreensão de entornos, por bases em medidas de impedimentos e barreiras de representantes ante regulares, consequências: Retornos da história improdutivas de relação social de indivíduos organizados de políticas normais em retrocessos: Entornos de resgates, que alimentam bolsos reativos, segregantes, contextos, por levantes e perspectivas apartes étnicos ou grupos de indivíduos – Apartheid de seus atores e indivíduos, em ante Inserção sociais também de suas riquezas e oportunidades, refere-se a Separação, diminuição do laicato distribuídos, mínimos e diminutivos, a Y ou X demandas e comunidades em P- PP. Se as leis presentes inativas, que enlaçam P- PP por Constituídas e complementares e violam atuais, desfaz leis maiores e caritarios religantes, compromissos iguais e acessos para todos. E neste, interfaces de tributos, que lembre-se compreendem por contribuições de impostos, em administração por união, diferenciais, para pluralidades e diferenças, são de pontuais, códigos laicos, direitos e deveres efetuados, e redistribuídos em P- PP e déficits perfis da escala sociais e econômicos. Es Brasis em Brasis: Um percurso peculiar de Natureza a ótica de olhar, se vantagens e em desvantagens, a serem preenchidos, e estes elos “Conexos de Seres e Vidas, referenciais teóricos, em conceitos científicos sustentáveis para processos e sistemas, numa proposta da sustentabilidade, converta- se em profundo equilíbrio, práticos de convivências…, [Capra, F., 2002].

P- PP e Desarticulação: DH e Leis regidas Constituídas Ativas Instituídas – Laico

A sobrevivência de Estado Laico, suas articulações bem por trajetos e atuação a unirem, que em comum partilhados, convergem ações: Libertação e curas de ferimentos, em doenças crônicas, em tempos cronológicos, que as diferenças de referentes: Línguas, culturas, eixos sócio – econômicos e outros, à práticas da provocações, covardes de éticos morais, céticos da fé, presentes em primitivas vencidas, não educativas Contemporâneas redutantes, de barbáries, contraditórias mídias e das redes comunicativas. Foram no passado reconhecidos, fatos em circulação mundiais, revistas em tribunais internacionais, de ativos Governados, que convergiram, para amplitudes de atos de reflexos genocidas.

A valorização da vida, inviabilizam geradores de entornantes de perdas, lutos e depressões da saúde de seus povos, e doenças à natureza de suas Nações, em líderes. Que a consciência encontre o curso a reconhecidas lideranças ativas de posições responsáveis.

A cor de Deus – Alianças civis por constructos humanos

Conceitos religam livres e possíveis, a humanidade em Estado Laicato no princípio de caritos – Amor ao próximo,  gratuito, se concorrentes, mais entornados das iguais oportunidades e viáveis por justiça, oponentes aparecem sem destrono, da covardia em desrespeito à suas leis. O que convergem: Representantes instituídos de comunicação: Diálogos, formações, estudos, regulações presentes, mecanismos conciliares por aproximações, recursos de apoio político e consulta – Plebiscitos e outros, são recursos importantes, rápidos ao Povo e Nação por questões imprescindíveis, construir novos caminhos referenciais do conhecimento e cultura marcados, de conjunto desta humanidade.  Partícipes, destes nichos, e alertas  reconstrutivos.  Todos em nacionalidades étnicas participam por direitos iguais, uns segmentos opostos instigam pelos destrono instituídos, outros a refazer por minorias, e muitos construindo conceitos éticos morais e virtuosos, crentes da valorização da vida, sem perdemos o foco – Vida imortal e imaterial.

Analogia pública de Jesus e a multidão com presença de irmãos, irmã e a mãe a espera – Lo para um aparte, um mistério Mariano providencie, ao intervir,  enriquecem, firmes posições de vida, ao simplificar, a exortação perante Deus, somos diferenças na perfeição da Criação  e iguais, cada um num todo, enquanto Corpo mistério, em a seu tempo, no tempo. [“…esse é meus irmãos, irmã e mãe…, Mt.12, 46 – 50]. A comunidade, espiritualidade e família convergem,  por acentuar, graus de parentescos, nas medidas do amor simplesmente dia – a –  dia, vai além.

Conclusão

Uma reflexão contemplante, enraizada com busca ao conhecimento divino, sob   hinos de temor e tremor, alimenta contornos de profundidade, as ciências auxiliantes iluminadoras de zelo, para maior conceitos e tonicidade “Escritos Sagrados”,  interpretações de exegetas oficiais pesquisadores e cientistas de grandes equipes e recuperações de resgates e achados, com Informações super codificadas, com diversas signos e símbolos, e  identificadas, com parâmetros e a esses rigores, a científicos e também tecnologias, adicionam epistemológicas,  com requerimento conjuntos: Teóricos invocativos e práxis, para amplitudes terminologicas, e uma diversidades de informações, exercícios desempenho, também acadêmicos e outros de aprendizagem subtraí e somam conhecimento á Deus,   diversos Povos,  e fundamentais princípios, na humanidade Divina – Somos imateriais e imortais, além da cor de Deus.

“Deus laico religantes, também com Fé,  Razão e Ciência para a valorização da vida:  Imaterial e imortal – Eternar, [Santos, J. 2020]”

Notas: 1. wik – Corveia: real(do latim corrigir, exigir, através do francês corvée), é uma obrigação  presente no modo produção feudal e correspondia,  ao tributo medieval obrigatório escravo.

 

Referência bibliográfica

1. Bíblia Jerusalém. (2002). A cronologia – Calendário histórico: Resgate arqueológicos[Trad. Exg.: Anderson, A.F. y Garmis, L.], ], Pp.1299, Paulus, 2002.

2.Bíblia Sagrada.(2004). Evang. Mateus.[Trad. Materiais, Res. F . Monges João Castro]. OFM, 1959 – Bélgica. Ave Maria,   São Paulo.

3. Capra, F. (2002). As conexões ocultas –  Ciência pura: Uma vida sustentável. Cultrix, São Paulo,  2002.

4. Enciclopédia Wik.(2020). Guerras I 1914- 8 e II Guerra 1937 – 46 Mundiais com instalação  Holocausto – Terceiro Reich de Auschwitz Sul da Polônia (Campos de Concentração). Polônia, 2019.  Wikipedia

5. Nietzsche, F.(1888 – 5). Principais obras. Tom B – Bowdom: 50 Clássicos da Filosofia [Trad. Pete Rissatti], Pp.292- 9, Bendira.2019, São Paulo.

6. ONU – Org. Nações Unidas.(1948). DUDH – Assembleia da ONU.  Washington, 1948. [Doc.Official]. Wikipédia.

[Artigo: Santos, Jusenildes.(2020). Deus de Deus, Luz da luz: Cor de Deus – Muito além. FAPESP – Incentivo Apoio a Pesquisa – São Paulo, 2020]

Tecnologia de aprendizagem: Formação de professores TIC – ” Subsídios perceptíveis de discussão e inovações – Eixos estratégicos de interfaces Graduação e pós – Graduação 2020″

Introdução


Em instâncias de agregações da comunidade acadêmica – Departamento de DE – FOPTIC – UFS, de em estratégicos eixos de formação de professores, circuitos presenciais de proposta programação agendada com temáticas – II Colóquio interfaces acadêmicas entre “ G e Pós, focalizando estudos, reflexões, discussões e pesquisas em desempenho e participação individuais, situando processo atualização de inovações e capacitação nível e formato: Diálogo, discussão e conversa. Em Outubro de 2020 – UFS – PPGED – PPGECMA – DE/ Comissão e membros. De forma que objetiva desencadear e agregar encontro reunidos pesquisadores na mesma linha disciplinar diversas institucionais área do conhecimento e epistemologia e percurso de grade curricular, situando: Subsidiar para subtematicos para: a) Ensino, formação tecnologia e aprendizagem; b) Agregação em âmbito ao mesmo circuito: Discentes – G e Pós, e docentes em todos os nivelamentos; c) Atualizar dialética, que subjaz TIC e aprendizagem para[Ensino, pesquisa e extensão. Centrando para formação desta clientela], às considerações rigores acadêmicos básicas e avanços, vinculando defesas de produção acadêmicas, de Reconhecimentos e ou recomendações protolares de segmentos a postergar; e) Situar tematização e sub com possíveis co participação de questões em foco centralizando retornos midiáticos em formação acadêmica, em ferramentas – TIC para subsídios aprendizagens e metodologias in loco disciplinar e interdisciplinar.


Estratégias de formação e capacitação


2.1. Submetendo de produção acadêmica


Uma registro de inscrição, solicitação, indicação temático a inovações de TICs, subsídios de produção empreendem por assistir seus atores principais: Professores, em formação da clientela FOPTIC – UFS, com: As oficinas temáticos práticos e aplicabilidades:
a) F1. – FE Inovação 3D digital;
b) F2 – FE Entornos de aprendizagem práticas e aplicabilidade – Déficits intelectual – Alunos prática = Jogos.
c) F3 – FE Protótipos, para aplicabilidade de alfabetização – Uso de educação e psicognitivos para influenciar e fluir objetivos para aprendizagem.


2.2. Agregação por interfaces acadêmicos – Formatos


Em mesa Redonda, Roda de conversa, Banca/ Equipe docentes, apresentação defesa e Qualificação.
a) Agregação de nivelamentos;
b) Apresentação de produção acadêmica ( Defesas e bancas “ Q” “ M” e “D”);
c) Temáticos geral e subtematicos submetidos docs para subsidiar, questionar, discutir, enfocar, embasar, abordar, e orientar, apresentar e defesa Qualificação disciplinares e experiências e projetos.


2.2.1. Percepção temáticos – Interfaces de formação


2.2.1.1. Tecnologias assistidas


Sala de aula em cadeia de aprendizado e alunado, clientela de alunos, pelo caráter de submeter se ao professor, com orientações e formações de formador. Neste utilizando de recursos multifuncionais – Subtematicos subsequentes aplicados de tônicas subsequentes de convivência e problemáticas e questões.
• Considerações práticas de convivências sócio compartilhamento e questão focais consequências em sala (Sala isoladas consequentes gritantes), que influenciam peculiares atenção especial), Questões polêmicas LGBT in foco refletindo; Questões cultura de exclusão de “ Negros in foco” ; Protótipos e recursos inovativos para deficientes; Questão índios e quilombolas- Práticas.
• Orientações de conteúdos e questões/ abordagens com recursos sala.


2.3. Prática – Ensino sala


2.3.1. Considerações técnicas


Em relação abordagem metodológicas, em aplicabilidade em sala de aula [Professor], os embasamento e focais de práticas, suas perceções consistentes não retornaram as deficiências de domínio de uso de tecnologias , enquanto recursos de multifuncionais, e processo de aprendizagem e conhecimento; Suportes déficits de problemas oriundos em sala de aula e assistência à; Inovações de Inácio de práticas e finais de semestre (Se houve e que impedimentos ocasionaram); Deficiências de domínio de uso de TIC pelos alunos e uso com reflexões, discussões in loco; Avaliações de consulta ao “ Q Q” resultantes, a que nível estatelem a cada semestre” Campus, ou perfil (Alunos; Nível curso).
Em síntese, enquanto processo( Uso – recurso) processo de aprendizagem e conhecimento, ficaram muito implícito dados, em reflexos avanços e transformações em comportamentos em a nível geral de turma em pontos consistentes, para toda turma. Se o uso de recursos consegue atingir objetivos concretos – Dados, a nível perceptivo para avanços a terminologia e epistemologia complementar e subsídios para adensar e fundamentar o uso de multifuncionais em “ V e D”.


2.4. Prática de produção – Aplicação


E relação a prática, em ambiente e prática – Centro de energia sustentáveis – Espaços e de trabalho de produção.


2.4.1. Pontos tecnológicos em destaque


2.4.1.1 . Acessibilidade as TIC – Grupos diversos e recursos (Deficientes); barreiras práticas situacionais; Impedimentos de habilitações e atitudes;
2.4.1.2. Recursos em Braile, e inovações recorrentes de novo – PODCASTS;
2.4.1.3. Pre – concepções do uso para idoso em entornantes de conscientização, iluminem grupos.
Foco em meios de produção e acessos de uso, percebe – se que os recursos no processo de uso e seus impedimentos de retardos de domínio, a nível cunho observados a serem sustentáveis, o público e atores déficits de domínio no processo de aprendizagem e impedimentos práticos, funcionam como barreiras de resistências para continuar a uso e domínio TIC – Recursos .Neste as estratégias com os recursos multifuncionais, para ajudar, a avançar a aprendizagem , acessos de informação e gerar avançados processos em produções de entornos sustentáveis e equitativos ativos. A nível de formação humana, continuada em retardo, necessário – O uso de recurso funcionam pseudos alfabetização prática, os mesmos vencem, mais paulatinos.
Considerando a subtematizacao, às ferramentas, enquanto recursos, atende para perfis de situações e ambientes diversos de processos de formação de ensino e aprendizagem, nas estratégias de auxílio de grande otimização para assimilação de conteúdos de informação e conhecimento, assistida, em relação aos resultantes de avanços em produtos protótipos gerados científicos; produções científicas em bases e atores acentuantes, originam – se para embasar e fundamentar que os recursos tocantes em dois focais primordiais:
a) Sala de aula;
b) Meios de produções e entornos sustentáveis metodológicos , consistentes de rigores viáveis práxis para atingirem as metas de conhecimento a nível e perfis in loco, ( resultantes avaliadores da prática), consideramos imprescindíveis dados para incentivos posteriores enquanto formato otimizantes – TIC.
2.5. Déficit de conexão – Ferramenta redes: Brasil
Mediante era digital – Sustentavelmente, requer rever o déficit, de conexão de todas as regiões em equilíbrio de oportunidades de acesso, de forma básica para a formação de professores por excelência aconteça com ferramenta, pedagógica de acessos infinitos e que todos 100% conectados à redes de redes e banco de dados, pesquisa científica, tecnologia, de forma de eixos de ligação de rigores de inovações em conhecimento – Dados digitais em uso de ferramentas – TIC, uma performance exigente da lógica em pesquisa empírica científica, segundo entendimentos em (Poppler, Karl), sua percepção , que: A exigência de objetividade científica torna inevitável que cada declaração científica, deveria permanecer provisória para sempre.
As práticas exigem empíricos comprobatórios que concebem geração em infinidades de eixos de ligação e compreensões teóricas(lógicos) , sobretudo as práticas objetivas probatórios presentes, estes produzem mais conhecimentos. E C&T, no pensamento Karl , às técnicas e ciência, subjaz e suas inovações são amantes e presenças permanentes provisórias.
Formação de professores de nível em atualização e capacitação, uma real necessidade inserção de rigor científico, atenda e responder às questões e discussões para reconstrução de entornos e eixos dialogante de conhecimento (Epistemológico), e discussão, reflexão, objetivando construir sensores provisórios, até então, estes que subjaz próxima de avançados contextos salientes, responder X ou Y, e questões problema em aberto.
Informações infinitas de terno, e formação de banco de dados, em suas introjetadas por projetos: QQ; Produções acadêmicas e outros formatos de informações, a serem disseminadas, e todos tentam acessos e sua exatidão Y ou X localização. Índices da Unesco apresenta- se estatísticas de que o Brasil em acesso www – alcance 70% do todo, que não significação excelência de veracidade, e otimização 160%, e limitada, mais com limitação – Norte – Nordeste [Áreas com déficit sem possível acesso – Norte – Território Amazônico com 30% de localização sem excelências para áreas de universidades e seus projetos de extensão / população indígenas civilizadas. Esses déficits para formação de professores, requer firmas projetos – Põem vínculos com entornos de M & C e T. Neste, considerar outras ferramentas, por formatos para TIC – Tecnologia de informação e comunicação, diante carências de retorno reconhecidos de investimentos e fundo salários- Professores, déficit baixíssimos, sem um olhar de incentivo de valorização do professor, e neste opção de profissionais, docentes optar pela Câmara e formação, PP sem de futuro. Cada dia, sem curso discentes em formação para professores – déficit de abandono e mudança de profissão para subservicos, e gestão, sem falar em investimentos por curso rápido para retorno rápidos – Livre comércio e mercado aberto, empreendimento de pequenos negócios, a solução é entorno de otimização a serem assegurado, índices de formato de empresa: Star- ups, micro negócios e pequenas empresas em parcerias e sociedades. Segmento de serviços – TIC. A educação não otimizar projetos prioridades em projeto de Governo nos últimos 30 anos , somos Democrático, depois de 1988. O discurso de educação, mais investimento de 12% de retorno à PIB- Produto Interno Bruto para todos os níveis de formação de ensino.


2.6. Interação Humana e máquinas


Área de pesquisas de grande interesse, por pesquisadores disciplinares – Inteligência artificial em disciplinares em ordem , sob cunho empírica e interdisciplinares com desenho de planejamento e conteúdo de contornos de exatas: Lógica; Cálculos básicos e avançados; Matemáticos; Contábeis agendadas específicas; Álgebra; Algoritmos; Desenho, etc. E de forma que o perfil. Estudos e disciplinares, direcionar avalição – Analítica de perfis de usuários perante paralelidades de atividades com máquinas em sua diversidade em programas Algoritmos específicas a serem manipuladas X ou Y sistema de informações de: Termo; Objetivos; Serviços; Atividades e etc. Relação do proposto – Usuário e objetivos X ou Y algoritmos e recuperação de dados , em alimentação de informação. Exemplos: 1) Captação de imagem por patologias de pseudos doenças; 2) Sistemas em Agro tecnologia de pulverificacao; 3) Sistemas de tratamento e recuperação da Terra , para plantios; 4) Metodologias de ensino – didáticos ; 5) Terapias cognitivas e desenvolvimento – Aplicação de jogos; 6) Comportamento psicopedagógico de perfis de alunos; 7) Serviços de informação On Line ou Banco de Dados – Consulta e analítica; 8) Serviços RH e recepção; E etc. Resultados de otimização, prósperos e soluções a priori reconhecidos, com reconhecimentos Q Q – Quantidade e qualidade de informação e formação de Base de Dados, com excelências.


2.7. FE – Interação humana – Ciências matemáticas e Exatas.


Estratégias, grandes algoritmos, em extensão – máquinas para metodologia e aplicabilidade para excelência no ensino, assimilação em: Didática, ensino, testes, cognitivos e neurológicos; subjaz praticas de introjeção de fatores favoráveis positivos em pontos X ou Y , a serem atingidos em seus perfis – coeficientes para lado intelectual da criatividade, ativação neuro cognitivas, e desenvolvimento paridades de domínio para alcance – memória trabalhada e a serem captadas para acionadas para outras áreas conscientes. Com equilíbrio e harmonia em déficits de aprendizagem de pontos de excelências , aplicações em instâncias interativas.

2.8. Base curriculares – Projeto Lei BNCC – Aplicações: Adequação in loco complementais


Inserção temática reside em apresentar projetos em adequações locais: Educação; Municipal; UFS – IES. As políticas e leia de conversão, aplicação de recursos fundos – FUNDEB. a) Alfabetização ( munícipio e casos específicos de déficit de aprendizagem ( SMEA – rep.), Estado – SEED – Ensino fundamental, médio e fundamental; c) Ensino superior tecnológico; d) Ensino universitário superior – DED/ANPOPE – UFS, a nível público. As coordenações apresentarem, projetos e suas leituras PP – BNCC adequações: a) Diante novos entornos para alcançar detalhes e esforços para regiões [Área Areia Branca], inovações perspectivas, entendimentos prosperidade de entornos, em perfil local da comunidade, e experimento metodológico pelo mapeamento de comunidade território remanescentes – Quilombo demarcado, produzindo resultantes positivos a priori, ênfase coordenadas presente; b) Dois pilares de SEED – Projeto de adequação governamental BNCC, numa leitura – SE/ Aracaju, pois não apresentou paralelidades, conjecturas e conexões em PP – BNCC locais. O projeto e sua conotação referencial, para locais. O projeto e sua conotação referencial, para receber fundo – MEC/ FUNDEB e outros eixos, traçou atender objetivos nacional ENE, e sua diretrizes sem cruzamento de objetivos BNCC – Base Nacional Curriculum Comum, muitas questões abertas no projeto, principalmente – “ Questões litigantes de eixos avaliativos e seus instrumentais não desenhados no PP – Local – SEED, sem bases , concretas dentro do Projeto adequados. As diretrizes do protótipo, não informou amplitudes numéricos de áreas de entornos: a) Fundo de investimento em formação do professor(a); b) Investimentos entornos de visão salariais; c) Investimentos em quadro de professores (Invocações do quadro); d) Referenciais de aplicação em subsídios didáticos – Instrumentais TIC e C &T, ?. O IFS – Instituto Federal de Sergipe( Membro técnico pedagógico), desenhou envolvimento em entornos de responder aos anseios e perspectivas in loco, em detalhes – Em paralelidades, soluções e projetos com atores e comunidade de responder as interrogações no momento : a) Professores; b) Coordenações departamentais para curso graduação e formação de professores, Equipes técnica pedagógica em excelência de sintonia[ Objetivos e atenção]. Coeficientes de resultantes positivos, entornos apresentados. Eixos de ensino em unidades de excelências inovativos, déficit SEED, para citada, com entornos prospectivos de entornos de retorno aos centros de Base locais inclusivos.
De forma autocrítica e problematização .do projeto SEED – SE, fora, que destaque da UFS – DED que escalou as deficientes e sem critérios objetivos no BNCC, centrais e básicos a tese, reprova totalmente o projeto, primacialmente por não ser transparências e posição institucional núcleos de pesquisa e diagnósticos em ênfase, reprovado, e que a UFS, já apresentou retornos e poentes eixos inviáveis positivos, a caráter- eixos abertos para resultados de fim não conclusivos, caracteres de déficit, pormenores sem exatidão fim da clientela, diante
2.9.Tendência aplicabilidade áreas do conhecimento – Informação e introjetos ensino formatos híbridos

Concepção para a aplicação de recursos e aplicabilidade de instrumentais pedagógicos e informacionais e área disciplinares (intra) e interdisciplinares – Formação do todo dentro da disciplina aplicativa, unindo área do conhecimento, a epistemologia, a terminologia com C e T . Diversas práticas de sala de aula dentro de programação de sala, ao mesmo tempo, e intercalando ou por etapas programação, conteúdo planejado, usando: Informação X ou Y conteúdo tradicional, mais com ferramentais On line a distância e multifuncionais em sala ou alternando em mesmo circuito.
A excelência , é que exista mistura e aplicando, técnicas, recursos e ferramentas. De forma, que o desempenho com resultados melhorando, entornos de sala mínima de turma. Laboratório, exigem, excelência do professor, e domínio em tecnologias da Informação no conteúdo, e recursos TICs , para visualizar, práticas e dominar e produzir informação, resultantes: Informação, avanços com dados complementares, recorrentes aos bancos de dados e redes.
Elementos chaves e uma diversidades e detalhes informacionais em consulta, termo e informação, miram acessos práticos, tendenciosa bem compreensões, entendimento com diversos: Ângulos, contextos, eixos, tecnologias, ferramentas( Sistemas de informação, práticas de plataformas Software em interação de máquinas/ alunos e professor ao mesmo tempo, e intercalado práticas, e didáticas.

CONSIDERAÇÕES


Neste formato proposto estratégicos de estudo pré planejamento acadêmico e eixos inovativos para as bases de formação de professores “ G e Pôs- nas perspectivas de tecnologias da comunicação e informação. As considerações buscaremos síntese de trajeto em escala se evolução do planejamento programático II Colóquio interface acadêmica, esses abordamos por: Subsídios perceptivos de discussão e inovação – Eixos estratégicos de interfaces Graduação e Pós – graduação 2020. Todos vínculos tematizando e Sub-temáticos residente e articulante com objetivos do Programa e núcleo de estudos. A diretiva seria por estratégicos de discussão e colaboração participativa de todos – Comunidade acadêmica junto a comissão equipe, a mediante conceituação centrantes em interfaces para: G e Pós. Diante metodologia, visou ampliar com formato analítico adentrando em trajeto do evento, bem coloquial por base para formar por áreas disciplinares e interdisciplinar com ferramentas e conexões, por tópicos e uso de TIC – Tecnologias da Informação e comunicação, e assim: a) Introduzimos circuito de objetivos acadêmicos e específicos com fundamentos do FOPTIC – UFS, compreendendo a missão e corpo acadêmico adjunto : PPGED – PPGECMA – DE, para atualização de eixos litigantes nos objetos em P- PP, e seus inovativos planos, plenamente coesas pairando fidelidades nos mesmos eixos dialogantes e de discussões, mediante plenamente ao apresentado no círculo de abordados e embasamentos, tais : Discentes e docentes e especialistas, com equipe, seus novos conceitos e seus atores: A formação de professores EAD, e conexos, dialogando e buscando novas tecnológicas e epistemologias em TIC e adensar e alargar nomenclaturas, e terminologias que complexos de programa e núcleo de estudos, coordenada e membros, conjunto auxiliantes pedagógicos administrativos e apoio. De forma que, enfocamos: As estratégias e capacitação – Produção acadêmica e suas – FE para aprendizagens e uso de TIC inovativas, em práticas e interativas Agregação por interfaces acadêmicas – Formatos, e uma clientela, em encontros temáticos e sub-tematizantes, de: Defesas, qualificação, estudos e produtos acadêmico científicos e práxis, e empíricos experimentados in loco. Com nivelamentos com bancas para objetivar entornos: Orientar, apresentar analítica, observar, reorientar, direcionar, qualificar e adensar aos objetos de estudos e investigação científicas seus construtos empíricos, além de experiências e projetos( M e D ), subsidiando para finalização de produção acadêmica e conhecimento(Objeto de estudo), objetivamente alargar área disciplinar e interfaces da dialética e discurso, contextos e finais gerados; A percepção temáticos – Interfaces de formação – TIC assistivos; Prática – Ensino sala; Prática de produção – Aplicação: Pontos tecnológicos em destaque; Déficits de conexão – Ferramentas redes: Brasil, interação humana e máquinas; FE – e interação humana – Ciências matemáticas e exatas; Bases curriculares – Projeto Lei BNCC – Aplicação : Adequação in loco complementada; Tendência aplicabilidade, áreas do conhecimento – Informação e introjeto ensino formatos híbridos. É consideravelmente normativa e produtiva atividade, em evolução de evento, em encontros sistemático e suas etapas por círculos com pré inscrição de presenças arroladas, chave proposto, cumprir a suas estratégicas programáticas e visão com praticidade a comunidades clientela e membros equipe, convidados, embasadores, defesas, qualificados, e outros. As metas , formação de professores em G e Pós. Adensando e complementando, em Projeto – PEC 015/2015- 2020, discussão e negociação modernização anti – FUNDEB, cujo amplitude e ramificações essas bases também fora predefinida neste espaco a temática imprescindíveis a futuro desta clientela seus atores e objetos profissionais e disciplinares de sala e classe. Deste também se propôs, vertentes e questões locais. O maior desafio objetivo do Fundo por avanços e ampliação de investimentos e distribuição, de seus fundo gerados e partes: Estados- Governos federal e estadual com coeficientes impostos e retornos via Fundo único, e pontos de ligação: Infraestruturas, apoio de professores e técnico, e gestores. Em P- PP as duas propostas são distintas para: Ampliada de metas % e remuneração adjunta in loco para Estados, Distrito e Territórios. Os pontos principais alcançados de mudanças Julho 2020: a) Complementação GF, para financiar a Educação, por supressão, para atingir a progressão de estimativas de estudos – Prospecto original visam prósperos porcentagens índices de 40%, numa leitura de evolução, de escala elevação de juros % [ 10% – 12% iniciai], por ano – 2020 – 2026, a projeção, conciliou em 23% meta, e não 40% objetiva. Articulação considera avança consideráveis P- PP Educação básica. Enfatizando vínculos, percebemos serem as metas inovadoras, mais ainda ficam a margens, em dados circunstancias em déficits resultantes por maus de uma décadas – IDH, em média as bases educacionais submetidos, media 4,71 % in loco interno, um nivelamento ranking 79% mundial em 2019, imprescindíveis reverter positivo, passamos pela metanóis profunda urge mudanças, sem arestas simploides de um intolerável analfabetismo funcional, não codificados e decodificados, sendo interpretados por poderes executivos e legisladores, além de gestoras de apoio técnico no Brasil. As bases básicas e clientelas: Alvos – Creche e pré – escola; Ensino fundamental e Ensino médio. Vertentes somativas professores e seus gestores de apoio investimentos. A perspectiva otimizante, a primeira instancia, o anti projeto progressivo obteve avanços em comparados anteriores, acrescentar os entornos 40% , será sinalizantes, de que seus governantes e legisladores representares, perante Carta Magna 1988 indicava esse caminho desviado e rota do desenvolvimento, pelas vertentes de Educação em preâmbulos de conjunto – Todo, de todas as instituições converter os ângulos: Legislativos, Executivos e Judiciários, em linha com formação formal do Brasileiro. Uma sociedade em mudanças e transformações e era digital, não desenhou ainda suas riquezas e exploração, em perspectivas de retorno à – PIB, produzidos a favor deste rumo global – Educação destino de uma Nação mais – mais independente, formado e informado. Esse trajeto inicia se representado perante representantes do povo, democraticamente a leituras e interpretação analítica e estudos com reprodução de produção cientifica, as disseminações: a) IDH – Índices de desenvolvimento Humano e IOBE – Índice de Observação Educação Básica – Em divulgação de anuário, com olhar relevante de verificador para planejamento para todos aspectos socioeconômicos, vistos que representantes de projetos e p- pp , não significam espelhos de reflexão. A expectativa de perspectivas e avanços. Signifique que seus destinos, assegure seus fins, que não signifique desvios, estações, pausas e subterfúgios, enganadores sem regulações e fiscalizações para acompanhar endereços e clientelas direcionada investimentos de retorno por direito, seus objetos instrumentais, devidos impostos por eixos nas orgânicas instituições de proteção e obedecer trajetos de impostos e fundo. Em condições que fundamentam, apresentamos um pano de fundo da atual conjuntura interna e externa presente, urgem relatar e destacar , que futuro – Educação e formação de professores, serão a tonicidade de futuro em saída Brasil. Partindo da externa: A reta guarda construída do neoliberalismo para hiper capitalismo Corvit 19 – “ Vadem Mecum Corvit – 19 Lei 13.979. 6.02.2020 (Decretos, portarias). De forma que estruturas de representação de pontes politicas, e seus ideias, vem sofrendo mudanças em questão de valores morais e virtudes, a polemica jurídica da “ corrupção conjuntural”, vem colocando em cheque: A cultura de valores e virtudes, e importante para formação e desenvolvimento socioeconômico, de uma Nação? A presente plataforma politica governamental, sem projeto impulsionou ao formato desmonte orgânico da infraestrutura das esferas de Estado. De forma que a os poderes legislativos, em execução de prioridades de leis, mesmo com baixas de respeito perante a população, as bases residentes impulsiona: Eleição TRE – Ficha limpa; Lei 2630 – Combate a disseminação a Fake News; Anti FUNDEB, Tributação optimização justa distribuída; Ação ativa – Anti – corrupção Lava Jato. Nestes erguem se, um novo olhar, inserida a saída – Todo conectados humanos e digitais: A solidariedade e caridade diversas faces da Nação.
Fonte: IOEB; IDH

CONCLUSÃO


Finalizamos inicio de estudo, ciente que pesquisadores, cientista e profissionais acadêmicos educadores professores, afirmar compromissos, sem perder a mira e segurar de “ o cajado” Educação de um Povo – Brasil, pois a futuração das TIC e formação no paradigma da Era digital, subjaz em avanços – Era inclusiva Educação, para todos as áreas disciplinares e interdisciplinares do conhecimento. Por antítese – “Os movimentos passam, faz um curso objetivo, Educação inclui um Todo com todos.”

Referência bibliográfica

  1. Brasil.( 2020) . Lei.13.979.6.02.2020 – Covid – 19: Leis e portarias. Vade Mecum .Brasília, 2020.
  2. Câmara Federal.(2020). PEC 015. 2015 – 2020 de 22.07.2020 – FUNDEB. CLF, Brasília, 2020. http://www.camaea.gov.br
  3. FNDE (2020). Plataforma executiva governamental. FNDE, Brasília, 2020. http://www.fnde.gov.br
  4. FOPTIC (2020). II colóquio interfaces acadêmicas Graduação e Pós – UFS de 17 a 20 de Janeiro de 2020, São Cristóvão – Campus. Comissão membros. FOPTUC, São Cristóvão, 2020.
  5. IOEB Nacional.(2020).Anuário brasileiro da Educação básica 2019 . IOEB, Brasília, 2020. http://www.ioeb.org.br/
  6. IDH . (2020). Índice Brasileiro de desenvolvimento humano. IDH, 2020 . http://www.wiki.org/
  7. PNUD. (2020). PNUD 2019 – ONU. Brasília, 2020. http://www.br.undp.org/

[Artigo: Santos, Jusenildes.(2020). Tecnologias de aprendizagem: Formação de professores em TIC – Subsídios perceptivos de discussão e inovações – Eixos estratégicos Graduação e pós graduação 2020. University Europeia Atlantic . Ibero americana. TIC – Projetos. Docência prática. Teologia e politica – FCP. UFS – FOPTIC, Aju]

BIG DATE É MELHOR BY K.CUKIER TED

Releitura: A arte do aprendizado origina conhecimento: A realidade BiG Date conexos – Fundamentos no pensamento K. Cukier TED” – Informação e comunicação e seus suportes


Introdução

Relíquias e origens terminológica: Subsídios antropológicos

Bolo favorito nos EUA? Público: A maçã. Kenneth Cukier: Apple. Claro. Como sabemos? Para os dados. As vendas nos supermercados são analisadas. São observadas as vendas nos supermercados de bolos congelados de 30 cm e as de maçã vencem sem rival. A maioria das vendas são de maçã. Mas os supermercados começaram a vender bolos menores, 11 cm, e subitamente a maçã caiu para o 4º ou 5º lugar. Porque O que aconteceu? Bem, pense sobre isso. Quando compramos um bolo de 30 cm, toda a família tem que concordar, e a maçã é a segunda preferida de todas.


Mas se você comprar um bolo individual de 11 cm, poderá comprar o que deseja. Você pode comprar sua primeira opção. Temos mais dados. Podemos ver algo que não podia ser visto quando havia apenas menos dados. Agora, o ponto é que muitos mais dados não apenas nos permitem ver mais, mais do mesmo que já vimos. Mais dados nos permitem ver coisas novas. Eles nos permitem ver melhor. Eles nos permitem ver de forma diferente. Nesse caso, eles nos permitem ver que o bolo favorito da América é: não torta de maçã.


Todo mundo pode ter ouvido o termo “dados em massa”. Na verdade, eles provavelmente estão cansados de ouvir “dados em massa”. É verdade que o termo é muito exagerado e isso é muito lamentável, porque dados massivos são uma ferramenta muito importante para a sociedade avançar. No passado, costumávamos observar pequenas quantidades de dados e pensar no que eles significariam tentar entender o mundo. Agora temos muito mais, mais do que aquilo que poderia existir antes.


O que descobrimos é que, quando temos uma grande quantidade de dados, podemos fazer coisas que não poderíamos, tendo apenas quantidades menores. Dados massivos são importantes e são algo novo, e quando você pensa sobre isso, a única maneira de o planeta enfrentar seus desafios globais, ou seja, alimentar pessoas, prestar assistência médica, fornecer energia, eletricidade e garantir que Não diminuímos devido ao aquecimento global, ele está usando dados de maneira eficaz. Então, o que há de novo nos dados de massa? Qual é o grande problema? Bem, para responder a isso, vamos pensar sobre como as informações eram, fisicamente no passado.

Fundamentos e vertentes arqueológicas : Uma leitura substancial

Em 1908, na ilha de Creta, os arqueólogos descobriram um disco de argila. Eles datam do ano 2000 aC, então eles têm 4000 anos. Existem inscrições neste álbum, mas não sabemos o que elas significam. É um mistério completo, mas o ponto é que as informações eram vistas 4000 anos atrás. É assim que a sociedade armazena e transmite informações. Agora, a sociedade não avançou muito. Ainda salvamos as informações em discos, mas agora podemos armazenar muito mais informações, mais do que nunca. A pesquisa é mais fácil. Copiar é mais fácil. Compartilhar é mais fácil. O processamento é mais fácil. E podemos reutilizar essas informações para usos que nunca imaginamos quando os primeiros dados foram coletados. Nesse sentido, os dados evoluíram de um armazém para um fluxo, de algo estacionário e estático para algo fluido e dinâmico. Existe, se você quiser, uma liquidez de informações.


O disco descoberto fora de Creta, com 4000 anos, é pesado, não armazena muita informação e essa informação não é modificável. Pelo contrário, todos os arquivos que Edward Snowden tirou da Agência de Segurança Nacional dos EUA se encaixam em um dispositivo de memória removível do tamanho de uma unha e podem ser compartilhados à velocidade da luz. Mais dados Mais. Um motivo para ter tantos dados hoje no mundo é que coletamos coisas sobre as quais sempre coletamos informações, mas outro motivo é que estamos pegando coisas que sempre foram informativas, mas nunca foram convertidas para um formato de dados e estamos transformando em dados


Pense, por exemplo, na questão da localização. Tomemos, por exemplo, Martin Luther. Se quiséssemos saber em 1500 onde estava Martin Luther, teríamos que segui-lo o tempo todo, talvez com caneta e tinteiro, e anotá-la. Mas pense como está hoje. Você sabe que em algum lugar, talvez no banco de dados de uma empresa de telecomunicações, existe uma planilha ou entrada do banco de dados onde suas informações são registradas de onde você esteve o tempo todo. Se eles tiverem um telefone celular e o telefone tiver GPS, mas mesmo se não tiverem GPS, suas informações poderão ser gravadas. Nesse sentido, a localização tem sido um campo de dados.


Agora pense, por exemplo, sobre a questão da postura, o modo como você está sentado agora, o modo como está sentado, o de você, o de você.Todos diferentes, dependendo do comprimento das pernas, as costas e seu contorno, e se eu colocar censores, talvez 100 em todos os assentos agora, eu poderia criar um índice exclusivo para cada um, algo como uma impressão digital, que não é do dedo. E então, o que podemos fazer com isso? Pesquisadores em Tóquio estão usando-o como um potencial dispositivo anti-roubo em carros. A idéia é que o ladrão sinta ao volante, tente ligá-lo, mas o carro reconhece que um motorista não autorizado está no carro e, talvez, o motor pare, a menos que ele escreva uma senha no painel para dizer: “Eu tenho autorização de condução “. Ótimo O que aconteceria se todos os carros na Europa tivessem essa tecnologia? O que podemos fazer então? Talvez, se adicionarmos os dados, talvez possamos identificar sinais reveladores que previam melhor que um acidente de carro ocorrerá nos próximos cinco segundos. E então, o banco de dados que teremos é fadiga do motorista, e o serviço seria ativado quando os sensores do carro detectassem que a pessoa descansa nessa posição e um alarme interno é ativado automaticamente que faria o volante vibrar, soando um alarme. para dizer: “Acorde, preste mais atenção à estrada”.


Esse é o tipo de coisa que podemos fazer quando coletamos dados em mais aspectos de nossas vidas. Então, qual é o valor dos dados em massa? Bem, pense sobre isso. Eles têm mais informações. Eles podem fazer coisas que não podiam fazer antes. Uma das áreas mais impressionantes em que esse conceito é aplicado é na área de aprendizado de máquina. O aprendizado de máquina é um ramo da inteligência artificial, que por si só é um ramo da ciência da computação. A idéia geral é que, em vez de ensinar algo a uma equipe, simplesmente transferiremos os dados para o problema, para que o computador descubra sozinho. E ajude-nos a entendê-lo vendo suas origens.

FE – Avanços e memória : Comunidades desenvolvedoras

Nos anos 50, um cientista da computação da IBM chamado Arthur Samuel que gostava de jogar damas, por isso escreveu um programa para jogar contra o computador. Jogado. Ganhou. Jogado. Ganhou. Jogado. Ele venceu, porque a equipe sabia apenas o que era um movimento legal. Arthur Samuel sabia de outra coisa. Arthur Samuel sabia de estratégia.


Então, ele escreveu um pequeno subprograma operando em segundo plano. E tudo o que ele fez foi anotar a probabilidade de que uma configuração do quadro levasse a um quadro vencedor e um quadro perdedor após cada jogada. Ele jogou contra o time. Ele ganhou. Ele jogou contra o time. Ele ganhou. Ele jogou contra o time. Ele ganhou. E então Arthur Samuel deixou o computador tocar sozinho. Joga sozinho. E colete mais dados. Colete mais dados. Aumente a precisão de sua previsão. E então Arthur Samuel volta para o time joga e perde. E jogar e perder. E jogar e perder. E Arthur Samuel criou uma máquina que excede sua capacidade em uma tarefa que ele ensinou.


E essa idéia de aprendizado de máquina irá a qualquer lugar. Como você acha que temos carros auto-dirigidos? Somos melhores como sociedade armazenando todas as regras da estrada em software? Não. A memória é mais barata. Não. Os algoritmos são mais rápidos. Não. Os processadores são melhores. Não. Todas essas coisas são importantes, mas não é por isso. É porque mudamos a natureza do problema. Mudamos o problema de um em que tentamos explicar aberta e explicitamente ao computador como dirigir, para um em que dizemos: “Aqui estão muitos dados do veículo. Faça os números. Você percebeu que esse é um semáforo, que é vermelho e não verde, significa que você precisa parar e não continuar.


O aprendizado de máquina está na base de muitas coisas que fazemos online: mecanismos de pesquisa, algoritmo de personalização da Amazon, tradução automática por computador, sistemas de reconhecimento de voz. Recentemente, os pesquisadores examinaram a questão das biópsias, biópsias de câncer e usaram o computador para identificar, analisando os dados e as taxas de sobrevivência, se as células são realmente cancerígenas ou não e, é claro, transferindo os dados através de Um algoritmo de aprendizado de máquina, a máquina conseguiu identificar os 12 sinais indicadores que melhor preveem se nesta biópsia de células de câncer de mama, existe, de fato, câncer. O problema: a literatura médica conhecia apenas nove deles. Três dos traços eram aqueles que as pessoas não procuram, mas que a máquina descobriu. Também existem aspectos obscuros nos dados massivos. Isso melhorará nossas vidas, mas há problemas que precisamos estar cientes, e o primeiro é a ideia de que podemos ser punidos por previsões, de que a polícia pode usar dados massivos para seus propósitos, um pouco como “Relatório da Minoria”.


É um termo conhecido como polícia preditiva, ou criminologia algorítmica, e a idéia é que, com uma grande quantidade de dados, por exemplo, onde houve crimes antes, saberemos para onde enviar patrulhas. Faz sentido, mas o problema, é claro, é que eles não apenas permanecerão nos dados de localização, mas irão para o nível do indivíduo. Por que não usamos dados de pessoas com um alto histórico acadêmico? Talvez use o fato de estarem desempregados, seu registro de crédito, seu comportamento na Web, se estiverem acordados até tarde da noite. O seu controlador físico digital, ao identificar dados bioquímicos, mostrará se você tem pensamentos agressivos. Podemos ter algoritmos que podem prever o que estamos prestes a fazer, e podemos ser responsáveis antes de realmente agirmos. A privacidade foi o principal desafio na era dos pequenos dados.


Na era dos dados em massa, o desafio será salvaguardar o livre arbítrio, a escolha moral, a vontade humana e a ação humana. Há outro problema: dados massivos tirarão nossos empregos. Dados e algoritmos maciços desafiarão o conhecimento em gerenciamento profissional no século 21 da mesma maneira que o As linhas de automação e montagem da fábrica desafiaram o trabalho dos trabalhadores no século XX. Pense em um técnico de laboratório que olha no microscópio uma biópsia do câncer para determinar se é câncer ou não. A pessoa que foi para a faculdade. Em que ele compra propriedades. Ele ou ela vota. Ele ou ela é um constituinte da sociedade. E o trabalho dessa pessoa, assim como toda uma frota de profissionais como essa pessoa, descobrirá que seus empregos mudaram radicalmente ou, de fato, foram completamente eliminados.


Agora, gostamos de pensar que a tecnologia cria empregos após um curto período de deslocamento temporário, e isso é verdade para o quadro de referência da Revolução Industrial em que vivemos, porque foi exatamente isso que aconteceu. Mas esquecemos algo na análise: existem algumas categorias de empregos que são simplesmente eliminadas e nunca mais criadas. A Revolução Industrial não foi muito boa se você fosse um cavalo. Portanto, teremos que ter cuidado, coletar dados massivos e ajustá-los às nossas necessidades, às nossas necessidades humanas. Temos que ser os donos dessa tecnologia, não seus servidores.


Estamos no começo da era dos dados em massa e, honestamente, não somos muito bons em lidar com todos os dados que podemos coletar agora. Não é apenas um problema para a Agência de Segurança Nacional. As empresas coletam muitos dados e também os utilizam indevidamente, e temos que melhorar isso, e isso levará tempo. É um pouco como o desafio enfrentado pelo homem primitivo e pelo fogo. É uma ferramenta, mas que, a menos que tenhamos cuidado, nos queimará. Dados massivos transformarão a maneira como vivemos, como trabalhamos e como pensamos. Eles nos ajudarão com nossas carreiras e levarão uma vida de satisfação, esperança, felicidade e saúde, mas no passado, freqüentemente, vimos que a tecnologia e nossos olhos só viam a tecnologia T, o hardware, porque isso é físico. Agora temos que reformular nosso olhar para o eu, a informação, que é menos tangível, mas de certa forma muito mais importante. A humanidade pode finalmente aprender com as informações que pode coletar, como parte de nossa eterna busca por entender o mundo e nosso lugar nele, e é por isso que os dados em massa são um grande problema.


Uma tarte da América favorita é …? Audiência: Maçã! Kenneth Cukier: Maçã. Claro que ele. Como sabemos? Por causa de dois dados! Vemos dois supermercados vendidos. Vemos supermercados com bandagens de tortas de 30 cm congeladas e maçã ganha, sem discussão. To maioria das bandadas são as de maçã. Mas você pode comecaram supermercados para vender tortas pequenas, 11 cm. De repente, a maçã caiu para o quarto ou quinto lugar. Porque Ou o que aconteceu? Pensem bem. Quando você compra um bolo de 30 cm, toda a família precisa ser oleada, mais como a maçã é uma segunda escolta de todas. Mas quando você compra um bolo individual de 11 cm, pode comprar o que deseja. Podem obter a primeira escolha. Vocês têm mais dados. Pude ver uma coisa que nunca veio, quando era apenas uma pequena quantidade.


Como está aqui, que mais dados não são apenas autorizados a nos ver mais, mas é isso que vamos esquecer, mas que também nos permitirá ver coisas novas. Vamos ver melhor. Vamos ver de forma diferente. Nesse caso, vamos ver qual das tarte preferidas da América: não é a de maçã.


Provavelmente, já todos ouviram falar sobre os “megadados”. Provavelmente já estamos felizes em ouvir ou garrafa térmica Megadados. É verdade que houve uma publicidade em torno da garrafa térmica e isso é lamentável, porque você foi extremamente importante para mim, enquanto sociedade, para avançar. Não passou, vamos esquecer os conjuntos reduzidos de dados e pensar ou o que significa tentar entender ou mundo. Agora temos muito mais fazer mais do que nunca Descobrimos que, quando temos um grande conjunto de dados, podemos dizer que não fomos capazes de fazê-lo, mesmo quando temos pequenas quantidades. Eu implorei que você fosse importante e você é uma noiva. Eu pensei. A única maneira como este planeta será capaz de enfrentar os desafios globais – alimentar pessoas, fornecer assistência médica, fornecer energia, electricidade e garantir que eles não sejam afectados por causas globais – e através do uso Dados eficazes Como ou o que de novo quanto megadados anos? Ou o que tem de tão importante? Para responder a essa pergunta, vamos pensar em como era a informação, o que era ou seu aspecto físico, não passou. Em 1908, na Ilha de Creta, os arqueólogos descobriram um disco de argila. Dataram-no de 2000 a. C., portanto, com 4000 anos. Há inscrições nesse disco, mas não sabemos o que isso significa. É um mistério total, mas o que foi ou foi o que aconteceu há 4000 anos atrás. Foi assim que a sociedade armada e transmitida como informação.


A sociedade não avançou tão muito. Continuamos a reunir informações sobre registros, mas depois podemos manter muito mais informações, muito mais do que eu amarrei aqui. É muito fácil pesquisar. É muito fácil copiar. É muito fácil compartilhar. É muito fácil de processar. Podemos reutilizar essas informações para usos que nunca secam, imagine quando lhe damos as primeiras. A esse respeito, eu lhe passo de “estoque” para fluxo, passou duma coisa que é fixa e estática para uma coisa que é fluida e dinâmica. Há, quer-se, uma liquidez na informação. Ou um disco que descobri em Creta que tinha 4000 anos e é pesado, não guarda muita informação e essa informação é imutável. Por outro lado, todos os argumentos que Edward Snowden levou da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos dão aos Estados Unidos também podem ser membros do Tamanho duma unha e também podem fazer parte da velocidade da luz. Mais dados. Mais.


Uma das razões pelas quais temos de folhear tantos dados não-mundiais e por que estamos coletando coisas sobre como sempre coletamos informações. Mas outra razão é porque vamos pegar coisas que são sempre fóruns informativos, mas nunca foram transformados em um formato de dados e vamos transformar os dados. Por exemplo, pense na localização. Por exemplo, Martinho Luther. Gostaríamos de conhecer cerca de 1500 anos de Martinho Luther, devemos sempre andar atrás dele – talvez com uma pena de pato e um tinteiro – e registrar isso. Agora pensou em não passar. Sabemos que alguns deles, provavelmente baseados na base de dados da empresa de telecomunicações, foram usados para calcular ou, menos cabelos, uma nova entrada com base nos dados que registram informações sobre onde vivemos em todas as ocasiões, se temos um telemovel e essa telemovel GPS Mas, enquanto não houvesse GPS, eu poderia registrar tanta informação. Nesse caso, um local foi transformado em dados.


Eu poderia registrar como nós informações. Nesse caso, um local foi transformado em dados.


Pensei, por exemplo, nesta posição, na maneira como você está sentado neste momento, na maneira como se senta, na maneira como se senta, na maneira como se senta. São diferentes, em função do tamanho das vossas pernas, dois contornos da costa dos vossas. Vamos nos tornar censores – talvez cem censores – em todos os casos, neste momento, eu poderia criar um índice único para cada um de vocês, uma espécie de impressão digital, mas não dois dedos.


Mas o que poderíamos fazer com isso? Existem pesquisadores em Tóquio que vão usar isso como um possível aparelho antirroubo em automóveis. Acredita-se que ele se sentou ao volante, tentou dar partida, mas o carro reconhece que, ao volante, existe um motorista autorizado que não dá partida no motor, a menos que seja digitada uma senha no painel de comandos, que diz: “Olha lá, eu tenho autorização para orientar”. Fantástico.

A C – Interação humana

Eu conheço todos vocês na Europa tivessem essa tecnologia? Ou o que poderíamos fazer? Se adicionarmos a você, talvez possamos identificar sinais reveladores que previam o melhor que acontecerá em um acidente de viação cinco segundos depois. E mais, ou que teremos registrado no dado fadiga do condutor. Ou o objetivo seria que, quando um carro está presente nessa pessoa, ele automaticamente sabe que é necessário vincular um alarme interno que vibre a um volante, e não um alarme interno, para dizer: “Ei, concorde! Preste mais atenção!” São essas coisas que podemos fazer quando transformamos em dados a maioria dos aspectos de nossa vida. Então, qual é o valor de dois megabytes? Eu pensei apenas. Temos mais informações. Podemos fazer coisas que não podíamos fazer antes. Uma das áreas mais impressionantes em que esse conselho ocorrerá na área de aprendizado de máquina. Um aprendiz de máquina é um ramo da inteligência artificial, que, por enquanto, é um ramo da tecnologia da informação. Uma idéia geral é que, em vez de dar instruções a um computador sobre o que fazer, simplesmente jogaremos dados por um problema e usaremos o computador para iniciar uma solução por precaução. Você entende melhor condenando como suas origens.


US 50, engenheiro de computação da IBM, chamado Arthur Samuel, Gostava de Jogar Xadrez. Por isso escreveu um programa de computador para brincar com um computador Jogou. Ganhou Jogou. Ganhou Jogou. Ganhou Porque qualquer computador era sábio ou era um movimento legal. Arthur Samuel sabia mais qualquer coisa. Arthur Samuel sabia de estratégia. Assim, escrevi um pequeno subprograma que era executado por trás, que mal calculava as probabilidades de uma determinada configuração do tabuleiro levar um tabuleiro vencedor ou um tabuleiro perdedor, depois de cada movimento. Joga com ou computador. Ganha Joga com ou computador. Ganha Joga com ou computador. Ganha Então, Arthur Samuel deixa ou joga sozinho no computador. Ele joga sozinho. Colete mais dados. Colete mais dados. Aumento ou rigor de suas previsões. Arthur Samuel se vira para o computador. Joga e perde, joga e perde, joga e perde. Arthur Samuel levantará uma máquina que vai além de sua capacidade como uma tarefa que ele ensinará.


Mas também existem dois lados sombrios. Vai melhorar nossas vidas, mas tem problemas que tememos que consciência. Ou, primeiro, acho que podemos ser punidos por motivos antecipados, que a polícia pode usar megadados para seus objetivos, um pouco como não “Minority Report”. É um termo chamado policiamento previsível ou criminologia algorítmica. Uma ideia é que, nós já demos muitos, por exemplo, sites onde ocorreram crimes que não passaram, sabemos para onde enviar como patrulhas. Isso faz sentido, mais claro que ou o problema é que ele não vai nos parar em um determinado local, ele vai descer para o nível do indivíduo. Por que não usamos dados ou a história universitária de pessoas? Poderíamos usar ou, de fato, este empregado ou não, ou grau de confiança, ou comportamento de navegação na Internet, era muito tarde. Ou, de acordo com Fitbit, quando é possível identificar bioquímicos, isso mostra que são pensamentos agressivos. Podemos ter algoritmos que podemos prever ou nos quais pensaremos, e podemos ser responsabilizados antes de sermos agitados. Uma privacidade era ou desafio central numa era de pequenos dados. Na era de dois megabytes, ou o desafio será salvaguardar nossa vontade, escolta moral, volição humana, atividade humana.


Essa ideia de aprendizado de máquina está por trás de todos os lados. Como é que temos carros autoguiados? Nossa sociedade é melhor para colocar tudo como Essa ideia de aprendizado de máquina está por trás de todos os lados. Como é que temos carros autoguiados? Para nós a sociedade é melhor colocar todas as regras de trânsito em “software”? Não. É uma memória barata? Não. Você é um algoritmo mais rápido? Não. Vocês são melodores? Não. Todas essas coisas são importantes, mas por todos os motivos. É porque alteramos a natureza do problema. Vamos alterar a natureza do problema. Em vez de tentar o bolo e explicar explicitamente como guiar o computador, dizemos: “Ele é entregue aqui em um veículo”. Descubra como ele é. “Descubra que este é um semáforo”, que à luz do semáforo é verde e verde “, é isso que significa parar” em vez de seguir em frente “.

Vantagens e desvantagens: funcional Algoritmos

Um aprendiz de máquina é baseado em muitas das coisas que favorecemos “online”. Por exemplo, mecanismos de pesquisa, algoritmo de personalização da Amazon, tradução por computador, sistemas de reconhecimento de voz. Recentemente, existem pesquisadores que analisam biópsias, dão biópsias relacionadas a câncer. Pediremos um computador para identificar, esquecendo você e os taxa de sobrevivência, para determinar se as células cancerígenas eram cancerígenas ou não. Certamente, quando você os fornece, através de um algoritmo de aprendizado de máquina, você é capaz de identificar os 12 sinais reveladores que melhor impedirão a biópsia do câncer de causar câncer de mama como células cancerígenas de fato. Um problema: uma literatura médica tem apenas nove de sinais. Três sinais eram mais sinais do que o necessário, mas sim por máquina.


Há um outro problema: Megadados vão roubar-nos trabalho. Os algoritmos vão colocar em causa ou trabalho intelectual de colarinho branco, dois profissionais no século XXI, como automação de fábricas e linhas de montagem puseram em causa ou trabalho duas operações no círculo XX. Eu acho que um técnico de laboratório que olha um microscópio para uma biópsia de um câncer e determina o quão canceroso é. Essa pessoa frequentou uma universidade. Essa pessoa compra bens. Votar A parte interessada da sociedade. Essa pessoa, assim como qualquer outro grupo de profissionais, é igual a ela, será separada ou radicalmente alterada ou totalmente eliminada. Temos medo de pensar que a tecnologia está gerando empregos depois de um período temporário de transição. Isso é verdade, dentro do quadro de referência em que todos vivemos na Revolução Industrial, porque foi exatamente ou o que aconteceu. Mas esboçamos uma análise dessa coisa. Existem algumas categorias de trabalhos que são eliminados e nunca mais voltar. A Revolução Industrial não foi muito boa para você cavá-los. Portanto, devemos ter cuidado, agarrar um ao outro e ajustá-los às nossas necessidades, às nossas necessidades humanas. Temos que ser doados à tecnologia e não aos seus escravos. Nós apenas não estamos começando, eram dois megabytes. Honestamente, não somos muito bons em lidar com todos os dados que conseguimos reunir regularmente. Não há nenhum problema com a NSA. Uma indústria reúne muitos dados e também o utiliza indevidamente. Precisamos melhorar isso, mas isso vai levar tempo. Um pouco ou desafio que os homens primitivos enfrentarão com fogo. Ele é uma ferramenta, mas é uma ferramenta que, tenha cuidado, podemos queimar.


Você implorou para transformar ou como vivemos, como trabalhamos e como pensamos. Você nos ajudará a criar nossas carreiras e a viver com satisfação e esperança, com felicidade e felicidade. Não passamos, esquecemos muitas vezes de uma tecnologia da informação e nos olhos só vi ou “T”, a Tecnologia, ou equipamento, porque era ou era físico. Agora precisamos focar ou não olhar no “I”, para Informação que é menos aparente, mas em certos aspectos, muito importante. Uma humanidade pode finalmente aprender a coletar informações, uma parte de nós procurando inquietação para entender ou o mundo em nosso lugar. Por isso implorei é uma coisa muito importante.


Estamos no início da era dos dados em massa, e honestamente, não somos muito bons em lidar lcom todos os dados que podemos coletar agora. Não é só um problema para a Agência de Segurança Nacional. As empresas coletam muitos dados, e também, eles os usam indevidamente, e nós temos que melhorar isso, e isso vai levar tempo. É um pouco como o desafio enfrentado pelo homem primitivo e fogo. É uma ferramenta, mas a menos que tenhamos cuidado, vai nos queimar. Dados maciços transformarão a maneira como vivemos, como trabalhamos e como pensamos. Eles nos ajudarão com nossas carreiras e levarão uma vida de satisfação, esperança e felicidade e saúde, mas no passado, muitas vezes vimos que a tecnologia e nossos olhos só viram a tecnologia T, o hardware, porque isso é físico. Agora temos que reformular nosso olhar para o I, a informação, que é menos tangível, mas em alguns aspectos muito mais importante. A humanidade pode finalmente aprender com as informações que pode coletar, como parte de nossa eterna busca para entender o mundo e nosso lugar nele, e é por isso que os dados em massa são um grande problema.


Fonte:
https://www.ted.com/talks/kenneth_cukier_big_data_is_better_data


BIG DATE – PARA MOTORS [ARM, PROC, SISTEMAS DE CONSULTA, ANALÍTICA, COORDENAÇÕES]
CARACTERES BÁSICOS TÉCNICOS


Motors diversos: Tutorial (Hide) consulta
Trânsito e diretórios
Em nuvem
W W W
Unidades internas diretórios, Base externas
Warehouse – Diretórios


FORMATOS E UNIDADES CENTRAIS – CORPORAÇÕES/DIRETÓRIOS


Programas grandes, médios, independentes e instituições organizacionais
Softawre – Organização de desenvolvedores
Integradas para avanços de estudos institucionais de pesquisas
Interfaces por tipos: Amazon; Family Microsoft; EAFIP; Montoya

ARQUITETURAS BIG DATE


a) Distribuídas (Provedores; Servidors; Analisar e exibir dados em elevação; Crescimento constructos de valores unidos com analíticas geradas);
b) Multidistribuídas;
c) Hadoop dusterv 1(Servidors) e variados, e com velocidade ágeis e rápida.

Visto e abordado por métodos inovador em avanços TICs em fronteiras do aprendizado do conhecimento para:
a) Coletar;
b) Manipular específicas, a partir de estudos [Tratamento, análise de contextos, eixos, e utilizar mecanismos, integrações, conexões, etc.];
c) Ferramentas informacionais e conjuntos de mais e sistemas informacionais para dados grandes [Hiper para obter informações e com TICs];
d) Interfaces com volumes em diversos em dados e para serem analisadas por sistemas tradicionais.

CONCEITUAÇÃO

Área do conhecimento que investiga, com experimentos práticos tecnológicos, e informacionais em inteligência artificiais, metodológicas, métodos em um 4º paradigma na cronologia por evidencias em evolução das comunidades e sociedades Contemporâneas em transformação e mudanças.

MAPEAMENTO – Redutores – Vs Spark (Mémoria)
[H – Grava, acessa, armazena (Mémoria);
SQL Distribuidores diversos diferentes superior de processamentos;
HIVE SI – Consulta


DISTRIBUIDOS BD – TUTORIAS APACHE
 Distribuídos servidores
 Serviços analítica

Fonte: Wikipedia. org.br

BIG Date and music in manipulacion marketing e comunicação ídolos pop.

Its a mira de a thriller?
Música empresarial estratégica de mercado e comércio: Ao empresariado comercial e outros em lançamentos de recursos e ferramentas com dimensões publicitárias e comunicação de marketing da música pop e ídolos da juventude de dimensões de inserção nas comunidades e clientelas jovens.


Marketing e comunicação – Trilhas sonoras musicais


Uma massificação de marketing e mercado em tônica de fãs entornos de personalidades jovens e a exploração da ótica de produtos de comercialização, como estratégica de mercado e idolatria pop e acompanhar moldes e modas em estilos de influência e consumos.

Fonte: ENANCIB, Anadrey Um plate,(2019). Conferência UFSC, SC.

Conclusão

A defesa e investigação acadêmica apresentada considera diversos ídolos pop americanos de influência e consumos no mundo e comunicação juvenil e adolescentes. A massificação de exploração em cima da trilha sonora musical e grande poder de influência aos consumos e explorações comerciais. A informação BIG Date em dados digitais sumamente cantantes em dimensões dados.

Analítica histórico – Fundamentos epistemológicas Big Date

Uma linha de pensamento introduz informações coletados e compostos por banco de dados, com aproximações integradas conjunto de investigações e estudos minuciosos e detalhados de relíquias arqueológicas de coisas(objetos) com entornos informativas, diversas vertentes, que permeiam em avanços em formatos de disco, que anteriormente pedido armazenamento ao seu tempo 4.000 anos luz, hj informações dignificaram novos dispositivos digitais. Para agregar diversidades de banco de dados por inúmeros contextos de organizações e empresas, atreladas e as entradas a raízes de ensejo de informações a unir e formar conjunto todo, uma se desejo, de juntar outras informações de outros eixos informacionais decorridas, formam um banco de dados, e pasta – termo e uma terminologia mais detalhadas, dentro destas patinhas, pasta – denominada “pessoa” ou código batizado ao sujeito e ou ator. Hoje rede ao ligar integrar e avançar na linha e segmentos tecnologias em informação e comunicação. Mais, centradas segmentos: Centro de estudos, organizações, Empresas e outros buscam integra se para auxílios e interconexões rede de redes conectadas. Em circuito de comunicação Satélites de satélites entorno da Terra para aproximar conglomerados de eixos telecomunicativos tecnológicos. Proporcionam recorrer subconectar e interligar e unir informações em dados especificamente, detalhadamente e minúcias em periféricos codificados em linha no tempo, instantâneo e simultâneo, de forma cada vez mais rápido e ágeis por compostos dispositivos átomos nucleares e outros compostos possíveis físicos periódicos funcionais em eixos de unir aos núcleos presentes [Cobalto e silício] ao dispositivos tecnológicos protótipos de formatos aparelhos eletroeletrônicos, móveis e etc. De forma mais, aproximadas de recorrer tecnologicamente, as bases de dados e redes, em diversos lugares, localizações e organismos diferentes e segmentos, além de contextos tipos de bases ou centros funcionais de conexões instituídas de comunicação super danificadas e objetivos diferentes, atividades e rotinas cada vez mais diversas e específicas denominou – Big Date, ou sem atender a todos as solicitações e recorrências, ocorrências as informações ao conjunto X ou Y aos a banco de dados de ou Y, foram codificados Dados digitais – Big Date, por ficam transpirando, códigos específicos digitais em ondas, dispositivos tecnológicos para atendimento a todos, consideradas Distribuídos[ Provedoras, servidores, sistemas de informação, Analítica, Consulta, etc. Multiversos distribuidores funcionais essas centrais multifacetado recursos podem transitar codificação de memória – Hadoop dustersv – Servidores variados com capacidades em velocidades ágeis e hiper rápidas. Ainda, ampliadas para circuitos em “Nuvem”- bases abertas e descentralizadas em suas memórias de banco de dados internos externos, armazenagem imediata tão próximas e distantes.


Desenho teórico – Analítica


Aos distribuidores [Provedores, servidores, sistemas de informação – Analíticas, consultas de dados funcionais, por mapeamentos com redundâncias tipos de redutores e integrados. Aos dispositivos funcionais por radares e sensores codificados e codificantes conectados e integrados. A nível de Spark (memória com armazenagem, gravação e acessos).


Distribuidores integradas SQL distribuidas (Superior processamentos). A nível de Hive – Sistemas de consulta em informação, distribuída para tutoriais diversos no mundo de dados digitais, termo – informações X ou Y, gerada e contribuindo, avançado para mais conjuntos e agregados diversos e típicos distribuidores, para segmentos X ou Y em geração de espécies de informação e unindo os bancos de dados e suas específicas atribuições e objetivos capacitores de armazenamento de memória disponível em X ou Y presente a servindo e distribuindo para outros conectores variados, requeridos e atendidos. Segmentos em otimização de Tecnologias de informações e comunicação, novas produzidas gerando significados de dados, aprendizado e conhecimento, atualmente codificada em linguagens. Uma conceituação epistemológica para inovação Big Date Apache, nova terminologia de disciplina em Inteligência artificial.


Para Nuvem, esses recursos para unidades EAFIP distribuídos Boa Date, em tutoriais, sistemas de buscas, em: Hide formato [Ware house – Grande armazenamento gigantes de bancos de dados – Diretórios – Funcionais corporações]. Em Motors – recursos dispositivos com características de servidores: Armazenagens, processamentos, consulta, Analítica, coordenação, gerencias, etc.] Com redundâncias funcionais de servidor distribuindo em suas conexões.


Entre outra versão, aos multidistribuídos funcionais, por mapeamentos com redundâncias com redutores e integrações. Aos dispositivos funcionais por radares e sensores codificantes e codificados conectados integrais. A nível de Spark (Memória com armazenagem gravação e acessos de informações – Dados. Dispositivos integrados SQL distribuídos (Superior processamentos). Hive -Sistema de informação de consulta em espécie distribuídos para tutoriais diversos no mundo de Dados digitais, termo – Informações X ou Y, gerada e contribuindo, sendo por avanços para mais conjunto de dados, segmento desde por tutoriais, sendo gerados por informações em seus fluxos desenvolvidos e alimentados em dados.

BIG Date Tutorial
Hide( Motor) – Sistema de consulta

Abordagem apresentada enfoca o desenho de metodologia e diretrizes do curso disciplinar em graduação acadêmica BIG Date – Tutoria em estima de 04 anos de grade de conteúdo de formação regular.
1.1.Em nuben – Unidade EAFIP
1.1.1. Teste [Hide]:

  • inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]

  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]
  • Inversão 06 informações de dados – Armazenamento e sistemas de buscas – Base?
  • Formato – Hide
    1.1.2. Ware house [diretórios
    1.1.2.1. Tipos por corporação/diretório- exemplo:c
    a) Amazon – É uma base de memória mais fácil.
    b) Family Microsoft Azure
    1.1.3. Unidade – EAFIP
    1.1.4. Coordenação monitória [Edwin Montoya e Montoya@ue]

3– Big Date Tutorial Apache
3.1. MOTORS BIG DATE
3.1.1. . MOTORS- Recursos;
3.1.2. ““- Armazenamento;
3.1.3. ““- Processamento;
3.1.4. ““– Consulta;
3.1.5. ““– Analítica;
3.1.6. ““– Coordenação gerência.

3.2. ARQUITETURA BIG DATE

– Distribuídos Hadoop- MapReduce1 Multidistribuidos
3.2.1. Multidistribuídos

3.2.2. Hadoop dusterv1
Servidor
• Armazena – Processa AP AP AP AP P

3.2.3. MapReduce1 Vs Spark – Memória SQL Distribuidos MapRedu
• Handareana
Grava e
Acessa a

Memória

Superior de processamento

3.2.4. HIVE – Sistema de informação de consulta
 BIG Date – Distribuídos Tutorial Apache

Fonte: Montoya, E. (2019). BIG Date: Tutorial. CLEI 2019, Panamá.

Eixos de Ligação – Conectores, Ferramentas, Formatos, mídias e dispositivos

A concepção de estudos origem textual proporcionaram releitura com tradução de língua, nos apresenta uma realidade Big date na verificação global WWW – Wide Word Wind, desde histórico de fundamentos originárias de relíquias arqueológicas de coisas e objetos contendo códigos ou e inscrições informativas, que dão referenciais que são identificados na história da evolução da humanidade, e tecnologia e ciências nas áreas do conhecimentos, que identificam cada informação, e liga com outros dados em temáticas – Termo e dentro de terminologias de agregação a informação digital – Dados, atribui-se avanços e desenvolvimento de estudos e investigação em cada área disciplinar de inovação – Inteligência Artificial, e interdisciplinares e disciplinares: Informática; Ciências da computação; Ciência da Informação; Análise de sistemas; Engenharias de Software; Tecnologia da Informação e comunicação e etc. Análise textual e histórico de origens de fundamentos, vemos que, a analítica proporcionou -se : Instâncias de pontos essenciais: informações anotadas e observados na investigações locais in loco e avançados desencadeou -se que : a) Venda; Supermercado; Produto; Tamanho cm; Saída mais – grandes e pequenos; Nivelamento % de preferência; Sabores; Opção saída; Mais dados; Preferência familiar; Opção de 1ª compra(Mais Dados);

Produto individual e familiar(Desejo e desejos); Produto para individual (Mais Dados); Mais Dados – Mais informações recolhidas); Mais Dados – Mais coisas novas(Detalhes – Por menores – Diferentes perfis); Produto favorito; Produto regional e cultural? Aceito ou não; b) Instância Dados em Massa, desencadeou -se por: Termo DM – FE que passa vínculos; Dados minuciosos de detalhes mais quantitativos e por que é importante para o mundo muito avanços hoje +++++++ que antes; c) Descoberta apelos por[G Q D – Grande Quantidade de dados]; Coisas que poderiam apenas Q -: DM ++ Importantes e novo. Observadores, verificarão que muitos aspectos de informações que produziram dados diversos e globais: Alimentar pessoais; Prestação de assistência médica; Fornecimento de energias; Garantias por pontos energéticos e dados globais, e insustentáveis de clima; Manutenção de dados mesmos com impedimentos – Dados mantidos; d) Análise e informações – Dados fisicamente no passado – Pontos; e) Descoberta que informações coletadas de raízes arqueológicas, e : Disco de argila 4.000 anos atrás, apresentaram subsídios para: Informações com interrogações; Armazenagem e transmissão de informações – sociedade; Se hoje não avançou? Hoje salvação em discos; Armazenagem mais capacidade; Facilidade de investigação/pesquisa; copiar facilmente; Compartilhar + otimizados; Processamentos + promissor; reutilizar para usos que antes quando foram coletados; Evolução de armazém para um fluxo; estacionação, estático para fluido e dinâmico; f) Características do disco descoberta – Alta: Pesado; Não armazena mais informação; Não modifica; Disposito – arguivo, de memória revogável do tamanho; Pode ser compartilhado a velocidade da luz; Mais dados manuais. g) Motivação em observação na realidade de hoje: Mais dados; Coletamos; Coisas que sobre as quais sem coletamos informações; h) Nunca foram convertidas para o formato de dados; i) Estamos transformado em dados por exemplo[Localização – Termo; Antes – seguir com coleta de anotações (Caderno, tinta e tinteiro); j) Hoje – Termo localização [Lugar – Pasta]; BD – Empresa de telecomunicação [Entrada do BD – onde suas informações são registradas onde vc esteve o tempo todo]; Celular/Telefone/GPS]; l) Suas informações serem gravadas – Localização tem sido um campo d dados; m) Outros termos – Postura; sensores; Disposito anti – roubo não ser roubado quando o dono não sentir que os dados do cliente não foi o dono e sim ladrão.

CONCLUSÃO

Linha de pensamento, em proposta seguintes em reflexão de uma releitura para soluções e questões de vantagens e desvantagens numa problemática social e sócio econômicas cultural e ética em C&T. Temática Big Date melhor, em referência aos avanços integrados e desenvolvimento TIC – Tecnologia de informação e comunicação- Inteligência artificial, de estudos do autor, e neste enfatizando destaques e alertas, em quatro eixos de reflexão e propostas, neste concluso: A primeira instância contextos de destaques – Pontos de avanços, consideráveis avançados tempos Contemporâneos – Redes aberta “ Big Date e tutoriais híbridas e experimentamos sustentáveis “ Apaches”; Fusão integrantes tecnológicos de máquinas, a exemplo(Tablets e notebook), sem déficits comerciais se cliente, sem regulações bilaterais entre cliente e fabricantes, com saldo positivos para C&T; Distribuídos para atores e segmentos, máquinas diversidades e equipamentos eletrônicos domésticos digitais controles, mais aberta energias e eólicas; Amplitude de localização – 5G e Big Date – Distribuídas e atores, máquinas e Tecnologias comunicação para leitura de dados em trânsito, mínimos de segundos, ao mesmo tempo, diante sistema extra – Terra [Satélites de Satélites em conexão, e etc]. Em segunda instância, em circunstâncias de problemas e soluções – Mais velocidade, e mecanismos por e dispositivos, [ Ágeis e rápidos];Por Terceira considerações – Áreas
Disciplinares e interdisciplinares, curriculares – Interação humana e máquinas, e ensino híbrido, para sustentáveis entornantes; A instância quarta, tendência de matéria prima, protótipos de fabricação de indústria e segmentos de serviços de Informática , produtos com entornos sustentáveis; Linguagens e dados de segurança , privacidade; Políticas públicas de regulações – Lei de Dados digitais; Robotização e eixos sustentáveis C e T; Extração ou mudanças com avanços dispositivos, de presença de componentes núcleos de átomos em compostos de Silício mínimos por Cobalto, mais seguros e menos impactantes. Pesquisadores e cientistas, em estudos e investigações, para todos móveis; Linguagens de modificações mais simples e segurança para privacidade, trânsito aberto e fechado; para toda fragmentação de rede aberta www – Wind World Wilde, opção, sem conflito mediante longo trânsito legais e ilegais por opção, abrindo portas de insegurança. Para a quinta, desafios prospectivos por desafios para: TICs e eixos primos sustentáveis e seus atores circuitos, e dados digitais; Novos formatos de memória externos mais seguros, sugestivos de alcances- Acessos à armazenagem – Mercado e comércio; Investimentos em projetos “ Q Q” – Comunidades doméstica, situando para Educação, ensino com tecnologias e máquinas em dados móveis consideradas ultrapassadas e interligados para avanços, mais sinais de recuperação e inclusão por acessos mínimos, e PP – doação inclusivas de povos distantes, fora os índices de conexão Internet. A educação e ferramentas auxiliantes assistimos e multifuncionais diversos: Segmentos em investimentos TICs- Comunicação e informação Satélites para acessos inclusivos de melhores em qualidades em sistemas de conexão aberta. Em pilares ultima(Sexta), a futurologia por abertura inclusiva, sendo exclusiva por destaque gritante, que surgem em responder, objetivos de transformação e sociedade era digital – A ética e valores culturais entornos C&T, no mundo global para seus atores: Áreas públicas e conexões privadas; profissionais, pesquisadores, cientistas, círculos e trânsitos cidadão domésticos. E sugestivos entonação, propormos valores culturais e princípios fundamentais para Cristãos Católicos Romanos e outros, centradas na valorização de Era digital – Sociedade em comunidade, seja a humanidade que utiliza, usuflui e participa para harmonia com C&T, numa introjeção de avanços integrados para solução destaques de entraves e impedimentos de inclusão de todos, às sociedades e comunidades incluídas nunca perderá e seus investidores públicos, concessivos privados em linha e alinhamentos com cultura e valores de uma sociedade sempre por vantagem, servindo e auxiliando aos humanos e seres vivos em cadeia. Responder aos objetivos – Rede Internet, por abrir caminho, trilhas e trânsitos On Line virtual buscando à distância, aproximar pessoas distantes de forma interativas por máquinas computadores, e seus sucessivos inovativas tecnológicas, sincronizados e assincronizados por acessos para consultas e recuperação se dados por tecnologia vias informação e comunicação, onde as ferramentas e dados digitais, mídias e linguagens, de forma que incluir sempre a todos cunho global e Povos equidistantes – E percepção de que à Antítese – Big Date sempre inclusivo mais e mais a todos, será bem melhor. Neste P- PP por inclusivas para aproximar melhor e aproximando globalmente, em eixos ágeis e rápidos – TICs. Índices IDH – Desenvolvimento Humano e Educação por déficit vencidos globalmente e Povos distantes e ausentes cidadãos da Era digital e sociedade, é que culturais subjaz- As era inclusiva mundo global, e não fechamento de Nações e competições por desvantagens, e domínio exclusão. É missão essencial TICs, e para cidadãos e Povos de culturas, Nações, ainda por próximos, e aproximar, e equidistante por objetivos e acessos, por opção e decisão. Se C&T, não atingem a todos, não cumpre sua fica missão- Acessos e disseminação de informação destinos com inclusão – Melhor 76% inclusivo “ QQ” global. Destinos coeficientes inclusivas aplicados em TICs, encontra se seus entornos P – PP reais, perímetros .Educação – PIB – Produto Interno Bruto, retornados para sociedades, seus impostos – Mais melhor.

Referência bibliográficas

  1. Andrey Up Plante, (2019). Big Date In music. ENACIB 2019, Florianópolis, 2019. Conferência.
  2. Montoya, E. , (2019). BIG Date: Tutorial. CLEI 2019, de 30 de set. a 4 de out. 2019, Panamá. Conferência.
  3. Kenneth Cukier TED, (1980). Big data é melhor. https://www.ted.com/talks/kenneth_cukier_big_data_is_better_data [ Org. Tradução de contexto). Jusenildes dos Santos, SC, 2019.
  4. Wikipedia. org.br

[Artigo: Santos, J.(2020). Big Date é melhor by K. Cukier TED – ” Uma reeleitura – Arte do aprendizado Big Date – Fundamentos no pensamento K.Cukuer TED – Informação e comunicação e seus suportes.” (Trad.). University Europeia Atlantic . Iberoamericana. TiC – Projetos. Docência Prática. Teoligia e política – FCP. Aju, 2020]

Contribuições étnicas para código regular de dispositivos legais – Ciência e tecnologia: conexões e contextos compostos the ethics of artificial intelligence.     “Nuances litigantes Contemporâneos  para entornos e tópicos de eixos com C e T”

By – United Nations – Educational Scientific and Cultural Organization.( 2019). Charter of Ethics of Science and Techonology in the Region .UNESCO – RB/Science in The Arab States. São Paulo/Paris. Documental original.

Introdução

Contextos básicos de políticas e discurso em dispositivos PP – Códigos e regulações com coeficientes sinalizantes para realidades do circuitos de construção, desenvolvimentos e processamentos e manuseios diversificados de área disciplinar de informação e conhecimento – Tecnologias e ciências basicamente em inteligência artificiais. De modo que corpos de academias mundiais reafirmam a necessidades de reconhecimentos de políticas reguladoras e lei legislativas nacionais e internacionais em áreas do conhecimento de conexão sistemática de visão para construção de referências e mostras singulares indicativas, perante cadeias e segmentos para propriedades intelectual de criação, invenção e outras ordens em ciências e tecnologia, a exemplo de: Engenharias de softwares; Ciências da computação; Informática ; Analise de sistemas e avanços em TICs, e etc. A ONU – Nações unidas e parcerias com governantes de países construtores de Pp – Políticas públicas e outros segmentos, congregam de discussões dentro da UNESCO – Nações unidas para educação cientifica e cultura organizacional em âmbitos de uma língua inicial para vertentes aberta cientifica – Ciência e tecnologia: Com textos de discursos e defesas fundamentais e princípios para: A Ética de ciência e tecnologia em diversos Continentes, em especial o documento – Charter of Ethics of Sciense and technology in the Arab Region – Composition of the AD HOC EXPERT GROUP (AHEG) FOR THE RECOMMENDATION ON THE ETHICS OF ARTIFICIAL INTELLIGENCE. Neste encontramos contribuição internacional de conexões de membros de profissionais pesquisadores: Cientistas; pesquisadores; profissionais. Ainda instituições; Organizações; Corporações; Centros de pesquisas, em cunho governamental e não, e etc. Neste perfaz reconhecer referência para uma análise breves, alinhados na proposta de defesa contidas no mesmo referencial em caminho, para acentuar fundamentos abordados e coeficientes em avanços e circunferências de regulações e leis em cadeia disciplinar e suas diversidades a serem aplicadas.

Eixos dispositivos – Ciência e Tecnologia: Charter of Ethics in the Arab Region

Princípios underpinning the charter

· Integridade e segurança

· Respeito pela dignidade humana

· Bem – estar animal, preservação e proteção do meio ambiente

· Benefícios e não malefícios

· Justiça e proteção de direitos

· Liberdade

· Abertura e comunicação privada

Membros e composição recomendação: Group (AHEG)

O documento localizado como em – Section of Bioethics and Ethics of Science – UNESCO. Distribui listas compostas de recomendadores acadêmicos por segmentos em áreas disciplinares de pesquisas, estudos, e ensino dentro de ciência e tecnologia. A academia de composição abrangem 24 membros indicadores por recomendação, em países, tais como: Ms – Mme Carolina Inés AGUERRE REGUSCI – Uruguai; MS/Mme – Teki AKUETTEH FALCONER – Ghana; Ms/Mme – Latifa Mohammend AL – ABDULKARIM –Saudi Arabia/Arabie saoudite; Mr/M – Mohamed Alloghani – United Arab Emirates – Émirats Arabes Unis; Mr/M Maxim FEDOBROV – Russia Federation /Fédération de Russie; Ms/Mme – Constanza GOMEZ MONT – México /Mexique; Mr/M – Tim HWANG – United States of America/ États – Unis d´Amérique; Mr/M. Robert KROPLEWSKI – Poland- Pologne; Mr/M. Octavio KULESZ – Argentina/Argentine; Mrs/Mme – Irena NESTEROVA – Latvia /Lettonie; Mr/M. Jean Philbert NSENGIMANA – Rwanda; Mr/M. Luka OMLADIC – Slovenia/Slovénie; Ms/Mme – Julie OWONO ASSEVINI – Cameroom – Cameroun; Mr/M. Edson PRESTES E SILVA JUNIOR – Brazil – Brésil; Ms/Mme – Golestan(Sally) RADWAN – Egypt/Égypte; Ms/Mme – Fátima ROUMATE – Morocco/Maroc; Ms/Mme – Emma RUTTKAMP – BLOEM – South Àfrica – Afrique du Sud; Mr/M. Amandeep SINGH GILL – India/Inde; Mr/M. Osamu SUDOH – Japan – Japon; Ms/Mme – Catherine TESSIER – France; Mr/M. Peter – Paul VERBEEK – The Netherlands /Pays – Bas; Mr/M. Adrian WELLER – United Kingdom – Royaume – Uni; Mr/M. Sang Wook YI – Republic of Korea – République de Corée; Mr/M. YI ZENG – China – Chine.

Ética da produção científica e tecnológica

A produção ciência e tecnologia depende principalmente de pesquisas científicas e existe um número significativo de atores que contribuem com ela, direta ou indiretamente. A proteção, promoção de ciência e tecnologia envolvem responsabilidades éticas, algumas das quais são aplicável a todas as fases da produção científica e tecnológica enquanto outras são aplicáveis a uma determinada fase, como mostrado abaixo:

Responsabilidades éticas aplicáveis a todas as fases da produção científica e tecnológica

Responsabilidades governos

a) Desenvolver e aplicar políticas que promovam a produção de ciência e tecnologia e a cooperação entre produtores de ciência e tecnologia ( universidades e centros de pesquisa e usuários, nas diferentes níveis produtivos e conscientizados da importância da ética em pesquisa científica;

b) Desenvolver e aplicar políticas que incentivam todas as instituições a estabelecer comitês de ética especializados e intra disciplinares para avaliar as questões científicas, sociais, éticas e jurídicas dos projetos de pesquisa, fornecer conselhos sobre as implicações éticas desses projetos e promover uma cultura de diálogo e conscientização da importância ética em pesquisa cientifica;

c) Adotar o ensino da ética como parte de cursos obrigatórios o mais amplamente possível e em várias disciplinas;

d) Proteger as liberdades públicas e individuais que garantam liberdade de pensamento e criatividade, tomar medidas para garantir que os trabalhadores científicos respeitem a responsabilidade pública;

e) Capacitar todas especialmente as mulheres, a participar de disciplinas científicas e outros aspectos da vida econômica e social;

f)Disseminar a cultura as participação pública e desenvolver mecanismos para permitir essa participação em todas etapas dos projetos nacionais;

g) Promover políticas que orientam as atividades científicas em Direção a áreas estratégicas que atendam as pessoas em todos os setores da sociedade e garantam a capacitação em ciência, tecnologia e inovação e suas aplicações;

h) Proporcionar as melhores condições de trabalho possíveis para os trabalhadores científicos em todos os setores em que a pesquisa científica é realizada;

i) Codificar a proteção do conhecimento tradicional e dos recursos genéticos e ter em conta o patrimônio, os costumes e as tradições positivas das comunidades que habilitam a terra de um projeto, nos princípios de conformidade e nas disposições dessa carta;

k) Regular o uso racional de recursos naturais, incluindo Terra, Água e recursos minerais;

l) Desenvolver e fazer cumprir legislações que abranjam experiências humanas e a proteção da vida e dignidade dos seres humanos;

m) Aplicar leis que protejam a propriedade intelectual e os tratados internacionais retificadas e relacionados e desenvolver mecanismos necessários para sua operacionalização;

n) Garantir e fazer cumprir legislações que protejam o bem estar dos animais utilizados na pesquisa científica.

Responsabilidades das instituições engajadas em toda produção de ciência e tecnologia

A principal responsabilidade das instituições é proporcionar um ambiente ético propicio a através ciência e tecnologia e a pesquisa científica responsável, através da seguinte:

· Adote as disposições desta carta e inclua no regulamento interno da instituição um código de ética que identifique claramente as regras que regem a conduta científica responsável e realize uma revisão periódica de tais regras, orientadas por documentos éticos globais. O código institucional de ética deve identificar práticas irresponsáveis na produção de ciência e tecnologia e mecanismos para lidar com essas práticas;

· Promover à conscientização sobre cartas, regras de procedimento e documentos de ética nacionais e globais que identifique comportamentos, políticas e procedimentos responsáveis e irresponsáveis a produção de ciência e tecnologia, pesquisa científica; disponibilize esses documentos e explique – os claramente a todos os trabalhadores das áreas de ciência, tecnologia e conhecimento;

· Forneça treinamento e explicação contínuos dessas regras de procedimentos por meio de trabalhos especializados que desenvolvam as capacidades necessárias para uma conduta ética responsável;

· Fornecer supervisão e aconselhamento contínuos sobre comportamento ético responsável;

· Estabelecer comitês de ética em todas as disciplinas para supervisionar a implementação e avaliação desta carta e o compromisso dos trabalhadores científicos com ela;

· Fornecer espaços especiais para o cuidado de animais experimentados que atendam as suas necessidades comportamentais e biológicas.

Responsabilidades dos trabalhadores científicos (pesquisadores, científicos, treinadores, assistentes, técnicos e estudantes).

· Estar ciente da carta e dos regulamentos, leis e políticas relevantes adotadas pelo Estado e acompanhar as emendas e atualizações, especialmente aquelas que promovem e regulam vários aspectos do trabalho na produção científica e na pesquisa científica;

· Liga as disposições dos estatutos e as políticas éticas internas relevantes e regras de procedimentos aplicadas em suas instituições;

· Respeitar as especificidades éticas, e culturais de diferentes sociedades( Religião, costumes e tradições) e sem violados princípios da carta;

· Impedir a interferência de agências de financiamento, nos resultados da pesquisa;

· Limitar a experimentação humana, a pesquisas que não possam atingir seus propósitos, exceto por meio de tal experiência;

· Garantir o bom tratamento do ser humano, evitar danos a ele e sua dignidade e que a pesquisa científica seja direcionada principalmente para seu benefício;

· Obter o consentimento livre e informado do sujeito humano ou de seu representante legal para participação voluntária Antes de realizar a pesquisa;

· Adotar todas as medidas apropriadas para proteger os vulneráveis e as pessoas em risco que participam da pesquisa e adotar os meios adequados para obter seu consentimento informado ou o de seu representante legal;

· Respeitar a independência, privacidade confidencialidade das informações pessoais de sujeito humano; as informações pessoais não devem ser exploradas de maneira prejudicial, difamação, chantagem ou lucro; dados pessoais que revelam a identidade do sujeito não devem ser usados sem a obtenção de seu consentimento prévio, livre e esclarecido. Esse consentimento não deve incluir garantir condições que violem os direitos humanos do sujeito ou o impeça de recorrer à lei no caso em que ele /ela sofra algum dano devido á participação como sujeito da pesquisa;

· Esteja ciente da responsabilidade pelo bem estar animal e evite realizar pesquisas com animais sem um objetivo justificado;

· Limitar o uso de animais em experimentos a pesquisas que só possam atingir seus objetivos através desses experimentos;

· Reduzir o número de animais utilizados na pesquisa o máximo possível e substitui- Los por outros modos de pesquisa apropriados;

· Animais de reposição – o máximo possível- da infiltração injustificada de dor antes, durante e após a experimentação;

· Estabelecer condições apropriadas para os animais que atendem , as suas necessidades comportamentais e biológicas;

· Abster- se de contribuir para qualquer projeto de pesquisar que prejudique a sustentabilidade de meio ambiente e seus recursos naturais e diversidade biológica que conflitos com a objetividade da pesquisa.

Responsabilidades de fundamentos agências de ciência e tecnologia

a) Contribuir para a conquista d desenvolvimento humano sustentável através do desenvolvimento humano sustentável através do financiamento de pesquisas científicas direcionada a prioridade em benefício das pessoas e que respeitem a dignidade humana e que não causam danos aos animais ou ao meio ambiente. Dando prioridade à pesquisas abordando os desafios sociais mais prementes;

b) Comprometer se a fornecer aos sujeitos de pesquisa acessos aos resultados da pesquisa, quando esses resultados tiverem de se mostrado eficazes e sempre que os indivíduos precisarem, sendo uma responsabilidade ética conjunta de agências e pesquisadoras financiadoras;

c) Comprometer se a não impedir a impedir as publicação de resultados de pesquisas financiadas e evitar interferir em seus resultados;

d) Abster de exercer qualquer tipo de pressão sobre o pesquisa em qualquer fase da pesquisa financiada para alcançar um interesse que conflita com a objetividade da pesquisa.

Treinamento, orientação e supervisão

A pesquisa não pode praticar atividade científica com a eficiência e qualidade esperadas sem treinamento, orientação e supervisão. Portanto, o desenvolvimento contínuo de uma e de outras, científica e profissionalmente, tornou se um imperativo ético.

Responsabilidades dos governos

· Adotar medidas e políticas para garantir igualdade de acessos a treinamento e oportunidades de trabalho em pesquisa científica para todos- sem discriminação baseada em cor, religião, gênero, raça ou outra;

· Incentivar iniciativas educacionais que promovem o ensino de todas as ciências e tecnologias em diferentes escolas ou instituições de ensino e incorporar tópicos interdisciplinares nos cursos curriculares de ciências; usar métodos de ensino que fortaleçam as habilidades pessoais dos alunos e habilidades mentais especiais como o uso da abordagem científica; a capacidade de ensinar um problema no todo ou em parte e as habilidades para descobrir e isolar as implicações éticas de um problema para resolver – lo;

· Treinar adequadamente o pessoal envolvido no fornecimento de treinamento.

Responsabilidades das instituições envolvidas na produção de ciência e tecnologia.

a) Garantir que todos os trabalhadores científicos, sem discriminação, recebam treinamento contínuo em todas as fases da produção científica, desde a seleção do problema de pesquisa, passado pela metodologia e estrutura da pesquisa ate a publicação dos resultados da pesquisa;

b) Incorporar ao treinamento as medidas de proteção ambiental, as condições individuais de segurança e a ética da pesquisa científica;

c) Disponibilizar a carta de outros documentos necessários no comportamento responsável da pesquisa e o código de ética da instituição, incluindo procedimentos para a proteção de seres humanos e animais utilizados na pesquisa científica.

Responsabilidades de trabalhos científicos

a) Trabalhadores científicos mais experientes, ou chefes de equipes de pesquisa, devem supervisionar os mais jovens desenvolver suas habilidades treina- Los e orienta- Los para que possam desenvolver adequadamente suas atividades de pesquisa e criar em ambiente de pesquisa saudável;

b) Consolidar padrões éticos básicos entre jovens cientistas; o mentor ( o cientista mais experiente e qualificado) deve fornecer um modelo para os menos experimentes na aplicação dos princípios éticos;

c) O cientista deve respeitar seus alunos e os cientistas mais jovens e incentivar seu pensamento crítico e, independente;

d) O científico não deve dificultar ou impedir que seus alunos se comuniquem com outros instituições científicas.

A ética da transferência e localização da ciência e da pedagogia

A transferência e a localização da ciência e da tecnologia geralmente envolvem a produção das ciências. Consequentemente, a maioria , suas responsabilidades contidas na seção 2.2. se aplicam também a transferência e localização. A ética da transferência e localização de ciência e tecnologia implica as seguintes responsabilidade adicionais.

Responsabilidades dos governos

a) Desmarcar uma política que, identifique as áreas estratégicas da ciência e tecnologia nas quais a transferência e A localização devem ser promovidas, do ponto vista de alcançar o interesse público e com base em uma avaliação das necessidades científicas tecnológicas ;

b) Promover políticas e práticas de abertura e comunicação frutífera consigo mesmo e com os outros;

c) Desenvolver políticas nacionais que apoiem a capacitação de indivíduos através da expansão de oportunidades de participação em todos os campos das atividades econômicas e de serviços para todos os cidadãos, sem exclusão ou marginalização;

d) Promover a cultura do pensamento científico para ele se incorpore ao tecido cultural da sociedade. Isso pode ser alcançado através do desenvolvimento de políticas, educação e mídia específicas e da adoção de padrões referência para avaliar as atitudes do público em relação a ciência;

e) Promover a conscientização e a cultura de respeitar os direitos de propriedade intelectual;

f) Fazer cumprir o estado de direito, especialmente na área de proteção à propriedade intelectual, para garantir a transferência de ciência e tecnologia e ajudar a localização;

g) Estabelecer uma alocação financeira mínima no orçamento geral para a transferência e localização de ciência e tecnologia e instar as instituições que operam em todos os setores produtivos a alocar recursos em seus orçamentos para esse fim;

h) Fornecer treinamento e qualificação adequados relacionados ás aplicações da ciência e da gestão do conhecimento nas diferentes instituições;

i) Incentivar o investimento estrangeiro, considerando um dos mecanismo mais eficazes e rápidos para aquisição, transferência e disseminação de ciência, tecnologia e conhecimento transfronteiriços;

j) Fornecer acesso público gratuito ás tecnologias da informação e comunicação, e treinamento sobre seu uso, para promover seu papel vital no acesso e na transferência de conhecimento e na rápida disseminação da ciência;

k) Incentivar os imigrantes árabes que trabalham na ciência para beneficiar seus países com seu capital científico e do conhecimento, e contribuir para o desenvolvimento de seus países.

Responsabilidades das instituições

a) Conscientizar sobre a importância da transferência de ciência e tecnologia como um passo essencial para localização e produção na região árabe;

b)Desenvolver o gerenciamento de ciência e tecnologia – como uma competência incorporada na estrutura, liderança e cultura da instituição inclusive – para maximizar o retorno do capital da ciência /conhecimento;

c)Desenvolver as capacidades e habilidades de seus membros na transparência e localização de ciência, tecnologia e novos conhecimentos incluindo a capacidade de negociar o acesso a tecnologia;

d) Comprometer se a estabelecer e usar intensivamente sistemas de informação de alta eficiência;

e) Expandir parcerias regionais e globais de cooperação científica para promover o crescimento e desenvolver ações conjuntas com todas os países;

f) As instituições financiadoras de ciência e tecnologia devem oferecer oportunidades de financiamento para pesquisas conjuntas que um ambiente propício á transferência de ciência e tecnologia.

Autoria

Responsabilidades das instituições

· Desenvolvimento de um padrão para escolher o conceito de autor, a fim de evitar qualquer disputa sobre a elegibilidade de uma pessoa ou pessoas a insultar…Esse padrão é frequentemente incluídos na política institucional de propriedade intelectual…;

· Incorporar ao treinamento as medidas de proteção ambiental, as condições individuais de segurança Eva ética da pesquisa científica;

· Disponibilizar a carta e outros documentos necessários em um comportamento de pesquisa responsável e o código de ética das instituições, incluindo procedimentos para a proteção de seres humanos e animais utilizados na pesquisa científica;

Responsabilidades de trabalho/Autor científico

a) Ser cientificamente proficiente no campo da pesquisa;

b) Ter um conhecimento profundo de referências, artigos científicos publicados e dos últimos desenvolvidos em seu campo de especialização antes de escolher a ideia de pesquisa;

c) Abster se de se apropriar das ideias de pesquisa inovadoras de outras pessoas;

d) Seja preciso e verdadeiro ao apresentar trechos ou citações de outros pessoas e indique claramente a fonte da citação ou trecho;

e) Ser objetivo na coleta de material científico;

f) Evite usar atividade de pesquisa para anunciar qualquer proposta pessoal ou qualquer afiliação tribal, étnica ou demagógica;

g) Lidar com dados de pesquisa com toda integridade e objetividade e abater se de modificar os dados para apoiar uma hipótese específica ou em resposta a pressão do organismo financiador ou qualquer outra entidade;

h) No caso da autoria conjunta, os novos de todos que participaram da pesquisa ou da autoria – e apenas esses nomes – devem ser incluídos, para que nenhum dos contribuidores reais, sejam adicionados sem justificativa científica.

Publicação de resultados científicos e de pesquisa

A pesquisa e produção científicas não são consideradas completas sem a publicação científica responsável, que visa promover a pesquisa científica em apoio ao benefício público.

Responsabilidades das instituições

· Garantia que todos as partes de pesquisa científica conheçam a natureza e os limites;

· Garantir uma política clara para proteger os direitos de propriedade intelectual;

· Incentivar a publicação especialidades, classificadas internacionalmente;

· Promoção de publicação científica em toda Arábia.

Responsabilidades científica de trabalhos/pesquisas

a) Procurar publicar resultados de suas pesquisas em benefício do publico, contribuir com seu campi de especialização e obter propriedade intelectual;

b) Abster se de fragmentação injustificada dos resultados da pesquisa para publica – Los em mais de um campo científico ;

c) Abster se de republicar material publicado anteriormente e enviar pesquisas para publicação para mais de uma editora;

d) Abster se de declarar como “ alcançado” os resultados que não foram totalmente completos; Abster se também alegar que um trabalho e uma publicação em andamento” quando não foi aceito pelo editor para publicação ou ainda não foi avaliada;

e) Reconhecer ia esforços de todos aqueles que contribuíram para a pesquisa científica, por mais humilde que seja a contribuição, mencionando claramente os nomes dos autores e o papel de cada colaborador na pesquisa, incluindo patrocinadores e financiadores;

f) Publicar pesquisas em árabe, além de línguas estrangeiras, se e conforme necessário, para garantir a ampla divulgação dos resultados da ciência e da pesquisa.

Responsabilidades de toda publicação

a) Siga as políticas e procedimentos necessários para garantir a qualidade e a integridade do trabalho publicado;

b) Decidir se aceita ou rejeita a publicação de uma pesquisa baseada apenas em seu valor científico e sem qualquer interferência;

c)Selecione árbitros com competência reconhecida e evite todos os conflitos de interesse;

d) Tome o máximo cuidado para impedir a divulgação sobre a pesquisa submetida a qualquer pessoa que não seja o autor potenciais árbitros e editor;

e) Relate quaisquer dúvidas sobre a maneira pela qual a pesquisa foi conduzida e preparada, sua consistência com a ética da pesquisa científica, bem como dúvidas sobre plágio, fabricação, contribuição republicação .

Princípios e fundamentos éticos: C&T

Segundo carta e política de fretamento, princípios e fundamentos essenciais e responsáveis com seus atores em C&T na região árabe, reconhecida contextos e eixos agregadores de avanços em experiências e cooperações internacionais e internas, neste a UNESCO destaca a reconhecer por documento de mostra unindo a outras políticas prioritárias e básicas como teor importantíssimo para porvir a um mundo ético em Ciência e tecnologia para pesquisa e experimentos de pesquisadores em PP. A publicação oficial objetiva assistir por direção estratégica e instrumento composto por membros acadêmicos científicos e pesquisadores e cooperações e outros, e percebe que:

a) Análise e confronta a partir 2010 a realidade em inteligência artificial em área disciplinar;

b) Análise composto em recomendação do mesmo, primor acadêmico ético em tecnologia da informação em inteligência artificial político – UNESCO.

Ética de aproveitar e usar ciência e a tecnologia

Responsabilidades dos governos

a) Monitorar mercados, agências e instituições para garantir que os padrões de segurança e segurança e apliquem a todos os produtos de tecnologia em uso e proteger os membros da sociedade de todas as formas de dano que possam resultar da não observação desses padrões;

b) Avaliar os efeitos que muitas resultam do não cumprimento desses padrões. Entre os membros da sociedade para garantir seu uso seguro, levando em consideração as dimensões social, econômica, ambiental e legal;

c) Emitir legislações que garantam o uso de produtos de tecnologia de maneira segura é sólida, que não entra em conflito com os direitos de terceiros ou é prejudicial a terceiros;

d) Emitir legislações que impeçam o mau uso das tecnologias da informação e comunicação, garanta a proteção de dados privados e respeite a privacidade de terceiros;

e) Fornecer acesso a todas as formas de tecnologia para que todos membros da sociedade desenvolvam sua capacidade humana e permitam que eles assumam o papel esperado no avanço do Desenvolvimento sustentável;

f) Fornecer acesso aos resultados de projetos científicos para benefício de todos, a fim de garantir o desenvolvimento humano sustentável;

g) Fornecer acesso à Internet e os meios e ferramentas das tecnologias da informação e comunicação para reduzir o fosso digital entre os membros da sociedade e apoiar o princípio da democracia, transparência e responsabilidade;

h) Proteger a liberdade dos indivíduos de usar e desenvolver criativamente todas as formas de tecnologia, respeitando os direitos dos outros.

Responsabilidades de pesquisa e produção instituições (Público ou privado)

a) Proporcionar um ambiente saudável, caracterizada pela integridade, precisão e responsabilidade na publicação, publicidade e valorização dos resultados da pesquisa;

b) Disponibilizar os resultados de projetos científicos e tecnológicos a todos, no interesse as justiça e da igualdade de oportunidades;

c) Dentro da estrutura de proteção à propriedade intelectual, garantir que a entidade que financia a pesquisa não impeça a divulgação dos resultados da pesquisa para benefícios pessoais;

d) Cada instituição participante iy de apoio por escrito para todas as partes envolvidas no projeto científico ( teórico ou aplicado) que esclareça a distribuição da propriedade intelectual, especialmente em termos das recompensas materiais da pesquisa;

e) Aprimorar as capacidades de todos os seus membros para garantir o uso de vários tipos de tecnologia e impedir usos errados e prejudiciais.

Responsabilidades de indivíduos

a) Use produtos de ciência e tecnologia de maneira racional que não entre em conflito com os direitos dos outros e que, preserve a dignidade e a privacidade dos outros.

Responsabilidades da mídia

a) Fornecer uma interpretação precisa e correta das práticas e produtos científicos e tecnológicos;

b) Verificar a previsão, fontes e elaboração cuidadosa de informação científicas antes da divulgação;

c) Evite a discriminação baseada em gênero, raça, religião ou qualquer outra forma de discriminação;

d) Abster se de copiar o trabalho de outras pessoas;

e) Evite todos os conflitos de interesse e relate imediatamente qualquer conflito de interesse inevitável;

f) Declarar todos os erros imediata e publicamente e corrigi – los imediatamente.

Responsabilidades da sociedade

a) Estabelecer e ativar métodos e mecanismos se a supervisão pública for sobre as práticas do estado, setores produtivos (Públicos e privados) e instituições, com base nos padrões e fundamentos éticos da ciência e da tecnologia. Associações profissionais – incluindo sindicatos de engenheiros, médicos e mídia – podem desempenhar um papel fundamental nessa área.

A região árabe – Cooperação regional Unesco e reconhece que, ao documento de fretamento influencia para:

Ø O centro nacional e evolução de C&T de pesquisa e tecnologicamente e desenvolvimento(Argélia);

Ø Academia em pesquisa C&T(Egito);

Ø Universidade de tecnologia (Iraque);

Ø Sociedade científica Royal (Jordânia);

Ø Universidade Ismael Monlay (Motocoo – Marrocos);

Ø Academia ciência palestina e tecnologia (Palestina);

Ø Prime Molammad Bin Fe Universidade (Kingdom da Arabia Saudista);

Ø Universidade Khartoum (Sudão);

Ø Instituto Pasteur Tunis (Tunisia).

· E outras contribuições coordenadas na carta (Grupos, Centros, Cooperações, organizações, empresas e pessoas instituídas.

E outras contribuições conceituais coordenadas em fretamentos (Grupos, Centros e pessoas).

Composição AD HOC especialistas – Grupo AHEG (Para recomendar em ética da inteligência artificial)

Compreende membros 24 pesquisadores cientistas compreendendo organismos, instituições e universidades, cooperações e entidades com suas Cátedras acadêmicas, e áreas com sua reconhecidas avançadas de estudos e pesquisa no mundo acadêmico.

Compreende por determinantes e entornos regionais:

Uruguai; Ghana; Árabia Saudista; Emiraldes árabes; Federação russa; México; EUA; Polônia; Argentina; Letoania; Ruanda; Slovênia; República dos camarões; Brasil; Egito; Marrocos; África do Sul; India; Japão; França; Nova Zelândia; United Kinjdon; República da Coreia e China.

Produção científica conjunta entre várias instituições

A produção conjunta de ciências entre várias instituições científicas e de pesquisa tornou se uma tradição e prática ditada pela natureza das pesquisas multidisciplinares, uma questão que criou responsabilidades éticas para as instituições envolvidas na produção de ciência e tecnologia e seus funcionamento.

Responsabilidades das instituições

a) Cada instituição participante de uma produção científica conjunta deve ter um contrato por escrito com as partes envolvidas no projeto conjunto de ciência/ pesquisa, indicando como gerenciar esse trabalho científico conjunto, o método de distribuição dos resultados da propriedade intelectual e como gerenciar os principais materiais e dados de pesquisa;

b) Cada instituição deve ter uma política clara para gerenciar conflitos de interesse;

c) A pesquisa inclui experimentação em seres humanos, e devem ser obtidas a aprovações dos comitês de éticas de todas partes participantes.

Responsabilidades dos trabalhos científico

a) Concordar desde o início sobre os objetivos e mecanismos da pesquisa, direitos de propriedade intelectual dos participantes, procedimentos para resolver qualquer disputa que possa surgir entre os participantes da pesquisa e procedimentos para lidar com qualquer violação que possa surgir;

b)Relate imediatamente qualquer conflito de interesse potencial ou real em qualquer aspecto de trabalho/ pesquisa científico;

c) O pesquisador principal não deve explorar sua influência para obter benefícios pessoais ou abusar dos direitos que lhes são concedidos para prestar serviços oportunidades ou instalações a alguns pesquisadores em detrimento de outros.

Evolução e revisão por pares

A evolução e a revisão por pares são um passo importante na avaliação científica e incluem a revisão de pesquisas não publicadas, proposto de bolsas de pesquisa e trabalhos completos enviados para promoção ou prêmio.

Responsabilidades das instituições

a) Incentivar seus funcionários e pesquisadores participar de processos de revisão e avaliação por pares;

b)Treinar todo pesquisador ou o processo de avaliação para garantir que ele seja concluído profissionalmente;

c)Desenvolver critérios científicos precisos para avaliar e revisar o trabalho entre pares;

Responsabilidades de trabalho científico e revisão

a) Realizar avaliação e revisão por pares com total objetividade, integridade e imparcialidade;

b)Preservar a confiabilidade dos dados de pesquisa que estão sendo revisados, bem como as propostas enviadas para uma bolsa de pesquisa;

c) Quando solicitado a avaliar ou opinar sobre o trabalho de um colega ou parte relacionada a ele/ela, a pesquisa/ revisor deve divulgar de forma transparente a possibilidade de conflito de interesse( material ou moral) e a possibilidade de existência de um relacionamento entre o avaliador e a parte a ser avaliada o que pose influenciar sua opinião e portanto, sujeita – lo risco de ser acusado de viés. Nesse caso o pesquisador/ revisor deve recusar o trabalho;

d) Abster se de revisar qualquer trabalho científico ou de pesquisar fora de sua especialização, pois isso contradiz o princípio da competência, segundo o qual a pesquisa deve ser cientificamente proficiente e executar apenas que pertencem a sua área de competência.

Tópicos de fretamento ético

a) A caracterização e perfil da carta C&T árabe com estruturas e eixos dimensionados;

b) Fretamentos éticos C&T em toda região árabe (Princípios e responsáveis de seus atores;

c) Referência e anexos.

A terminologia definidas e menções – Documento

Animal; Autor; Fretamento; Meio ambiente; Dignidade humana; Sujeitos humano; Propriedade intelectual Tornar(algo) disponível; Publicação.

Conclusão final

Considerações da abordagem e documento em conjunto com suas recomendações de membros acadêmicos internacional em suas bases regionais de estudos de avanços solidificam consistentes subsídios e avanços entorno da tonicidade terminológica das bases epistemológicas conceituais em avanços para consensos e interligações e experimentos de investigações e estudos científicos contribuídos – Centros institucionais, universitários, pesquisadores, cientistas e outras coordenadas presentes catalogadas regionais internacionais por Nação e Países contribuíram e reconhecimentos da recomendação de pesquisadores, além da reunião e participação da UNESCO – Educational Scientific and Cultural Organization – Charter of Ethics; compressões para apreciações de aspectos e segmentos para aplicabilidade e investigações para suas epistemologias disciplinares e vertentes para normalização e regulações promissoras para o cunho ético e adequações, suas contribuições em infinitudes terminológicas existentes e seus avanços sustentáveis, em contextos presentes solícitos da Era Digital e ciências – C&T descompensadas de ajustes nobres da regulações e relação das sociedades e comunidades com a relação de acessos e consumo em seus bens produzidos e desempenhos: criativo e intelectual, desenvolvidos e fabricados constructos . O desafio das ciências e tecnologias colocam a humanidade no centro, para administrar harmonicamente e equilibradamente as faces da natureza e riquezas materiais e usualidades, sua sustentabilidade: Usando; criando; reduzindo; reciclando; reusando e fabricando. Na linha de desenvolvimento social e econômico, para transformações das sociedades evolutivas, sem perdas de preservação, conservação e instancias de regeneração naturais, e a ciência e tecnologia com sua cooperação criativas coo participantes. Princípios éticos regulares imprescindíveis serão essenciais para C&T e a humanidade futurando de suas resultantes e atuantes éticas.

Referência bibliográfica

1. United Nations – Educational Scientific and Cultural Organization.( 2019). Charter of Ethics of Science and technology in the Region .UNESCO – RB/Science in The Arab States. Pp.30. São Paulo/Paris. http://www.en.unesco.org

2. Unesco. Commicion AD HOC specialusts Group AHEG. (2017). Recommendation ok Science and Scientific Researchers. Paris.

[Santos, Jusenildes. , (2020).Contribuições Étnicas para Código Regular de dispositivos legais – Ciência e tecnologia: Conexões e contextos compostos The ethics of Artificial intelligence. “Nuances litigantes Contemporâneos para entornos e tópicos de eixos com C&T” . University Europeia Atlantic . Ibero americana. TIC – Projetos . Docência prática . Teologia e política – FCP. Org. Tradução e estudos, 2020] .

A reta guarda construída de Neoliberalismo para Hipercapitalismo: Corvit – 19

Introdução

A Guarda da prevenção inexistente aberta de um Sistema de economia e desenvolvimento para evolução humana, deixada para um destino insustentável, é verifico popularmente e agora: Confinamento humano…Cadê o sustentável destino justo preventivo a serem adotados pela cadeia do planeta racional, onde paramos, mais ainda existe tempo. A cadeia dos Seres vivos e Ecossistemas, que não somente humana, mais: Visíveis aos olhos e lentes hiper aumentadas e dimensionada tecnologicamente e além invisíveis, na dimensão Divina, que não alcançamos, nem vemos e percebemos,. mais existem. A exemplo de extra Terra e outros planetas em paralelos de galáxia e outros sistemas luminares e estrelares. Não sabemos, se existem tipos de espécies de vidas. Mais sabemos, se existirem , e nossas Ciências e Tecnologias, não sejam tão avançadas para captar outras espécies anos luz milhões de anos luz da Terra. Mais o destino da Cadeia do Planeta Terra, pede passagem.

Consumismo e consumo

É esse somente destino do ” Homem”, e suas Nações? Sem resguardar suas riquezas naturais e existência de seus fins – Bio vidas. Sempre esquecemos, ou não queremos reinar, ao guardamos, ou salve guardar – Las, assim pensar: Vidas visíveis [Animais racionais e irracionais ; Ecossistemas e biomas Faunas – Floras; Micro-organismos em suas espécies BIO…E etc.]. O resguardo preventivo na estação da economia em desenvolvimento, em destaque a evolução da espécie humana e vidas, essa a realidade, em todas as esferas: sócio econômicas, política, culturais e etc., que não traduzem e condiz somente e puramente com hiper consumo pelo consumo, da mais valia dos mercados do lucro, em suas cadeias de envolvimento de negócios e gestão, mais tamanho bens duráveis, além e para: Preservação da natureza e espécies; Construção de pilares de edificações de aspectos de constructos necessários de expansão equilíbrio sustentável, reconstrução possíveis e Valores éticos.

Destino e Era Digital somente?

O paradigma era digital, pede um – “Time, no O’ clock em tempo” e destino em construção de future, em suas instituições, Organizações e Não, Gestões, Governos, Sistemas, Comunidades e Sociedades, em seus aspectos imprescindíveis orgânicos de Valores éticos principalmente, esse és – On moment Time. Administrações e gestões de negócios em suas dimensões, com solicitudes: Pessoais individuais e domésticas também para: Componentes e completudes de trabalho; Comércio; Mercados; Segmentos de negócios; Desempenho comunitários e atividades socioeconômicos e culturais; Religiosos e espirituais e etc. Estes que sejam proveniente de humanos inseridos em sociedades diversas e comunidades multidiversas faladas das descobertas das laborais de exercícios manuais e aperfeiçoadas para técnicas, e sobrevivência, ao consumo humano, suas espécies co – participe domésticas. Partilha comum em avanços e concorrências em invenções e criatividades com dinamismo cada vez maiores[M].

MaisValia e pouco além

Pilares sustentáveis cada vez esquecidos de sua geração e recuperação da Natureza e seus bens renováveis de produção de matérias primas orgânicas, seus Biomas e Ecossistemas. A BIO e Seres vivos em extinção na cadeia planetária de vidas.

A espécie humana e BIO Vidas

Os humanos não são os únicos na cadeia planetária, os Seres vivos que não é e não somos sozinhos e somente homens do raciocínio – Projects times da razão, somos a metanóis de proposta pensante e amante humana da cadeia do leque e guarda para avançamos em extinção e desequilíbrio de suas espécies. Abrir caminhos das esperas de equilíbrio e sustento humano também e sobretudo, em seus aspectos penetrantes de destinos negros, previstos de erros profundos de sonhos de acertar, mais na imediata e rapidez do Time, sob tomadas de decisões em extraordinários negócios e seus futuros.

Mentalidade de negócios: Livre comércio e expansão

Plainadas de egoísmos: Farisaicos orgânicos, Gigantescos e bilionários. Com dimensões de individualismo de suas potências econômicas e nações de governos soberanos de poder, que agem brechas de competição e concorrências desenfreadas do Capital estrangeiro de negócios, diluindo suas amplitudes comuna de sociedades em desenvolvimento. Temos perdas de espécies de vidas, sim e reinado do medo de sermos invadidos dos Desequilíbrios humano X Microrganismos de um vírus mutável, que sabemos com certeza que existe numa pira de minúsculo detalhes do microscópio de investigações científicas de empíricos, baterias de manipulações, sujeitos, supostos, sugestivos de exames. Vidas e seres insustentáveis se multiplicando, fora de sua presente forma de multiplicação, para nós humanos insustentáveis se proliferando dentro da cadeia .

Alerta a cadeia sustentável

Hoje significa rendemos a: Informação e comunicação as formas de disseminadores para educação informativa e telecomunicada, suportes de informações convencionais e Não, agentes sociais de emissores multiplicadores educadores e conscientes reproduzirem, criarem, observadas o trajeto para conscientização popular no Planeta. Alertas redobradas de registros para Leis, normas e regulações, a cadeia sustentáveis da Bio vida e Seres vivos. Para não perdemos o foco, que o microrganismo Corvit – 19 ” Corona vírus batismo científico, significa pensar que a cadeia viva, é pensamos – Humanos racionais e reinado, de que não somos sozinhos, mais em Cadeia de Seres vivos e sua espécies.

A saúde e prevenção

Prevenção antes, para não sofremos as perdas depois e pós. Neste, pede passagem, e seguir adiante, pois as cobranças naturais insustentáveis – Corvit – 19, que alarga – se as perdas e se- agiganta, em suas dimensões incontroláveis que humanos podem controlar seus dinâmicos assombrosos mutáveis. Retomar espaços em investimentos de prevenção será o momento paulatino, e menos veloz e ágil que as criatividades e dinamismo em inteligência artificiais elaboram e reproduzem em BIG Date e formas dinâmicas distribuídas em Terra Bytes de projeção e imagens colaborativas de linguagens de sistemas informacionais Satélicas por cadeia, em pesquisas científicas com investigação em nossa gripes mal curadas do Contemporâneo. E suas contribuições não maleáveis do Neoliberalismo e trilhas do Livre comércio, longe de suas regulações sustentáveis para a sociedade e comunidades, dando cobertura e amplitudes de concorrências e competição pela preferência e ótica “Capitalismo X Capitalismo” desenfreado, deixando nível de nuvens e penumbra negra para espécies e comunidades humanas. Fendas abertas e profundas deixadas em gigantes nações e povos numa luta pelo sustentável. Avanços em retomadas de sistema de prevenção de saúde, possíveis corrigíveis e incorrigíveis perdas de vidas e ciência de investigadores da descoberta – O médico? chinês discrepado por disseminar informações em processo de anúncio, além de outras, para o não mal maior.

A mediatez da informação e comunicação

Pará e discernir caminhos, traduz escutas, diálogos e reuniões para traduzirem por: Retomada; reinícios; inícios, de decisão das insustentáveis brechas da prevenção e investimentos pela Vida, Seres vivos e Planetária sustentáveis caminho por discernir o, ainda não comum, mais inconscientes para maioria da população mundial e governantes de suas Nações Chefes de Estado, em retardo no Time de políticas em andamentos as décadas em evidências não hegemônicas de suas potências por Nações Unidas. Ainda temos as defesas abertas(Perdidas e feridas), e fechadas em nossas fronteiriças precisas de proteção nas amplitudes esferas desnutridas em políticas internacionais e seus blocos de comércio, e negócios em cadeias. Neste inclui se :

a) Camada de Ozônio CO2 em déficit que clama e pede passagem, se seus prolíficos horrores a Natureza, reproduzidas a biodiversidade, insustentáveis ao Clima, e outras esferas da Cadeia;

b) Água potável e sua extinção;

c) Desmatamentos de biomas;

d) Extinção de animais, e etc.

CONCLUSÃO

A consciência pedirá passagem aos inconscientes da humanidade, retomar um juízo final e destino do Caos ao Planeta. Um planeta sustentável é o caminho. Ainda existe tempo, no tempo, dentro do tempo: Paramos, olhamos e observamos o destino, visível que construímos, bons e nossos males futuro – Gripes e suas curas. Destino, este não queremos e desejamos, mais construímos e herdamos. Ainda há tempo, escolhemos…Sempre escolhemos…Sempre escolhemos.

[Santos, Jusenildes., (2020). A reta guarda construída de Neoliberalismo para Hipercapitalismo: Corvit – 19. University Europeia Atlantic – Es. Iberamericano – Br. [Reflexão]. TICs – Projects . Teologia e política – FCP. Docência prática. Aju, 2020.]

A promessa de Cristo ressuscitado: São Paulo, teve conhecimento do mistério – Se converter á ministro submetido na fé ao Espírito Santo, O’ Jesus Vivo – “O testemunho de Saulo – batizado cristão São Paulo”

Déficits em P – PP SSAN: Discussão e polarização

Featured Image -- 1255
Fonte: Acampament statitics

I – Introdução

À política SSAN, é uma dialética do discurso com correntes de pensamentos defensivas polarizadas numa temática P- PP Políticas públicas que emergem potenciais imprescindíveis de agregações que compreendem com juntos e complexidade de atores relutantes civis orgânicas de entidades e instituições que compreendem perspectivas de figurantes ingressos compostos interdisciplinares e transdisciplinares posteriores.

2.0. Dialética discursiva complexa

Construir dispositivos paralelos que agreguem, e unam as complexidades dispersas, e abertas para considerar direções provenientes predispostos em políticas públicas em SSAN, por prospectos de envolvimento de otimização.

2.2.1. CONSEA e a constituição de membros civis

As P – PP internas por Nações – Projeto de governos, membros ONU – Organismo das Nações Unidas em Secretaria de Direitos Humanos – DH, e de otimização subtemas DAANA – Direitos a Alimentação Adequada Alimentar e Nutricional, que agregam entornos de otimização, em déficits de suportes políticos em alimentação AN – Alimentação Nutricional – Nação, e perspectivamente frente de projetos – DAANA, que foram, e são propensos para projetos Interno – Brasil CONSEA – Conselho Nacional Segurança sub Alimentar, constituído por civis e outras entidades orgânicas internas de governos, com objetivo básico geral de traçar planejamento em Políticas públicas em Segurança alimentar e nutricional para nação, junto ao Governo vigente ordinário e Planejar; Prove e direcionar diretrizes em para aplicação em projetos de desenvolvimento do Governo, constitucional em vigência na nação, sob tutela de Concedidas – Conselhos estaduais de segurança e alimentar, em sub – metendo as secretarias de Governos estaduais e municipais desde 2000. Presentemente, e sucessivamente, sendo articulante de objetivos internacional – Mudanças em metas mundiais de aspectos imprescindíveis no Brasil e mundial – ONU – Nações Unidas, perante de metas 2030 perspectivas e estatísticas em déficits e segmentos de interna circulação, a FAO – Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, e OMS – Organização Mundial em Saúde. Para dados eficientes e suas políticas de reversão em IDH – Índice de Desenvolvimento Humano.

2.2.2 . Metodologias – Tematização de GT – P – PP

Tematizando efeitos em Insegurança alimentar – IA a verificação de membros pesquisadores e outros adjuntos cooperantes e colaboradores participativos em ENPSSAN – Encontro Nacional de Pesquisadores em Saúde e Segurança Alimentar e Nutricional e PENSSAN – Rede de pesquisa Nacional de Saúde e Segurança Alimentar e Nutricional, sob tutoriais membros de equipe temáticos de grupos de trabalho, compostos em 06 (Seis), posteriores que postergam dispositivos em PPP – Projetos Políticas Públicas suas linhas concentradas em educação, ensino e pesquisa, bem como em extensão acadêmicas, por diversos segmentos de presentes, e neste em efeitos de enfrentamentos a perspectivas aos temáticos enfatizantes, nos trabalhos, enfocados e entronizantes.

2.2.3. Membros SSAN – Agenda 2020

Os projetos, em SSAN – Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, com agenda pensante de Governo, sem otimização prósperas – 2030, no Brasil, no vigente Governo totalmente em desencontros de Projeto piloto dinamizador harmônico numa direção política e segmento com paralelas e hibrida congruências de diversidades e pluralidades de representações e supostas e desagregantes ideologias e bandeiras representadas perante população brasileira e diretrizes partidárias, por futuro cicatrizantes embates de contradições e adversidades outrora, por desalinhos SSAN. Des – articulantes, e centralizadora, não democrático, sem transparência em Projetos definidos, e dispersos, mais com cobranças de seus déficits socioeconômicos políticos e culturais, uma realidade que saltam os olhos em aspectos gritantes de índices para seus reverses juntos, uma direção por desafio e por paradigma de uma sociedade em mudanças e transformações no Século XXI, sua segunda década – 2020.

2.2.4. Propostas sub – temáticas

Prósperos de uma democracia que agregam diversas etnias por raízes, a presentes antecedentes e colonização: Etnias indígenas presentes adentrantes; Etnias Europeus branca; Etnias de Negros; E posteriores: Etnias de Orientais; Etnias Asiáticas, para uma afirmante miscigenação de povos para construção de um povo, uma sociedade nova, desafio até hoje, e suas contribuições sócio – econômicas e culturais. Neste contribuiria para constructos mais afirmantes, a exemplo da presença entronizantes dos povos Amazônicos e sua cultura Indígena presente no ENPSSAN 2019 – Pesquisadores e discentes em pesquisa, pontos reconhecidos de avanços, e neste sugerimos. Para ajustes futuros em reparações de seus déficits ENPSSAN – Rede PENSSAN, estes dispositivos mais avaliados e efeitos de conjunto – Regras a contrapor:

Featured Image -- 1255
Fonte: Imagem de acampamento
  • Imagem capturada em acampamento bolsão

a) Racismo institucional;
b) Áreas de pesquisadores institucionais;
c) Otimização de GT – Grupo de Trabalho;
d) Tempo médio – Pequeno – Discursão e controvérsias.
e) E etc.

CONCLUSÃO

Direcionar perspectivos de crescimento para otimização de P – PP – ONU – DAANA, procedem por construir entornos e reflexões acadêmicos, em encaminhar progresso de seus membros pesquisadores e academia, representada e apresentada a sociedades e entidades orgânicas e sociedade, que portanto agregam profissionais atuantes e outros atores que compartilham e colaboram e participam.

Referência bibliográfica

1. ENPSSAN. (2019). Eixos conexos e desconexos para questão: Insegurança alimentar- Políticas sócio econômicos e cultural P – PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019 de 09 de setembro a 13 de 2019, UFG – PENSSAN, Goiânia, 2019.

[Reflexão: Santos, Jusenildes, (2019. Déficits em P- PP SSAN : Discussão e polarização – Insegurança alimentar – Políticas sócio econômicos e cultural P- PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019, de 09 a 13 de setembro de 2019, UFG em Goiânia. PENSSAN. University Europeia Atlantic – Ibero americana BR. TICs – Projetos, Docência prática. Teologia e política- FCP, Goiânia, 2019[Grupo de trabalho – GT4].

Eixos conexos e desconexos para questão: Insegurança alimentar – políticas sócio econômicos e cultural em P-PP “Uma reflexão em QQ”

cropped-downloade.jpg

Fonte: Imagem capturada em acampamento bolsão

I – Introdução

Princípios fundamentais epistemológicos e terminológicos de áreas de pesquisas SSAN, em tarefas de buscas em resultados, com prospectos de recuperação de dados em: a) Objeto de estudo investigativo; b) Temática investigativa; c) Questões de pesquisa; d) E etc. Com bases centrais em: Aplicação de questionário/ clientelas; E entrevistas e etc., em síntese QQ – Qualidade e quantitativo de sondagens em trabalhos de pesquisa em projetos X e ou Y em pesquisa científica para todos e seus resultantes. Em suas bases de instalações de trabalho investigativos, poucos em percentuais de 1%, têm retornos de resultados para suas clientelas para outros trajetos: 1) Apresentar dados; 2) Discutir; 3) Apresentar estudos aplicados aos déficits.

2.0. Clientelas e diagnósticos – Escala de Grupo
2.1. Apresentação de dados – Clientelas

Acender oportunidades de pesquisas sondagens – Metodologias em fusos Q Q de recuperações de informação de objetos de estudos e investigações peculiares em eixos de hipóteses de resultados e conclusões; determinados casos, a clientela necessita conhecer estudos, E acessar informações: Processo até conhecimento e aprendizagem para sanar seus problemas e acessar possíveis e caminhos de soluções.

2.2. Dialética discursiva de dados recuperados – Clientela

Acessos de informações de determinadas informações que são essenciais e prioritárias, portanto importantes, sendo imprescindíveis e básicas. Neste consideramos essencial, para clientela conhecer e aprendes tônicas científicas básicas de estudos e investigações de cientistas – pesquisadores, que seus problemas, em passes pessoais, em conjunto de outros(a), são cruciais e essenciais para solucionar barreiras e impedimentos de normais considerações em saúde, médicas e nutricional – SSAN que todos se inserem.

2.3. Apresentação de estudos aplicáveis por déficits

Bases essenciais “QQ” centraliza em dados afirmativas ou negativos para hipóteses: Quantitativos e Qualitativos em objetivos e específicos, E em resultantes conclusivos de dados, que analisado sobrevém – Saldo positivos otimizantes e sem déficits a serem trabalhados posteriores em suas bases assistidas – Clientela e objeto. Dados de acessos possíveis de compreensão numa linguagem de conhecimento e aprendizagem acessível, em seus déficits, a clientela, deverá ter acesso, em síntese de acesso, e inserindo objeto a caminho.

2.4. Continuidade de acesso “QQ” – Projetos pós- clientelas e comunidades em resultados e diagnósticos de dados – Linha de concentração

QQ – Quantitativos de dados em hipóteses – Perguntas, pontos, dados numéricos quantativos do objeto – Comparativos, análises, e conclusões;
QQ – Qualitativos – Números de dados em otimizações do objeto. Aplicações e achados de possíveis acesso de dados – Clientela de conhecer e aprender porquê e para quê continuar as margens.

Conclusão

Considerações que disseminar dados de estudos investigativos em projetos: QQ de sondagens, em bases imprescindíveis de conceitos epistemológicos e terminológicos de produção científica do pesquisador em recurso informacional com fonte de registro acessível: a) Registro de produção científica – Pesquisador; b)Submeter orientados e analistas básicos para otimização a caminho; c) Disseminar resultantes e objeto conceitual à comunidade acadêmica científica; d) Disseminar e apresentar para clientela e trabalhar dados déficits X ou Y, em margens em discutir de soluções e acender com seus pesquisadores. Estes nichos sobrevém os aspectos: a) Nichos científicos – Orientações; b) Pedagogias diretivas para aplicações; c) Métodos a serem aplicados, e etc. Em síntese as conclusões substancia para caminhos de otimização das produções científicas, encontrarem suas bases e soluções e aprofundamento de objetos de estudos – Aprendizagem e conhecimentos, por antítese.

Referências bibliográficas

1. ENPSSAN. (2019). Eixos conexos e desconexos para questão: Insegurança alimentar- Políticas sócio econômicos e cultural P – PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019 de 09 de setembro a 13 de 2019, UFG – PENSSAN, Goiânia, 2019.

[Reflexão: Santos, Jusenildes, (2019). Eixos conexos e desconexos para questão: Insegurança alimentar – Políticas sócio econômicos e cultural P- PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019, de 09 a 13 de setembro de 2019, UFG em Goiânia. PENSSAN. University Europeia Atlantic – Ibero-americana BR. TICs – Projetos, Docência prática. Teologia e política- FCP, Goiânia, 2019[Grupo de trabalho – GT].

Produção científica – SSAN Disseminação e difusão: extensões


I – Introdução

Abordagem conceitual epistemológico em relação aos eixos em relação a interdisciplinaridade e seus contextos disciplinares extensivos de ligação, e completude além de contextualização na concepção contemporânea no pensamento, (Zitkoski, PP.57, 2014), na amplitude de: Ensino, pesquisa e extensão aplicadas em apelos e vínculos auxiliares de seus cursos, e outros sentidos e sintonia racionais com seus instrumentais, o mesmo faz reflexão que: A racionalidade interdisciplinar, é desafio gritante, e sendo assim, as práxis de profissionais – pesquisadores, impulsionam para produção racional e linhas de formação humana de concepção científica acadêmica – Realidade em aplicabilidade e cultura de relações in loco, indivíduo para indivíduo, se conectado e dialogando, neste a possível conceitua de construções sem paradigma, que emerge e se situa direcionando caminhos e entornos, com linguagem teórica, por vezes filosofando, mediante práticas encontradas e detectadas.


2.0. Produção acadêmica científica


Sua prática, é uma realidade, que conceitua – se por fases, etapas e contextos técnicos por suas metas e ciclos chaves, de pontos de vistas, com seus diálogos e culturas in loco. Define, aborda e abre relações, constrói compressão e contextualiza – se , abre respostas e suas práticas e consultas teóricas conceituais terminologias de suas nomenclaturas para resoluções e soluções.


2.1. Insegurança alimentar


2.1.1. Impedimentos e barreiras em PPP – Projetos em otimizações.


Enfoque teórico tematizando IA, é uma abordagem pré- concebida de preconceitos para os que não aprofundam, estudam e investigam suas peculiares eixos e diálogos de cadeias de interlocuções com outras temáticas para situa – se e definir carnais de abordagem e delimitam sua extensão em déficits, pois produção científica mitigam caminhos.


2.1.2. Carnais epistemológicos de produção científica – Religare acadêmico de outras áreas


Questões e problemáticas, objetos de estudos de investigações e seus eixos de hipóteses com suas afirmações e aberturas e contextos, para resultantes indicativos, independem racionalidade e volumes de suas relações interdisciplinaridades, transdisciplinaridades e pluridisciplinariedade, desafiantes no processo. Ainda, outros de lugares disciplinares abasteceram saberes e construíram epistemologias e terminologias inovativas – Neste faz imprescindíveis produzirem e registrarem seus processos metodológicos, e linguagens conceituadas.


2.1.3.Produtos e recursos informacionais, popularizar – se em seus fins – Destino aprendizagem e conhecimento.


Muitos recursos digitais, metodológicas e ferramentas TICs, são importantes e valorizam a promoção acadêmica em seu ciclo disseminativas- Editores- Autores. Desafios e desbloqueios de exclusivismos da informação, méritos de carnais abertos também inclusivos que determinantes nesta construção de novos conhecimento.


Conclusão


A cadeia de processos de informação e comunicação, são mecanismos de religação disciplinares e seus constructos. Inconcebível profissional e acadêmico, desempenho de práticas e teorias de pesquisa, não construir conhecimento, e muito menos produzir, E abrir carnais de religação e ligações inovativas de diálogos de saberes, com suas culturas, ciências e linguagens. Mais a aprendizagem e conhecimento. Concebemos que IA – PPP, apresentam diagnósticos SSAN, diante de impedimentos e barreiras em PP – Políticas públicas em prevenção em cadeia BIO – Humana, que não encontram meios correlatos científicos em SAN, E que projetos preventivos de saúde médica adequadamente e nutricionalmente, somente se otimizam, em suas equidade naturais. As doenças e patologias desencadeadas pelo processo de insegurança de suas políticas públicas frágeis em suas práticas ativas, mapeadas em suas prevenções clínicas, auxiliam a construção de delimitações de carnais de diálogos científicos de cadeia disciplinares e direções de soluções. Abordagens conceituais de pesquisa e pesquisadores, situando problemas em pesquisa, E buscando respostas e soluções, adentrando em circuitos transdisciplinares, (G. Banner,pp.436,2008), apresenta ícone e desenho de interelacionamento de diálogo de saberes filosóficos, prósperos em cadeia disciplinares, e representação individuais de científica disciplinares e seus atores se interelacionando e transformando, confrontando problemas fins – Tese construída, dentre destas: Ecologia, Agricultura e ciência, Ética, Economia, Setores públicos, Atenção a pesquisa, Sistemas análises, Sociedade civil, Microbiologia[Os carnais de diálogos situa-se: Provedores – Perigos de alertas – Violência, em cadeira[Idem ,pp.437]. Outros carnais conceituais próximas [Parode, V. pp.332, 2014], adentrando e alargando compressão teórica, apresenta a otimização desta prática – Alcance e limites – Estabelecem interelacao de comunicação de diálogo, com informação e produção de conhecimento interdisciplinar e transdisciplinar, conceitua se , suas paralelas epistemologias de alcances e limites, como princípios da ligação dos saberes, reconhecendo possibilidades e viabilidade em outras pensadas, [Morno, 2002], adentrando e buscando outras disciplinares: Física quântica, Neuropsicologia transpessoal, Filosofia [Fenômenos], Linguagem semânticos, e outras. Entendemos, que não existem carnais fechados de construção de conhecimentos, mais em eixos éticos e outros círculos, existem limites e dimensões.


Referência bibliográficas


1. Frodemann, Robert., Klein, J.Tlornpson, Mitchanm, Carl, y Holbrok, Britt., (2010).Tchê Oxford hand book of interdisciplary. Oxford, SPI, Great Britain.(Prefácio)
2. Morno, T., (2002).The Oxford hand book of interdisciplary. Oxford, SPI, Great Britain.[Prefácio].
3. Parode, V., (2010). Interdisciplary – A memória ofan interdisciplinary caráter. , pp.4pp.243,2010.
4. Zitkoski, P.(2014). Interdisciplary – A memorier interdisciplinary cereer, pp.57, 2014. H. Artigs Center. University Jobs.
5. __________., (2014). Interdisciplary- A memorier interdisciplary cereer, pp.437.H.artigs center. University Jobs.
6. Graybill, J. K., Shandas V., (2014). The Oxford hand book of interdisciplary – Doutoral students and Warley cereer academic perspectives ., pp.404.
7. http://euspire.syr.edu/nevaworkshops/>
8. http://univ.ndscieuhumanitiespolicy.org/katrina/
9. http://www.csid.int.edu/
10. http://www.csid.unt.edu/


[Ensaio: Santos, J. (2019). Produção cientifica – SSAN. Disseminação e difusão: Extensões. XIV ENPSSAN, 09 a 14 de Outubro, 2019 UFG, Goiânia. PENSSAN, UFG. University Européia Atlantic – Iberoamericana, Es. TICs – Projects. Teologia e Politica- FCP. Docência prática. 2019].