Tecnologia de aprendizagem: Formação de professores TIC – ” Subsídios perceptíveis de discussão e inovações – Eixos estratégicos de interfaces Graduação e pós – Graduação 2020″

Introdução


Em instâncias de agregações da comunidade acadêmica – Departamento de DE – FOPTIC – UFS, de em estratégicos eixos de formação de professores, circuitos presenciais de proposta programação agendada com temáticas – II Colóquio interfaces acadêmicas entre “ G e Pós, focalizando estudos, reflexões, discussões e pesquisas em desempenho e participação individuais, situando processo atualização de inovações e capacitação nível e formato: Diálogo, discussão e conversa. Em Outubro de 2020 – UFS – PPGED – PPGECMA – DE/ Comissão e membros. De forma que objetiva desencadear e agregar encontro reunidos pesquisadores na mesma linha disciplinar diversas institucionais área do conhecimento e epistemologia e percurso de grade curricular, situando: Subsidiar para subtematicos para: a) Ensino, formação tecnologia e aprendizagem; b) Agregação em âmbito ao mesmo circuito: Discentes – G e Pós, e docentes em todos os nivelamentos; c) Atualizar dialética, que subjaz TIC e aprendizagem para[Ensino, pesquisa e extensão. Centrando para formação desta clientela], às considerações rigores acadêmicos básicas e avanços, vinculando defesas de produção acadêmicas, de Reconhecimentos e ou recomendações protolares de segmentos a postergar; e) Situar tematização e sub com possíveis co participação de questões em foco centralizando retornos midiáticos em formação acadêmica, em ferramentas – TIC para subsídios aprendizagens e metodologias in loco disciplinar e interdisciplinar.


Estratégias de formação e capacitação


2.1. Submetendo de produção acadêmica


Uma registro de inscrição, solicitação, indicação temático a inovações de TICs, subsídios de produção empreendem por assistir seus atores principais: Professores, em formação da clientela FOPTIC – UFS, com: As oficinas temáticos práticos e aplicabilidades:
a) F1. – FE Inovação 3D digital;
b) F2 – FE Entornos de aprendizagem práticas e aplicabilidade – Déficits intelectual – Alunos prática = Jogos.
c) F3 – FE Protótipos, para aplicabilidade de alfabetização – Uso de educação e psicognitivos para influenciar e fluir objetivos para aprendizagem.


2.2. Agregação por interfaces acadêmicos – Formatos


Em mesa Redonda, Roda de conversa, Banca/ Equipe docentes, apresentação defesa e Qualificação.
a) Agregação de nivelamentos;
b) Apresentação de produção acadêmica ( Defesas e bancas “ Q” “ M” e “D”);
c) Temáticos geral e subtematicos submetidos docs para subsidiar, questionar, discutir, enfocar, embasar, abordar, e orientar, apresentar e defesa Qualificação disciplinares e experiências e projetos.


2.2.1. Percepção temáticos – Interfaces de formação


2.2.1.1. Tecnologias assistidas


Sala de aula em cadeia de aprendizado e alunado, clientela de alunos, pelo caráter de submeter se ao professor, com orientações e formações de formador. Neste utilizando de recursos multifuncionais – Subtematicos subsequentes aplicados de tônicas subsequentes de convivência e problemáticas e questões.
• Considerações práticas de convivências sócio compartilhamento e questão focais consequências em sala (Sala isoladas consequentes gritantes), que influenciam peculiares atenção especial), Questões polêmicas LGBT in foco refletindo; Questões cultura de exclusão de “ Negros in foco” ; Protótipos e recursos inovativos para deficientes; Questão índios e quilombolas- Práticas.
• Orientações de conteúdos e questões/ abordagens com recursos sala.


2.3. Prática – Ensino sala


2.3.1. Considerações técnicas


Em relação abordagem metodológicas, em aplicabilidade em sala de aula [Professor], os embasamento e focais de práticas, suas perceções consistentes não retornaram as deficiências de domínio de uso de tecnologias , enquanto recursos de multifuncionais, e processo de aprendizagem e conhecimento; Suportes déficits de problemas oriundos em sala de aula e assistência à; Inovações de Inácio de práticas e finais de semestre (Se houve e que impedimentos ocasionaram); Deficiências de domínio de uso de TIC pelos alunos e uso com reflexões, discussões in loco; Avaliações de consulta ao “ Q Q” resultantes, a que nível estatelem a cada semestre” Campus, ou perfil (Alunos; Nível curso).
Em síntese, enquanto processo( Uso – recurso) processo de aprendizagem e conhecimento, ficaram muito implícito dados, em reflexos avanços e transformações em comportamentos em a nível geral de turma em pontos consistentes, para toda turma. Se o uso de recursos consegue atingir objetivos concretos – Dados, a nível perceptivo para avanços a terminologia e epistemologia complementar e subsídios para adensar e fundamentar o uso de multifuncionais em “ V e D”.


2.4. Prática de produção – Aplicação


E relação a prática, em ambiente e prática – Centro de energia sustentáveis – Espaços e de trabalho de produção.


2.4.1. Pontos tecnológicos em destaque


2.4.1.1 . Acessibilidade as TIC – Grupos diversos e recursos (Deficientes); barreiras práticas situacionais; Impedimentos de habilitações e atitudes;
2.4.1.2. Recursos em Braile, e inovações recorrentes de novo – PODCASTS;
2.4.1.3. Pre – concepções do uso para idoso em entornantes de conscientização, iluminem grupos.
Foco em meios de produção e acessos de uso, percebe – se que os recursos no processo de uso e seus impedimentos de retardos de domínio, a nível cunho observados a serem sustentáveis, o público e atores déficits de domínio no processo de aprendizagem e impedimentos práticos, funcionam como barreiras de resistências para continuar a uso e domínio TIC – Recursos .Neste as estratégias com os recursos multifuncionais, para ajudar, a avançar a aprendizagem , acessos de informação e gerar avançados processos em produções de entornos sustentáveis e equitativos ativos. A nível de formação humana, continuada em retardo, necessário – O uso de recurso funcionam pseudos alfabetização prática, os mesmos vencem, mais paulatinos.
Considerando a subtematizacao, às ferramentas, enquanto recursos, atende para perfis de situações e ambientes diversos de processos de formação de ensino e aprendizagem, nas estratégias de auxílio de grande otimização para assimilação de conteúdos de informação e conhecimento, assistida, em relação aos resultantes de avanços em produtos protótipos gerados científicos; produções científicas em bases e atores acentuantes, originam – se para embasar e fundamentar que os recursos tocantes em dois focais primordiais:
a) Sala de aula;
b) Meios de produções e entornos sustentáveis metodológicos , consistentes de rigores viáveis práxis para atingirem as metas de conhecimento a nível e perfis in loco, ( resultantes avaliadores da prática), consideramos imprescindíveis dados para incentivos posteriores enquanto formato otimizantes – TIC.
2.5. Déficit de conexão – Ferramenta redes: Brasil
Mediante era digital – Sustentavelmente, requer rever o déficit, de conexão de todas as regiões em equilíbrio de oportunidades de acesso, de forma básica para a formação de professores por excelência aconteça com ferramenta, pedagógica de acessos infinitos e que todos 100% conectados à redes de redes e banco de dados, pesquisa científica, tecnologia, de forma de eixos de ligação de rigores de inovações em conhecimento – Dados digitais em uso de ferramentas – TIC, uma performance exigente da lógica em pesquisa empírica científica, segundo entendimentos em (Poppler, Karl), sua percepção , que: A exigência de objetividade científica torna inevitável que cada declaração científica, deveria permanecer provisória para sempre.
As práticas exigem empíricos comprobatórios que concebem geração em infinidades de eixos de ligação e compreensões teóricas(lógicos) , sobretudo as práticas objetivas probatórios presentes, estes produzem mais conhecimentos. E C&T, no pensamento Karl , às técnicas e ciência, subjaz e suas inovações são amantes e presenças permanentes provisórias.
Formação de professores de nível em atualização e capacitação, uma real necessidade inserção de rigor científico, atenda e responder às questões e discussões para reconstrução de entornos e eixos dialogante de conhecimento (Epistemológico), e discussão, reflexão, objetivando construir sensores provisórios, até então, estes que subjaz próxima de avançados contextos salientes, responder X ou Y, e questões problema em aberto.
Informações infinitas de terno, e formação de banco de dados, em suas introjetadas por projetos: QQ; Produções acadêmicas e outros formatos de informações, a serem disseminadas, e todos tentam acessos e sua exatidão Y ou X localização. Índices da Unesco apresenta- se estatísticas de que o Brasil em acesso www – alcance 70% do todo, que não significação excelência de veracidade, e otimização 160%, e limitada, mais com limitação – Norte – Nordeste [Áreas com déficit sem possível acesso – Norte – Território Amazônico com 30% de localização sem excelências para áreas de universidades e seus projetos de extensão / população indígenas civilizadas. Esses déficits para formação de professores, requer firmas projetos – Põem vínculos com entornos de M & C e T. Neste, considerar outras ferramentas, por formatos para TIC – Tecnologia de informação e comunicação, diante carências de retorno reconhecidos de investimentos e fundo salários- Professores, déficit baixíssimos, sem um olhar de incentivo de valorização do professor, e neste opção de profissionais, docentes optar pela Câmara e formação, PP sem de futuro. Cada dia, sem curso discentes em formação para professores – déficit de abandono e mudança de profissão para subservicos, e gestão, sem falar em investimentos por curso rápido para retorno rápidos – Livre comércio e mercado aberto, empreendimento de pequenos negócios, a solução é entorno de otimização a serem assegurado, índices de formato de empresa: Star- ups, micro negócios e pequenas empresas em parcerias e sociedades. Segmento de serviços – TIC. A educação não otimizar projetos prioridades em projeto de Governo nos últimos 30 anos , somos Democrático, depois de 1988. O discurso de educação, mais investimento de 12% de retorno à PIB- Produto Interno Bruto para todos os níveis de formação de ensino.


2.6. Interação Humana e máquinas


Área de pesquisas de grande interesse, por pesquisadores disciplinares – Inteligência artificial em disciplinares em ordem , sob cunho empírica e interdisciplinares com desenho de planejamento e conteúdo de contornos de exatas: Lógica; Cálculos básicos e avançados; Matemáticos; Contábeis agendadas específicas; Álgebra; Algoritmos; Desenho, etc. E de forma que o perfil. Estudos e disciplinares, direcionar avalição – Analítica de perfis de usuários perante paralelidades de atividades com máquinas em sua diversidade em programas Algoritmos específicas a serem manipuladas X ou Y sistema de informações de: Termo; Objetivos; Serviços; Atividades e etc. Relação do proposto – Usuário e objetivos X ou Y algoritmos e recuperação de dados , em alimentação de informação. Exemplos: 1) Captação de imagem por patologias de pseudos doenças; 2) Sistemas em Agro tecnologia de pulverificacao; 3) Sistemas de tratamento e recuperação da Terra , para plantios; 4) Metodologias de ensino – didáticos ; 5) Terapias cognitivas e desenvolvimento – Aplicação de jogos; 6) Comportamento psicopedagógico de perfis de alunos; 7) Serviços de informação On Line ou Banco de Dados – Consulta e analítica; 8) Serviços RH e recepção; E etc. Resultados de otimização, prósperos e soluções a priori reconhecidos, com reconhecimentos Q Q – Quantidade e qualidade de informação e formação de Base de Dados, com excelências.


2.7. FE – Interação humana – Ciências matemáticas e Exatas.


Estratégias, grandes algoritmos, em extensão – máquinas para metodologia e aplicabilidade para excelência no ensino, assimilação em: Didática, ensino, testes, cognitivos e neurológicos; subjaz praticas de introjeção de fatores favoráveis positivos em pontos X ou Y , a serem atingidos em seus perfis – coeficientes para lado intelectual da criatividade, ativação neuro cognitivas, e desenvolvimento paridades de domínio para alcance – memória trabalhada e a serem captadas para acionadas para outras áreas conscientes. Com equilíbrio e harmonia em déficits de aprendizagem de pontos de excelências , aplicações em instâncias interativas.

2.8. Base curriculares – Projeto Lei BNCC – Aplicações: Adequação in loco complementais


Inserção temática reside em apresentar projetos em adequações locais: Educação; Municipal; UFS – IES. As políticas e leia de conversão, aplicação de recursos fundos – FUNDEB. a) Alfabetização ( munícipio e casos específicos de déficit de aprendizagem ( SMEA – rep.), Estado – SEED – Ensino fundamental, médio e fundamental; c) Ensino superior tecnológico; d) Ensino universitário superior – DED/ANPOPE – UFS, a nível público. As coordenações apresentarem, projetos e suas leituras PP – BNCC adequações: a) Diante novos entornos para alcançar detalhes e esforços para regiões [Área Areia Branca], inovações perspectivas, entendimentos prosperidade de entornos, em perfil local da comunidade, e experimento metodológico pelo mapeamento de comunidade território remanescentes – Quilombo demarcado, produzindo resultantes positivos a priori, ênfase coordenadas presente; b) Dois pilares de SEED – Projeto de adequação governamental BNCC, numa leitura – SE/ Aracaju, pois não apresentou paralelidades, conjecturas e conexões em PP – BNCC locais. O projeto e sua conotação referencial, para locais. O projeto e sua conotação referencial, para receber fundo – MEC/ FUNDEB e outros eixos, traçou atender objetivos nacional ENE, e sua diretrizes sem cruzamento de objetivos BNCC – Base Nacional Curriculum Comum, muitas questões abertas no projeto, principalmente – “ Questões litigantes de eixos avaliativos e seus instrumentais não desenhados no PP – Local – SEED, sem bases , concretas dentro do Projeto adequados. As diretrizes do protótipo, não informou amplitudes numéricos de áreas de entornos: a) Fundo de investimento em formação do professor(a); b) Investimentos entornos de visão salariais; c) Investimentos em quadro de professores (Invocações do quadro); d) Referenciais de aplicação em subsídios didáticos – Instrumentais TIC e C &T, ?. O IFS – Instituto Federal de Sergipe( Membro técnico pedagógico), desenhou envolvimento em entornos de responder aos anseios e perspectivas in loco, em detalhes – Em paralelidades, soluções e projetos com atores e comunidade de responder as interrogações no momento : a) Professores; b) Coordenações departamentais para curso graduação e formação de professores, Equipes técnica pedagógica em excelência de sintonia[ Objetivos e atenção]. Coeficientes de resultantes positivos, entornos apresentados. Eixos de ensino em unidades de excelências inovativos, déficit SEED, para citada, com entornos prospectivos de entornos de retorno aos centros de Base locais inclusivos.
De forma autocrítica e problematização .do projeto SEED – SE, fora, que destaque da UFS – DED que escalou as deficientes e sem critérios objetivos no BNCC, centrais e básicos a tese, reprova totalmente o projeto, primacialmente por não ser transparências e posição institucional núcleos de pesquisa e diagnósticos em ênfase, reprovado, e que a UFS, já apresentou retornos e poentes eixos inviáveis positivos, a caráter- eixos abertos para resultados de fim não conclusivos, caracteres de déficit, pormenores sem exatidão fim da clientela, diante
2.9.Tendência aplicabilidade áreas do conhecimento – Informação e introjetos ensino formatos híbridos

Concepção para a aplicação de recursos e aplicabilidade de instrumentais pedagógicos e informacionais e área disciplinares (intra) e interdisciplinares – Formação do todo dentro da disciplina aplicativa, unindo área do conhecimento, a epistemologia, a terminologia com C e T . Diversas práticas de sala de aula dentro de programação de sala, ao mesmo tempo, e intercalando ou por etapas programação, conteúdo planejado, usando: Informação X ou Y conteúdo tradicional, mais com ferramentais On line a distância e multifuncionais em sala ou alternando em mesmo circuito.
A excelência , é que exista mistura e aplicando, técnicas, recursos e ferramentas. De forma, que o desempenho com resultados melhorando, entornos de sala mínima de turma. Laboratório, exigem, excelência do professor, e domínio em tecnologias da Informação no conteúdo, e recursos TICs , para visualizar, práticas e dominar e produzir informação, resultantes: Informação, avanços com dados complementares, recorrentes aos bancos de dados e redes.
Elementos chaves e uma diversidades e detalhes informacionais em consulta, termo e informação, miram acessos práticos, tendenciosa bem compreensões, entendimento com diversos: Ângulos, contextos, eixos, tecnologias, ferramentas( Sistemas de informação, práticas de plataformas Software em interação de máquinas/ alunos e professor ao mesmo tempo, e intercalado práticas, e didáticas.

CONSIDERAÇÕES


Neste formato proposto estratégicos de estudo pré planejamento acadêmico e eixos inovativos para as bases de formação de professores “ G e Pôs- nas perspectivas de tecnologias da comunicação e informação. As considerações buscaremos síntese de trajeto em escala se evolução do planejamento programático II Colóquio interface acadêmica, esses abordamos por: Subsídios perceptivos de discussão e inovação – Eixos estratégicos de interfaces Graduação e Pós – graduação 2020. Todos vínculos tematizando e Sub-temáticos residente e articulante com objetivos do Programa e núcleo de estudos. A diretiva seria por estratégicos de discussão e colaboração participativa de todos – Comunidade acadêmica junto a comissão equipe, a mediante conceituação centrantes em interfaces para: G e Pós. Diante metodologia, visou ampliar com formato analítico adentrando em trajeto do evento, bem coloquial por base para formar por áreas disciplinares e interdisciplinar com ferramentas e conexões, por tópicos e uso de TIC – Tecnologias da Informação e comunicação, e assim: a) Introduzimos circuito de objetivos acadêmicos e específicos com fundamentos do FOPTIC – UFS, compreendendo a missão e corpo acadêmico adjunto : PPGED – PPGECMA – DE, para atualização de eixos litigantes nos objetos em P- PP, e seus inovativos planos, plenamente coesas pairando fidelidades nos mesmos eixos dialogantes e de discussões, mediante plenamente ao apresentado no círculo de abordados e embasamentos, tais : Discentes e docentes e especialistas, com equipe, seus novos conceitos e seus atores: A formação de professores EAD, e conexos, dialogando e buscando novas tecnológicas e epistemologias em TIC e adensar e alargar nomenclaturas, e terminologias que complexos de programa e núcleo de estudos, coordenada e membros, conjunto auxiliantes pedagógicos administrativos e apoio. De forma que, enfocamos: As estratégias e capacitação – Produção acadêmica e suas – FE para aprendizagens e uso de TIC inovativas, em práticas e interativas Agregação por interfaces acadêmicas – Formatos, e uma clientela, em encontros temáticos e sub-tematizantes, de: Defesas, qualificação, estudos e produtos acadêmico científicos e práxis, e empíricos experimentados in loco. Com nivelamentos com bancas para objetivar entornos: Orientar, apresentar analítica, observar, reorientar, direcionar, qualificar e adensar aos objetos de estudos e investigação científicas seus construtos empíricos, além de experiências e projetos( M e D ), subsidiando para finalização de produção acadêmica e conhecimento(Objeto de estudo), objetivamente alargar área disciplinar e interfaces da dialética e discurso, contextos e finais gerados; A percepção temáticos – Interfaces de formação – TIC assistivos; Prática – Ensino sala; Prática de produção – Aplicação: Pontos tecnológicos em destaque; Déficits de conexão – Ferramentas redes: Brasil, interação humana e máquinas; FE – e interação humana – Ciências matemáticas e exatas; Bases curriculares – Projeto Lei BNCC – Aplicação : Adequação in loco complementada; Tendência aplicabilidade, áreas do conhecimento – Informação e introjeto ensino formatos híbridos. É consideravelmente normativa e produtiva atividade, em evolução de evento, em encontros sistemático e suas etapas por círculos com pré inscrição de presenças arroladas, chave proposto, cumprir a suas estratégicas programáticas e visão com praticidade a comunidades clientela e membros equipe, convidados, embasadores, defesas, qualificados, e outros. As metas , formação de professores em G e Pós. Adensando e complementando, em Projeto – PEC 015/2015- 2020, discussão e negociação modernização anti – FUNDEB, cujo amplitude e ramificações essas bases também fora predefinida neste espaco a temática imprescindíveis a futuro desta clientela seus atores e objetos profissionais e disciplinares de sala e classe. Deste também se propôs, vertentes e questões locais. O maior desafio objetivo do Fundo por avanços e ampliação de investimentos e distribuição, de seus fundo gerados e partes: Estados- Governos federal e estadual com coeficientes impostos e retornos via Fundo único, e pontos de ligação: Infraestruturas, apoio de professores e técnico, e gestores. Em P- PP as duas propostas são distintas para: Ampliada de metas % e remuneração adjunta in loco para Estados, Distrito e Territórios. Os pontos principais alcançados de mudanças Julho 2020: a) Complementação GF, para financiar a Educação, por supressão, para atingir a progressão de estimativas de estudos – Prospecto original visam prósperos porcentagens índices de 40%, numa leitura de evolução, de escala elevação de juros % [ 10% – 12% iniciai], por ano – 2020 – 2026, a projeção, conciliou em 23% meta, e não 40% objetiva. Articulação considera avança consideráveis P- PP Educação básica. Enfatizando vínculos, percebemos serem as metas inovadoras, mais ainda ficam a margens, em dados circunstancias em déficits resultantes por maus de uma décadas – IDH, em média as bases educacionais submetidos, media 4,71 % in loco interno, um nivelamento ranking 79% mundial em 2019, imprescindíveis reverter positivo, passamos pela metanóis profunda urge mudanças, sem arestas simploides de um intolerável analfabetismo funcional, não codificados e decodificados, sendo interpretados por poderes executivos e legisladores, além de gestoras de apoio técnico no Brasil. As bases básicas e clientelas: Alvos – Creche e pré – escola; Ensino fundamental e Ensino médio. Vertentes somativas professores e seus gestores de apoio investimentos. A perspectiva otimizante, a primeira instancia, o anti projeto progressivo obteve avanços em comparados anteriores, acrescentar os entornos 40% , será sinalizantes, de que seus governantes e legisladores representares, perante Carta Magna 1988 indicava esse caminho desviado e rota do desenvolvimento, pelas vertentes de Educação em preâmbulos de conjunto – Todo, de todas as instituições converter os ângulos: Legislativos, Executivos e Judiciários, em linha com formação formal do Brasileiro. Uma sociedade em mudanças e transformações e era digital, não desenhou ainda suas riquezas e exploração, em perspectivas de retorno à – PIB, produzidos a favor deste rumo global – Educação destino de uma Nação mais – mais independente, formado e informado. Esse trajeto inicia se representado perante representantes do povo, democraticamente a leituras e interpretação analítica e estudos com reprodução de produção cientifica, as disseminações: a) IDH – Índices de desenvolvimento Humano e IOBE – Índice de Observação Educação Básica – Em divulgação de anuário, com olhar relevante de verificador para planejamento para todos aspectos socioeconômicos, vistos que representantes de projetos e p- pp , não significam espelhos de reflexão. A expectativa de perspectivas e avanços. Signifique que seus destinos, assegure seus fins, que não signifique desvios, estações, pausas e subterfúgios, enganadores sem regulações e fiscalizações para acompanhar endereços e clientelas direcionada investimentos de retorno por direito, seus objetos instrumentais, devidos impostos por eixos nas orgânicas instituições de proteção e obedecer trajetos de impostos e fundo. Em condições que fundamentam, apresentamos um pano de fundo da atual conjuntura interna e externa presente, urgem relatar e destacar , que futuro – Educação e formação de professores, serão a tonicidade de futuro em saída Brasil. Partindo da externa: A reta guarda construída do neoliberalismo para hiper capitalismo Corvit 19 – “ Vadem Mecum Corvit – 19 Lei 13.979. 6.02.2020 (Decretos, portarias). De forma que estruturas de representação de pontes politicas, e seus ideias, vem sofrendo mudanças em questão de valores morais e virtudes, a polemica jurídica da “ corrupção conjuntural”, vem colocando em cheque: A cultura de valores e virtudes, e importante para formação e desenvolvimento socioeconômico, de uma Nação? A presente plataforma politica governamental, sem projeto impulsionou ao formato desmonte orgânico da infraestrutura das esferas de Estado. De forma que a os poderes legislativos, em execução de prioridades de leis, mesmo com baixas de respeito perante a população, as bases residentes impulsiona: Eleição TRE – Ficha limpa; Lei 2630 – Combate a disseminação a Fake News; Anti FUNDEB, Tributação optimização justa distribuída; Ação ativa – Anti – corrupção Lava Jato. Nestes erguem se, um novo olhar, inserida a saída – Todo conectados humanos e digitais: A solidariedade e caridade diversas faces da Nação.
Fonte: IOEB; IDH

CONCLUSÃO


Finalizamos inicio de estudo, ciente que pesquisadores, cientista e profissionais acadêmicos educadores professores, afirmar compromissos, sem perder a mira e segurar de “ o cajado” Educação de um Povo – Brasil, pois a futuração das TIC e formação no paradigma da Era digital, subjaz em avanços – Era inclusiva Educação, para todos as áreas disciplinares e interdisciplinares do conhecimento. Por antítese – “Os movimentos passam, faz um curso objetivo, Educação inclui um Todo com todos.”

Referência bibliográfica

  1. Brasil.( 2020) . Lei.13.979.6.02.2020 – Covid – 19: Leis e portarias. Vade Mecum .Brasília, 2020.
  2. Câmara Federal.(2020). PEC 015. 2015 – 2020 de 22.07.2020 – FUNDEB. CLF, Brasília, 2020. http://www.camaea.gov.br
  3. FNDE (2020). Plataforma executiva governamental. FNDE, Brasília, 2020. http://www.fnde.gov.br
  4. FOPTIC (2020). II colóquio interfaces acadêmicas Graduação e Pós – UFS de 17 a 20 de Janeiro de 2020, São Cristóvão – Campus. Comissão membros. FOPTUC, São Cristóvão, 2020.
  5. IOEB Nacional.(2020).Anuário brasileiro da Educação básica 2019 . IOEB, Brasília, 2020. http://www.ioeb.org.br/
  6. IDH . (2020). Índice Brasileiro de desenvolvimento humano. IDH, 2020 . http://www.wiki.org/
  7. PNUD. (2020). PNUD 2019 – ONU. Brasília, 2020. http://www.br.undp.org/

[Artigo: Santos, Jusenildes.(2020). Tecnologias de aprendizagem: Formação de professores em TIC – Subsídios perceptivos de discussão e inovações – Eixos estratégicos Graduação e pós graduação 2020. University Europeia Atlantic . Ibero americana. TIC – Projetos. Docência prática. Teologia e politica – FCP. UFS – FOPTIC, Aju]

Apostos e opostos dispositivos – Lei 2630/2020 e Fake News: ajustes e rigores científicos C e T

“Normativos normais x contextos de supressão de valores Inteligência artificial”

Introdução

A solução de problemas de armazenagem e organização de dispersão de dados, acrescidas da ciência e tecnologia por disciplina do conhecimento por Inteligência artificial, e um constructo filosófico e paradigma – Era digital e sociedade: Organização de dados, e por veredas de construção resposta apostas e por opostos, os ingressos em erros sem solução urgentes, os pontos negros de ilegais comportamentos de questões sociais e ocupações emergentes de pseudos ocupantes de programadores e aprendizes domésticos e esperteza da anti ética política – Viés por instâncias da sobrevivência em violações das ordens de dados digitais – A desordem de dados de informações de personalidades institucionais e públicas controversos da verdade disseminadas por TIC – Tecnologia e em informação e comunicação em redes sociais e mídias – A prática de Fake News, de apoteose Norte Americana da comunicação de marketing de candidatos partidários e raízes anti democrática e republicana da década de 1981. A versátil desconstrução em oposições comportamentos de políticas por desenho filosófico por temática e conceitual popular da politicagem. De forma precisa objetivamente o trajeto disseminadas e origens por desconstrução de perfil de comportamento público de pessoas, e personalidades, perante comunidades e sociedades desenhando o comportamento e movimento de trânsito em sua localização remota via tecnologia de informação e comunicação em circuitos à distância individual detalhadamente, neste implementado controvérsias ao reunir e transmitir dados minuciosamente para contextos w base instituídas e expectativas existentes (população)de forma mentirosas e inverdades com constructos de pseudos criatividades de publicidade “empresas de comunicação” com papel desconexos e opostas no segmento de serviços sem conceituação responsável de atos de violações de informação de forma oculta.

Paradigma – Era digital e sociedade

A era digital como paradigma com linguagem epistemológica disciplinar em áreas terminologias de suas nomenclaturas, as específicas ramificações da ciência e tecnologias. Os paradoxos construídos e herança ao processo de desconstrução de suas minúcias imprecisas aos contextos de erros e involuções de problemas em suas rotinas e atividades, (Kuhn, T. Pp.235, 1962), na interpretação de investigações “…violações de expectativas…”, na implementações de introdutórios de mudanças e transformações oriundas, de erros, novos trajetos incompletos, redesenhados com anormalidades com entornos diferentes se contrapondo ao paradigma existente, que insensata ou por sensatez científica desenho de inovações das origens do anterior. E segundo crítica do cientista traduzida, “ …é de que os paradigmas são ruins e dão às pessoas uma visão tacanha, quando deveriam sempre estar questionando o paradigma que subjaz sua disciplina.” Aos desconexos da natureza dessa ciência e frente a construção inversa de valores científicos disponibilizados em soluções de questões e minúcias problemáticos da sociedade em transformações traduzidas na raízes natureza de paradigma epistemológico disciplinar adentrantes as comunidades e ambiente laborais. A comunidade busca construir valorização as suas bases reconstruídas, aperfeiçoadas e específicas em seus co criativos engenharias e protótipos experimentais inovadores significantes engenhosos compostos e produtos tecnológicos ou e doutrinas em suas normas, leis e regras de contextos para curso de normalidades e harmonias de seus utilitários e utilizadores. A comunidade e sociedade agrega costumes, hábitos e acoplada a realidades comunitárias impacta cultura transformando ou modificando de melhores serviços e formatos, neste objetiva as investigações científicas e pesquisadores, criar uma cultura presente e futura de comportamento com valores acentuantes ou reluzir e firmes a cultura e realidade inseridas. Nunca afastar a natureza da ciência e humanidade em sua evolução e seus meios por cadeia com seres vivos. Pairando perante controvérsias e afastamento da natureza, os valores erguidos pela sustentabilidade, valores supre erguidos, às teorias imprecisas da era digital, e humanidades em bases de produção do trabalho substituídos roboticamente e não adaptados a serviço e utilização humana. Em contextos contraditórios precisamente lógica em síntese atuantes situações de erros, adentrando, rápidos e ágeis processos desenvolvidos e modificações transformando comportamentos e valores construídos e erguidos otimizadas para sociedade. Muitos formatos, e serviços auxiliante as comunidades em seus acessos incluídos por consequências políticas socioeducativas e econômicas imprecisas e inseguras. Consequentemente, culturas a frente em suas ciências e tecnológicas aceitas e caminhos de valores e conceitos morais e éticos regulares presentes de suas ordens normativas e leis composta natural paralelas, ou impostas destruidora, buscando eliminar os a postos do encontro de gênios científicos co criativos humanos. As bases errôneas pragmáticos ergues comportamentos sociais antropológicas, psicológicas e situadas de contraditórios de uma cultura sócio – econômicas da disparidades diferenças de acessos, conceituadamente concêntricos riquezas de conhecimento e informações, em teores financeiros acentuantes por comunidades determinadas e centradas. Esses comportamentos econômicos em comércio e negócios de seus mercados por seguidores e segmentos em políticas de desenvolvimento antes regulares seguros, outrossim paralelos entre ilegais ocultos e pontos controversos poluindo e destruindo a cultura e valores econômicos e eixos de ligamento, por muito menos, de muito mais, por interpretações e questionantes “excluídos” não legais, oriundas de políticas C&T, promissores para oportunidades e inovações de origens de suas bases a serem integradas sem anti valores culturais ao comum, aceita pela comunidade científica alusiva e utilitária “desenhada socialmente por verdades.

Valores éticos e culturais: ideológicos e utópicos

Em mundo questionantes e opositores são paralelos e idênticos? Valem tudo? Esses valores descontruídos fazem parte do paradigma, em instâncias de ciência natural, de interpretação para corrigir deformações e muito mais acentuar presente paradigma, essas bases de hipóteses concentração disciplinares de investigações . A sociedade e acessos da informação paradigmática faz a leitura teóricas filosóficas para suas aplicabilidade possíveis. A aprendizagem e conhecimento, empreende se por metodologias e métodos de melhores compreensões e acender interpretações a realidades. Em instituições educacionais presentes orientam e encaminham acentuantes para desenvolvimento conjunto. Esses valores, descontruídos por políticas ausentes ativas, quebra rumos de começos e veredas de saída de erroneamente em politicagem em negros opostos contrapondo realidade, a comunidade paralisada e atenta estudando, e investigando a tempo, no tempo para responder e sociedade, alimentanda em perdas e afastamento diante das disseminações não cientificamente reconhecidas. A tendência objetiva enraizar laços de integrações de acessos, nunca impostos de ocultos aderentes e informantes opcionais distraídos agregados.


O que é ideológico? O quê é utópico? Questionar paradigmas, e valores éticos…A sociedade e cultura presente de inserção, instigam de formato, por erros. Mais firme Sistema de governo e suas plataformas em politicas físicas constituídas que fazem parte.


A construção de ideias e ideários, e bases opositores que conceitos doutrinários residem? Apenas opõem, ou existem suas atenuantes consistentes solúveis e práticas científicas naturais para adensar aos viés de laços culturais da verdade e respostas a sucederem paradigma presente enriquecedora por então. Ao seus desenvolvedores práticos e suas categorias, seus combates empíricos contrapostos, a linguagem, e instrumentos fragmentados de pretensas animações e ensaios em C & T. As doutrinas conceituais de normativos e protocolos de segurança por políticas constitui se instituídas por ordem e harmonia. Dificilmente ao romper ao comum, e paralelos erguidos, a sociedades e comunidades, as culturas e sociedade herdará teorias e constructos periféricos sem rigores científicos necessários e desvalorizados, não tonicamente positivos.


Que valores éticos e tecnológicos Fake News constrói – se, a exemplos, agregam ocupações de interações humanas, por características de ociosidades existências e comportamentos psicológicos maníacas desordenadas em trilhas ocultas de redes sociais. Em situações desconceituais de profissionais programadores excluídos e atuantes ensaios domésticos sem habilidades de competências reconhecidas. Essas raízes ativas ocultas, pois escondem se, e ações destrutivas marcam comportamentos, e originam outros, com mentiras, e desalinhos presentes.

Lei 2630/2020 – Normativos por conceitos atenuantes

Os dispositivos de combate através de regulações de identificadores codificados por armazenagem e de dados digitais em TICs – Tecnologias de informação e comunicação. Esses dados disseminados, visará atender e criar normativos doutrinários ativos de seus atores individuais cidativa e organizativos, consistentes de cadastros atualizados e trânsito otimizadas de dados digitais: Mensagens e documentos diversos de suas espécies, em sistemas de informações de: Sincronizantes e compartilhados disseminados. Armazém e memorizar de seus integrais dados e laços extenso comunitários desenvolvidos, por emissores e receptores de comunicação.

Fundamentos principais: Dados digitais

Atores e identidades – Pontos

a) Identidade cidativa; Celulares móveis; Redes sociais; Provedores e Chips.
b) Características pontuais individuais:

1. Armazenagem e memória de identidades cadastrais atualizados(nacionalidade e estrangeiras;

2. Codificações identificadoras de memória de celulares – Cadastro vinculantes do cidadão (Nacionalidade e estrangeiras);

3. Redes sociais e sistemas de informações: Softwares e programas integrados e laços de capacitores de Armazenagem e memórias por tempo x ou y a serem identificadas, mesmo que excluídas de suas origens;

4. Provedores e identificadores em memórias e Armazenagem de dados;

5. Chips e identificadores digitais e dados armazenados e memória.

Fonte: www. TV senado.gov.br

Ciência práxis e a teórica filosófica ética: A serviço da humanidade e princípios cristãos

“O amor é a prática de valores feito carne e sangue “


Perdão vida de compreensão e nem todos têm esse poder e sabedoria, e alcance na ausência de atos injustos. O que leva as pessoas a cometerem erros, na busca de controvérsias de valores morais, pois a formação e deformação não são iguais.
Esse paradoxo apresenta se em questão social, polêmicas e veredas. Em instâncias institucionais profundos.


A construção de valores, ao ensino e exortação de Jesus, não devemos construímos na areia, mais na rocha, e deixando firme. Essa percepção ressurgem por dispositivos de reflexão. Que valores temos construídos e herdados, e quais passamos para família e filhos, além de nossos ambientes de vida?
Acreditamos que esses signos de reflexão guia – nos, e serão, poderão por instrumentos de buscas infinitas em nossos.

A conceituação paradigmática – Rigores científicos

A percepção filosóficas em referências em origens do pensamento pós – moderno” Estruturas da revoluções científicas, Kuhn, Thomas em 1962. A leitura de (Bowdon – B, Tom 2019), 50 clássicos da filosofia. Abordagens de investigações de ideias antiguidades à era moderna. A interpretação na compreensão origens, definia que paradigmas não existem só na ciência, mas que são a maneira natural de os humanos compreenderem o mundo, (Kuhn, T.Pp.229, 1962).


Mesmo que a contextual e compreensão crítica veja adentrando por incompletas e sem entornos otimistas para a sociedade leiga traduzida na epistemológica disciplinar3s de áreas, uma espécie linguagem científica identidade acadêmica situadas em seus tempos, sujeitos e atores do pensamento e conhecimento . O desenho de linguagem, por antítese: “ O que eram patos no mundo do cientista, antes da revolução são coelhos depois.” Os entornos de tecnologias e atento alonga perceptíveis de que, Raio X, o por surpreso pela substituição ao senti – se surpreso, ao novo, visionária e percebia mais sem definição dos fatos explícitos sem encaixe de sua s práticas existenciais descobertas científicas. Em detalhes suas orientações perceptíveis reflete que: “ Quando um paradigma é substituído por outro, o próprio mundo parece mudar.” Neste, perímetro definido aqui, encontramos em comportamentos implícitos e explícitos em paradoxos, mediante as características vividas e compartilhadas em comunidades de verdades e controvérsias, e disseminados, e em ordem dados digitais sincronizados por rede, uma repercussão de compostos atômicos mínimos do mínimo e pequena partícula de um átomo em dispositivos móveis em conexão, por comunicação Satélite de Satélite em rede ao redor da Terra. Residem práticas tecnológicas que passamos: Presidir, preceptor e presenciar em mídias sociais, e manipulações diretas ou indiretas de seus administradores assinantes e cadastros de carnais On line em www – Wide Word Wundi.


Instâncias da era digitais, os errôneas entornos Fake News e sua inverdades controvertidas usuais, por ferramentas da insatisfações de desejo, e afastamento do paradigma favorável à humanidade, e conexões vantagens em seus dinâmicos vínculos diferenciados, com cadeia de seres vivos, presença na interação humanas, por máquinas. Essa robotização, sem periféricos controversos da robótica positiva e ciência da natureza e sua sustentável convivência harmônica.


O conceito terminológica batizada de comunicação científica tecnológica e sociedades Contemporâneas desmoronou – se, ou ruiu os castelos dominantes da TICs? Surpreso, e contínua em combatem, pelos constructos normativos, aqui reflexões de Kuhn, onde vemos por termos e contextos apostos otimizados e opostos em dados e linguagens digitais. Que caracteriza inseguranças por alastra se para outros protótipos, a exemplo em combatem também os Haskell’s. A capacidade de convívios das TICs, desses ilegais, a compreensão do autor, criticava por “quebra- cabeça” para comunidade científica, na alusão em resolver as instâncias redirecionar o paradigma, que nos presidir, e eixos estabelecidos a Cultura e seus valores anti éticos e novos conceitos descritivos de representação e para aceitação e adesões ou combater, para si e extensivos polêmicos e questões despolitização consequente em guerra cibernética digital e mídias. As afirmativas desenhada da estrutura de revoluções científicas e interpretação: “ Entornos em modo de crise, aí surgem os avanços para o novo paradigma são possíveis. “


Analítica (Bowdon, Pp.234, 2019), considerações de que suas interrogações respondidas questionantes de Kuhn, criticamente por ruins, e visão tacanha, no texto e contextos, que o mesmo deveriam sempre estar questionando o paradigma . Características para o novo subjaz sua disciplina. Adiante defini por perceber por não: “Amadurecimento para real; composto de regras. Todas nem positiva e negativas; espécie de lentes para enxergar o mundo”. A síntese, teceu: “ O verdadeiro valor está em ver os paradigmas objetivamente e admitir a possibilidade de que as nossas verdades podem ser meras suposições. “

CONCLUSÃO

Nas bases da disciplina inteligência artificial e suas fragmentados de informática, ciência da computação e engenharias de Softwares, situando em disciplinares em Tecnologias de aprendizagem, de contornos originárias da interação humana. As básicas regras de convivência, compartilhadas, trabalhadas, colaborativas, ensinada, extensivas em metodologias e métodos disciplinares, e com utilitários instrumentais, ferramentas e empíricos em práticas num processo de aprendizado, e inserção de informações epistemológicas de ciências e técnicas, mergulha – se o exercício de práticas de ensino, instrução e treinamentos laborais, Leasings sistemáticas com auxílios de TICs, e compreendemos que o formato laços disciplinares e interdisciplinares, ergues o envolvimento da empírica práxis terminológica “Aprendizagem e conhecimento”, a acesso, inclusão e informações e paridades de domínio com ferramentas e interações, as expectativas práticas e afirmações otimizadas em estudos, investigações e criatividades em TI e conteúdos e planejamento dinâmicos para ensino, e direções de bibliografia e referenciais de construção de domínio disciplinar e definições de construção e desafios das práticas, em exercícios da criação intelectual, as bases produção de d3senho em leitura filosófica, melhora epistemológicas e conceituais inovativas disciplinar e alarga posteriores e outros novos conhecimentos. Em instâncias enquanto aprendizado, e aberturas das buscas, questionantes, ante barreiras e impedimentos, seus convívios de vencer e conquistar aprendizado e adentrar e produzir conhecimento. Definimos, que o processo, essa dinamização das Tecnologias de informação e comunicação nesta amplitude livre acessos possíveis sem limites, para suas práticas de domínio de ferramentas, o indivíduo desenvolver dinâmicas próprias criativas, de aprendizado recorrido, recursos disponíveis e suas práticas e informações abertas. A busca por formação disciplinar em temáticas de informações e práticas são capacitores pedagógicos e conteúdos enriquecedoras apresentados e abordados por instrução e ensino, traz progressos e dinamiza rapidamente esse processo de aprendizagem e produção inovadores de conhecimentos. Os desígnios controvérsias deste paradigmas assinalam dois comportamentos digitais: a) Apostos e; b) Opostos. Construído e descontruídos dados e perfis. Essa embate, simpatizam em guerra de pseuda e ideais digitais que chocam, agridem e criam crimes digitais em polêmicas, valores éticos destroçados e distorcidos em erros os pilares do paradigma e entornos otimizadas digitais orgânicas eletrônicas. Esse perfil de espécies de politicagem mitigam volumes de rebeldia cibernética robotizada e oculta, a característica da prática. A lei de combate das práticas disseminativos, suas instituições de regulações e fiscais de monitoramentos, terão normativas e detalhadamente de legislações a serviço e alcances. Em paralelos, caminha a Lei de Direitos digitais – IA, em curso, principalmente colocam no centro a politizada e crimes de Haskell’s e dispositivos para robótica. Essas violações tendem por determinantes sinalizados informar e formar outros comportamentos. A leitura retrógradas de destinos e P – PP Projetos de políticas públicas veredas o Sistema de Governo e plataformas Constitucionais civis – Depois de 1988, os rumos do PIB – Produto Interno Bruto, em seus índices aplicados e investimentos de 12% em retornos em educação no Brasil, e nestes os resultados e nivelamentos de IDH – Índices de Desenvolvimento Humano, descrevem déficits cada vez menores, nivelado médias 4,6 sem mudanças mais significantes por mais de 30 anos (trinta anos) e destinos desmontáveis de processos de transformações da sociedade e desenvolvimento socioeconômicas. Mais cada, Governo civil, instala se, as instituições de seus poderes: Executivo, Legislativos e Jurídicos veredas por considerações manter e instituir suas aplicações por: Estruturas apoteótica de polícias e Estruturas Jurídicas específicas. A diminuição viáveis determinantes das cadeias pilares sustentação e eixos de educação por desenho cientifico de uma nova sociedade, alinhando conjuntamente desalinhos das normativas regulares descaminhos de conjecturas de corrupção. E de outro lado, a distâncias de controvérsias da pirâmides sócio econômicas da sociedade e acessos excluídos por minorias de 56% da população, em trajeto a ciência e natureza introduzindo – Tecnologias e aprendizagem, por eixos globais, mediante produção de conhecimento, e TICs dando sustentáveis ambientação e analítica e estudos, na interação humana da humanidade, e suas espécies seres vivos e máquinas. A humanidade co participe e seus valores éticos construídos buscam aplicabilidade sustentáveis e questionancias: “ Que valores éticos queremos? E quais estamos herdando? E quais estamos inseridos? As famílias e comportamentos refletidos? Podemos exemplificar, que a sabedoria de governantes pesam e somam. “ A instrução e ensino para bases educacionais, de uma Nação chefe de governança sinalizou aula inaugural em introdução de PP- Políticas públicas em carnais de redes de mídias, conteúdos de cuidados de combatem: Corvit 19 e conteúdos das 10 informações de enfrentamento de higiene. “ Essas bases indicam que valores éticos e morais, as instituições caminham e presidem – Educação .

Referência bibliográfica

Buther – Bowdon,T.(2019). A estruturas das revoluções científicas. Org. Thomas Kuhn.(Trad. Pete Rissatli, Pp.228, 235. São Paulo: Benvira.

Lei 2630.2020 – Senado Federal.( 2020) Prerrogativas e dispositivos: Lei 2630/ 2020 Combate disseminação de Facks News. Senado Federal, Brasília.

http://www.Tvsenado.gov.br

Wikipédia .( 2020). Teoria e conceitos de paradoxos. www. Wikipedia.

[Santos, Jusenildes.,(2020) . Apostos e opostos dispositivos – Lei 2630/ 2020 Fake News: Ajustes rigores científicos em C&T. [Ensaio de pesquisa] . Normativas normais x contextos de supressão de valores em Inteligência Artificial. University Europeia Atlantic – Ibero americana. TIC – Projetos. Docência prática. Teologia e política- FCP. Aju, 2020.]

UMA DIALÉTICA OTIMIZACION  2020 PED –  AVANÇOS POLÍTICAS PÚBLICAS SÓCIO EDUCACIONAIS ABERTAS: ENEM PP                              “Nas percepções exortadas, (Papa Francisco, 2019) aos concursantes”

INTRODUÇÃO

Ao comitê INEP – MEC nossas solicitas acadêmicas em caminho futura. Atenção acadêmica pesquisadores, educadores e gestão ativa de Governo. A clientela do Brasil ENEM 75% jovens em processos de introdução acadêmica formativa graduação disciplinares, e 25% perspectivos em processos perspectivos em processos de reingressos, ou em retardo a observar entornos prósperos. Neste perfil, estes jovens retornam para conteúdos e planejamentos de Grupos de otimização de cursinhos e extensões universitárias e preparação individuais residentes; Investimentos – MEC – INEP – Órgão gestores de governo, que precisará e precisam abrir PED – 2020. Diante de que cientes:

  • Perfil jovem consciente de competências por contemplação de incentivos – INEP, não sinal de era da Informação em Sociedade e comunidades com entornos otimistas de comunicação e informação, rápidas e imediatistas digitais, para entender espaços de repetidas entornos humanos e máquinas e robóticas e informatização;
  • Políticas PED – INEP-MEC – Abertas e diretas mais prósperos para motivação e resultados perspectivas tendências, a em exemplos: a) Conteúdos disciplinares definidos, em espaços de 06 meses próximos [Mat.; Port.; Qui.; Fis.; Línguas etc.]; b) Temática – Redação por sorteio aberto, comunitário, com tendências carnais possível e sugestivos da sociedade e comunidades; Diretrizes e normas – 1 mês antes.

PERSPECTIVAS E REALIDADE ENTORNANTES – ENEM POLÍTICA CERTAME

A direção de caminhada e trilhas de direcionamentos gestores, viabilizam para a abordagem, consideravelmente que precisamos concretizamos introjetas construtivas a serem direcionadas visivelmente que teremos a vista frentes para: a) Grandes mudanças; Adaptações; Considerações; Transformações e Inovações, e neste, ampliarem incisos como:

1) Os incisos de portarias conceituais para procedimentos diretivos e objetivos estratégicos vigentes – Etapa ano a ano – Gestão INEP – MEC/ENEM por Certame;

2) Políticas – PP – Direcionadas para a missão objetivas do orgânico departamento enquanto instituição adentrante presente no MEC – PP, e situam para:

  • Empresas de concorrências para proverem certames e seus dispositivos da realização e instrumentos técnicos e pedagógicas de apoios;
  • Profissionais técnicos e especializadas apoio da gestão e infraestruturas;
  • Infraestruturas para o certame de apoios descentralizados e certames;
  • Potenciais físicos e materiais enfatizantes;
  • Diretrizes de investimentos;
  • Planejamentos de gestão – PP;
  • Programação;
  • Contentos de controles e conexões de mapeamentos;
  • Resultantes e avaliações – Pontos avaliantes;
  • Divulgação de mídia e comunicação.

MÉTRICAS E ESTRATÉGICAS

Uma possible abordagem que vereiem por: Vantagens e desvantagens entre atores circunstanciados e presentes nas situações em paralelidades: Oportunidades vagas; Avaliadores e Clientelas em suas frentes dispositivas diretriz INEP vigente, vemos:

  1. Pontos em linhas e alinhamentos de resultantes positivos de seus índices pontuantes e desnivelamentos não alcançados, requisitos exigidos considerantes e afluídos perspectantes e competências;
  2. Resultantes pontuantes de Rankings universitários;
  3. O Certame, e resultantes avaliativos com todos os melhores procedidos de IDH, e internos: [Americano – Latinos; Internos; E mundiais; Para bases, em avanços educacionais, e contextos a serem excluídos].
  4. Entornos de publicação e comunicação de resultados do Certame;
  5. Métricas introjetadas para Citação bibliográficas por práticas experimentais, tônicas de mais aberturas e segurança do aluno – Clientela – Temáticos/Autores/Obras, e Etc;
  6. Experiências práxis otimização – Redação;
  7. Redação submetidas anteriores – Motivantes;
  8. Métricas de contendas – Conjuntos de direções por PP – Políticas públicas por temáticas com aberturas de escolhas ante e sugestivas com bases referenciais científicas de professores, em termos da redação e outras disciplinas – Consulta BD sugestivas.

AS CONTROVÉRSIAS DE DADOS EM RANKINGS [V – D], E ÍNDICES TÍPICOS I D H’ s

Esses pontuais indicadores de estatísticas em índices desenvolvidos em áreas humanas% em X o Y dados conclusos. E encontramos alinhamentos próximos por:

  • Universidades públicas, estratégias de ensino;
  • Rankings – Pesquisas, Ensino e extensão;
  • Impactos de publicações práticas acadêmicas;
  • Projetos de pesquisas práticas acadêmicas;
  • Comunidades acadêmicas – Corpo docentes; Departamentais – Conselhos; Funcionais; Colaborativas parceiros; Financiáveis públicos orgânicos; Corpo de gestão;
  • E etc.

As referenciais situam e indicam diretivos de cada ponto, que evidenciam para o crescimento de desenvolvimento socioeconômico do País, frente aos aspectos imprescindíveis a população, e novos entornos culturais, a exemplos:

  • PP – ENEM – MEC/IES [Público – Processos], formação superior de ensino, investimentos para o futuro desenvolvimento em aspectos: Educação posteriores, [4,8 (quatro ou oito) anos)];
  • Índices de desenvolvimento sumo de base em índices educacionais não incluídos de coeficientes para reconstrução da Nação em seus déficits, de retardos e projetores frontes futuras aspectos; Totalmente implícitos e não explícitos a serem atingidos. “Todos iguais”;
  • Métricas de experimentos pelas consideráveis tópicos para pessoalmente abertos: a) Redação com entornos poéticos temáticos de linhos literatices – Poema, Crônica, Poesia; e etc.
  • Voluntários profissionais – Certame.

MÉTRICAS RESULTANTESQIQUAEFICIENTE PARA INTELIGÊNCIA

As aberturas conceituais que sustentam PP – ENEM proporcionam por serem facetados em perspectivas [01 (um) ou três meses por tendenciais]. Para introjectos individuais de cada estudante e perfil, e se:

  • Gênios na ciência;
  • Mais ciência de grupo, equipes e conjunto, empresas, organismos e, Etc.;
  • Gênios científicos? Onde estar? Porque não existe mais? Estes pensantes conscientes em ciência?
  • Os pesos da razão e raciocínio lógico e conhecimento por bases e informação formadas, Pré – existentes e abertas para construção;
  • Circuitos neurológicas E – D: Conscientes; Memoria e inconscientes.

Tendência de serviços por tópicos de conexões científicos: Eixos Ciência e Tecnologia

Concebe –se por agregações de conjunto em blocos organizacionais, corporações instituídas e parceiras por grupos, e expoentes empresariais de mentores técnicos e Questões para projetos de interesses e envolvimentos de: a) Conexões de grupos privados; b) ONG´s por conceitos expressivas mundiais em C&T; c) Governos internos e externos, e etc.; d) Expectativas de solicitação e sugestões de grandes bases de dados avaliativas de expoentes e experimentos de suas práxis por conceitos pontuações por escalas crescentes e decrescentes por dados assinalados construído individual atribuídos, se estudadas seus perfis e investigadas; e) Perspectivas comerciais e mercado domésticos de consumo em vertentes materiais e intelectuais; f) Rankings acadêmicos universitários por espelhos otimizantes de pontuações mundiais e regionais por considerações em zonas de conforto construídas, e em conjuntos sistêmicos de investimentos princípios éticos reconhecidos e instrumentais produzidos e disseminados nos carnais de comunicação e informação publicação científicas.

Avaliações de otimizações de serviços informacionais em organizações e periféricos operacionais de serviços disponibilizados de carnais de comunicações e sincrônicos redes sociais e armazenados seus dados ópticos, e dispositivos distribuídos (Redes de rede; Satélites de satélites em cadeia; Conectores emissores e receptores de comunicação e informação diversos). Carnais de consulta de informações: Celulares digitais móveis; Internet w. w. w; Redes sociais e etc.

Equipes de instrumentais em ferramentas digitais e informacionais programam grandes programas e algoritmos de recuperações de dados e sincronizantes capturantes e compartilha de dados de suas linguagens codificadas e descodificadas, e imagens, assim servirem por e constituir tonicidades em dados digitais, serem conectados e cruzados com grandes circuitos e periféricos distribuídos diversos Big Dados. Consideravelmente, quando avaliados e sincronizados dados otimizantes sinalizam perspectivos entornos de outros sistemas informacionais construídas colocados a serviços e meios de acessos comerciais e mercado segmentos em ferramentas auxiliares digitais. Armazéns de grandes capacidades por dados apresentam uma base com eixos resultantes para abastecerem programas e programadores em seus progressos e avanços em otimização de serviços. Geralmente estes carnais, finalizam solicitando por característicos opcionais conclusos “SIM OU NÃO” ou pontuações 0 a 5 por adoção de nota, e ainda capturas frontais por imagens em ingressos aos suportes por acessos e ou resposta em problemas detectados alcançadas, que independem comunicação, se foram disponibilizados ou não, a recuperação de informação e dados necessários por atendidos. As barreiras de impedimentos de comunicação, língua, dialetos, culturas em costumes e hábitos por tendência regionais, não cogitados e muito menos em suas bases originalmente na perspectiva da próspera teoria em aprendizagem e conhecimento pensado em inteligência artificial e interação humana, pois são impostas uma cultura digital em seus habituais contextos de acessos e necessidades de retornos informacionais – Sistemas de informação. Uma ferramenta auxiliante pedagógica digital em sistema informacional, programa em seus diversos Software e ou linguagem em consideráveis projetos de alfabetização envolvendo clientelas diversas a priori, não condizem por entornos de considerações na perspectiva de inclusão digitais, em eixos avaliativos: Interação digital humana e seus âmbitos e carnais de acessos multifacetados.

Programação – Desafios éticos programas linguagem PHP e outros

Programas e sistemas informacionais e em seus desenvolvedores, substanciais mentalidades para supostas estratégias para programação visando e objetivando adensar para dispositivos para combater os competidores de outros entornos segmentados sistemáticos em analítica informacional em inteligência artificial. Trabalham nas otimizações próprias adensantes e fragilidades de outros sistemas, deficiências na incompatibilidades, diferenças, periféricos inferiores para serem melhores sistemas aceitos e acessados, mediante concorrências. Em outros contextos trabalhar programação codificada e descodificar em universo de linguagens Big Dados perspectivos de avanços em otimização desenvolvida, ou consequentemente contraditórias os desafios a serem introduzidas programáveis lado trabalhar os que querem derrubar e impedirem avanços otimizantes para acessos suas intenções, e trabalha para neutralizar incapacidades e invasões negativas e conexão. Em estudos avançados, programas de defesas em entornos e eixos éticos em tópicos organizacionais próximos com princípios éticos profissionais de códigos de legislações – leis. Trabalhar em programação com sistemas de impedimentos concorrentes deslealmente em sistemas inviabilizantes para acessos livres, buscando impedir opção digitais e preferencias usuários e seus perfis.Com dispositivos com otimização em barreiras de comunicação e informação Big dates – TICs. Desenhos e arquiteturas para projetos digitais em programas Hackell´s e independentes não condizentes com perfil dialogante em avanços para desenvolvimento de comunidades de avanços em programação em TICs – Tecnologia em informação e comunicação, através de estratégias éticas diretivas digitais.

Princípios e fundamentos éticos: C&T

Segundo carta e política de fretamento, princípios e fundamentos essenciais e responsáveis com seus atores em C&T na região árabe, reconhecida contextos e eixos agregadores de avanços em experiências e cooperações internacionais e internas, neste a UNESCO destaca a reconhecer por documento de mostra unindo a outras políticas prioritárias e básicas como teor importantíssimo para porvir a um mundo ético em Ciência e tecnologia para pesquisa e experimentos de pesquisadores em PP. A publicação oficial objetiva assistir por direção estratégica e instrumento composto por membros acadêmicos científicos e pesquisadores e cooperações e outros, e percebe que:

  1. Análise e confronta a partir 2010 a realidade em inteligência artificial em área disciplinar;
  2. Análise composto em recomendação do mesmo, primor acadêmico ético em tecnologia da informação em inteligência artificial político – UNESCO.

A região árabe – Cooperação regional Unesco e reconhece que, ao documento de fretamento influencia para:

  • O centro nacional e evolução de C&T de pesquisa e tecnologicamente e desenvolvimento(Argélia);
  • Academia em pesquisa C&T(Egito);
  • Universidade de tecnologia (Iraque);
  • Sociedade científica Royal (Jordânia);
  • Universidade Ismael Monlay (Motocoo – Marrocos);
  • Academia ciência palestina e tecnologia (Palestina);
  • Prime Molammad Bin Fe Universidade (Kingdom da Arabia Saudista);
  • Universidade Khartoum (Sudão);
  • Instituto Pasteur Tunis (Tunisia).
  • E outras contribuições coordenadas na carta (Grupos, Centros, Cooperações, organizações, empresas e pessoas instituídas.

Compromisso e crise ética da humanidade – Sinais dos tempos

Exortando a Igreja em documento apostólico [Papa Francisco, p. 39, 2019], avalia e concebe que a inquieta humanidade [Homens e mulheres], vive uma grande crise moral em todas as instâncias institucionais mediante a ética com o compromisso perante a vida. A crise perante questões fundamentais, e a Igreja vive o desafio de um desafio de evangelização – Discernimento evangélico. Invade um olhar análise, em concepções sociológica: Os desafios de um mundo social em mudança; Os ditames da economia e da exclusão e seus contextos da desordens sociais; Os exageros do consumo mediante a consciência distantes das excelências da natureza e sua produção de renováveis e preservação para atingir as bases de otimização de produção duráveis, sem valorização da criação, e tempos de conservação de bens materiais. A matéria – prima e produção de consumo não acompanham prazos da natureza renováveis de regeneração naturais. Uma verificação antiética de consumo das coo – criaturas, o desrespeito para com a natureza. Em outra face recoloca a solicitudes da exacerbação do valor monetário pelo absolutismo idolátrico do “Money”, em sequencias da busca e rupturas com a ética, desafiante a crescente desigualdades das esferas sociais e suas sociedades, uma acelerante geração de violência e competição econômica de negócios e aspectos da esferas de competências do trabalho e social.

Mostra que realmente alusão ao dinheiro valorizante e não a ética, sob poderes de rejeição e recusa da semelhante com Deus…

[“Para a ética, olha-se habitualmente com certo desprezo sarcástico; é considerada contraproducente, demasiado humana, porque relativiza o dinheiro e o poder. É sentida como uma ameaça, porque condena a manipulação e degradação da pessoa. Em última instância, a ética leva a Deus, que espera uma resposta comprometida, que está fora de das categorias do mercado. Para estas absolutizadas, Deus é independência de qualquer tipo de escravidão. A ética – uma ética não ideologizada – permite criar um equilíbrio e uma ordem social mais humana. Nesse sentido, animo os peritos financeiros e os governantes dos vários países a considerarem as palavras de um sábio da antiguidade: Não fazer os pobres participar dos seus próprios bens é roubá-los e tira-lhes a vida. Não são nossos, mas deles, os bens que aferrolhamos”.

“Uma reforma financeira que tivesse em conta a ética exigiria uma vigorosa mudança de atitudes por parte dos dirigentes políticos, a quem exorto a enfrentar esse desafio com determinação e clarividência, sem esquecer naturalmente a especificidade de cada contexto. O dinheiro deve servir, e não governar! …a uma solidariedade desinteressada e a um regresso da economia e das finanças a uma ética propícia ao ser humano.”]

Fonte: [Exort. Apost Evangelli Gaudium – A alegria do evangelho: sobre o anúncio do evangelho no mundo atual 2019, Papa Francisco pp.39]

Orientação comunitária – Respeito a pessoa e á Pesquisa científica

Orientações a fretamento ético destinados a comunidade em aspectos entorno a ciência e tecnologia abrangem a toda comunidade Católica Cristã Apostólica e agregação em comum, percebe questões em bioética e ética em si em disciplinas da área do conhecimento para experiências científicas – Pesquisa científica e a pessoa para perspectivas e avanços e progresso científicos: Aspectos empíricos práticos, médicos ou psicológicos, em pessoas ou grupos humanos, podem concorrer para a cura dos doentes e para o continuo aspectos da saúde pública, (Cat. Ig., pp.597 2020).

Abordagens de contexto compreendem imprescindíveis, atrelados aspectos unidos sob ótica da ética como:

  1. A pesquisa científica de base;
  2. A pesquisa aplicada;
  3. A ciência e a técnica;
  4. Promoção do desenvolvimento integral em benefício de todos;
  5. Sem individualizar o sentido da existência e do progresso humano;
  6. Presença presente da ordenação na ciência e a técnica em humanos;
  7. Prove sua origem e no crescimento;
  8. Valores morais contidos e respeitados;
  9. Observar a indicação de finalidades e consciência de seus limites.

A observância e respeito em manter atrelados e unidas a ciência e a técnica, em tendência em tecnologias a serem utilizadas em perspectivas do desenvolvimento perante a presença sempre viva – Respeito a vida e a pessoa, adverte que mantemos vigilantes, sem visão ilusória, e neutralidades moral da pesquisa científica, buscar direcionar e manter reivindicações e suas aplicabilidades presentes. E seguir, e dignificar por:

  1. Critérios de orientações sem deduções e tão pouco visão simploídes da eficácia técnica, utilidades, que provejam conexões e derivação uns de outros atados e de ideológicas dominantes;
  2. Em seus significados intrínsecos;
  3. O respeito incondicional dos critérios fundamentais da moralidade;
  4. Servir e de pronto a serviço da pessoa humana;
  5. Em seus direitos inalienáveis;
  6. De bens verdadeiros e íntegros;
  7. Sedimentar a dimensão no projeto e a vontade divina.

A direção contorna dimensionar abrangência sem distância de valorização da vida, unindo substâncias essenciais, que pesquisas e suas experiências exigem no entes e seres humanos, o afastamento de contradições de contornos antiéticos, principalmente, ante a:

  1. Não legitimação de atos contrários em si em sua dignidade as pessoas e lei moral;
  2. Consentir eventuais posições dos sujeitos de não justificar tais atos;
  3. Riscos corridos sujeitados a vida ou a integridade física e psíquica, incondizentes a moral de legitimação da mesma;
  4. Inviabilidades contrárias ao consentir para valorização a vida e integridade física e psíquica de sujeito a correrem riscos desproporcionais ou evitáveis;
  5. A experiência sem seres humanos não atende aos requisitos da dignidade da pessoa, se ocorrer sem o consentimento explícito do sujeito ou de seus representantes legais.

As bases da orientação eixos e diretrizes para discernimentos presentes na vida cotidiana, profissional científica e pesquisa empírica para comunidade católica e ramificações cristãs direcionadas pelos bispos do Brasil, de atores do Conselho oficial de bispos – Carta apost. Laetamur magnopere – Latim .(CNBB, Cat .IG , pp.597).

Fonte: CNBB, CAT.IG. pp.597 2019]

CONCLUSÃO

Consideramos por PED – INEP – MEC e executivos e membros e gestores orgânica e profissionais, considerem por PP-PED uma mentalidade feliz pensada e tendência de aplicação de futuro Educação – Aprendizagem e conhecimento. Se estamos inserimos num mundo do pensamento por incentivos de conhecimento de Informação e comunicação digital, de domínio de era 70% jovens, imprescindíveis mudanças urgentes PED – ENEM – Competição com otimização – Jovens terem acessos “Abertos” as PED de interesses de pessoas e individuais, a disposição de si, e outrem. Evitará acessos e imediatos transtornos irregulares e ilegais de distração, abusos legis e diretrizes fechadas; Exploração financeiros existentes; Distribuições de vazamento por atravessadores; Lobbys e Fake News enganadores desmotivantes para jovens em processo de construção continuada, da formação profissional e comunitário civil, entorno de comunidade acadêmicos discentes. É comprovado cientificamente, é formato acadêmico – Processos seletivos de concursos educativos, contendo de programação conteúdos e planejamentos direcionados de prerrogativas, são mais seguras e resultantes “otimistas e prósperos, e diante de: a) Candidatos verificação otimistas com médias sempre perspectivas acima; b) Avaliadores motivadores em pros deste periféricos PED – Diretrizes perspectivos para; Investidores [Famílias; Extensões e gestores e outros]. De forma que dados e resultados darão resultados de muitos maiores e superiores, e grandes mudanças de mentalidades – ENEM – Exame de ensino médio, de entornos de pre e modelos – “Decoreba”. Metodologia de aprendizagem, e conhecimentos. Porque cada uma redação de “Defesa” Candidatos preparados, com estudos e significados de si, e percepções a seres inseridos em comunidade universitária futura, e Brasil [SISU – PROUNI- FIES. [Essa defesa, enfatiza-se a exortação do Papa Francisco, 2019 – Panamá aos povos]. A comunidade e pensadores INEP – MEC, esqueceu que a tendência de disciplinar e áreas do conhecimento face a era informação digital – Observadores que as metodologias de aplicabilidades faces, engendram em pros de observações e sujeitos de instrumentos e recursos utilizam metodologias de pontas de verificação averbando. Entornos das afirmações pela expertise: Tópicos e eixos disciplinares; Interdisciplinares e Transdisciplinares pela expertise: Psicopedagogias; Cognitivas; Conhecimentos e informação. Atentos que não significam espertos. Estes referenciais informacionais, são recursos e competentes em evidências práticas em áreas disciplinares específicas em departamentos acadêmicas por consensos de frente para: Cursos práticos e teóricas; Estágios; Trabalhos acadêmicos por consensos de frente para: Cursos práticas e teóricos; Estágios acadêmicos; TCC; Dissertações e Teses, E etc,

Referencies bibliografics

  1. All European Academies. (2017). European Code of Conduct for Research integrity
  2. Arab League Educational, Cultural and Scientific Organization. (2017). …(Arab Strategy for Scientific Research, Technology and Innovation. (in Arabic).
  3. Arab League Educacional, Cultural and Cientifíc Organization.(2017). … (Arab Strategy for Scientific Research, Technology and Innovation. (in Arab) Australian Research Council & Universities Australia, (2017). Australian Code for the Responsib
  4. Draft Tunisian Charter on the Ethics of Animal Experimentation (n.d). (in Arabic).
  5. Estonian Academy of Sciences (n.d). Codf.
  6. Ethics and Principles for Science &Society Policy –Making:The Brussels Declaration. Text adopted on 17 February 2017 during na announcement symposium at the American Associatian for the Advancement of Science`s Annual Meeting help in Bostf.
  7. Gurzawska, A.& Bent in Different essed on 08/09/20
  8. King Abdulaziz City for Scienceand nf. (inArab)
  9. Lebanese National Council for Scientific Research. (2016). The Charter of Ethics and Guiding Principles of Sci
  10. Ministry of Health in Sudan, Directorate of Research. (2008). Sudanese Guidelines for Ethical Conduct of Research Involving Subjects.
  11. Ministry of Scientific Research in Egypt, Academy
  12. CNBB, (2019). Conselho oficial de bispos – Carta apost. Laetamur magnopere – Latim. CCI.Pp. 597, 2020.
  13. Exortacion. Apost Evangelli Gaudium (2019) . A alegria do evangelho: sobre o anúncio do evangelho no mundo atual 2019, Org. Papa Franscisco Pp.39, Itália.

[Reflexão: Santos, Jusenildes., (2020). UMA DIALÉTICA OTIMIZACION 2020 PED – AVANÇOS POLÍTICAS PÚBLICAS SÓCIO EDUCACIONAIS ABERTAS: ENEM PP : Nas percepções exortadas, (Papa Francisco, 2019 aos concursantes. University Europeia Atlantic . Ibero americana – TICs – Projetos. Docência prática., Teologia e política – FCP Aju , 2020.].

A promessa de Cristo ressuscitado: São Paulo, teve conhecimento do mistério – Se converter á ministro submetido na fé ao Espírito Santo, O’ Jesus Vivo – “O testemunho de Saulo – batizado cristão São Paulo”

Déficits em P – PP SSAN: Discussão e polarização

Featured Image -- 1255
Fonte: Acampament statitics

I – Introdução

À política SSAN, é uma dialética do discurso com correntes de pensamentos defensivas polarizadas numa temática P- PP Políticas públicas que emergem potenciais imprescindíveis de agregações que compreendem com juntos e complexidade de atores relutantes civis orgânicas de entidades e instituições que compreendem perspectivas de figurantes ingressos compostos interdisciplinares e transdisciplinares posteriores.

2.0. Dialética discursiva complexa

Construir dispositivos paralelos que agreguem, e unam as complexidades dispersas, e abertas para considerar direções provenientes predispostos em políticas públicas em SSAN, por prospectos de envolvimento de otimização.

2.2.1. CONSEA e a constituição de membros civis

As P – PP internas por Nações – Projeto de governos, membros ONU – Organismo das Nações Unidas em Secretaria de Direitos Humanos – DH, e de otimização subtemas DAANA – Direitos a Alimentação Adequada Alimentar e Nutricional, que agregam entornos de otimização, em déficits de suportes políticos em alimentação AN – Alimentação Nutricional – Nação, e perspectivamente frente de projetos – DAANA, que foram, e são propensos para projetos Interno – Brasil CONSEA – Conselho Nacional Segurança sub Alimentar, constituído por civis e outras entidades orgânicas internas de governos, com objetivo básico geral de traçar planejamento em Políticas públicas em Segurança alimentar e nutricional para nação, junto ao Governo vigente ordinário e Planejar; Prove e direcionar diretrizes em para aplicação em projetos de desenvolvimento do Governo, constitucional em vigência na nação, sob tutela de Concedidas – Conselhos estaduais de segurança e alimentar, em sub – metendo as secretarias de Governos estaduais e municipais desde 2000. Presentemente, e sucessivamente, sendo articulante de objetivos internacional – Mudanças em metas mundiais de aspectos imprescindíveis no Brasil e mundial – ONU – Nações Unidas, perante de metas 2030 perspectivas e estatísticas em déficits e segmentos de interna circulação, a FAO – Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura, e OMS – Organização Mundial em Saúde. Para dados eficientes e suas políticas de reversão em IDH – Índice de Desenvolvimento Humano.

2.2.2 . Metodologias – Tematização de GT – P – PP

Tematizando efeitos em Insegurança alimentar – IA a verificação de membros pesquisadores e outros adjuntos cooperantes e colaboradores participativos em ENPSSAN – Encontro Nacional de Pesquisadores em Saúde e Segurança Alimentar e Nutricional e PENSSAN – Rede de pesquisa Nacional de Saúde e Segurança Alimentar e Nutricional, sob tutoriais membros de equipe temáticos de grupos de trabalho, compostos em 06 (Seis), posteriores que postergam dispositivos em PPP – Projetos Políticas Públicas suas linhas concentradas em educação, ensino e pesquisa, bem como em extensão acadêmicas, por diversos segmentos de presentes, e neste em efeitos de enfrentamentos a perspectivas aos temáticos enfatizantes, nos trabalhos, enfocados e entronizantes.

2.2.3. Membros SSAN – Agenda 2020

Os projetos, em SSAN – Sistema de Segurança Alimentar e Nutricional, com agenda pensante de Governo, sem otimização prósperas – 2030, no Brasil, no vigente Governo totalmente em desencontros de Projeto piloto dinamizador harmônico numa direção política e segmento com paralelas e hibrida congruências de diversidades e pluralidades de representações e supostas e desagregantes ideologias e bandeiras representadas perante população brasileira e diretrizes partidárias, por futuro cicatrizantes embates de contradições e adversidades outrora, por desalinhos SSAN. Des – articulantes, e centralizadora, não democrático, sem transparência em Projetos definidos, e dispersos, mais com cobranças de seus déficits socioeconômicos políticos e culturais, uma realidade que saltam os olhos em aspectos gritantes de índices para seus reverses juntos, uma direção por desafio e por paradigma de uma sociedade em mudanças e transformações no Século XXI, sua segunda década – 2020.

2.2.4. Propostas sub – temáticas

Prósperos de uma democracia que agregam diversas etnias por raízes, a presentes antecedentes e colonização: Etnias indígenas presentes adentrantes; Etnias Europeus branca; Etnias de Negros; E posteriores: Etnias de Orientais; Etnias Asiáticas, para uma afirmante miscigenação de povos para construção de um povo, uma sociedade nova, desafio até hoje, e suas contribuições sócio – econômicas e culturais. Neste contribuiria para constructos mais afirmantes, a exemplo da presença entronizantes dos povos Amazônicos e sua cultura Indígena presente no ENPSSAN 2019 – Pesquisadores e discentes em pesquisa, pontos reconhecidos de avanços, e neste sugerimos. Para ajustes futuros em reparações de seus déficits ENPSSAN – Rede PENSSAN, estes dispositivos mais avaliados e efeitos de conjunto – Regras a contrapor:

Featured Image -- 1255
Fonte: Imagem de acampamento
  • Imagem capturada em acampamento bolsão

a) Racismo institucional;
b) Áreas de pesquisadores institucionais;
c) Otimização de GT – Grupo de Trabalho;
d) Tempo médio – Pequeno – Discursão e controvérsias.
e) E etc.

CONCLUSÃO

Direcionar perspectivos de crescimento para otimização de P – PP – ONU – DAANA, procedem por construir entornos e reflexões acadêmicos, em encaminhar progresso de seus membros pesquisadores e academia, representada e apresentada a sociedades e entidades orgânicas e sociedade, que portanto agregam profissionais atuantes e outros atores que compartilham e colaboram e participam.

Referência bibliográfica

1. ENPSSAN. (2019). Eixos conexos e desconexos para questão: Insegurança alimentar- Políticas sócio econômicos e cultural P – PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019 de 09 de setembro a 13 de 2019, UFG – PENSSAN, Goiânia, 2019.

[Reflexão: Santos, Jusenildes, (2019. Déficits em P- PP SSAN : Discussão e polarização – Insegurança alimentar – Políticas sócio econômicos e cultural P- PP: Uma reflexão em QQ. ENPSSAN 2019, de 09 a 13 de setembro de 2019, UFG em Goiânia. PENSSAN. University Europeia Atlantic – Ibero americana BR. TICs – Projetos, Docência prática. Teologia e política- FCP, Goiânia, 2019[Grupo de trabalho – GT4].

Produção científica – SSAN Disseminação e difusão: extensões


I – Introdução

Abordagem conceitual epistemológico em relação aos eixos em relação a interdisciplinaridade e seus contextos disciplinares extensivos de ligação, e completude além de contextualização na concepção contemporânea no pensamento, (Zitkoski, PP.57, 2014), na amplitude de: Ensino, pesquisa e extensão aplicadas em apelos e vínculos auxiliares de seus cursos, e outros sentidos e sintonia racionais com seus instrumentais, o mesmo faz reflexão que: A racionalidade interdisciplinar, é desafio gritante, e sendo assim, as práxis de profissionais – pesquisadores, impulsionam para produção racional e linhas de formação humana de concepção científica acadêmica – Realidade em aplicabilidade e cultura de relações in loco, indivíduo para indivíduo, se conectado e dialogando, neste a possível conceitua de construções sem paradigma, que emerge e se situa direcionando caminhos e entornos, com linguagem teórica, por vezes filosofando, mediante práticas encontradas e detectadas.


2.0. Produção acadêmica científica


Sua prática, é uma realidade, que conceitua – se por fases, etapas e contextos técnicos por suas metas e ciclos chaves, de pontos de vistas, com seus diálogos e culturas in loco. Define, aborda e abre relações, constrói compressão e contextualiza – se , abre respostas e suas práticas e consultas teóricas conceituais terminologias de suas nomenclaturas para resoluções e soluções.


2.1. Insegurança alimentar


2.1.1. Impedimentos e barreiras em PPP – Projetos em otimizações.


Enfoque teórico tematizando IA, é uma abordagem pré- concebida de preconceitos para os que não aprofundam, estudam e investigam suas peculiares eixos e diálogos de cadeias de interlocuções com outras temáticas para situa – se e definir carnais de abordagem e delimitam sua extensão em déficits, pois produção científica mitigam caminhos.


2.1.2. Carnais epistemológicos de produção científica – Religare acadêmico de outras áreas


Questões e problemáticas, objetos de estudos de investigações e seus eixos de hipóteses com suas afirmações e aberturas e contextos, para resultantes indicativos, independem racionalidade e volumes de suas relações interdisciplinaridades, transdisciplinaridades e pluridisciplinariedade, desafiantes no processo. Ainda, outros de lugares disciplinares abasteceram saberes e construíram epistemologias e terminologias inovativas – Neste faz imprescindíveis produzirem e registrarem seus processos metodológicos, e linguagens conceituadas.


2.1.3.Produtos e recursos informacionais, popularizar – se em seus fins – Destino aprendizagem e conhecimento.


Muitos recursos digitais, metodológicas e ferramentas TICs, são importantes e valorizam a promoção acadêmica em seu ciclo disseminativas- Editores- Autores. Desafios e desbloqueios de exclusivismos da informação, méritos de carnais abertos também inclusivos que determinantes nesta construção de novos conhecimento.


Conclusão


A cadeia de processos de informação e comunicação, são mecanismos de religação disciplinares e seus constructos. Inconcebível profissional e acadêmico, desempenho de práticas e teorias de pesquisa, não construir conhecimento, e muito menos produzir, E abrir carnais de religação e ligações inovativas de diálogos de saberes, com suas culturas, ciências e linguagens. Mais a aprendizagem e conhecimento. Concebemos que IA – PPP, apresentam diagnósticos SSAN, diante de impedimentos e barreiras em PP – Políticas públicas em prevenção em cadeia BIO – Humana, que não encontram meios correlatos científicos em SAN, E que projetos preventivos de saúde médica adequadamente e nutricionalmente, somente se otimizam, em suas equidade naturais. As doenças e patologias desencadeadas pelo processo de insegurança de suas políticas públicas frágeis em suas práticas ativas, mapeadas em suas prevenções clínicas, auxiliam a construção de delimitações de carnais de diálogos científicos de cadeia disciplinares e direções de soluções. Abordagens conceituais de pesquisa e pesquisadores, situando problemas em pesquisa, E buscando respostas e soluções, adentrando em circuitos transdisciplinares, (G. Banner,pp.436,2008), apresenta ícone e desenho de interelacionamento de diálogo de saberes filosóficos, prósperos em cadeia disciplinares, e representação individuais de científica disciplinares e seus atores se interelacionando e transformando, confrontando problemas fins – Tese construída, dentre destas: Ecologia, Agricultura e ciência, Ética, Economia, Setores públicos, Atenção a pesquisa, Sistemas análises, Sociedade civil, Microbiologia[Os carnais de diálogos situa-se: Provedores – Perigos de alertas – Violência, em cadeira[Idem ,pp.437]. Outros carnais conceituais próximas [Parode, V. pp.332, 2014], adentrando e alargando compressão teórica, apresenta a otimização desta prática – Alcance e limites – Estabelecem interelacao de comunicação de diálogo, com informação e produção de conhecimento interdisciplinar e transdisciplinar, conceitua se , suas paralelas epistemologias de alcances e limites, como princípios da ligação dos saberes, reconhecendo possibilidades e viabilidade em outras pensadas, [Morno, 2002], adentrando e buscando outras disciplinares: Física quântica, Neuropsicologia transpessoal, Filosofia [Fenômenos], Linguagem semânticos, e outras. Entendemos, que não existem carnais fechados de construção de conhecimentos, mais em eixos éticos e outros círculos, existem limites e dimensões.


Referência bibliográficas


1. Frodemann, Robert., Klein, J.Tlornpson, Mitchanm, Carl, y Holbrok, Britt., (2010).Tchê Oxford hand book of interdisciplary. Oxford, SPI, Great Britain.(Prefácio)
2. Morno, T., (2002).The Oxford hand book of interdisciplary. Oxford, SPI, Great Britain.[Prefácio].
3. Parode, V., (2010). Interdisciplary – A memória ofan interdisciplinary caráter. , pp.4pp.243,2010.
4. Zitkoski, P.(2014). Interdisciplary – A memorier interdisciplinary cereer, pp.57, 2014. H. Artigs Center. University Jobs.
5. __________., (2014). Interdisciplary- A memorier interdisciplary cereer, pp.437.H.artigs center. University Jobs.
6. Graybill, J. K., Shandas V., (2014). The Oxford hand book of interdisciplary – Doutoral students and Warley cereer academic perspectives ., pp.404.
7. http://euspire.syr.edu/nevaworkshops/>
8. http://univ.ndscieuhumanitiespolicy.org/katrina/
9. http://www.csid.int.edu/
10. http://www.csid.unt.edu/


[Ensaio: Santos, J. (2019). Produção cientifica – SSAN. Disseminação e difusão: Extensões. XIV ENPSSAN, 09 a 14 de Outubro, 2019 UFG, Goiânia. PENSSAN, UFG. University Européia Atlantic – Iberoamericana, Es. TICs – Projects. Teologia e Politica- FCP. Docência prática. 2019].

Afluência em entornos: assembleias e plateias – Informação e comunicação SSAN


I – Introdução

Participação colaborativa em assembleias e plateias debatendo e reforçando práxis em experiências com discussão e paralelos conjunturais regionais acadêmicas e profissionais de membros PENSSAN, painéis em mesas; Defesas; e outros. Bastantes atuantes, e questionantes de forma também contributiva, colaborativa e participativa.

2.0.Perfil de discussão


• Indicativas com dados competitivos;
• Síntese conjuntural – PP SSAN;
• Analítica e considerações por pontos;
• Situacional em análise;
• Demonstrativa e amostras de dados complementares;
• Conceituais e epistemológicos;
• Sugestão acolhidas:

a) Trabalho de campo com eixos litigantes disseminativas de informação para aprendizagem e problematização – QQ para aplicação pedagógica;


• Análise interna externa Internacional e nacional;
• Representação institucionais contribuida e civis; Entidades;
• Abordagens – Síntese experiências práticas; Teóricas; Projetos práticos acadêmicos.


Conclusão


Conscientemente, a presença participativa do corpo acadêmico e membros consolidam a uma conjuntural de evento ENPSSAN 2019. Em síntese de referência e estudos relatados aqui. Frente a cada tema e mesa de colocações e estudos investigativas de pesquisadores e cientistas em SAN. As posições e firmes tópicos e ênfases emblemaram politização também, podemos afirmar colaborativa e nunca divisora e separativa, mais somas e conjunto. Assembleias se somam, congregam para avanços, na Câmara de discussões e planejamento futuro de executiva, acadêmica sobretudo. As contribuições possibles mobilizaram futuros passos a serem planejados para o PENSSAN, e peculiar particularmente incrementando, nunca presenças substânciais de revoltas e subgrupos paralelos, posição está sintetizando avanços, a nível de membros, mesmo com fragmentação universitária de políticas públicas de avanços em nossos déficits de saúde preventivas em SSAN e apresentando atrasos. O estudo pessoal e individual, apresenta maturidade de reflexão perante academia e entidade membros, sem polêmicas ou ingressos para retardos de pensamento. Enfrentamento aos efeitos, futuras será preciso, diante de problematização conjuntural de SSAN – BR, de caráter somativo e complementar de cada plateia e assembleias.


Referência bibliográfica


1. PENSSAN, (2019). Afluência e entornos: Assembleias e plateias – Informação e comunicação – SSAN . XIV ENPSSAN em Goiânia de 9 a 14 de Outubro de 2019, UFG.


[Reflexão: Jusenildes dos Santos. Afluência e entornos: Assembleia e plateia – Informação e comunicação- SSAN . XVI – ENPSSAN, UFG em 09 a 14 de Outubro de 2019, Goiânia. ENPESSAN – PENSSAN, FIAN Internacional in Brasil. University Europeia Atlantic – Ibero americana. TICs – Projetos. Teologia e política – FCP. Docência práticas, UFG, 2019.

FE – Ferramenta tecnologia da informação e comunicação: Percepções em auxílios pedagógicos para Sistemas informacionais – Aprendizagem e conhecimento

I – Introdução

À utilização e usualidade de recursos SI – Sistemas informacionais na percepção de auxílios pedagógicos – Apresentação de abordagens de produção – Síntese orais. A metodologia transversal: a) FE – Ferramenta em sistemas informacionais essenciais como : Editores; Ortográficos; Mídias de comunicação; Leitores auxiliares visualização Otimização de textos; Normatização textuais ISO ou ABNT, etc. Consiste apresentar exemplos populares de família Microsoft ou avançadas conexos e interligados , tais como: Word; PDF; ADOBE; Apresentação como: Power points; Slaids; publicher. Máquinas com processadores; retroprojetor de mídia. Navegadores auxiliares www- carnal aberto em World Wide wund: Charme; Explorer; Mozeli . Mobile para Leasing comunicacion in lession ; Mobile sistema virtual AVA, e etc. Sistemas gráficos web design; Sistemas de captação de fotográficas E imagens: Fotocsooping; SCAN de imagens documentais; comunicação de conversas chat : Scapy; whatzaap, Dados de evolução de sistemas e armazenadores: downlords; arquivos files.

2.1. Tópicos em linha possibles

2.1. Parâmetros dinâmica de organização, investigação e pesquisa para otimização

• Definição de serviços de otimização em apresentação de estudos e abordagens orais ou pontos palestras essenciais de modelos pedagógicos auxiliares TICs
• A método e metodologia de dados e imagens: Gráficos; Tabelas; Fotos; Filmes; documentários; Vídeos; Music; Dinâmica com games; Podcast de gravação e escrito com voz;
• Esquemas e apresentação;
• Tipos de recursos de comunicação: a distância ou semi presencial, e
Sincrônico ou assicronico. Tais: Videoconferência; Conferência; Aulas de sala; Laboratórios multimídias; Auxílios ferramentas simultâneas de controle do método: Tablet, celulares, notebook;
• Formatos de recursos imersivos com sistemas.
• Ferramenta Art’ criat; Desenhos. E etc. Organizadores de análise com arquiteturas organizacionais dinâmicos com passos a passos, e metodológico.

2.2. Planejamento com cronograma e definição

• Sistema informacionais e escolhas e seleção;
• Consulta em potenciais de programas familiares;
• Avançados sistemas;
• Consultas em fóruns;
• Consultas em comunidades ;
• Consultas de profissionais;
• Pesquisas e investigações www, base de Dados; e etc.
• Seleção e testes;
• Trabalho e seleção;
• Salvar e cópias.

2.3. Perfil de apresentação abordagem

2.3.1.Dinâmica pedagógica e método selecionado .

A dinâmica a ser apresentada oral basicamente, E com completos auxiliares com metodológicas práticas do domínio de conhecimento e aprendizagens com possibles interação de máquina assicronico ou sincronia inteligentes artificiais, utilizando BIG Date ou terra dates, e etc. Enfatizara para síntese de todos os tópicos de esquema de projeto.

2.3.2. SSAN – Projetos

Uso de dados – Base de pesquisas em sondagens – Interna – Externa.

2.3.3 . Metodológicas usadas

Contornos de desenhos, imagens, citação, computação gráfica de dados; Arquiteturas de gráficos; Máquinas- PC LENO Imagens; Mapas visualizações; Dados resultantes; Foto prato e branco, com linguagens(Português e Inglês ontológicas);Presenças de grupos também a avaliador em contribuição. Isográficos, estatísticos WWW; Imagens de resgates – Jornais antigos/ Obras raras.

2.3.4. Projeto – Instâncias de pesquisa

a) Doutor – Prazo findo;
b) Projeto – Dissertativos.

2.3.5. Cenários de estudos

1. Objeto temático;
2. Conceitual e epistemológicos clássico; Literário revisor;
3. Metodológicas – Aplicação; Questões e discussão aplicadas – Programa SSAN; PENSSAN.

Conclusão

Abordagens inclui pesquisas pedagógicas e práticas de experimentos e formação em Dados digitais e mentalidade formadora e terminológica praxes de conhecimento e informação em ferramentas em sistemas informacionais, a serem trabalhados apresentações e diversidades de disseminação enriquecidas com TICs imprescindíveis em dia a dia de pesquisadores e cientistas em áreas disciplinares do conhecimento, E comunicação acadêmica e publicações por também editores.

Referência bibliográficas

1. ENPSSAN – XIV. Encontro Nacional de pesquisadores em segurança e seguridade em Alimentação e Nutrição, 09 a 14 de Outubro , Goiânia, UFG 2019). XIV ENPSSAN 2019. Org PENSSAN Rede Nacional de pesquisadores em Seguranca6 e Seguridade Alimentação e nutrição. UFG, Goiânia 2019.

[Reflexão: Santos, Jusenildes Dos., (2019) . FE – Tecnologia da Informação e comunicação: Percepções para auxílios pedagógicos para sistemas informacionais – Aprendizagem e conhecimento. University Europeia Atlântic – Ibero-americana. TICs – Projetos. Teologia e Política – FCP. Docência pratica. ENPSSAN – PENSSAN 2019. FIAN Internacional – Brasil in. UFG , Goiânia 2019].

AAN – Alimentar – se adequadamente nutricionalmente: Conceitos, percepção de comunidade acadêmica – Universidades públicas.

I – Introdução

Entornos conceituais, E pano conjuntural de fundo – Comunidades universitárias acadêmicas, em campus centrais e descentralizantes e unidades, aglutinam a temática, com essenciais parâmetros positivos em coeficientes de agregação de conjuntos de construção e aspectos perspectivos – Saúde e outros mental e médicas nutricional para comportamentos – Discentes, docentes e em apoio administrativo e pedagógicos de infraestrutura em restaurantes concessivos universitários in loco a política de sustentáculos ao intra campus, junto sugestivas opções de gestão na cidade universitária por prefeitura ativas e seus i inúmeros departamentos em graduações e pós graduações e seus núcleos acadêmicos objetivos.

2. Conceitos e coeficientes – Constructos

2.1.1. Alimentação 24 horas.

Bases conceituais científicos essenciais para Bio vida humana; Básico LSN:

• Todos precisam alimentar se adequadamente e mutualmente;
• Adequadamente e nutricionalmente;
• Mas adequadamente e não restritivamente;
• Consumo N- A em linha
2.1.2. Alimentação – DHANA

A procedência de direitos humanos, para sedes assegurados em bases constitucionais de carta para Nação, compreendem por instrumental básico para introjetam PP – Políticas públicas e diversidades sócio político econômico, de desenvolvimento da sociedade. Todos assistidos para direitos, de buscarem, E proferem através de consumo a cada dia – 24, Ano – mês subsequentes, em DHANA para todos.

Ausência de preconceitos entornos da temática – Direito humano assegurado, E reconhecidos constitucionais:

• Membros países ONU, visíveis procedentes prioritários, por reportares em básicos projetos governamentais;

• Essencialmente presente. O Brasil preconceitualmente entende, e preconceitos – se por pensamento de esquerda de avanços , totalmente preconcebidas, e desconhecidamente desinformada de aspectos institucionais de gestão políticas adjunta de realidades conjunturais de terminologias técnicas construídas acadêmicas científicas e práticas, também filosóficas teóricas reconhecidas, nestes e outros de apoios universos, disseminativos e formativos pelos meios de inserções incluídos sistemas e organismos orgânicos da temáticas, além de especialistas e educadores cientistas e sua área de estudos, e investigações de núcleos centrais de construção e ensino, em pesquisa da tematizates – evolução e questões em AAN- Alimentação Adequadamente e Nutricional. Assim essa definição de preocupação e pré- concepções pouco formada da sociedade em comunidades, com posições inconcebidas da temática e realidade econômica e educativa de objetivos conceituais de adequadamente e nutricional em qualidades e quantidades tematizados e sistemáticos subtematicos específicos de apoios em : Saúde, nutrição e médica mental público e outros adjuntos paralelos prioritários para formação continuada em um ser vivo humano neste. Por tanto essas alfabetizantes preconcepções de temas ou aspectos por um exemplo e desenho e fontes preconceituosas, define se que atrasam bases disseminativos a ciência e sua epistemologia que unem nutrição e agregadoras: Saúde pública preventiva. A formação que nos cabe abordagem com entrevistas mesmas abordagens de estudos e pesquisa científicas acadêmicas e técnicas, está sua consistente especiais de atenção em CIN – Ciência da informação e comunicação com bases que se completam TICs, que ajuntar suas tecnologias provindas de Valinhos de técnicas avançadas com desenvolvimentos e processadores de bases e interativas de inteligência artificiais- Dados digitais. Além de publicações de comunicação acadêmicas e editores no campo disciplinar e interdisciplinar conjunto agregadores áreas técnicas e específicas digitais. Estas frentes individuais ou institucionais em suas organizações precedentes de fontes informacionais, referenciais de informação formação, para ensinos, Unidos de introjeções organizacionais centrais de avanço de investigações e pesquisa. Suas metas a serem atingidas precedentes de PP – Políticas públicas educacionais de aprendizagens, séc. XXI – DHANA por Direitos humanas em alimentação nutricional adequadamente. Destinam conceitos desenhados de temáticos estudos, E ativam PP – Políticas de bens públicos em seus déficits a reconstruírem e ou construírem contraditórios da sociedade e comunidades de sua cultura alimentar e suas raízes originais de produtos de suas culturas agrícolas e produção econômica regional procedente in loco, a serem verificadas e exploradas e informada e disseminadas. A temática abordagens faz necessárias suas básicas, para muitas positivas políticas públicas de comunicação acadêmica e seus editores correntes de filtração comunicadas e anuncia dos os campus e bases informacionais. Quebrarem esses preconceitos, e preconcepções que também desculturante preconcebidas , e concebidas erroneamente a que lhes cabem cientificamente acender políticas públicas- AAN ligadas a poderes educacionais formativos ao povo, acerca AAN importante para o BIP – Produto Interno Bruto, esse conectores imprescindíveis para saúde preventiva a serem investidas sistematicamente, para prever trajetos de doenças e enfermidades endêmicas epidemias públicas, impedimentos e barreiras sem perdas de vidas desencadeantes de altos custos emergenciais. Essas regulações, assim procedem suas leis legislativas, a serem aplicadas e disseminadas a sociedade, depositadas a disposições e pedagogicamente entornantes comunicadas e informadas em carnais próximos ao alcancem.

2. 2. Metodologia aplicada comunicação acadêmica – AAN

2.2.1. Métodos pedagógicos TICs.

O PODCASTS – Sistema utilizando técnicas e tecnologias com interação humana, com participação em introjeções acadêmicos pedagógicas de ensino, para produtos em recursos informacionais a serem em áreas disciplinares comunicadas e disponíveis de alcancem, por produtos digitais, como:

• Escritas faladas;
• Gravações de vozes textuais;
• Traduções de línguas;
• Produções de contextos;
• Gravados escritos;
• Temáticos.

2.2.2. Em redes sociais – WWW para INFO PODCASTS

• Produção de PODCASTS;
• Temático para: Evangelho por formação
• Redação;
• Questões médicas mentais – Introjetes antidepressivos orientados.
• Gravações temáticas.

2.2.3. Entornos tecnológicos, informação e comunicação

Percebemos tempos com vivências de conjuntos de comportamentos antropológicos sociais e psicológicos para trabalhos e ocupações produtivas de meios de produção onde a características por contratos flexível e com flexibilidade, passíveis a formatos de correm – correm, em extrema competição e espaços difusos diferem de ambientes sempre diversos a todo instante. De investimentos financeiros para prover, de trabalho, e outros tipos de comércio que percebem, o signo e segundo elementar, presente e figurando.

2.2.4. Dispositivos in loco inseridos

a) Repor, dispensa a geladeira, reafirmar que urgentemente, procedem necessidades para:

• Provê anteriores trajetos econômicos e outros;

• Reposição de objetos alimentares em produtos de estilos e tipos de alimentos em suas necessidades nutricionais adequadamente QQ, para consumo, básico e essenciais construtores e de construtores nutricionais;

b) PPC – produtos produzidos para consumos. Frutos, legumes, proteínas, grãos e etc. Frentes públicas concebidas;

c)Políticas de empregos e meios inovadores de produção, para trabalhos e ocupações laborais, em regulares participantes substanciais de conjunturas interno e externo, em cadeias conexas;

c) PPCN– Políticas públicas para comércio e negócios, sistemas organizacionais de cadeias de supermercados de abastecimentos, e em: Distribuidores e vendas para:

• Atacada;
• Varejos.

d) PPFD – Políticas públicas para fornecedores distribuidores de redes de tipos de comércio de alimentos e outros;

d) PBEI – políticas bilaterais exportação – importação em tratados comerciais em blocos comerciais e grupos setoriais de comitês comerciais: Mercosul; BRICS; e etc;

e) PPAT- políticas públicas em tecnologias agrícolas de produtos e tecnologias de plantios e comércios;

f) PPPC – Políticas públicas em preservação e conservação com regulações e legislações em áreas de plantios e agricultura e outros:

• Reservas públicas por concessão;
• Áreas e reservas de preservação;
• Áreas demarcadas e públicas tombadas explorada permitidas de riquezas: Públicas governamentais e patrimônio demarcado de comunidades;
• Saúde pública preventiva, nutrição médica e mental etc.

g) PPO – Políticas públicas orientadas. Preventiva AAN:

h) Publicação de comunicação acadêmica e informação.
• Difusão;
• Disseminativos;
• Uso de mídias de comunicação e informação;
• Redes sociais e redes – Www – Wide world.

I) PPE – políticas públicas em educação. Ensino universitário acadêmicos para: Pôs graduação e graduações em – Latus sensus

L) e Stritus Sensus.

• Planejamentos;
• Programas curriculares e extracurriculares
• Conteúdos programáticos disciplinares e interdisciplinares departamentais;
• Investigações em projetos;
• Pesquisas QQ;
• Núcleos acadêmicos práticos;
• Laboratórios de práticas disciplinares;
• Extensões temáticos universitários acadêmicos e comunitários.

J) Centros de estudos avançados departamentais:

• Pesquisas;
• Estudos e investigações por equipes de áreas e específicas docentes com: Cientistas e pesquisadores, além de especialistas de apoios pedagógicos.

m) PPA – Políticas de articulações acadêmicas

• Equipes interdisciplinar acadêmicas universitárias;
• Interna e externa de articulações em providências de programas;
• Manutenção coordenadas intrínsecas;
• Rotinas constitucionais de regimentos articulantes;
• Regulações corporativas e em cooperações particulares.

2.2.5. Prefeituras – Campus centrais

2.2.5.1. Tópicos afluentes reais

• A realidade de frente em filas extensivas de restaurantes centrais, em campus, uma política grave de suportar horas de esperas, pela concentração de discentes e funcionalismo interno optantes. Horários de refeições: Almoços; Jantares e café da manhã;

• Restaurantes funcionais apoio técnico e pedagógicos;

• Restaurantes adjuntos conjunturais internos e externos de proximidades de campus;
• Restaurantes lanchonetes;

• Alternativas de refeições curtas e rápidas interna e externas.

Conclusão

Diante de todas infraestruturas e preventivas políticas comunitárias planejadas e em gestão ativa estratégicas ainda sobrevém tementes episódios de acomodações não adaptáveis de acomodação e infraestruturas rápidas e de otimização de sistemáticas de campus e cadeias e conexões de apoios para lamentações básicos em PP – AAN. Ainda muitos déficits de gestão ativas de campus para evitar preventivos problemas, em restaurantes universitários e parcerias de apoios funcionais. Concessões e PP AAD exclusivamente inadequadas gigantes filas, sistemas ultrapassados de sistemáticas centrais. Para metabolismo e biologicamente, todo processo de espera criam impedimentos saudáveis da evolução de AAN, E suas cadeias alimentares e nutricionais e saúde metabólica para harmonia antes das refeições e pós para digestão. Além de gigantescas fileiras infindáveis. A opção econômica de restaurantes centrais, preventivas, a sistemática mais observada. Certificar se ao biologicamente e químico, além da manipulação apropriada se aplica se a política alimentar por cadeia: Em AAN e DHANA. Fundos horários, e humanos biológicos digestivos; prove dispositivos regulares em PP AAN, em repor reguladores reais a cada realidade de campus. Entornos PPU – Políticas públicas universitárias acadêmicas. Os mesmos protocolares a cada conjunto de programas departamentais e suas dinâmicas curriculares e ocorrências articulares provedores automáticos. Esses dispositivos, ao QQ em políticas de manipulações de alimentação precisam de ativas gestões estratégicas aos alcances, que reportem alternâncias e mudanças a uma clientela diversas, E suportes. O ser humano, basicamente: Discentes; apoio académico e docentes além de visitantes. O orgânico dinâmico sistemático precisa de articulações capazes de reações adversas além de rotinas. Esses Eixos e afluências inovativas de consultas e avaliações carecem PP – em AAN e DHANA. Essas influências, como potenciais para formarem fontes de energias reconstrutoras para ativos neurais intelectuais criativos, lado direito do cérebro, nestes sistemas por déficits, seus recônditos construtivos não muito contribuem em preventivas, a serem ativados por cadeia alimentar. Reafirmar entornos positivos, se faz necessárias. As vantagens e desvantagens em PP AAN – restaurantes e parcerias, urgentes áreas disciplinares em nutrição e saúde acadêmicas, e articulações para influências e afinantes apropriada para PP – AAN regulares legais, em plena PP – Políticas públicas em Inteligência artificiais, unir e agregaram perspectivas, desenvolvimento em Índice de entornos humanos e económicos de mudanças e alcançados faz firmes e construtores – IDH em áreas de campus universitários públicos.

Referência bibliográficas

1. ENPESSAN , (2019). AAN – Alimentar adequadamente e nutricionalmente: Conceitos, percepção de comunidade acadêmica – Universidades. UFG, de 09 a 14 de setembro, 2019 Goiânia, XIV – ENPESSAN , UFG.

[Santos, Jusenildes.,(2019). AAN – Alimentar – se adequadamente e nutricionalmente: Conceitos, percepção de comunidade acadêmica – Universidades públicas. University Europeia Atlantic. Ibero americana. TICs – Projetos. Teologia e política – FCP. Docência prática, ENPSSAN – UFG, FIAN – Internacional do Brasil , 2019.]

MATRIMÔNIO – “Oração, súplicas ao Senhor dos céus que vos conceda-Os sua graça [ Advento – João Batista, Jesus e as figuras de Família – Isabel e Zacarias – Jose e Maria – Plano Salvífico”.


A meditação e contemplação Evangelho neste tempo de Advento, nos levar a reflexão da importância de família, e a porta de entrada para o Plano Salvífico de João Batista, pela identidade de profeta enviado por Deus, para início da Boa Nova – Aliança e Vinda do Filho de Deus – Jesus Homem, O Salvador pela graça da concepção em Maria, plena para o matrimônio, e consagração de José – Dinastia de Davi, depois de 14 gerações.

Sábia de consagrados

A Igreja sábia quando aconselha e justifica o matrimônio, pelo discernimento de indissolúvel, em sacramento, e em pôr possível nulidade canônica casos passíveis de erros humanos ao Pecador e pecadores (Ambos), em inconsciência ao prático de adultérios, a aliança é quebrada. O repúdio, a carta de divórcio civil, iluminados para não prática de adultério consagrados até a morte que os separe. É o reconhecimento de que a consagração é sagrada, e que nada pode os separar, de Rito sacro de mutualidade em prática de permitidos para a fé e espiritualidade, e não ao sofrimento de excluídos e negados, mais iluminados, sem tentações de sofrimentos, e incluídos ao Evangelho da luz, e pastoral de 2ª união.

Divórcio civil e repúdio – Mas consagração justificados pela separação de corpos – Aliança de vidas

A união de em uma só carne e sangue por aliança, não momentos desolações de casais, e família – Possível em uma carta civil de divórcio e falência de contratos civis, a quebra de aliança, pois Jesus, deixa ser meio de ligação com o Perdão sempre, até a morte de um, fim da aliança, segundo evangelho, pois ligados pelo selo do Espirito de Deus, e carne e sangue uma e juntas, possibilidade pelo dom fecundo de família e filhos, mais que a vida de prazer de separação de corpos, mais ligados pelo selo da presença divina, pela família que os ligou, e liga. Estes ritos indissolúveis máximos conscientes, não são nulitáveis permitidos e justificados, mais fortes pelo perdão e graça divina, que sempre se fará presente, reaviva-los a prática, assim permitem. A ágape, identidade de Deus, Os filos, da filiação Divina e fraternos enquanto filhos criaturas, e Eros, que fecundos, pelos lanços da carne e sangue, torna-se abertos para a graça de família e escolhidos e acolhidos nas Dádivas de amor, pelo Dar-se um ao outro(a).

Convite a reflexão – Evangelho e família

O mistério do nascimento de João Batista, o profeta do anúncio, e do Batismo, que apresenta ao povo, O salvador, Filho de Deus, em Dinastia de Davi. Da família os laços sólidos de vida de gerações a gerações, o quanto, é imprescindível, o perdão em Familiares, para a vida de Deus, que une pela carne, pelo sangue. O nome de João, batiza e dar identidade a Deus, as criaturas, os filhos, pela família. A dinastia de Davi, une as famílias e dinastias, ao plano de salvação divina, e nossa Senhora Maria, Santa Isabel, José, Zacarias – Em casamentos, são escolhidos e acolhidos pelo amor, e assim o Evangelho apresenta-se para:

• Escolher famílias em dinastias de amor – Jose e Maria e Zacarias e Isabel;

• Parto de tempo para as Mulher da graça – Se Estéril e idade avançada;

• Se jovem e desposada maria – Em repúdio pelo mistério da ausência e desconhecimento do Divino próximo de Jose

  • Mistério da fecundidade;

• Aos casais a presença de eternos no Espírito Santo;

• Desejos de pais;

• De Zacarias a Jose;

• Geração em geração, Davi;

• Os nomes escolhidos, pelo mistério e batizo consagrado do nome Judeu de João – Identidade de filhos e filiação de pais e Pai;

• Consagrados pelo sangue e carne nos filhos gerados;

• Alegria de Zacarias, e o segredo do Pai, e Jose no mistério de amor;

• A expiação e Fé em intimidade de orates, ao Pai;

• A visitação depois do nascimento de vizinhos – João pelos próximos e admiração do povo. E Jesus, pelos Reis magos (Presentes – Incenso, Ouro e Mira) e vizinhos, assinalando pela estrela reluzente no Oriente.

O encontro, e a visita de Maria a Isabel, primas pelo laço familiar, e Dinastia de Jose na identidade, une a presença de Santificação de Espírito avivando a gestação e milagres da vida, em Filhos da Salvação, pelo amor de casais.

O nascimento de João, a circuncisão de Zacarias e Santa Isabel, no tempo, com batizo na identificação do misterioso do nome, e a profecia – Batizar pela água, e encaminhar para o batismo de Jesus no Espírito Santo. João Santifica Jesus, e Jesus confirma presença Divina no Filho do Homem, sendo Deus – João sabe que Jesus, e a planificação de amor, pelas famílias – Casais de amor.

Sob graça de consagração

O matrimônio pelo sacro momento da obediência de crentes, ao dar- e em casal -Une -se pela carne e sangue, pela uma só carne e geração.
Essa graça envolve aos que acima de tudo tementes a Deus, aos que creem, não se deixam desolantes de práticas e enganosos de pecados, são maiores, que no Perdão dia a dia, a realidade não desfaz, a identidade de filhos e guiados pelo espírito Santo. Os horrores do desamor, e repúdios na ausência de Deus (Abertura ao pecado), desfaças a presença divina do amor, em casais.

A realidade mostra que o desfaces de satã e inimigo de harmonia de famílias é satisfação em desfazer famílias consagradas em Deus, com luz de alianças em Jesus, com O espirito por luz, faz escurecer discernimentos, e as justificativas pelas simples observações, faz parte da vida e negam:

* Manipulações demoníacas em simulações dramáticas de prática adultérios e negação do sagrado; *Possessões instruídas pelos carnais de mídias expõem crianças em representações e criatividades em cinemas;
*Games sonoros e imagens cinematográficas proporcionam a deformação em formação da personalidade de humanos juvenis e adolescentes pelo símplices e ignorância de permissão de normais, vai deformado a integridade de semelhantes e imagens de filhos a serem formados pelos casais e família, e não pelo pensar e palavra de mundo;

*Circuitos de televisão reproduzem exatamente, pela personalidade da criatividade de confusão, escuridão, guerras, possessões, cruzamentos e encontros com os inimigos do homem e Deus;

*A guerra do bem e do mal, sempre em Guerra, com os semelhantes próximos sendo distanciados pelas ausências de Deus, mais em guerras e impedimentos pela distância ao amor de filos, na ágape, próximos pelas afetividades e afetos em Eros, que os identificam pela também carne e sangue que os aproximam – Homem e mulheres.

Casamento, vistos e vividos – Aos perigos da idolatria

Assumir compromissos, alianças e amor, em detrimento de temor de Deus, coloca a idolatria humana, em posição a Deus ao seu divino lugar, identidade de criaturas, espoem ao negável – Filhos de Deus. Acende espaços humanos, na superioridade, e preenchimento total em Deus, mais afetivos e irmanados no Pai. Estes desígnios enganosos segundo Sto. nácio em EE, apresentam:

*Pelas seduções prazerosas, pela idolatria;

* A idolatria em tentativos a carne e desejos;

*As inclinações nas idolatrias de ascensões, defeitos humanos em pecados veniais em caminhos de conversão, e encarnados pelo amor a Jesus e plano de salvação – A fé de crentes.

Matrimônio e a palavra

1ª Plano esponsal de clã – Tb 6,12

Os valores familiares, continuavam e se perpetuavam em sangue e dinastias, de primos e parentes próximos, sob tutelas de clãs, onde as filhas eram dadas em matrimônios para continuar a prosperidades de patrimônios e bens dentro de clãs herdeiros em filhas e parentescos e nome de sangue, e bens dos clãs em família. Ate maldições eram quebradas, em culturas de casamentos não contínuos, e a dinastia concebia parentesco por irmãos, filhos e filhas posteriores por irmãos (as), além da esposa, desposada, perante ao lado consagrado de casamento. Dava-se em súplicas, orações e consagração antes de coabitarem e uni – se. Ate maldições eram expiadas e extintas. A família era um laço eterno, em suas posteridades, por geração a geração. Casamentos fora do parentesco, passavam a existirem mistura de sangues e carnes, haviam muitas maldições. Continuar na dinastia, eram planos de salvação. Estes clãs, se mantinham com valores e sangue abençoados por Deus, e faziam perpetuarem a cultura, e pelos laços de casamentos dentro da mesma família.

2ª Plano esponsal – Casamento misto

Somente dentro de dinastias, E não com estrangeiros, estrangeiras ou estranhos, não eram escolhidos – Não se misturavam, (Estr 9, 1).

3ª Plano esponsal Cristão nao crentes

A esposa escolhida, santifica o homem por marido e o esposo santifica a esposa, (1 Cor 7, 14).

4ª Plano esponsal – Indissolúvel.

“Portanto o que Deus uniu, o homem não deve separar. Moisés em carta repúdio – Carta de divórcio? (Adultério) – Dureza de corações. Não fazer sofrer, E nem sofrer a mulher, E casos de prostituições.

5ª Plano esponsal – Virgens – Virgindade

Casamento de virgens é bom ao homem não tocar e. Mulher…Evitar a formação, tinha cada homem a sua mulher e cada mulher o seu esposo. Uma mulher dispõe do corpo; mas é o marido quem dispõe. Do mesmo modo, o marido dispõe do corpo; mas é a mulher quem dispõe, não vos recusei ao encontro, e em comum acordo, oração, entregues a outro, uni- vos, sem tentações, inclinações e seduções, que corra o pecado não podeis alcances de luz e sal em testemunho de verdades no amor, e não egoísmos individuais do corpo e desejos onipotente. Pr orientação de São Paulo, aos povos e coríntios. Discípulos comunidades de Princípios do Cristianismo, morais e éticos deveres e direitos aos civis e sociedades, não como ordens, mais doutrinas a educação e tementes ao Senhor, e respeito aos mandamentos e instrução uns aos outros, dentro de comunidades sociais, mais exortação.

6ª Plano esponsal – Imagem da aliança Iahweh – Israel.

Em valores, (Os 1,2). O profeta Oséias para intermédio com Deus.
“Vai, toma para ti uma mulher que se entrega a prostituição e filhos da prostituição, pois a Terra afastou – se de Iahweh, se prostituiram a Terra Co constantemente. Aliança construída por símbolos entre gerações famílias. como esposa Deus – Israel ama Israel, sempre como esposa infiel (Povo), se prostitui e promessa de aliança através de Oséias profeta – Amor de Deus a Israel e os povos na idolatria (Culto de Cananeus aos ídolos humanos e a prostituição, Israel também se prostituição. Aliança de Oséias a Israel, w as relações de Iahweh com seu povo com prostituição e adultérios.

7ª Plano esponsal – Imagem da união Cristo – Igreja.

Aliança de Jesus como esposo da Igreja – e o paralelo e o modelo de casamento humano.

“Sedes submissos uma aos outros no temor de Cristo para sedes purificados pelo banho da água, e Santificação pela palavra com comparação. O homem cabeça da mulher, e Jesus da Igreja, é o Salvador do corpo, e a Igreja sujeita a Cristo, e mulheres aos maridos, E homens amai-vos nossas mulheres…

8ª Plano esponsal – Casamento de Judeus.

A mulher prometida, formada no seio de valores e virtudes de dons divinos, foi em família preparada, como mulher na dinastia de Davi. Maria a José, a ser desposada. O noivado desde pequena, e o noivo sentia responsável da esposa, pelo respeito fecundo, compromisso real, E dizia marido, o esposo por futuro ao desposada distante da família, seio de escolhidos e acolhidos, e não podia despesas a mulher antes do tempo de preparação de ambos, E principal mente da mulher, o homem aguarda. Messianismo e matrimônio Ao se reconhecer em Davi REI de seu povo, e Saimel II, da – se por súplicas e ora a Deus, ver e percebe ao messiânico do Senhor, a Davi e junto, pede a Deus instrução, perante Daí, responsável pelo povo de Deus, em sua Dinastia familiar. Samuel consagra sua casa com uma presença divina. A vinda do messias, com as profecias de Natã, em Davi, (2Sm 7, 1- 16). A sabedoria, é um tesouro inesgotável para os humanos; os que a adquirem atraem a amizade de Deus, recomendadas pelos dona da instrução, (Sb 7,34). Idolatria, a prostituição do povo – Uma cultura de subserviência aos Pecados A palavra neste trajeto de planos de profecias pelas mensagem e inspiração profética de mostrar e apresentar o quando o povos, e comunidades, políticas e reinados sem o temor a Deus, afastaram se de Deus, num plano familiares de condução aos caminhos de temores e cuidados se Deus, para próceres de construção e fecundos meios com virtudes e valores divinos e não mundanos, de idólatras e prostituição aos homens, na humanidade de filhos distante do Salvador, provindos no messianismo de profetas, em pré anúncios de preparação para vinda de Deus, feito homem. A humanidade, troca, as coisas, as dádivas as práticas divinas de amor muitos entre fraternos irmãos e famílias postadas ao matrimonio, União da mulher e homem na bênção de famílias. Valores construídos de família e casamentos, ao lugar de orientações e instruções para paz, longe e distante dos planos a serem defeitos de próstata se pelo corpo, valorização de supermulheres e homens, inclinados por sedutores e prazeres passageiros e ilusórios reais mundanos e pagãos, sem o dedo divino, contra a salvação messiânica de negação ao amor. Deus para todos com harmonia: Saúde, a doença; harmonia a Deus; O provedor do suor do trabalho, a concepção; O sexo de consagrados, ao adultério; A mentira a verdade; As seduções, a integridade a vida; paz, e não a maldade. A idolatria em prostituições, ameaça e negação a valores sem valorização e zelo pelo próximo. No amor, somos inclinados e formados a perfeição de amor, sem danos a personalidade, mais perfeitos na imagem e semelhança divinas. Bendito….Bendizei nos pelo amor Livra nos da morte recursos e correntes do pecado, assim sermos salvos pelo amor de plano se salvação e civilização do amor vos, nossos inimigos da desconstrução de vida plena, és a missão de adversários de afeição a Deus, em Jesus, mais a prestação de idolatreis humanas imperfeitas, não produzem vidas, mais declínio de semelhantes e imagens da divindade do senhorio, E temores ao Senhor. Os descaminhos de imersos conteúdos de desejos passageiros possuídos de prazeres que não são em humanos de vazios e desafetos, minis carências de amor e preenchimento de presença e intimidade, e identidade de Deus Criador. Idolatras, ao corpo, aos prazeres infecundos, ilusões…enganos. Distantes cada dia do amor maior. Prostituía valores, crenças, famílias, casamentos, filhos(os), patrimônios e tantas outras, corrompemos as almas, E Espírito divino, em templos vivos, seu amor presente em todo povo. Das trevas da morte de vivos, ao seu Sto. O nome, nunca deixamos sermos, dos inimigos da maldade. Igreja e Bem-aventurados do Passado Reconhecemos estes baluartes vivos e passados, de bens aventurados vividos e vivos, representam a vida nos principais e valores de amor em Cristãos e humanidades de Cristo. Para não erra: Santos e santas honraram e honra e guia a sua igreja mística de membros da Santa Igreja.

Graças ao misericordioso o coração de nosso Deus.

Louvores, reverências e orações:

“Virtudes, dons e nossas famílias significados. Na perfeição divinas. Louvado pelos casais, que vivem o eternas de filhos e filhas de consulados do consagrado no corpo, e sangue, em rituais de dados ao matrimônio para perfeitos no amor, valores de construção Nossa identidade de Cristãos e não pagãos sem valores.”

Referência bibliográfica

1. CEI -ITAICI., (2006). EE – Exercícios espirituais. Escritos de Santo Inácio. Org. trad. R. Paiva, SJ, Loyola, São Paulo, pp.132.
2. École biblique de Jerusalem. , (2019). Bíblia de Jerusalém. Org. Trad. Paulo Bazaglia. Paulus, São Paulo, pp.10-1269

[Santos, Jusenildes ,(2019). MATRIMÔNIO – “Oração, suplica ao Senhor do céu que vos conceda-nos sua graça e proteção [Tb 6,18].” Advento – João Batista, Jesus e as figuras de Família – Isabel Zacarias – Jose e Maria – Plano Salvífico. University Europeia Atlantic – Iberoamericana. TICs – Projetos. Teologia e política – FCP. Docência práticas. 2019]