Tópicos – Desenvolvimento desconhecimento Automatics produtos TI Digitais : Ás nuvens como armazém.

INTRODUÇÃO

Acesso a produtos logísticos de consumo em segmentos de serviços e produtos digitais: Hardware e Software, perfaz uma realidade desafiante para ciência e tecnologia em práticas de avanços e integração de sistemas de informações em comunidade, diante de prática legal e ilegais, mediante aos desencontros de dates em programas em estações Autentics em ênfase e mercado. Marcas lançadas casadas com apoio logísticos de Corporações internacionais introdutórias no mercado de percepções astronômicas de PIB – Produto interno bruto internacional. A nível interno, in Brasil, produtos de extensões de fabricantes investidores alargamentos bilaterais, em regionais pólos industriais brasileiros, decai qualidades de otimização em mercado interno. Mediante este instrutório utilizaremos argumentos com fundamentação práticas e análise de sistemas de informação e comunicação em duas lingas: a) Cliente e consumo em segmento de tecnologia da Informação e serviços; b) Pesquisa ciência e tecnologia como alerta especializada e acadêmico; c) Na perspectiva em aprendizagem e conhecimento. Neste não temos a visão de tão somente, solução de problemas, mais com numa consciência em levante de questões que acopla : Profissionais apáticos e pesquisadores educadores superiores e perceptíveis; Suportes profissionais e segmentos micros e macro de empresas e autônomos, na visão ativas questionativas: a) Vantagens alguém ganhar? Vantagens de quem perde ? As desvantagens e parâmetros de avanços a futurar segmento em TI – Produtos e serviços otimizados e anelos integração e comunidades de desenvolvimento para qualidade para consumidor qual futuro diante da concepção de mercado aberto e livre? Nesta linha tentaremos reflexão mais adentrando questões.

Acesso e autenticação de uso – Produtos de marcas

Sistemas integrados e comunidades mediante a projetos de desenvolvimento, a percepção de contextos, eixos e afluências de grande situação de extrema mudança cultural e movimentação de negócios neste segmento Autentics, no sentido de carnais que inviabilizam avanços integrados, em reação a verificação de autenticação para uso.

Todo conjunto logístico de implementação para negócios neste otimismo de produtos digitais em sistemas de informação- Software em programas e mercado, diretamente com o cliente, tornou se um grande quebra cabeça e nos permite diante de projetos desalinhados junto aos padrões de marca e patentes INPI- Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Em consequências produtos em demanda comercial ilegetimam qualidade otimizantes, junto a clientela, pós – vendas e distribuidores. Desfaz todo caminho publicitário e marketing dos produtos, caracterizando se propaganda enganosa comercial cliente consumidor.
O perfil de comunicação e informação convém encontros de vendas articuladas casadas no campo comercial de negócios Empresas e corporações – Produtos cooperam em si de clubes de comércio e negócios. A exemplo encontramos: a) Compras de assinaturas de marca – Produtos( Hardaware e Software – programas ou sistemas particularidade ou individuais e em família de comunidade); b)Acesso de sistemas On line – sites oficiais auto aplicáveis para registro de produto uso autenticação sem verificação legal; c) Suportes improdutivos funcionais com respostas, diante de barreiras e impedimentos de haskell’s, competidores no mercado ilegal; d) Interesses de suportes corporativos, individuais diferentes( função a função).

Analítica de inteligência artificial sistema – Autentics – Marca positivo. E Qbex…

Sistema lançados em programas desenvolvidos, em sistemas de armazenamento de capacidade de memória em Nuvem em Hardaware 32 a 64 ou mais qb, tipo Hero – cloud. Propõe casamento integrados com Windows e Microsoft sem otimização de sincronia habilitando em suas modificações e codificações casadas e integrais de avanços, apenas metas comerciais simpatias. Guias de aproximação com ativação para sucesso na usualidade de aplicação como proposta técnica orientação validade de 01 ano de garantia. Mas totalmente desintegração do corpo tecnológico corporativo empresarial – Produtos TI. Marcas positivas com selo do Pólo industrial amazônico in Brazil- Manaus com trânsito parcialmente, total, sem autorização prévia por otimismo marca da mesma, na realidade. Toda desconstrução de conjunto integrados casados marcas consórcio de produtos digitais e avanços implementados Autentics.


Produtos e marcas – Corporações in Brazil: Consumo interno


Como e onde romper descaminhos e desencontros de sistemas de informação e comunicação tecnológica digitais em seus produtos? Uma necessidade clientela de legais e ilegais. Sim pois sem fiscalização de INPI, ou outros contextos de veracidade para registro definitivo, despercebidos ou sem acompanhamentos de otimização para definição de registro depósito. Me diante este não considerarmos às mudanças políticas da INPI em otimização do tempo de espera em prazo de análise na linha de programas – mercado comercial logístico de computadores para espaços reduzidos ótimos e em sistemas On line software- registro, em probatórios 07 dias( sete), in Brazil prioritariamente – M e P e adaptações externas e internas ao in loco de seus pormenores características particulares, para estratégias INPI e seus protocolos de otimismo e colaborativas ativas, em sua políticas inovativas.


Fonte: INPI – Relatório 2018 set.www.inpi.gov.br


O processo de adaptação de políticas INPI, em plano de ação 2017- 18, na direção de Propriedade intelectual: Implantações; implementações; Operacional; contornos de metas emergentes de recuperações de saldos e déficits em negativo para positivo avanços, e seus pilotos de expansão, em sua gestão, estão sendo ajustados suas demandas de incompletudes otimistas e não desenhadas em estatísticas, ante análise resultantes de desempenho 2018?.


Perfil logístico e distribuidores Autentics.


O processo desencadeado de problemas, arrolados, o produto- acesso de consumo, compra Hardware e Software, pelo cliente, verificado pós- venda, com garantia estendida ou não por maior percentuais, garantido 01 ano de otimismo, antes de extensão paga por seguro, permitem observar grande demanda de inviabilidade por convalidação de todo corpo casado de produtos digitais: Prejuízos pela caminhada de recursos para buscar soluções e problematização diante de incapacidade de logística e seus entornos também deficientes e ilegais, perante políticas de mudanças digitais. Em caminho de desinformação comunicação: Fabricante – logística- corpo de censores desqualificados a demanda; Fabricante – distribuidor, em processo de reconhecimento incapaz para reconhecer demanda ; Logísticas e carnais internas políticas incapazes in extensão pós garantias( fabricante marca) e logística seguro, de prazo viáveis de 07 dias( sete) de troca de produto, sem produzir contextos seguros de venda: “Nota fiscal com dados extensivos do produto marca e seus detalhes”- prática não legal. Diante das perspectivas de suporte, recurso do cliente, incapaz da 1 ( primeira)alternativa violada e não – produzida.


Estatística e reclamações : Procon e reclameaqui! On line


Reclamações crescem e gigantes. Instâncias do Procon estaduais, Reclame aqui On line. Processos de justiça irreconhecíveis na veracidade de protocolos inaceitáveis jurídicas legais, diante de processos, passados a olhos inseridos juridicamente, de sem reconhecer direitos do consumidor, mera , via códigos incompatíveis de venda comercial no segmento por otimista nos qualificantes produtos e consumo. Uma barreira operacional funcional em déficits pela INPI e suas políticas de retorno adormecidas. Que somente estabelecem otimismo do mercado promissor externo in loco, desenvolvimento do PIB – Produto interno bruto de periféricos característicos inferiores, é sem expectativas de experimento tecnológico digital em avanço, estações de incompletudes(déficit do consumidor) para mercado interno e consumidor avanços e também não – otimistas, vemos que entornos perspectivas de políticas para regulações, ajustes e inovações de experimentos para otimização e segmentos, em ênfase e seus contextos sob tópicos de reflexão e analítica em destaque.
• A escala de fundamentos reclamações mediação ao código e aplicação PROCON SP – 2016 encontram referenciais com ênfase à: Principais reclamados a) Problema com contato em total reclamados 8.858 com 33% e atendidas em 53%; b) Vício ou má qualidade – 8.638 com 16% e atendidas 54%. Esses dados ao relatório enfatiza se por destaque;
• O ranking Procon SP apresenta relatório 2017- 8 e dados, exemplo: a) Atendimento – em relação a produtos reclamações e serviços mediados auxílio a empresa – 9º Grupo B2W – Americanas. On line/ submarino/ shoptime/sou barato/ lojas americanas – A =2.820 com índice 88,48%; b) 16º Samsung in Brasil eletrônica amazônica Ltda – A=1.330 com índice de 83/ 89%. Significa esclarecemos que houveram impulso punitivos e infração diante do código de defesa do consumidor, tais evidências de mudanças no ranking evidenciados por mediação. Mais, relatório afirma insistência da Samsung em índices baixos e mantidos para soluções em 2018;

• As reclamações por área Produtos – 2018 os dados insidem a) 7.628 casos – 29,9%; b) Serviços privados – 18, 2% de incidências; Serviços essenciais – 21, 7%;

• Para fabricantes por vício em seus produtos: a) microputadores/ produtos de informática [ soluções e reclamações: a) HP 68%; b) Positivo informática S.A 100% – 14; c) AGP Ltda. – ACER – 09 – 0%; b) ACBZ – ASUS – 09 – 11%; d) DELL Ltda – 09- 100%; e) Lenovo/ Motorola/ CCE- 07- 29, 6%; f) Qbex S . A – 06 – 0%. Também evidência de aplicação mediado do código;

• Índices de reclamações – Grupo B2W- Produtos companhia digital, em escala 5º em contínuos persistência de erros com 33% sem atendimento a mediação do código, frente a desenvolvimento e sites: Submarino; Americanas; Shoptime e Sou barato;

• Marcas Lenovo/ Motorola – Produtos apresentam dados em situação crítica para avanços otimizantes com baixo índice R; e A – menos 40% , em 2017- 8; A Samsung in Brasil – Produtos Amazônica indicam redução e piora em soluções e Atendimento com inferioridade cada vez menos da metade em relação a mediação e código, 2017-8.

Fonte: Procon SP – Dados 2016; 2017 e 2018 http://www.procon.sp.gov.br


Numa linha reclame aqui, com perfil de avaliação do comportamento de empresas frente a consumidor organização, com estratégias de mapeamento de ranking, para servir de base para outras empresas e mercado competidor, em escala recuperação da reputação. Em relação aos produtos e serviços depositados no mercado comercial e segmentos, a exemplo:
• Produtos e serviços que são chaves para mudar e alavanques para solução e dados para otimização, além da credibilidade de empresas posição índices de venda;
• Categorizam em áreas diversas ranking On line: posição empresas e linha segmentos em nível On line, office On line, fabricantes com posição situadas( melhores, com selo positivo, piores e mais reclamados);
• Tipos de problemas com índice de dados reclamados e outros;
• Defeito do produto com índices de dados exemplificados;
• Reputação em escala de mapeamento em evolução por empresa e segmentos( Otimismo ao não – otimismo), em 2017- 8.
Verificação segundo trabalho de otimização empresarial, é serviço como ferramenta digital, acesso aos cliente e empresas – Produtos, é serviços ao mercado e negócios em relação a: Softwares e Hardware em informática o sistema aplica um estilo de avaliação. Os softwares enquanto de marcas corporativas: On line e fabricantes(Piores in desenvolvidos in Brasil, em ranking baixo; E On line e lista de + de 15 empresas).
• 1. Não recomenda com um código;
• 2. Regular, nos conformes de apresentação de código;
• 3. Ótima, na mesma linha;
• 4. Ruim, na mesma perspectiva de avaliação;
• 5. Bom ,motivando código;
• RA- 1000 com selo.
Na avaliação alargada, para serviços On line+ 10; fabricantes melhores; piores On line + 20, numa lista composições e situação. Ainda instrui, ao consumidor da ferramenta a formular cálculos para resultantes manipulados de evidências acentuadas, em sinal para reputar e resgatar segmento da empresa, em caso de dúvidas ater, em minúcias caso, busque ativas certezas, ou não junto a informação e disseminação da fonte e dados informacionais. Acreditamos, ser carnal digital on line e ferramenta utilitária significante a ambos: Cliente – consumidor e empresas acompanhar.


Fonte: Dados www. reclameaqui.com.br

É mercado, diretamente com o cliente, tornou – se um grande quebra – cabeça e nós para projetos desalinhados junto ao cliente, pois vendem publicidade e marketing de comunicação, com venda articulados institucionais e corporativas- Produtos, é casadas diante de acessos: 1) Compras de assinaturas Microsoft- Produtos em programas e Software; 2) Acesso de sistemas On line- Sites oficiais autoaplicáveis para registro de produto- Uso autenticação sem verificação legal; 3) Suportes improdutivos funcionais com respostas, diante de barreiras e impedimentos de Haskell’ s , competidores no mercado ilegal; 4) Interesses de suportes corporativos, individuais diferentes( função a função).
Sistemas lançados em Nuvem – Armazenamento Marcas do cunho logístico público de mercado de consumo em Hardware e Software, apresentam e propõe casamento de ativação para sucesso na usualidade de aplicativo com ênfase(Válido em 01 ano). Mas totalmente desintegração do corpo tecnológico- corporativo com selo do Pólo industrial amazônico- manuais- com trânsito parcialmente, total, sem autorização prévia por escrito da mesma, na realidade.
Produtos e corporações in Brasil desenvolvidos import. e Export : Onde o cliente pode reivindicar legalidade – disparidades legais e ilegais.
O processo desencadeado de problemas, arrolar, o produto- comprado pelo cliente, verificando pagamento, prejuízos pela caminhada de recursos para buscar soluções sem respostas: Fabricante; Distribuidor; Logístico e outros. Reclamação crescem e estatísticas avolumar e portanto agiganta – se(Procon estaduais; Reclame aqui um On line), e etc. Processos de justiça irreconhecíveis na veracidade de validação jurídica, diante de processos, passados à olhos inverídicas judices, e sem reconhecer direitos do consumidor, diante do código. Agências de regulação sem ativação de atividade funcional barrando desenvolvimento tecnológicos digitais.


Patentes, marcas , desenhos industriais TCI, TI e outras inovações.


Articulação de produtos e mercado logístico, não produz a necessidade e demanda interna clientela de consumo. A confirmação de abertura para legitimação promissora é verídica para predisposição de mercado segmento interno otimista seus contextos eixos e congruentes políticos em TI, que apresente se com reais garantias de consumo legal e mostras válidas em implantações de novos projetos de comunidades de desenvolvimento da valorização de capital humano em circuito de demanda interna capaz e ágeis . Uma marca exposta, é a prática de otimização de caminhos ópticos e políticas INPI positivas em seus trajetos e sujeitos em linha ao consumidor e consumo TI.
A importação de marcas e patentes em caminho. As suposições seguras, de desenvolvimentos PPH, encaminhados para integração e colaborativos ativos de otimização para contextos patentes – Programas CT- CI em linha de produção para plena circuito remoto, para depósitos alargados eixos de invenção casado com utilidade para patenteamento, onde ranking insidem países: EUA; Brasil; Alemanha, em trabalhos introjetadas para reconhecimentos de registro depósito, numa política de perspectiva a trilhar, com sujeitos com déficit alargantes promissor, é as contra partidas, para ganhos e vantagens de consumo e tecnologia interna sem perdas. Pois as demandas, divergem seus pseudos financeiros capitais internos do externo, cada parte em situação depósito registros para integração colaborativa ativas, onde não conceituais retornos[ Empresas externa ou físicos + clientes compatíveis reais, em seus serviços comerciais e suportes incompatíveis aberto livre, mais sem padrão e nível de qualificação.
Para que tanta fragmentação de serviços em produtos de tecnologia da informação no segmento mercado. O que ganhamos nessa difusão da informação diante de tanta fragmentada lei e mercado de demanda , sem um rol de linha. A criatividade arte em talentos, caminham em linha e acoplamentos, e anelos para desenvolvimento de comunidades. A sujeição de supostos de legalização frente as outras nações, o Brasil, está a margem fé otimização de avanços, para retroceder avanços imports. As parcerias de PPH; invenções e outros[backloj], motivação inovação PM colaborativas ativos e outros, em relação às políticas de vantagens brasileiras, estamos perdendo espaço interno de avanços.
Esses espaços de otimização de licença para legitimação de depósito registro, em vistas a priori a serem desenvolvidas, desenhadas pela política INPI de projeto de inovação 2018 e seguintes épocas para propriedade intelectual, precisamos de resultantes autoaplicáveis seguramente e Autentics diante de compostos de acessos à compreender espancamentos e alargamentos da demandas e seus entornos consequentes no segmento P M. Principalmente: a) Vendas comerciais e logísticos ; contratos bilaterais; Guias de produtos e consumo; Direitos do consumidor in brasil; linguagem de mercado situado paralelos desenhados abertos e não subentendidos mesmo para mercado aberto e livre; marcas e corporações e comunidades de desenvolvimento em anelos e acoplamentos singulares em paralelas.
Assim nada constructo promissor, mais em baixa demanda consumo. Compreendemos pelo zelo legal, para a venda ao consumo e retornos do consumidor. Mas também propomos que para prática continua de demandas incompatíveis de desvantagens ao consumidor, a venda não anelada – não casada entre: Hardwares e Softwares, com grandes marcas e corporações, em desenvolvimento de comunidades a priori. Para evitar falta de claridade frente a duas práticas para as invenções – modelos de depósitos de utilidade na demanda de afirmação brasileira. Sujeitos claros, todos precisamos e ganhamos mais, pois os esforços desenvolvidos em TI e investimentos maiores, além de retornos pretendidos.

Conclusão

Mercado e segmentos tecnológico digital, é uma instância parada sem avanços a nível de Campos in Brasil de evolução no – PIB – Produto interno bruto , diante de suas ausências de regulações em todas às dimensões dispositivos de ajustes Autentics regulares acopladas e introjetadas para autorizações de marcas e patentes ante provisórias ou legais, em : Mercadológica; Industrial de seus pólos regionais interna; Processos de acompanhamentos de registro; Fiscalização; Tempos de autenticação de produto infinita.
Resultados, produtos sem otimização de marcas no mercado, é consumidores em prejuízos. Produtos com selo regular INPI, conceito interno legal de agência, na realidade, a percepção de produtos descartáveis funcionais somente para acesso e compra, mais para usualidade da marca, não precisa de selo de registro depósito provisório e nem definitivo. Mais sem selo – Padrão aberto, com alerta comercial com gaja. Mesmo produtos descartáveis com prazo de vida deverá temporalidade de produto, selo legal característico prudente em marca e patentes. Um passaporte imprescindíveis. O Estado, e suas políticas agências demandam, mercado auto aplicáveis suas ações. De certo que investimentos em projetos de marcas e patentes in Brazil, estão muito abaixo de competição para otimizar produtos, a preocupação de comércio o negócios não priorizam e visão de capital e segmento aberto e otimista interna, mais captar retornos ínfimos de abastecimentos em déficits pessoais e empresariais, e não com marca e patentes implantada no mercado ao consumidor. Para ciência e tecnologia de avanços para : Pesquisa, ensino e extensão, em caminho aberto ao capital e investimento exterior, que ganha espaço e valorização não percebem tanto valor, para produto de consumo tecnológico da informação e produtos de informática e serviços com característicos temporais mínimos. Não vale tanto capital investido em produtos de consumo.

Referência bibliográfica

  1. INPI – Instituto Nacional de Propriedade Intelectual. Relatório de Atividade 2018. Rio de Janeiro, set., 2018. www.inpi.gov.br.
  2. Procon – Fundação Procon São Paulo. Ranking 2016 reclamações fundamentadas. SJDC – SP. Ma., 2017. São Paulo. www. Procon.sp.gv.br
  3. Procon. Fundação Procon de São Paulo. Cadastro de reclamações fundamentadas 2018.DA/OC – São Paulo. GESP/SJC/SP. www.procon.sp.gov.br
  4. Reclame aqui! http://www.reclameaqui.com.br [Tópicos: Desenvolvimento e desconhecimento Automatics produtos TI – Digitais: Às nuvens como armázem. Jusenildes dos Santos. University Europeia Atlantic –  Ibero . Tecnologia da ciência e da Informação. Teologia e política – FCP. Docência – CGTC – UFSC, 02.03.2019.]

[Santos, Jusenildes.,(2019). Tópicos – Desenvolvimento desconhecimento Automatics produtos TI Digitais : Ás nuvens como armazém. University Europeia Atlantic – Es. Ibero americano. Teologia e política – FCP. Docência prática. TIC – Projetos, 2019] Tópicos – Desenvolvimento desconhecimento Automatics produtos TI Digitais : Ás nuvens como armazém.  

“Analogia amar e odiar: Dar, ou é receber Flores”

Podemos fazer a reflexão segundo (Mt – 5, 43-48), o quanto, imaginável o quanto somos força enquanto sal e luz em nosso dia a dia e vida cotidiana. Neste percurso de vida comunitária Jesus, ensina nos por menores de extrema sabedoria e cuidados, na excelência do sermão da montanha, sobre a prática de preceitos, sem formalidade, mais exercício de sermos abertos, daquilo que temos de mais preciosos em nossos corações. Dar flores e ou receber, é mais singelo e edificante para mulheres e homens também, mais nem sempre será assim.

A sabedoria de Jesus, nos dar referenciais de sentimentos e comportamentos, em cristãos sem contornos ainda de conversão em alguns aspectos, é não cristão que rejeitam as práticas de atitudes simples e verdadeiras de nosso ser. Portanto a retribuição de maldade, ódio, armadilhas, correntezas, negação, refeição, tentações, seduções e inclinações em sujeitos de incompreensões no cotidiano, encontraremos. Saber discernir e administrar no exercício de práticas divinas, nos faz crescer e reproduzir laços de amor: Oração, correções, ajuda, auxílios e outros com caridade. Muitas vezes, darmos e reproduzimos, daquilo que a boca e o coração estão cheios. É darmos aquilo que temos. Se amor, paciência, acolhida, compreensão, ou as contradições de desarmonia em contendas em nós: Maltratados, ofensas, rejeição, desamor e outros. Assim quanto, sois correntes de sofrimento, estes irmãos, pois as vezes são apelos implícitos de desejos de serem amados, queridos e lembrados. Acorrentados, nem podem falar, pois os ensinos de maldades se reprodução automática de desamor. Vigilantes…Podemos sermos confundidos de bonzinhos, e somente Deus é bom. Tem os o dever perante consciência de apresentar eixos de condutas compreensão e paz, Cristos nos ensina. Considerações próximas a recusas de lealdade e justiça. Perdi sábios ouvidos e atentos. Orar, pelos momentos difíceis por todos A cólera de resistência ao poder mais fácil ao insujeitos de desamor, pela não afeição de laços em afetividade e sim contornos ao verbo da carne pela prática impostas de sexualização, peculiar. Uma prática que as filosofias agnósticas e pelágicas de desarmonia de família é comunidade, trabalho em equipe, amizade, laços familiares, contornam que se desfaça, e ou acabem. As projeções contrárias ao amor, que constrói e edifica mulheres e homens.

 O reino de Deus, a vida cotidiana secular, é para todos. É assim dentro de percurso analógico: “O sol, a chuva, faz se para todos. A prática de perdão, é luz, é ensino a exemplo de Cristos, no exercício de perdoar e amar, somando aos cuidados de correção.  Aos irmãos de mesma prática, és similar retornos de harmonia, mais ais que não os são, se submeter se a superioridade divina de exercícios de fé em atitudes, de nossas ações, é difícil convívio de vós faz e busca. Ser luz, é sal no copioso de nosso ser, mesmo aprendendo, mais acima de tudo cientes, de somos todos construtores de civilização de amor. A prática EE, essencial de estilo de vida para todos simplesmente. Sato padre Papa, diz nos contornos de santidade, para os que crê e para os que não crê – Vida de Salvação daquele que somos filhos.

Exercício de caridade, traduzido de plenitude de paz e harmonia da compreensão, as flores, sujeitos objetos e afetuosos de amor. Em caminhos de perspectivas de reconstrução de vida no amor, a Igreja, em discernimentos nos apresentou, a campanha da fraternidade 2019, para a reflexão no litúrgico calendário quaresma. Neste preceito e fundamento cristal, simples de contornos de possíveis mudanças de estilo ou correções de vida práticas, desse ser sal, é luz, sermos escuridão não nos ajudamos, é nem ajudamos ao outro. Converter caminhos, desarmoniosos em nossa vida, ao propósito: Tema – “Políticas públicas: Libertados pelo direito. “Uma prática de excelência ao tempo para serviço ao público de exercícios de disponibilidade por direito a todos, os acessos e práticas direitos em suas excelências. Todo tem direitos e acessos, as leis assinalam, prever e introduzem seus dispositivos reais, cabem nos buscá-los, quando negados secularmente e súbitos leigos. Representa-nos de profissionais, sujeitos superiores judiciais, e cabem despachos, aplicação de leis de partes, e práticas de acessos. Um exercício de construção social de comunidades, ser público todos somos e podemos acender luzes conciliatórias de entornos de amor, é não de contendas. Somos seres social político organizado, ao longo da evolução enquanto civilizados socialmente.

De graça vós dar, de em graças recebeis.

O sol brilhou…

– Pingos da chuva refrescou   ao clima – Ar.

És o quão somos todos, servidos da criação natural divina.”

[Reflexão:” Analogia amar e ou odiar: dar e ou receber flores”. Jusenildes Dos Santos. University Europeia Atlantic – Ibero . Teologia e política – FCP Docência – CGTC – UFSC. 16.03.2019].

A porta de entrada – Não é saída: Novos recursos renováveis desalinhados regulares. “Eixos conhecimento e aprendizagem”.

A expressão tácita e explícita evoluída dos ser organizado – Homem em sentido da comunicação – Artefatos linguísticos de publicação, a serem acessadas e inclusivas. A então era da informação coesa, por então abrangente da maneira complementariedade humana – Suportes informacionais linguístico literários, si impresso, será banido, e sua preservação da história de construtores e signos e códigos de releituras acadêmicos teóricos e empíricos de conhecimento e eixos de aprendizagem e outros contextos desenhados em y ou x tempo cronológico de eras futuras? Não poderão redesenhar a história de acessos com suportes documentais e como teor prático enquanto, mecanismos reconstrutores informacionais e comunicação e publicação antecessores da linha e situação digital, em desalinhos á porvir, seja interrogação.
Os sistemas e recursos renováveis de matéria – prima, simplesmente esquecidas, pelos meios de exploração de produção. Negamos sua existência urgentes regulatórios normais e naturais de renovação para multiplicação do pensar e responder os apelos sociais políticos organizacionais de todos indivíduos . Enquanto problema, não encontra- se, na escala multiplicadora de exploração, mais deficiente de tópicos anelados práticos de processamentos científicos para prato do dia cotidiano – Pesquisadores e investigadores em formação e regulados, em exercício profissional, a serviço da sociedade e cadeia científica, outros atentos alertas para, abri e introjetar, discussão as óticas cientificas de peritos entorno de: “O Grupo de Peritos foi criado em setembro de 2017 para apoiar oo desenvolvimento de políticas em ciência aberta, com referência especial a publicações acadêmicas revisadas por pares. Os termos de referência exigiam que o Grupo identificasse princípios gerais para o futuro das comunicações acadêmicas e publicação de acesso aberto; rever os modelos de acesso aberto Gold e Green e seu potencial maior desenvolvimento; analisar novos tipos, locais e modelos para comunicações acadêmicas e sua potencial escalabilidade; e fazer recomendações específicas. E também nos pediram que levássemos em consideração os efeitos dos avanços tecnológicos na comunicação acadêmica, para avaliar novos atores e papéis emergentes, funções e mecanismos existentes na comunicação acadêmica.
Diante destes introdutórios preliminares consistentes, pseuda, em eixos e tópicos, conceituados, objetivos, de linhas de pesquisa e área disciplinar do conhecimento e aprendizagem : Ciência da Informação e interdisciplinares comunicação e publicação acadêmica; desenhamos pormenores e interlocutores que ligam e convergem uma problematização, e responderão itens básicos de questionamentos e inquéritos futuros.
1. A ciência e tecnologia – Novos recursos e resíduos renováveis
A longo da evolução do homens das cavernas, a comunicação linguística de expressão humana, em seus signos de linguagem em expressões de emissão e receptiva de comunicação, em códigos avançados para conjunto comunitário social, usava magníficos estilos e maneiras de se infindáveis para ser correspondidos de entornos de desenvolvimento da comunicação de contornos de conhecimentos tácitos, em exercício para explicito , e então explorava: Grifos, riscos, desenhos e outros. Estilos de descobertas , expressão natural do homem. Estes artefatos mais longiculos de circulação e disseminação rápidas e ágeis, foram para o tempo. E ganham entornos de investigação de acessos
informacionais – Consumo para Mercado,
• para conhecimento e aprendizagem, este em mudanças sociais desalinhadas, um fim obrigatório, o não desenvolvimento do homem, e mudança social em construção de envolvimento da cadeia da vida. Pensar cadeia evolutiva sem envolvimentos de um • todo, não é evolução em cadeia, mais fragmentação da mesma.
A ciência caminha, alarga passos, mais ainda pontos negros, na esfera da humanidade, • está lá presente, comprovando, de que não evoluímos, mais apenas respondemos aos apelos sociais, de soluções emergentes, aos pressupostos políticos de sobrevivência. Pensar e desenhar códigos de restrições chaves diferentes e deficientes, da não manutenção de presentes suportes de informações sem óticas e visão de preservação da cadeia de uma gênese – Natureza e regenerações em linha. Importante aprendizagem e conhecimento – expressão de linguagens de comunicação, que redesenhem caminhos paralelos de futuro, sem danificar em minúsculas partículas óticas do cérebro e seus neurônios do pensar lógico e agir em seus interlocutores lógicos e humano da comunicação ativa. Contribuições econômicas cumpriram suas metas, a disseminação da informação também, avanços imersos, mais muito atraso, pois o esquecimento do ser, em planificar e cobrir espaços retirados dos resíduos naturais em cadeia. Nem lembrados, e muito menos por regulados de seus ensejos mecanismos políticos ativos de controle, de consciência auto aplicáveis de dispositivos de conhecimento e aprendizagem do ser político e social, seus cidadãos. A emergência de consumo bate e salta os recordes de linha e cadeia e harmonia, para atender os apelos científicos tecnológicos de: Sujeitos dos artifícios de consumo humano e regeneração para preservação. Ampliar cientificamente urgente :
Instituições de exploração de recursos e resíduos naturais de matéria prima – Meios de produção para a cadeia industrial para consumo . Quem são seus atores e sujeitos de mecanismos , entornos comerciais?
Organismos instituídos governamentais ensejos e seus tópicos de ação? Quem os regulam? Seus prazos e mecanismos auto regulares conscientes de conhecimento e incisos de aprendizagem legis executivos? Instituições organizações desenhadas politicamente ativas, de ação para conduzir mecanismos rápidos e ágeis em escalas percentuais maiores e superiores que metas de consumo comerciais, em objetivos e propósitos: Políticas ativas de regeneração da preservação de recursos renováveis da cadeia de vida naturais.

2. Fundações de apoio e eixos de políticas – Brasil

Um eixo de políticas acadêmicas, para comunicação de publicação, funcionam dispositivamente, hoje, em recursos oriundos da Fundações de apoio captadores financeiros, que segundo a comissão europeia investigadoras, apontam linhas de fomento de publicações academicas e comunicação, em tentáculos – Rankings universitários para atingir objetos de reconhecimentos de da pesquisa disseminada e graus de apogeus científicos em cadeia: Conhecimento, ensino, aprendizagem e sujeitos da criação hábeis – Suportes e ou ferramentais comerciais, de interesse privado . Que dependem segundo a comissão de fortemente de laços de suporte de métricas associadas ao financiamento de pesquisa, destes atores – Fundações de apoio – Brasil, desde 1970. Um ponto chave de cadeia crítica para o papel das mesmas e seus fins objetivos, junto aos IEFS, em subsidiar os campus de gerenciamento a pesquisa, contornos direcionais e pivô de destino institucional – e providencial em políticas de orifícios de catalisação de recursos outros para fins acadêmicos a pesquisa – Visão e eixo privado, em abrir os caminhos e raízes do conhecimento, através de pesquisa. Hoje , segundo relatório da comissão, e equipe de pesquisa sobre o desenho e leitura da Educação superior no Brasil, em 2017 ( Arrosa, S., pp. 193 – 4 , 2017) . Um pequeno parecer e ótica sobre as fundações de apoio a IEFS, no Brasil, não segue a trilha objetiva de apoio, pois os desvios custas a seus interlocutores de ligação, pois distanciam se dos ditames para o qual, o mesmo veículo fundamental, não faz a leitura de motivação ao apoio e gerenciamentos de pesquisa, providencial de seus sujeitos urgentes, ou seja os recursos materiais de apoio – As compras…serviços… equipamentos, pessoal qualificados, adequações, enfim recursos de infra – estrutura utilitários humanos, materiais, financeiros, como mecanismos essencial. Destinos outros para seus fins: Extensão para destinos de pagamentos funcional de servidores; captação de recursos outros e destinos, para atividades desproporcionais e capaz para tal; Atividades de seus diretores de fundações de apoio, desviados das funções de provedores a raízes primordiais se sobrepondo a seus fins; Ocupação outras acadêmicas: Cursos; ensino da graduação, orientações, e outros ensejos. Em síntese do espaço relatório documental, a equipe afirma que serviços de extensão a comunidade, em cursos, em serviços prestados, é um potencial de arrecadação, que a contabilização de fundações desenha seus destinos e controles contábeis e seus IEFS, desconhecem mais profundamente as linhas políticas. Hoje apenas o TCU, tem poderes, enquanto poder acessar e exigir suas conexões ausentes, e órgãos de 1. fiscalização desconhecidos de mecanismos dispositivas ativas, em quais? Não se sabe até hoje.
Consideramos estes estereótipos institucionais de políticas inativas de ação ativa públicas, abrem o Caos da camada de Ozônio, em CO2, abaixo de linha funcional meteorológico de clima e ar, e outros contextos paralelos de completo social do indivíduo. Onde estão? Cadê as marcas e patentes regulares? Estatísticas em linhagem otimizantes de evolução, de conectores em linha de anelos construtores naturais e adensadas, sem ausências ou deficientes. Seus dados, urgem de mudanças e regressos de políticas em instancia ativas mais neutralizadas e aparentes em circulação de ação. Os sujeitos de transformações de perdas, suscitam Help! Extrapolam de reconsiderações eco sustentáveis. Os dispositivos das naturais visões em cadeia dos seres vivos e mutação, em desalinhos . Esses paulatinos ingressos de evolução, emergem conceitos de paralelidades que não acompanham: Consumo + regeneração de preservação e a proporia reconstrução de natureza multiplicação ativas, de seus recursos renováveis. É possível seus poderes científicos de respostas, não circulantes, mais acessíveis – Próxima de exploração para consumo?
A ciência e comunidades de áreas do conhecimento e aprendizagem disciplinares e interdisciplinares, em cadeia, responderem seus conexos e integrados mecanismos de ação, perante instituições públicas organizacionais, em aparatos e sustentáculos funcionais ativos, além de eixos em percursos presentes de víeis financeiros, a linguagem de comunicação e circulação da cadeia de gestão administração desse trajeto, mais superiores, nossos ilimitados sentidos de compromissos renovo vais cotidianos, em garantia de otimismos caminhos por virem, que ainda conciliares, em meio .
3. Comunicações acadêmicas e Publicações de acesso aberto .

3.1 – Segundo a comissão, a tendência de modelos de acesso aberto GOLD e GREEN ( na linguagem “Ouro” e verde), somam urgências a possíveis carnais de inovações – UFSC, que aos poucos contornem uma cultura similar adequadas para todos. Na proporção lógica busca uma escalabilidade, com cuidados para sua codificação de segurança, aberta a possíveis retorno falsos de comunicações “FLEYC NEWS”. Abrimos este enfoque, pois comportamentos de desconforto, e descredito, sujeitos e objetos On Line, de medidas urgentes, acontecem e mecanismos, de contrapor respostas lógicas e acadêmicas, que expiram cuidados e atenção, a serviços de outros, público clientela que aguardam, pareceres, demandas, recomendações, confirmações e esclarecimentos;
3.2.1. Mecanismos de desenvolvimentos de sistema de informação, aos sujeitos e atores de controles de gerenciamento geral, pois necessitará de inovações, aos acessos de encaminhamentos urgentes – Arquivos de linguagem e sistema – PDF, JIF, Format têxt., Word, e etc. Geração acúmulos, se a organização da informação – comunicação acadêmicas perceberem sistema por prioridades de respostas :
a) Fazer correr as comunicações acadêmicas;
b) Fluir seus transmites seguintes;
c) Comunicações conseguir atingir seu objetivo disseminativa acadêmico, seus destinos de coesão e destinos básicos de seus contextos, perante eixos rementido, de seus autores.
3.2.2 Critérios de prioridades no gerenciamento pessoais em comunicações
acadêmicas, administrando, bem e vemos que: •
a) Ao sistema caixa de entrada email – sistema UFSC – comunicações acadêmicas, para o fluxo não abarrotarem – Explosão de pseuda insignificância , mais por tempo de despacho a serem à colocados particularmente, atenção: Data de entrada; Contatos; Comunicações internas ou
externas; temáticos, e etc.;
b) As secretárias acadêmicas, dão apoio e sustentáculos diante de “estágios curriculares” ou profissionais, na questão de gerenciamento ordinários de comunicações acadêmicas, tendo grande importância e essencialidade e especiais aos encaminhamentos;
c) O clima de comportamento funcional de cansaço não é aparente, é real, com grande margem de descrédito, as políticas públicas de apoio.

3.3 – Sujeitos consequentes de escala e evidências públicas
3.3.1 – Pesquisadores, comunicações e publicações acadêmicas
Incidem grandes comportamentos preocupantes em suas individualidades acadêmicas, com aspectos de cunho de gestão administrativas : Sociais comunitários e institucionais (lutas de classe, lucros de impedimentos, subsistências grupal e comunitário; políticas públicas com orifícios de redução ou extinção, assuntos pessoais de impedimentos, e que somam em cadeia de barreiras para produção e criatividade conciliáveis, abrindo espaços de vazio acadêmico no campo da comunicação e publicação, enquanto produtos de conhecimento e aprendizagem – Foco de pesquisa. E podemos suscita Las por lembrança:

Potenciais de consumo para repor los, diante de necessidades básicas (Alimentação, saúde, lazer, seguranças, mobilidades renováveis
aos extremos de manutenção e deslocamentos, sustentáculos de objeto providências de comunicações (Internet,
celular e outros);
• O poder aquisitivo de sustentação consequentemente desencadeia por redutos diminutivas exclusão, inflacionárias;
• Os rankings acadêmicos em publicações e comunicações por escala de padrão perde se suas forças, e a subsistência não temos para suplantar resultados positivos;
• Perde a qualidade, e consequentemente a quantidade a originarem sucessivamente por cadeia de surgimento produções;
• O mercado e seus consumidores, mudam suas políticas( preços e consumo)

3.4 – Perspectivas de atualização de Dados
– Referenciais investigados 2017 – 18
O gerenciamento de memória de produção –
Comunicação e publicação acadêmica – UFSC, na instancia de gestão, no trilho estatístico de dados e Date Warehouse, repertório local, em processamento de desenvolvimento ao Framework, prevê , circunstâncias de:
3.4.1 – Documento, estudo, investigação acadêmica – “Perfil de publicação acadêmica e comunicação na USFC em produção nos últimos 2017-18? No modelo JIF na direção de apoio das fundações de financiamento de pesquisa no Brasil;
3.4.2. Que seção BU- UFSC exerce margem e modelo – projeto de pesquisa em desenvolvimento e controle e perfil de periódicos ? Quem?
3.4. 3. Perfil de modelo por classificação temático em comunicação e publicação acadêmica;
3.4. 4 – Que seção BU e ou editora UFSC ou e quem? Acompanha ou tem perfil em avanços tecnológicos acadêmicos de publicações e comunicação?
3.4. 5. Modelos de impacto – monografias publicadas/ editoras de respaldo acadêmico editor/JIF?
3.4. 6 – Novas metodologias e inovações?
4 . RANKING DE UNIVERSIDADES – LIST WORLD : Políticas internacionais e nacionais motivadoras de respaldo .
A política de respaldo de uma visão de cunho e reconhecimento produtivo acadêmico na escala de conhecimento, aprendizagem e mercado. Dispositivos em mecanismos, de visão mundial, presente no Brasil e academias de editores e financiadores em campo e trilhas de ao apoio, em instituições e organismos em fundações objetivas e missão: Apoiar a pesquisa, extensões , e outros; subsidiando em seus cunhos findos financeiros, direcionando, meios estratégicos ativos e atrativos resultados de pesquisa, em reconhecimento de institutos de pesquisa e guias acadêmicos de produção e registro publicações e comunicações academicas, como referencial de frescor no mundo – América Latina, Japão e Europa, e outros.
4.1. Rankings University Brasil 2017 – 18
Uma das dinâmicas estratégicas de Instituições universitárias federais e privadas, utilizam mecanismos de rankings com dados atualizados, para instruir [ ENEM e VESTIBULARES] discentes e estudantes, em suas escolhas profissionais a serem motivações de perfil inteligentes de apoio, e os instrumentos didáticos e informacionais, desenham perspectivas otimistas em orientações psicológicas ao definirem perfil pseuda diretivas em leituras de tendências vocacionais em dados, por exemplo de excelência e qualidade superior este perfil – Institutos de pesquisa e ou organismos de conhecimento e aprendizagem.
4.2. Focus informacionais e dados.
A qualidade superior em perfil, tópicos – Top em institutos e organismos, centram a exemplo de excelência – QS, nestes Rankings, focam dados práticos principalmente no respaldo de reconhecimento mundial em : Pesquisa – Produção acadêmica e conhecimento basicamente, diante de suas comunicações e publicações academicas , de edições de apoio das academias de editores. Muitos modelos metodológicos de mostras, repercutem impacto em comunicação e publicação academicas de resultantes de investigação de estudos, de universidades subscritas e submetidas, entre outros da Europa, somando instrumentos em didáticos, e recursos para reproduzirem em ensino, aprendizagem e conhecimento, subsidiando prospectos e entornos informacionais em clientelas. Este referencial essencial, convergem desempenho acadêmico e consideram nestes tops, ou tópicos :
a) Desempenho em produção, e comunicação de publicações acadêmicas;
b) Mecanismos de metodológicos para mercado de trabalho;
c) Nível acadêmicos, com nivelamento de pósgraduação ( Ph.D., doutores, MSC e outros);
d) Entornos em citações e publicações academicas , em suas séries , ano;
e) Perspectivas de titulação acima superiores em reconhecimento de produção academicas e outros, Ph.D.;
f) Quadros paralelos acadêmicos (Docentes Me
H);
g) Situados em perspectivas de publicações On
Line digital web;
h) Avanços tecnológicos e impactos;
i) Novas e metodologias
j) E etc.
4.3 – Ranking internacional – 2017/8

A listagem enfoca se perfil universidades, em rankings mundial, de 22 instituições brasileiras aparecem, em padrões com nivelamento de qualidade superior:

________________________________________________
Ranking mundial Ranking Brasil – A. Latina / no Mundo

1 o MIT – EUA – Mass 1º USP – SP
2º U. Stanford – EUA 2º UNICAMP – SP 3º U. Harvard – EUA 3º UFRJ – RJ
4º Univ. Cat. Chile
14º UFSC – SC – 3º Pontifícia
______________________________________________________________________________ FONTE: QS World University Ranking 2018.
THE – Times Hihger Education América Latina

OS melhores rankings mundiais, de quase 80 melhores faculdades do Brasil, estão entre as Top de 300º da América Latina. Em “QS” – Qualidade em tempo e escala educação superior, entre outros coeficientes de mostra nestes perfis de institutos que escalonam ranking, na área .
Em perspectiva de futuro, as universidades na América Latina e Região Caribenhas, apresenta histórico básico em 13, perfis de rigor atenção, em indicadores especiais diante de modificações e reflexos característicos políticos sociais na América Latina e mundo acadêmico universitário.
Ainda, em análise, de rankings, de resultados.
A Jamaica, em linha de escala próxima primeiras em listagem no Oeste de índices, em top de 40 e 37th. E em 40 no guia internacional de visão no mundo .
A Venezuela no Lado central, com perspectivas favoráveis de representações, em relação ano a ano, em duas instituições de ranking, elevando a classificação de três .
Estes institutos regram e submetidas y ou x por peculiares fins de investimentos, com peculiares ensejos e políticas meios de aproximação, e com notificações de data para submeter dados institucionais no mundo.
4.6 – Discussão e reinvindicações: Rankings e b) lugares na escala c)
Tópicos de dados, de 129 universidades em expansão de reconhecimentos e exigências de disputas de fins financiáveis de projetos, galgam reivindicações e lugares, no mercado de rankings de universidades, em óticas de dados, diante de suas pesquisas e publicações acadêmicas e comunicações.
No Brasil, a corrida trona- se grande principalmente, ao domínio na lista, e seus tópicos – Top, seus confrontos e missão, como a exemplo: a) Escala de nivelamento de reputação de Teachers ; b) Ciências e áreas disciplinares do conhecimento e epistemologias; c) Conhecimento e transferência da Informação e d) Em escala internacional visão de presença externa visível . A nível de Conferências, Simpósios, Congressos mundiais, de disseminações de Tese, projetos, pesquisas e comunicações de lançamentos de publicações em periódicos .
Estado argentino, Peru, na América Latina, estão ranqueando instancias : Estratégias de performares de inovações e intrometendo mais em classificação e representações com outros dados e leituras. Institutos da Argentina, emplacam e fazem dados e aparecem de produção de pesquisa com 07 instituições, numa escala de 60 tópicos. Para a região de Estado do Peru, de 03, ano a ano classificam – se, em 8 itens, e lideram com Pontifícia Católica
4.5. Peculiares critérios e recursos de referência: Publicações acadêmicas
Guias, compiladores, periódicos sobressaem as subscrição e representações numa periodicidade e calendário de compilação, aos dados verificados. Elementos em pontos Keys, em pesquisa e publicações são pontuados e focus, desenvolvidos para o mundo. E seguem características peculiares, a pois com:
a) Comunicações e publicações academicas (series e números e estilo corrente em espaçamentos precisos);
Níveis de pós-graduações de Teachers ; Confrontos de tópicos – Trabalhos e critérios / rankings e sua subjetividades.
CONCLUSÃO
Presentes classificação, ranking acadêmicos de universidades, no mundo desenham, quadro, ainda de resultantes mais peculiares de resultantes, para perfil econômicos políticos, e classificação de suas universidades. Mais verificadores, mais empíricos de áreas e campos de negócios e suas gestões emergem estatísticas prosperas eco sustentáveis em contextos políticos internacionais, em linha de introjeções e atualizações e adequações a exisgência de óticas de resultados de pesquisa, para recursos e produtos e serviços disponíveis em consumo, em visão planetárias principalmente a nível climático e ar da temperatura em elevação de CO 2 em Ozônio em baixa e alta de intemperes elevadíssima e contradições no circuito esférico das ciências da terra, em relação as situações e problemáticas sem soluções, uma controvérsia e empate da humanidade e comunidade acadêmica e comunicações e publicações, e academias de editores. A competição , grande e embatem estratégicos de rigores, utilizados. Uma controvérsia, para a Comunicação e publicação aberta. Em síntese, consideramos que evidências e eixos construtores de uma futurologia da sociedade organizada, ciência e tecnologia, conexões em desalinhos de cadeia da vida e o homem, cientes que nos afastamos, de nossas gênese enquanto seres vivos em cadeia, de reconstrução e regenerações e recursos renováveis que são bases e tempo de recomposição, de circulo e anelos da vida. O apogeu da aprendizagem e conhecimento, redirecionará a porta de entrada, que hoje não é a saída.

Referência bibliográfica


1. Arrosa Soares, M. S. S. , et al , Coord., (2017). Relatório: A educação superior no Brasil – [Extração de dados informacionais] .Unesco, CAPES, GEU,
Brasília, pp. 193 -4 ]
2. QS – World University Ranking 2018. Site: timeshighereducation.com
3. THE – Times Higher Education Latina America. Ranking 2017- 2018 . Artigo . Ranking de universidades – Adriana Nakamura. 12.06.2017.

[Santos, Jusenildes., (2019). A porta de entrada – Não é saída: Novos recursos renováveis desalinhados regulares. Eixos conhecimento e aprendizagem . – Ibero-americana, {Estudos GTCG], UFSC. Tecnologia da Informação – Docência prática. 14.03.2019]

SI LEGAIS E A CONCORRÊNCIA IRREGULARES: “Novas percepções Haskell’s Marca”

Abordagem, adentra refletir a conjuntura comportamental de duas ênfases imprescindíveis. A experiência acadêmica, detectam e investigam inúmeros formatos digitais sinistros de haskell’s, de formas que situam estratégias sustentadas em combatem incessante, tornando portanto objetivos e metas centradas dispositiva de controles de bancos de dados: Grandes e pequenos, embora as dimensões reais, reduz e traduzem grandes armazenamentos e memórias na linguagem Big Date, milímetros e nos minúsculos da ótica e leituras, de residenciais de pequenas partículas digital. Em seus periféricos automáticos, mais habituais de rotinas codificadas, especialmente in loco.

Extremamente combatíveis que requer desenvolvedores de estudos investigativos e exploradores de descodificantes digitais de suas leituras sistemáticas- Programas e sistemas de informação funcional processadas em suas bases – Comunidades por então. Eliminar e exaurir ativamente com planejamentos e planos em circunstâncias regulares de comportamento e movimentação, residem mapeamento com informações instantâneas objetivas sua circulação e garimpos de leituras e capturas de dados informacionais.

A pedagogia técnica – Estratégias digitais

Estudo e mapeamento de comportamento do vírus circulante, ministram dados milimetram ente codificadas em variantes linguagens, que seus desenvolvedores, não qualificam pela divulgação de toda pedagógica utilizadas de projetos de quarentena ao combate. Toda sistemática gira em formatos discursivos de sigilos. A disseminação de informações restringe a políticas de combates e negociação pretensas hasteadas.
Programas e sistemas tradicionais nas dimensões ante vírus de grandes marcas no mercado, são frágeis diante da extensão avançadas de haskell’s s invasores e mercado irregulares e ilegal. A programação de um sistema desenvolvido em comunidades, traz uma grande discussão: A exposição programada On Line de seus profissionais desenvolvedores, suas óticas ética e compromissos diante de projetos. Uma origem tradicional de sigilo, antes de serem lançados no mercado: Produtos e serviços informáticos. Grandes marcas e gigantes projetos, popularizar se em concorrências de pequenos projetos ilegais desenvolvidos na ótica e temáticas singulares de grandes Software e Hardware.
Esses voos digitais amassadores de explosão da informação, nos proporcionam comportamentos estrategicamente manipuladores de outros comportamentos, sob embalos de monitoramento e rastreamento digital.

O mercado livre de circulação e marca

O comercio e mercado livre com formato para cadeias sistemáticas de redes de redes centralizados de circuito distribuídos de informação e comunicação instantâneas TICs, dimensionou direcionou características: Agilidades, rapidez e capacidades em potenciais objetivos e metas de negócios gigantescos. Portanto, que instrumental se de informações e dados, são em vantagens na concorrência e volumes de lucros comercializados, computando letras e linguagens, em moedas digitais.
Os contextos sólidos, de experiências codificadas integradas para sistemáticas de combatem e neutralização institucionais de redes de redes e ou organismos setoriais em áreas do conhecimentos disciplinares e temáticos em suas missões objetivas bases de pesquisas e centros de investigações e estudos, que trabalham no mundo, basicamente unidades de pesquisas acadêmicas privadas e públicas, uma residência informacional, carente de grandes publicações de instruções e orientações prévias e discernimento de combatem diante dessas políticas casada, ante ética entre: Integração e avanços inovadores de sistemas de informação subliminares estratégicos legais regulares de grandes marcas e Mercado ilegal de haskell’s. Circulando e transitando nos mesmos periféricos e estações de negócios. Diante destes, visivelmente, desprotegidos: Regras digitais, leis e normalização de marcas e fiscalização legais regulares. Sobretudo de profissionais formais com reconhecimentos profissionais regulados, até mesmos, sem monitoramento de suas reais ações éticas capaz e competências em demanda ativas legislação institucionais. Esses profissionais desenham planos e projetos em arquiteturas digitais, é não tem: a) Apresentação legal e codificação de profissional ligando área e mercado de atuação; b) Reconhecimento profissional de atuação, mais de grandes marcas corporativas AS na área; d) Recolhimento de grandes potenciais salariais; e) Níveis superiores e técnicos em mesmos nível de reconhecimentos de políticas ilegais de atuação profissional. E etc. O desenho panorâmico e pano de fundo, somente temos, uma polarização de desorganização de um mercado legal ético, com todos os potenciais legais para atuação e comercialização.

A tecnologia ante haskell’s

A cada lançamento de inovações tecnológicas no mundo de negócios no mundo TICs e SI lançados também no mundo digitais: Cópias piratas, é haskell’s para combate, ou reiterar a força legal de sua produção e disseminação no mesmo mercado legalizado, portanto negro. Abrimos uma interrogação de forma que a indagação permite nós a: “A redes de redes e mundo profissional e suas atividades e desenvolvidas digitalmente, tudo é permitido, em sistemas e programas informacionais? A era Contemporânea, séc. XXI circunstancialmente o mundo digital, a nível de detecção as flechas e aberturas, apresenta se um percurso de trânsito altamente combatíveis de regras possíveis de desenvolvimento de utilização de ferramentas e sistemas abertos, principalmente redes sociais. A comercialização de informação e trânsito em avanços integrados, não ocorrem a redistribuição de quitação de serviços, onde o mundo www é livre e aberto basicamente gratuito. Mesmo com dispositivos e formatos de sistema de manutenção investida financeiramente. Outro fator, de baixa o comportamento de vírus invasores programável instantaneamente via monitoramento remoto no circuito paralelos de vizinha bluetoohk, se escapes de permanecer ou não ativado. As leis jurídicas e legis interna e externa evidenciam futuro seguro, mais o comportamento das influências externas financeiras, demandado comportamento digital do homem em suas relações simples, não caracteriza se evidências tais dependência exclusiva e holofote situado. Dentre pontos positivos de assinatura em um layout de site, avisava e sitiada que originalmente Copyright, indicava direitos reservados de autorias, que notificações não qualificam apresentação e identificação para modificações e atualizações, automáticas de um sistema e ou programa via Software. Sobretudo eixos aos contextos digitais, dão acessos à espaços em nuvem, que estarão à deriva e permitidos, e perdidos. A exemplo: Um sistema de busca reprogramado, dar uma solicitação de entradas aos bancos Big date ou x, por autor, tema ou palavra, é até assunto, e o Banco acessado, percorrem redes e acessos de nenhuns eixos de positividade de utilidades as respostas, totalmente descartáveis imediatamente. A presença de mundo instantâneo de programação, sua função não apresenta comportamento legal, para todas ações cibernéticos. Afirmamos que:
a) O que ético digital? É permitido? b) O que é ilegal? Precisa de regras renováveis inovadoras sempre? c) O mundo Business e seu comportamento, precisa de leis? d) Blog s pessoais domésticos e de grupo organizacional, precisam de legis diferenciadas? e) As comunidades tecnológicas de desenvolvimento em pesquisa e estudos digitais, necessita de código ético funcional único; f) O mundo acadêmico de educação, ensino, pesquisa e extensão em seus objetivos e missão, na proposta de formação profissional e seus reflexos para comunidades e sociedade, tem cumprido a essa conjuntura e overdose de perigo, para ação profissional de futuros profissionais e sua politização de cidadão?
Pontuais indagações emergem, mediante discursos e debates calouradas de facetas de fóruns comunitários, conversas On Line, videoconferência temáticos instantâneos virtuais de ambiente – AVA. Comportamento com caracteres pontuados de rapidez e agilidade na pressão de e compressão de dados digitais e minuciosamente no toque de dedos. Esse comportamento tenebroso e estranho, corrompe e atrapalha vidão de indivíduo e índole de um ser. Atrofiado todo caráter humano e virtuais que o mundo digital, nasceu para ajudar na comunicação do homem moderno, é a frequência de distância diminuta e reduzida, entre emissor e receptor.

A robótica será a mente humana?

O comportamento, vem dando nas essas performers de comportamento em situações, grupos e sociedades. Esse futuro, será a mente humana a robótica do futuro? O homem será máquina? Terminantemente improvável pois este ambiente sobressai se: Vida natural, alimentação regulada e necessária mantida, sistemas de necessidades básicas executada biologicamente, a respiração e aspiração do ar mantidos, é outros eixos BIO naturais seguros. O homem não será máquina e nem mente robótica.
Programação e manipulação instantânea remota: Redes sociais e sistemas e programas com sistemática virtual digitais
E pensante prof. Fez uma antítese: “Quem quer chegar primeiro, espere menos, espere mais; pense diferente; é – exponencialmente maior? E O FUTURO presente onde as características diretivas, pela corrida hiperconcoorrida reza e nos dirigimos os rumos, fazendo e usando e utilizando recursos infinitos e instrumentais de escolhas com detalhes e perfis livremente possíveis as nossas coordenadas a serem trabalhadas, num ótica referenciadas em nossas características e condutas firmes de decisão e análise para apoio circunstanciados para evidência ao desenvolvimento proposto em questão inserida. Neste reside o diferencial comportamento profissional individual ou privado…” Ideias…visão e oportunidades singulares com ética e competências sempre”.
Mas os formatos, abalados que determinadas comunidades e Inter relação instantânea remota, desenvolvem comportamento cibernético peculiares de pseuda suportes em manipulações com enfatizantes características legais e ilegais também – A portanto circunstantes sistemas de atualizações de dados em sistema legais carregados de X ou Y pacote num detalhe ou perfilados, manipulados positivamente para avanços e aprendizagem em ensino e outra referência em responder entraves e impedimentos de barreiras construídas, ou em solucionados integrante adensada aos sistemas de informação regulares. Que não o serão para sinto digital. irregular, os famosos Haskeel manipulacion, com gabarito torrencial de códigos em linguagens para agirem em comunidades para atrapalhar e ocupar o espaço, com certeza de sucesso. Esse mundo manipulação, pontua a leitura, que satélites de satélites em redes permitem, pra TICs e conhecimento.
Essa informática, e os considerados Softwares e Hardwares no séc. XXI, entornam eixos e congruências criativas competentes, trunfos paralelos: Legais e ilegais de marcas tecnológicas digitais. Uma contradição de outrora, objetivos centrados para encurtar e diminuir distâncias de comunicação e informação do homem moderno e pós que veriam. A tecnologia de recursos móveis contemporizadores de controle remotos, que são formatos e performances de construção auxiliante artificial de infindáveis produtos e serviços catalisadores de soluções ao ser político organizado e social – O cibernauta.
As regras de condutas, suas legis para movimentação e trânsito cibernético digital, asseguram concorrência diante das políticas pluri e Multi diferenças de comportamento e ações diversificadas, oriundas de uma liberdade, que não traduz para banalização de trabalhos e competências e suas criatividades, o respeito condiz, a super. responsabilidade para valorização de cada um e área disciplinar.

Mutação instantânea remota

Podemos afirmar que a inclusão digital, traz e mudar comportamentos, diante de entornos exigentes de expertise para transitar livremente, apodera se de capacidades e habilidades imprescindíveis para movimenta se é dominar circuito digital informatizado. Que significa dizer: Todos podemos aprender e ser um programador e analista de dados, artificialmente no embalos de sistemas de informação em participações de grupos: Fóruns, nas trocas de ideias, pesquisas, sistemas de buscas, plataformas de desenvolvedores, comunidades de redes e outros perfis de internautas, porém as leis e legislação não desenham as regiões possíveis para atuação entre: Profissionais e expertises espontâneos e suas dimensões e monitoramentos.
Os desafios informacionais e comunicação em um universo digital, é na proporção de difusão para os instantâneos trânsito e comportamento atrelados aos objetivos: Mercado cambial de valores e suas políticas comerciais de transações vai continuar imperando ao comportamento humano, puramente oportunista e lucrativo especulativo? E pré-requisitos éticos e morais de condutas?
Projetos desafiantes de oportunidades e ocupação laboral, também dar consideráveis tradutores de idealistas e visionários instantâneos momentâneos, sanar necessidades de consumo a priori. De forma que negócios pequenos em controles técnicos de comércios abrem estes espaços situacionacionais propícios e seus dispositivos funcionais de momentos: “Pegar e alargar”. Desencadearam imperativas propostas de perspectivas: a) Comunicações autonomias em redes controladas por grandes Software de MARCA, como Google, Facebook, atrelados avanços integrados de programas e carnais em redes sociais, abrem espaços e ambientes virtuais: Sites Business, domésticos pessoais, comunicações retratadas, é etc.
Um avanço espasante que seus sujeitos e atores são mutáveis diante de um universo infinito de transações obscuras e bote final de condutas para haskeel, que terá que desenvolver soluções de uma suposta expertise canalizada de garantia oportunizantes, uma pseuda solução e magias digital de códigos de descodificantes linguagens e sistemas remotos…Desafios na dinâmica, para fazer mover codificação para funcionamento ativados X ou Y problema de linguagens ou algarismo desafiante, em grandes dados, a perspectiva da conexão interlocutora de aprendizagem também imersiva oportuna.
Tempo, alargado, invadido a horas, a fios e demanda para programar o mundo digital, é manipular de informações desejadas programável e desenvolvida aplicada, é objetivando resultados numa resultante, é comunidades inserido O dualista introduz a resistência acessibilidade de dados, é em minúsculos instalados segundos, combatendo e destruindo suas metas, dados e códigos. Os passos agressivos, pois assim comporta se os haskell’s toda linha de conhecimento digital, para facilitar sua permanência e vida inserida na base e rede. Um cérebro pensante para agir instantaneamente, com captante e poder ilusório, destruidor. Esse futuro de programadores oportunos desafiadores e imutável poder, em TICs traz inovações para o mundo On Line e um futurismo, perda e visão objetiva de cibernauta e conexão para aproximar mais vias de comunicações e informações e excluir e diminuindo consideralmente suas distâncias aneladas em relação pessoais. Os eixos e afluentes nestes contextos, onde espaços AVA e físico Quântico, dimensiona metafísica, é o mundo oculto do espiritualismo.
Em linhas conclusivas, acreditarmos que existem duas linhas visíveis destacadas nesta reflexão do mercado e empreendimentos empresarial das TICs : Produtos e recursos em ferramentas e serviços ilegais digitais perspectivo e tendencioso; a) Legal e sua legislação interna e externas entrelaçadas e interligadas em sua normatização, principalmente de Marca, entornos de público ou privado monitoramento em funcionamento ativo político ministrando nas relações bilaterais de suas ações de comércio em pautas de tratados e acordos as negociações. É devassadamente livre e aberta expostas a uma especulação e de seus mercados, na ótica de níveis de qualidades mínimas; b) Desleais comportamentos para com seus investidores profissionais de grupos e ou domésticos individuais em percentuais e características econômicas e sociais diferentes, é um comércio popular desvantajoso, corruptível e desqualificantes da qualidade normatizada de uma pseuda marca de seus negócios comercializados e mercado ainda que livre, mais legal.

[Santos, Jusenildes., (2019). SI LEGAIS E A CONCORRÊNCIA IRREGLARES: “Novas percepções haskell’s Marca”. Jusenildes dos Santos. University Europeia Atlantic – Ibero – UFSC. [ Estudos GTCG]. Tecnologia da Ciência e Informação . Teologia e política – FCP 12.03.2019.]

Subsídios e comunidades – Compostos relacionais e integradas – TICs: Tecnologia Date

Ferramentas em sistemas e ou programas desenvolvidas e quando manipuladas para acessos em grandes comunidades amplas de potenciais de marca reconhecidas ou pequenos recursos disponíveis repositórios desenvolvidos e de origens, potenciais oncológicos integrais e complementares em avanços desencadeados  em seus trilhos investigativos práticos e inteligentes utilitários subsidiados com soluções de problemas: Entraves, barreiras, restrições e impedimentos tecnológicos limitados ocorrem janelas propensas e ativas para grandes atropelos , consideráveis e existenciais probabilidades ante avanços sistêmicos em Tecnologias da informação e comunicações. 

Desafios: Comunidades e projetos ontológicos integrados

Percebe se que projetos institucionais e organizacionais, se equipam em infraestrutura de grandes potenciais de recursos dimensionais amplos: Materiais disciplinares físicos, conhecimentos multe e pluridiversos com referenciais de áreas e subsídios imprescindíveis em bases tecnológicas TICs. Investigações práticas de comunidades com suas características em suas metas e objetivos centradas em suas minúcias particularidades temáticas especificamente. 

De forma peculiar cada comunidade desenvolvedora de suas dinâmicas estratégicas manipulacionais, instrumentalizar se de informações cinscunstanciais e geradas instantaneamente, de forma determinadas a serem reconhecidas e adensada as suas linguagens de codificações singulares reguladoras. Grandes projetos sistemáticos digitais, designam avanços originais e atualizações de suas Bases dates em cadeia de redes.  

Atualizações: Estratégias comunitárias  

Transformações de grandes comunidades substancialmente, são grandes potenciais instantâneos consorciados e circunstanciados a cada demanda solicita ou imersivas inteligentes de seus usuários, na exploração de trabalho diversificadamente especificas ou em serviços pessoais domésticos. Respostas selecionáveis e obrigatórias a serem aceitáveis ou impositivamente irrecusáveis perante presenças de toda sistemática e circuitos integrais inserida. Mediante contextos e eixos afluentemente: Acessos e buscadores de dados, repositórios de armazenagens, DateWhouse, Programas periféricos específicos Urgates, Bases alimentadores de conteúdos informacionais inovadoras e pesquisas resultantes etc. Basicamente toda manipulação derivam se em atualizações de grandes comunidades com suas ferramentas em Softwares, programas e sistemas, e etc.

Esses produtos e serviços simulam se é apresentam de supostos, e intrínsecos infinitos sistemas informacionais comunitários certificadoras e verificadoras de aprendizagem em Ciências e tecnologias, subsidiando possíveis interrogações e ontológicas linguagens e suas possíveis e impulsionantes potencias de criatividades, mais crescentes redes de desejos solucionáveis de problemas tecnológicos e pequenos ou grandes usuários. 

Propostas temáticas de investigações periféricas ou regulares comunitária em ferramentas

  1. FE – Gestão RH de inventário:  Sistemas de editores, processamentos e outros. 

Produtos e serviços práticos tecnológicos em suas Bases, encaminham suas equipes de trabalho para desenvolvimento de projetos centrais de relações integradas de avanços, em cima de consideráveis temáticas em ênfase técnica, característica peculiar de objetos e metas de cada organização e ou instituição diante de proposta técnica.  A tematização de um centro de pesquisa, após pesquisas de sondagens instrumentais e importantes de retorno de informação e conhecimento; 

FGHR – Ferramentais prioritárias dentro de uma gestão funcional e organizacional em seus recursos de formato: Função e gestão: A própria gestão, operacionalização organizacional, e os outros;

FI – Ferramenta organizacional de subsídios técnicos documentais de vida cotidiana de gestão; inventariam e organizam como ponto essencial de metas e objetivos geridos de forma irregular, diante de projetos reais ou presença imediata. Assim percebe se que detector de erros são imprescindíveis, e outros; 

FE- Formato funcional organizacional de processamento de dados para edição informacional com contexto peculiares de dados aos serem inseridos e regulados/ normatizados em textos e suas ramificações típica documental; 

Aos procedimentos usuais de processamento G – Nível de gestão em processamentos de dados, em desígnios de serviços técnicos de gerenciamento e ou processados: Contextos de padrão em empresárias organizacionais de indústria, comércio, uso doméstico e ativos pessoais e organizacionais. Aos desenvolvidos por óticas sistêmicos especificamente e manipulados para gerenciar serviços de automatização de máquinas e serviços desenvolvidos, peculiares e em desenho técnico virtualizado de processamentos e gestões de recursos informacionais autônomos.  

Carnais inteligentes construídos 

Proporcionar e dinamizar, elevando graus otimizantes  dos carnais de comunicação,  em : a) A o composto de culturas; b) Valores e virtudes adquiridas; E c) Conclusão infinitos, numa ação perceptiva, de aceitação conciliável próxima  e anelada responder   em retornos comunicativos, a auto imagem receptiva e imersiada, foco feedback em tudo e para tudo, a auto – análise,  sempre avaliar a em espaço físico social , hoje pensada autopoietica, sistemática presente , para RS de comportamentos novo oculto de programas ilegais castradores de livre acesso, carácter perceptivo de dupla identidade profissional, a frente de carnais ou estações de comunicações,  que não se define : Ante ou ético de valores ; regras oportunistas anelos em espaços; Comportamentos implícitos; Técnicas “ Arte dos desejos”; Modelo[ Pense, diga sua ideia e : Produzimos; fabricamos; disponibilizamos para seguintes então – Negativo; Produzido e  Servido. Tecnologia e ciência em RS e arte, faltam alma criativa, mensagens iluminativas. O mundo haskeanos “Neuro”, desenvolvidos aos números de clicks que inserimos, insistentes como processo de comunicação de linguagens significados para o alerta da comunicação humana: Permanecer, mudar e sustentar   Submergido poder analítico auto perceptivo: E outros devem existir, e não apenas o primeiro, sobretudo a outros de carnais de massa? A privacidade no contexto de autoanálise, por insights, numa linguagem óbvia e lógica de comunicação: “Quero conhecer livremente? Preciso informar me…

Reeleitura: Redes sociais controvérsias – Temáticos simbólicos

a) Valores comunicativos autoconsumo, não é oferta, nem sugestão e muito menos indicação, ou orientação, passa pela persuasão

b) Omissão e embutidos valores e crenças alinhadas a costumes;

c) Sem livre acesso: Imposição de consumo, circunstanciadamente inexistência ética e nichos coesos de regras simples cabíveis. 

A concepção presencial, e assistidas de forma observada traduz, códigos e linguagens a com tempo em: Cadê um tem algo a dar? O que dar? Esses espaços instantâneos publicitários de comunicação,  invadem sistemas coesos, de circuitos programáveis móveis,  com cobranças lucrativas, nos clicks de permanência e que não colaboram em dividendos da assinatura, mais direcionada para nega – las, com sistemáticas  a janelas, persistentes de anúncio publicitários em arquivo dorin ; um comando dar codificação de resposta ; as ilimitadas ações para codificar e descodificar dados – informação ; Um processo de programação desenvolvida para combater e neutralizar um haskell’s  é pura neura, pois tem que estudar todo composto do haskeanos  – invasor, pois ele é a identidade? O próprio vírus lá [estar aqui].

Conclusão 

Mediante contextos enfatizados em abordagens consistentes de análise  em sistemas de informação  e comunicação vivenciadas, observadas e acompanhadas  de diversos comportamentos humanos cibernéticos, hoje entornos com robótica em processamentos e desenvolvedores digitais e toda movimentação de insights instantâneos  circunstanciais,  diante de combatem , e insistências na trilogia de mecanismos  para digitais de visões e ações  espiritualistas, em consonância com: Intelecto; físico Quântico  e corpóreo  material, em proporções  de impulsos da perspectiva digital programável  codificada e reprogramáveis , assim recodificada em seus Big dates imediatos  e ágeis  diante de combatem,  ritmos roboticamente independentes também pela sua autonomia controlada, por memória programada.  Que não se trata de um humano, mais pensado por humano, para funcionar sincronicamente remota controladas. Seus bluetoolh remotos, acionados via TICs, mediados redes de redes em satélites. A futurologia, reaprender a aprender – Aprendizagem de ensino por si, meio para si, e depois para os outros, sobre o poder do conhecimento como e por formação do homem/ mulher para ser. Uma visão sistemática Contemporânea em referenciados, contextos teóricos quanticamente conhecimentos, em nossa percepção que ilustram. Intelecto consciente  e os sentidos calculados matematicamente, numa ênfase e ou   considerações em ritmos, do pensar, a exemplo: “ Uma ferramenta TIC – AVA e um usuário,  numa visão instantânea  de exploração preventivamente de uma leitura ótica,  de acordes do sentido óptico e da cadeia com impulsionamentos de r3sposta do cérebro humano, pseuda robótica,  direcione se a Menu ponto inicial, Sim ou Não,  para estratégia diretiva numa plataforma visual, o próprio manuseio digital – Menu escalonada. Simplesmente, uma inversão consciente do óbvio educativo de aprendizagem em programação para sistemas de informação,  manipulados para o interesse X ou Y da captura do lucro, sempre é progressivamente  de manuseio  alternativos sugestivos programados e instantâneos do lucro perceptualizado, divididos,  é compartilhados, a concepção então duelo: Domínios = Físico +Social paralelas, com posteriores conhecimentos avançados: Detalhes consideráveis.  Adentrando TICs, numa cadeia: Sistemas, redes e satélites,  de domínio instantâneos de dados, em virtuais espaços,  neutralizantes que nem mesmo restritos em peculiares  e sinuosos suas ilustrações de símbolos de instrução de ensino e aprendizagem , para dispositivos em redes e cadeias comunicativas e informação  em eixos: Códigos,  descodificantes e congruências algoritmos  de signos e entronização central de consumo humano, enfatizados imagens central – Foco, num processo de comunicação humana e virtual.

Essa desconstrução prática Contemporizado de filosófica, conceitos, conhecimentos epistemológicos do processo de comunicação,  alargando se , para circuitos com tempo localizado na era adentro secular  : Físico espaço e sistema + cadeia digital em carnais abertos com comunidades de comportamentos humanos e sociais – Redes de comunicação  = Redes sociais, emergindo urgência  para: O apogeu da aprendizagem, aprender e ensinar , numa triologia de construção  de valores comunicativos formativos éticos culturais sociais, com a natureza dual entre : Comunicativo emitido perceptivo e consciência humana perceptiva e compatível situações e  seus contextos próximos com o lógico. [Subsídios e comunidades – Compostos relacionais e integradas: TICs – Tecnologia Date.

[Santos, Jusenildes.,(2019. Subsídios e comunidades – Compostos relacionais e integradas – TICs: Tecnologia Date. University Europeia Atlantic – Ibero. Tecnologia e Ciência da Informação. Teologia e política – FCP. Docência – práticas]

A nobreza do povo indígena : À pele vermelha …Cabocla traduz vida!

A herança,  é,  verdadeiramente a temos, a nobreza, inigualável  e inestimável,  é sobretudo incalculável  diante de infinitas riquezas, é uma biodiversidade, outrora presente, hoje naturalmente em desequilíbrio ambulante,  ó nosso calcanhares de Aquiles,  diante das sistemáticas políticas públicas, diminuído o noble e poder de suas raízes e culturas – Povo brasileiro,  e pulmão do planeta Terra, Amazônia.  Deus, salvei nos nossa imagem e semelhança em ti…Nobres da natureza brasileira.  Simplesmente,  sabemos onde encontrar:

a) A nobreza do povo indígena, presente, definido o noble e poder de suas raízes culturais, preservadas na BIO e sangue miscenigenico de todos nós e um ecossistema vivo; b) E em face, as contradições,  de ecossistemas utilizado, explorado de suas nativas matéria –  prima  de recursos naturais, do mesmo, indefinidos respeitos, pelo direito de ao ser explorada, poder recompor naturalmente, seus condescendentes – Riquezas ao útil nosso de cada dia, esse insustentável meio de produção comercial. E o então patrimônio do mundo e pulmão da Terra, nossa guardiã Amazônica,  é seu povo, também guardião militar, é sua nobreza, que clama…Help! 

Quão rico, e sustentável em nossa multi e pluri ecobiodiverso, os seres vivos, microrganismos e racionais humanos na selva da vida. A cadeia da biodiversidade,  em solo Brasil. Ao termo nobreza, consideramos,  mais pelo sentido etimológico,  étnico e epistemológico ao conhecimento, que produz,  é toda geração de informação comunicada, em diversas áreas disciplinares científicas,  suas reais origens disseminadas,  que convergem: Informação cultural, de uma tendência miscigena das etnias ; As contribuições de suas riquezas BIO e ecos diversos  de seus sujeitos naturais, a então fauna, flora…energias minerais,  que aglutinam para equilíbrio Eco planetário. 

Cultura e raízes habita amazônico  

A pluridiversos culturalmente contribuído,  que somente encontramos: A língua  comunicada, dialética  linguístico multifacetado,  a cada tribo, aldeia e povos. Um histórico precedentes enraizadas em nosso DNA miscigenados  a outras culturas integradas  em terras Brasil; Alimentação,  no seio de nossa cadeia alimentar de vegetais, tubérculos( raízes, brotos, caules, e etc ; Animais selvagens, sua caça; A pesca sustentável,  num sistema de captura em armadilhas; A espiritualidade em meios à natureza, pela concepção de acolhimento divino e filosofia de um universo em seus deuses estrelares aos olhos galáctico ( o Sol, a lua), da milenar forma e assimilação de um Deus pluri natural,  e entes antepassados familiares; A instituição da família tribal e seus limites políticos atribuídos socialmente ao chefe  comunitário ( o homem) e a mulher ( mãe) a proteção de sua cria, os filho(as); As regras organizacionais de convivência tribal, em costumes, partilhas e trocas. A política social comunitária do poder e chefe( cacique,  o pajé  com artes de conhecimentos da palavra e do diálogo,  o ancião, sempre a serviço,  para discernimento e grandes decisões de um povo. Uma saúde e tratamento e prevenção da criatividade básica de ervas, fusões e   chás medicinais  ; As plantas e flora  ricamente desconhecidas de seus poderes indefusos e indeterminados . Na gênese o curandeiro – Curioso e parteiras anciãos(as) reconhecidamente salutar de respeito a discernir os males,  e  benefícios. Além de festas em costumes culturalmente honrada, lazer de competição tribalista; E em detalhismo trabalhado, a pintura corporal e artístico e seus rituais religiosos de preparação rupestre ( Desenhos, rabiscos, riscos, traços, grifos) , ritualmente de um trajeto criativo habilidoso, em matéria primas de resíduos orgânicos; Sua vestes e trajes com adereços de cunho fabrico  artesanal. Comportamento saliente dócil, de forma especial, nos moldes das mulheres indígenas de trabalho cooperados e auxiliante partilhados em seus conhecimentos sumo devidos,  para ajudar a manter a prolem  e nilhada próxima só carrego cadeira atrelada ao corpo; A arte de amamentar circulante copartilhada  ; O meio de produção cooperados de habilidades compartilhadas e economicamente de trocas ou moeda financeira e outros puros costumes como luta tribal; Habilidades  de fabrico  nas atividades laborais, peças de argila e barro e suas técnicas  mais avançadas.  

Conhecimento e Informação : Prelúdio de defesas

Em cadeias científicas, o conhecimento e suas disciplinas, reconhece o valor empiricamente e sua prática, na suposta e importante para preservação e anelo sistêmico ecobiodiverso, na entronização do equilíbrio natural planetário – A terra. Em constante discussão,  defesas e debates, mediantes políticas de devastação de suas riquezas, sem o devido respeito ecosustentavel e da arte técnica  de exploração da matéria –  prima, e política  naturais de reposições eqüitativas e qualitativas,  em sua gênese.  Em área disciplinar e interdisciplinar informação e comunicação,  perfaz, a décadas: A devastação,  geram os desequilíbrios de forma insustentável e irrecuperável em certos contextos genéticos naturais biodiversidades, em todas cadeia ecossistêmica: A exemplo, a cadeia alimentar; A questão climática CO2; e a baixa e escassez da água potável e suas nascentes e o ar com sua pluviométrica , e  etc.   

Pulmão planetário – Contexto Internacional 

Em instâncias do Séc. XX, correu o mundo do Levantes de Campanha universalizada publicitária Internacional: “Salvemos a Amazônia”.    O Continente  Europeu, reclinava – se e prostrava – O pulmão do mundo. O reconhecimento notório no mundo, e o povo, a cultura indígena e sobretudo com percentualidade de consciência política de sociedades civis, unia se neste emblemático sonho prático imaginário     de           transformação das sociedades internas e externas das áreas políticas públicas e econômicas em situação dos meios de produção sustentável . Um valor possível, por então pulverizado com armas de legislação magna constitucional brasileira e  ingleses, no combate conscientizando em todas as cátedras universais e comunicativos, como carnais multiplicadores, um futuro eco sustentável mundial, principalmente de alerta, para esferas em problemáticas e questões políticas reais, e diversamente econômica e social contraditórias de resultados  com equidades, e distantes de projetos políticos bilaterais    internacionais   de relações comerciais.  

O Brasil, o Continente Amazônico,  concebe se por determinante,  extensões Nações: Brasil, Equador, Venezuela, Peru, Bolívia,  Colômbia , Suriname, Guiana e entornos das  Guiana francesa… Em regiões fronteiriças tombamento   de patrimônio  histórico público da humanidade. Particularmente, esse reconhecimento público internacional, encontra se distante de olhares cobiçadas de lucros incandescentes de harmonia natureza,   equilibradamente em movimento. Neutralizando, forças naturais e humanas no processo preservante da Nobreza milenar – Solo brasileiro.  A herança corre no laço miscegenado, de seu povo, e suas presentes étnicas culturais, e adensadas planeta. O noble do tapete amazônico verde, suas nascentes das águas e rios; A comunidade e cadeia de sua selva nativa, o ar pluviais e clima, sua gente desconhece então esta natureza, a pele indígena vermelha…cabloca que faz e reproduz vida.  

Cadeia ecossistêmica: Alimentar, climática,  energética – Suas consequências em inteperes in natura e des ecossistêmico sustentável.   

Descaracterização da performer natural, para materializada anti natura de recomposição, em sua gênese e raízes culturais, o noble enriquecedor, persiste e insiste séculos a frente e futuros, de políticas presentes estacionados e preparados de suas metas produtivas encadeadas na área industrial de exploração,  uso de ciências e tecnologias. O pós moderno Contemporâneo, extemporâneos demandas, sabe que:  Adpta se a políticas eco sustentáveis,  transformar,  e em gênese,  mais recompor e preservar essa cultura  natural  e herança também científica gerada a serviço  do homem, e não como cadeia mortífera. 

Eco sistema sustentável  – Ciência  e tecnologia como meio de exploração e manutenção.  

A consciência em questão aos meios de produção, em relação a exploração do Eco sistema,  deveriam rever: A visão e consciência para uma biodiversidade sustentável presente e sua escassez e futuras de suas raízes  matéria – prima e a descaracterização de valores: Organizacionais sociais e culturais,   metas objetivas na região de perspectivas pela defesa da vida.

 As comunidades científicas da região, apresentam dados alarmantes da devastação ao biodiversa, com temáticas que agregam e aprisionam e centram áreas do conhecimentos com estudos investigativos, monitorados em seus processamentos de controle sendo reproduzidos sistematicamente, em peculiares detalhes de todos os cenários e como pano de fundo completo em regiões específicas: Floresta Amazônica, e outros. Dados enfatizam declínios muito relevantes e amplos de todo a cadeia do bioma/ecossistêmico, em desequilíbrios proporcionais, de área (km2). Estudos ministram e situam ações tradicionais de recuperação para preservação de todo eco sistema e outros no País; a conservação, diante de empenhos para políticas com exatidão planificadas; atuação também consciente e ativa de toda sociedade profissional acadêmica, para avanços  nos sujeitos e atores de planejamentos;  gestão em todas as regionais na Amazônia e consequentes terras Brasis.

[Santos, Jusenildes., (2019). A nobreza do povo indígena – À pele vermelha…Cabocla traduz vida! University Europeia Atlantic – Ibero americana. TIC – projetos. Teologia e política – FCP. Docência prática . (Estudos CTGC), UFSC. 12.01.2018]

Mercado e produtos digitais – Marcas e Haskell’s

Abordagem, adentra refletir a conjuntura comportamental de duas ênfases imprescindíveis.  A experiência acadêmica,  detectam e investigam inúmeros formatos digitais sinistros de haskell’s, de formas que situam estratégias sustentadas em combatem incessante, tornando portanto objetivos e metas centradas dispositiva de controles de bancos de dados: Grandes  e pequenos, embora as dimensões reais, reduz e traduzem grandes armazenamentos e memórias na linguagem Big Date, milímetros e nos minúsculos da  ótica e leituras, de residenciais de pequenas partículas digital. Em seus periféricos automáticos, mais habituais de rotinas codificadas, especialmente in loco.

Extremamente combatíveis que requer desenvolvedores de estudos investigativos e exploradores de descodificantes digitais de suas leituras sistemáticas- Programas e sistemas de informação funcional processadas em suas bases – Comunidades por então. Eliminar e exaurir ativamente com planejamentos e planos em circunstâncias regulares de comportamento e movimentação, residem mapeamento com informações instantâneas objetivas sua circulação e garimpos de leituras e capturas de dados informacionais.

A pedagogia técnica- Estratégias digitais

Estudo e mapeamento de comportamento do vírus circulante, ministram dados milimetram ente codificadas em variantes linguagens, que seus desenvolvedores, não qualificam pela divulgação de toda pedagógica utilizadas de projetos de quarentena ao combate. Toda sistemática gira em formatos discursivos de sigilos. A disseminação de informações restringe a políticas de combates e negociação pretensas haskeanas.

Programas e sistemas tradicionais nas dimensões antivírus de grandes marcas no mercado, são frágeis diante da extensão avançadas de haskell’s s invasores e mercado irregulares e ilegal. A programação de um sistema desenvolvido em comunidades, traz uma grande discussão: A exposição programada on line de seus profissionais desenvolvedores, suas óticas ética e compromissos diante de projetos. Uma origem tradicional de sigilo, antes de serem lançados no mercado: Produtos e serviços informáticos. Grandes marcas e gigantes projetos, popularizar se em concorrências de pequenos projetos ilegais desenvolvidos na ótica e temáticas singulares de grandes Software e Hardware. 

Esses voos digitais avassaladores de explosão da informação, nos proporcionam comportamentos estrategicamente manipuladores de outros comportamentos, sob embalos de monitoramento e rastreamento digital.

O mercado livre de circulação e marca

O comercio e mercado livre com formato para cadeias sistemáticas de redes de redes centralizados de circuito distribuídos de informação e comunicação instantâneas TICs, dimensionou direcionou características: Agilidades, rapidez e capacidades em potenciais objetivos e metas de negócios gigantescos. Portanto, que instrumental se de informações e dados, são em vantagens na concorrência e volumes de lucros comercializados, computando letras e linguagens, em moedas digitais.

Os contextos sólidos,  de experiências codificadas integradas para sistemáticas de combatem e neutralização institucionais de redes de redes e ou organismos setoriais em áreas do conhecimentos disciplinares e temáticos em suas missões objetivas bases de pesquisas e centros de investigações e estudos, que trabalham no mundo, basicamente unidades de pesquisas acadêmicas privadas e públicas, uma residência informacional, carente de grandes publicações de instruções e orientações prévias e discernimento de combatem diante dessas políticas casada, ante ética entre: Integração e avanços inovadores de sistemas de informação subliminares estratégicos legais regulares de grandes marcas e Mercado ilegal de haskell’s. Circulando e transitando nos mesmos periféricos e estações de negócios. Diante destes, visivelmente, desprotegidos:  Regras digitais, leis e normalização de marcas e fiscalização legais regulares. Sobretudo de profissionais formais com reconhecimentos profissionais regulados, até mesmos, sem monitoramento de suas reais ações éticas capaz e competências em demanda ativas legislação institucionais. Esses profissionais desenham planos e projetos em arquiteturas digitais, é não tem: a) Apresentação legal e codificação de profissional ligando área e mercado de atuação; b) Reconhecimento profissional de atuação, mais de grandes marcas corporativas AS na área; d) Recolhimento de grandes potenciais salariais; e) Níveis superiores e técnicos em mesmos nível de reconhecimentos de políticas ilegais de atuação profissional. E etc. O desenho panorâmico e pano de fundo, somente temos, uma polarização de desorganização de um mercado legal ético, com todos os potenciais legais para atuação e comercialização. 

A tecnologia ante haskell’s  

A cada lançamento de inovações tecnológicas no mundo de negócios no mundo TICs e SI lançados também no mundo digitais: Cópias piratas, é haskell’s para combate, ou reiterar a força legal de sua produção e disseminação no mesmo mercado legalizado, portanto negro. Abrimos uma interrogação de forma que a indagação permite nós a: “A redes de redes e mundo profissional e suas atividades e desenvolvidas digitalmente, tudo é permitido, em sistemas e programas informacionais? A era Contemporânea, séc. XXI circunstancialmente o mundo digital, a nível de detecção as flechas e aberturas, apresenta se um percurso de trânsito altamente combatíveis de regras possíveis de desenvolvimento de utilização de ferramentas e sistemas abertos, principalmente redes sociais. A comercialização de informação e trânsito em avanços integrados, não ocorrem a redistribuição de quitação de serviços, onde o mundo www, é livre e aberto basicamente gratuito. Mesmo com dispositivos e formatos de sistema de manutenção investida financeiramente. Outro fator, de baixa o comportamento de vírus invasores programável instantaneamente via monitoramento remoto no circuito paralelos de vizinha bluetoohk, se escapes de permanecer ou não ativado. As leis jurídicas e l3gis interna e externa evidenciam futuro seguro, mais o comportamento das influências externas financeiras, demandado comportamento digital do homem em suas relações simples, não caracteriza se evidências tais dependência exclusiva e holofote situado.  Dentre pontos positivos de assinatura em um layout de site, avisava e sitiada que originalmente Copyright, indicava direitos reservados de autorias, que notificações não qualificam apresentação e identificação para modificações e atualizações, automáticas de um sistema e ou programa via Software. Sobretudo eixos aos contextos digitais, dão acessos à espaços em nuvem, que estarão à deriva e permitidos, e perdidos. A exemplo: Um sistema de busca geoprogramado, dar uma solicitação de entradas aos bancos dedadosy ou x, por autor, tema ou palavra, é até assunto, e o Banco acessado, percorrem redes e acessos de nenhuns eixos de positividade de utilidades as respostas, totalmente descartáveis imediatamente. A presença de mundo instantâneo de programação, sua função não apresenta comportamento legal, para todas ações cibernéticos. Afirmamos que:

  1. O que ético digital? É permitido?
  2. O que é ilegal? Precisa de regras renováveis inovadoras sempre?
  3. O mundo Business e seu comportamento, precisa de leis?
  4. Blog s pessoais domésticos e de grupo organizacional, precisam de legis diferenciadas?
  5. As comunidades tecnológicas de desenvolvimento em pesquisa e estudos digitais, necessita de código ético funcional único;
  6. O mundo acadêmico de educação, ensino, pesquisa e extensão em seus objetivos e missão, na proposta de formação profissional e seus reflexos para comunidades e sociedade, tem cumprido a essa conjuntura e overdose de perigo, para ação profissional de futuros profissionais e sua politização de cidadão?

Pontuais indagações emergem, mediante discursos e debates calouradas de facetas de fóruns comunitários, conversas on line, videoconferência temáticos instantâneos virtuais de ambiente – AVA. Comportamento com caracteres pontuados de rapidez e agilidade na pressão de e compressão de dados digitais e minuciosamente no toque de dedos. Esse comportamento tenebroso e estranho, corrompe e atrapalha vidão de indivíduo e índole de um ser. Atrofiado todo caráter humano e virtuais que o mundo digital, nasceu para ajudar na comunicação do homem moderno, é a frequência de distância diminuta e reduzida, entre emissor e receptor. 

A robótica será a mente humana?

O comportamento, vem dando nas essas performers de comportamento em situações, grupos e sociedades. Esse futuro, será a mente humana a robótica do futuro? O homem será máquina? Terminantemente improvável pois este ambiente sobressai se: Vida natural, alimentação regulada e necessária mantida, sistemas de necessidades básicas executada biologicamente, a respiração e aspiração do ar mantidos, é outros eixos BIO naturais seguros. O homem não será máquina e nem mente robótica. 

Programação e manipulação instantânea remota: Redes sociais e sistemas e programas com sistemática virtual digitais .

E pensante prof. Fez uma antítese: “Quem quer chegar primeiro, espere menos, espere mais; pense diferente; é – exponencialmente maior? E O FUTURO presente onde as características diretivas, pela corrida hiper concoorrida reza e nos dirigimos os rumos, fazendo e usando e utilizando recursos infinitos e instrumentais de escolhas com detalhes e perfis livremente possíveis as nossas coordenadas a serem trabalhadas, num ótica referenciadas em nossas características e condutas firmes de decisão e análise para apoio circunstanciados para evidência ao desenvolvimento proposto em questão inserida. Neste reside o diferencial comportamento profissional individual ou privado…” Ideias…visão e oportunidades singulares com ética e competências sempre”.

Mas os formatos, abalados que determinadas comunidades e Inter relação instantânea remota,  desenvolvem comportamento cibernético peculiares de pseuda suportes em manipulações com enfatizantes características legais e ilegais também – A portanto circunstantes sistemas de atualizações de dados em sistema legais carregados de X ou Y pacote num detalhe ou perfilados, manipulados positivamente para avanços e aprendizagem em ensino e outra referência em responder entraves e impedimentos de barreiras construídas, ou em solucionados integrante adensada  aos sistemas de informação regulares. Que não o serão para sinto digital. irregular, os famosos Haskell manipulacion, com gabarito torrencial de códigos em linguagens para agirem em comunidades para atrapalhar e ocupar o espaço, com certeza de sucesso. Esse mundo manipulacion, pontua a leitura, que satélites de satélites em redes permitem, pra TICs e conhecimento.

Essa informática, e os considerados Softwares e Hardwares no séc. XXI, entornam eixos e congruências criativas competentes, trunfos paralelos: Legais e ilegais de marcas tecnológicas digitais. Uma contradição de outrora, objetivos centrados para encurtar e diminuir distâncias de comunicação e informação do homem moderno e pós que veriam. A tecnologia de recursos móveis contemporizadores de controle remotos, que são formatos e performances de construção auxiliante artificial de infindáveis produtos e serviços catalisadores de soluções ao ser político organizado e social – O cibernauta. 

As regras de condutas, suas legis para movimentação e trânsito  cibernético digital, asseguram concorrência  diante das políticas pluri e multi diferenças de comportamento e ações diversificadas, oriundas de um liberdade, que não traduz para banalização de trabalhos e competências e suas criatividades, o respeito condiz, a super responsabilidade para valorização de cada um e área disciplinar. 

Mutação instantânea remota 

Podemos afirmar que a inclusão digital, traz e mudar comportamentos, diante de entornos exigentes de expertise para transitar livremente, apodera se de capacidades e habilidades imprescindíveis para movimenta se é dominar circuito digital informatizado. Que significa dizer: Todos podemos aprender e ser um programador e analista de dados, artificialmente no embalos de sistemas de informação em participações de grupos: Fóruns,  nas trocas de ideias, pesquisas, sistemas de buscas, plataformas de desenvolvedores, comunidades de redes e outros perfis de internautas, porém  as leis e legislação não desenham as regiões possíveis para atuação entre: Profissionais e expertises espontâneos e suas dimensões e monitoramentos. 

Os desafios informacionais e comunicação em um universo digital, é na proporção de difusão para os instantâneos trânsito e comportamento atrelados aos objetivos: Mercado cambial de valores e suas políticas comerciais de transações vai continuar imperando ao comportamento humano, puramente oportunista e lucrativo especulativo? E pré-requisitos éticos e morais de condutas? 

Projetos desafiantes de oportunidades e ocupação laboral, também dar consideráveis tradutores de idealistas e visionários instantâneos momentâneos, sanar necessidades de consumo a priori. De forma que negócios pequenos em controles técnicos de comércios abrem estes espaços situacionacionais propícios e seus dispositivos funcionais de momentos: “Pegar e alargar”. Desencadearam imperativas propostas de perspectivas: a) Comunicações autonomias em redes controladas por grandes Software de MARCA, como Google, Facebook, atrelados avanços integrados de programas e carnais em redes sociais, abrem espaços e ambientes virtuais: Sites Business, domésticos pessoais, comunicações retratadas, é etc. 

Um avanço espasante que seus sujeitos e atores são mutáveis diante de um universo infinito de transações obscuras e bote final de condutas para Haskell, que terá que desenvolver soluções de uma suposta expertise canalizada  de garantia oportunizantes, uma pseuda solução e magias  digital de códigos de descodificantes linguagens e sistemas remotos…Desafios na dinâmica,  para fazer mover codificação para funcionamento ativados X ou Y problema de linguagens ou algarismo desafiante, em grandes dados, a perspectiva da conexão interlocutora de aprendizagem também imersiva oportuna. 

Tempo, alargado, invadido a horas, a fios e demanda para programar o mundo digital, é manipular de informações desejadas programável e desenvolvida aplicada, é objetivando resultados numa resultante, é comunidades inserido O dualista introduz a resistência acessibilidade de dados, é em minúsculos instalados segundos, combatendo e destruindo suas metas, dados e códigos.  Os passos agressivos, pois assim comporta se os haskell’s toda linha de conhecimento digital, para facilitar sua permanência e vida inserida na base e rede. Um cérebro pensante para agir instantaneamente, com captante e poder ilusório, destruidor. Esse futuro de programadores oportunos desafiadores e imutável poder, em TICs traz inovações para o mundo On line e um futurismo, perda e visão objetiva de cibernauta e conexão para aproximar mais vias de comunicações e informações e excluir e diminuindo consideralmente suas distâncias aneladas em relação pessoais. Os eixos e afluentes nestes contextos, onde espaços AVA e físico Quântico, dimensiona metafísica, é o mundo oculto do espiritualismo. 

Em linhas conclusivas, acreditarmos que existem duas linhas visíveis  destacadas nesta reflexão do mercado e empreendimento empresarial das TICs :  Produtos e recursos em ferramentas e serviços ilegais digitais perspectivo e tendencioso; a) Legal e sua legislação interna e externas entrelaçadas e interligadas em sua normatização, principalmente de Marca, entornos de público ou privado monitoramento em funcionamento ativo político ministrando  nas  relações bilataterais  de suas ações de comércio em pautas de tratados e acordos as negociações.  É devassaladamente livre e aberta expostas a uma  especulação e de seus mercados, na ótica de níveis de qualidades mínimas; b) Desleais comportamentos  para com seus investidores profissionais de grupos e  ou domésticos individuais em percentuais e características econômicas e sociais diferentes, é um comércio popular desvantajoso, corruptível e desqualificantes da qualidade normatizada  de uma  pseuda marca de seus negócios comercializados e mercado ainda que livre, mais legal.

[Santos, Jusenildes., (2019). Mercado e produtos digitais – Marcas e Haskell’s. University Europeia Atlantic – Ibero . Tecnologia da ciência e Informação. Teologia e política -FCP. Docência prática, [Estudos CTGC – UFSC], 02.03.2019]

A gratuidade de amar – Semelhantes ao Pai: Assim não somos secularização e sem o Criador!

“E, por eles, a mim mesmo me santifico para que sejam santificados na verdade, [Jo, 17,19]”


A mulher, o homem não é uma criatura absoluta. Mais um ser imagem e semelhante no Divino criador, que dotou – nos de especial identidade N’ le, no Amor, e de forma especial , temos capacidade de ser pensante, criatura que divinamente criada entre outras : Dons, talentos e virtudes especiais(Cada um), que podemos lapidar, de jeito em desenvolver – Los, aperfeiçoar -Los e preciosamente aludir luzeiros no Espirito Santos inspirador, dando a nossa característica aos carismas, cada vez mais, para amar e servir ao próximo(a).


Portanto, somos capazes, sim… mais não e nunca absolutamente, aqui permanecemos numa estima de vida curta, e cada instável presença. “Somos missão, não estamos em missão, (Evg.2019)”.
Amar a Deus, aos próximos, como a si mesmos. Não exatamente aquele distante…. sim mais os que estamos bem juntinho.
Amor, por si, valorizar – se é amar se. É importante e essencial. Quando não refletimos estima de por si, portanto refletimos estima de amor por si, ao próximo não extensão semelhante outro(a). Amamos e reproduzimos, não Los particularizar, de amor aos irmãos (as). Isso “Eu” faço! este não! permito aqueles! e aí vãos as formas de retribuição de amor naturais e simples, e não gratuidade, semelhantes a Deus, [Exame especial que devemos rever em cotidiano].
Cuidados peculiares, atenção, aos cristãos(as), devem reproduzirem para si e adota – Las. Agnósticas para introjeção não Cristianismo centrando no Amor. Portanto pagã, de influência na cultura cotidiana do pensamento atual – Mentalidade, numa Aculturação aberta a nossa, e adesão para objetivos e projetos pessoais, no mundo e comportamento católico Cristão. Precisamos discernir, ao participamos de eventos e acaloráramos estimas e tomar posse, sem minuciosamente: Pesquisar, buscar estudar e aprofundar muitas temáticas em circulação da informação e comunicação. De preferência em bibliografias de pensamento Cristão Católico Apostólico Romano, mais consideráveis oficiais, a exemplos: Catecismo Igreja, Encíclicas, Direito canônico, Documentos diocesanos, e sobretudo a palavra de Deus – Bíblia Sagrada.
Esses projetos de auto – ajuda, geralmente, possuem estes determinantes e objetivos de introjeção formação cultural motivacionais, filtrar se faz urgência e rigor, aos evangelizados, mesmo não sendo praticantes, mais imbuídos da fé, num Deus Trino. Muitos cristãos(as), perdem a fé, principalmente, quando as energias dela em si mesma, esvai – se, e nascente em si, morre, ou decai -se em ausências tragadas pelos intemperes também de comportamentos e pensamentos pagã, segundo a palavra, não são os frutos do Espirito Santo, mais controvérsias a porvir a serem geradas em nossos relacionamentos de família e ambientes presentes, fiquem atentos, pois: Contendas; ciúmes, invejas, adultérios, intrigas, brigas, etc. Não condiz, inspiração divinas, mais malignas. As práticas de cultos, pertences, amuletos, orações de simpatias, e outras. Não são práticas de cristãos e batizados enquanto evangelizados de comunhão com o corpo místico de Cristo. Devemos banir, rejeitar e exterminar – Las. A oração de São Bento…” O cerco de Jerico, uma recomendação prática procedidas.”


Portanto, nossa semelhança e imagem em Deus, num gratuito auxílio no Espírito Santo, que a ressurreição nos permite no Deus vivo. Lá está nossa Páscoa [Vida nova], alimento, e fraternidade irmanando – nos todos os dias, e esperando adequando espaço primeiro – A oração pessoal e intimidade com Deus.
A volta de Jesus triunfante, será a morte de pecado galgadas de conversão – A mudança de vida em Jesus, a rotinas próprio Deus. A exaltação do Reino de Deus. E então da não morte, mais vida eterna. Isso, a profecia do Reino no amor, Jesus se fez homem, mais não sendo um de nós, mais no Pai. Mais também, a palavra A.c afirmava: “Será rejeitado, entre os seus, por causa da introjeção do pecado em nós. A fala, o ladrão bom, pergunta, ao lado de Jesus: “Lembra – te de mim, Senhor”! E outros diziam: “Não é Deus, desce – te da cruz” – O que todos não imaginavam, as evidências da falta de fé e respeito, fez traduzir a identidade profética do Salvador. Os efeitos naturais: “Os céus rasgar de cima a baixo, trovões, relâmpagos, e a Terra se abrir …” E Jesus expirou – se. “A ti Senhor entrego meu Espírito.”


A contestação e desejo: Seria o libertador político do povo? Que não aceitavam o Império romano, e Governo de César. Ao contrário, Comunidades de Jesus, nunca negava, seus Governantes; as leis; as práticas da cultura profética á Moisés; a moeda; os impostos; Jesus as observava; e respeitava muito bem. Principalmente, e inclusive mesmo perante comunidades, que tinham adotados batizados enquanto discípulos em conversão provindos de seitas (Fariseus, publicanos e outros), que Paulo, discernia em o bem/mal, vestígios de “homens e mulheres” velhos retalhos de conversão, e ainda discutia com conselhos x ou y, por serem necessários a dotação de práticas de purificação, a exemplo a circuncisão, para atos de rotinas da administração comunitárias, todos tinham responsáveis postos ativos. Que assim fossem feitas suas práticas de misericordiosas, e outras. Mesmo, quando instruídos Irmãos e discípulos não queriam seguir dados contradições do tempo social e político, e questionantes motivos inquietantes, testemunho de Jesus mantido. “Bendito seja o Senhor a cada dia. Ele cuida de nós. É nosso Deus salvador!”
Um exercício de amor, [Pf,147], Nossa Senhora conhecer – LO e em Jesus, a contemplação e meditação no amor. A calma graciosa e harmoniosa com simples ações acolhimento nos aconchega – nos em nossos louvores, súplicas e agradecimentos, completa-nos os cuidados e zelos do Cristo vivo. Nossa Senhora rogai por nós!
“Jesus vence a morte, e é glorificado com a volta ao Pai, Jo, 17,1”.

[Santos, Jusenildes., (2019). A Gratuidade de amar – semelhantes ao Pai: Assim não somos secularizados, sem o criador. – UEA – Ibero – Teologia e Política – FCP. Docência prática – CGTC 01.06.2019]

Vida cristã e comunidade – Identidade e completude: Sexualidade e amor no Santo Espírito.

“Não desperteis, não acordeis o amor até que assim, se faça, (Ct – 2,7).”    

A intrínseca Inter relação Divina e entre humanos, encontra-se centradas teologicamente com suas vidas, ligados e dados as raízes dos conhecimentos a Divisíssima Criação – Criatura homem e mulher “Cistela” unidos pelo sono em princípios e fundamentos – Homens e mulheres, não o encontro dos laços afetivos da sexualidade ser completo: Em planos do amor – Ágape, filos e Eros, segundo história da civilização Grega primórdios A.c – AT. No Espírito santo, o mistério na descoberta do amor nas três sintonias dimensionadas Divinas, faz -se, sem círculos dos egos e indivíduos, mais das graças e da relação de luz. A assim unidos na graça da graça, início do amor, no espírito. As emoções, e paixões, não são ilhadas, mais em harmonia com valores e virtudes em seus dons. O composto, dar-se pela harmonia sincronizada entre irmãos.    

A sincronia cultural e histórica

A sincronia do amor – Precisamente na dimensão da sintonia em Ágape, a cultura herdado grega, a descoberta de que Deus é identidade em Ambos. E iluminados, clareia vidas – Acendendo a luz do amor. O Senhor é a vida. Filos dimensiona, essa filiação de filhos (a) no Pai, idênticos e fraternos enquanto humanos na pureza de castos, irmanados e sem eixos de contradições, ou percepções de desconfianças, confirmações de fé comum. Afirmação com seus entes de vida e fecundos provindos de C o – criaturas pais terrenos – Pai e mãe. Essa raiz de completude filiais na divindade enquanto filhos (as). No amor ágape identidades de Deus, e filiais de filhos(a), do Pai, e nesta dimensão, no Amor fecundo, Eros e sexualidade de proximidade se funde -se no amor completude do integro dos seres de humanos, bem fecundos, que anelos em união nos eixos da sexualidade, engaços e conjunto. A fusão intrínseca da fertilidade de H – M, nas dimensões do corpo reprodutor feminino e masculino distintos, acontecem naturalmente e biologicamente a preparação do corpo, para um receber o outro(a), que se encontram férteis, e afetividade próximos,  pertença de Deus,  e anelos dos encantos e carinhos, abertos na graça e confiança de ambos, e compreensão a “completude infinita” . Um momento celebrado e Sagrado de carne da minha carne, sangue do meu sangue. Batizados na escolha e escolhido, a fecundidade preparados, para plenitude do corpo  BIO, a concepção de amor, dar – se a fecundação, ou ao poder natural Divino do corpo feminino e preparado fecundo e esperma (gerindo) ao óvulo  de expulsar aos nãos  fecundos e estão maduro; percorridos, o círculo presente preparado e capaz, para ao seio central, do corpo feminino ao  concepção princípio da vida.[Testemunho, de mulheres contrita na castidade, que conhece, seu aparelho feminino reprodutor e sua reais instancias de ovulação mensal e etapas de transformações que acontecem ao longo da vida, bem intima, sabe muito bem quando contrai se  concepção, se preparada estiver internamente e espiritualmente] e tal qual o aparelho reprodutor masculino, também conhece-se profundamente, e que ambos, no planejamento familiar esses identificadores e sinais, bem situam a projeção Divina e sexualidade de casais, que não somente carnais naturalmente, essa mutualidade, soma-se e, exauridos seus egos de indivíduos, mais de casal. Unidos na carne, para o luzir e unir em central teológica de si, num todo.

Cânticos e a sapiência em exegeses

A concepção entronizada Cristianismo – PF, o livro Sapienciais, em seus encantos de “Cânticos dos Cânticos”, enaltecem aos noivos, desde primórdios em linguagem de analogias para apresentar uma leitura aos casais: “Não vos preocupeis e nem despertais o amor, enquanto não chegueis o momento”. O fecundo, de servir e amar ao próximo, que significa, negar e abraçar as relações do amor – Ágape. Filos e Eros. Tormos – nos integrados, na condução natureza do amar. Mais distintos, as nossas de escolha e vocação e estado de vida.

Exegetas , acentuam estudos, em que, O cântico , celebram a intimidade do desejo humano, e íntimos com Deus, em conjunto, celebrados os “apelos e súplicas”, que exortam e enaltecem á mutualidade  intrínseca de completude humano, se mulher + homem, ao diferente, mistério em Deus traduzido e superados, no encontro apelo fiel segue aos ensinos e instrução ao matrimônio(A paridade de anelos enquanto natureza viva de Ser), Criaturas divinas – Escolhida e escolhido, e celebrados entre ambos – Os ritos centrados em Deus, com celebrante ao ritos Sagrados, para Consagrados e abençoados por Deus, sob benção, em testemunhos de familiares de ambos e amigos, sob a tutela de padrinhos,  sinalizando, testemunho, de acompanhar e auxiliar neste percurso de cristãos na caminhada , por exemplo.   

 Gênese e a criação – AT

Os laços legitimam a necessidade entusiastas, e valores do amor de Cristãos humanos. Adentrando refletir, que as buscam e sentidos profanos, este íntimo de anelados, não é somente ante amor divinal, uma vez que Deus – Selou abençoou, as  escolhas do par e escolhidos –  Cístelas no  encontro místico em Cristos, matrimônio enlaces, e preconcebidas aparentemente menos, como procriados do que como associação afetuosa e estável do homem e da mulher, (Gn 2,18).

JavéNatureza do homem, relação de patriarcado

Em plano adentrado delimitando existência comunitária e social, perante concepção, a exegese com fonte exortado do Javismo e sociedade da Teologia de Deus, em Jeová – Javé – Javé, na relação do humano com Deus – Na presença do homem patriarcado, íntimo relacional. O povo Judeus, Deus e natureza do homem, aos Cananeus essa cultura acentuam – se Canãa: Cidades, lugarejos, aldeias e centros, os entornos, afirmam-se a ligação que flui em ao leito do Mar Mediterrâneo que influência a relação Criador e criatura. Impulsiona comunitariamente e seus agentes sociais, e no contexto de cultura dos Cananeus – Iavé, este social comunitário  e comportamento, a vida e sexualidade, projetava  e acentuam-se em sociedade, a imagem das relações, em   divindades da fecundidade, situando uma normalidade com aptidão e com dimensão em parâmetros  de considerações com a fé, crenças e atitudes, virtudes, aos reais contextos sadio, ou seja naturais . Neste intrínseco conceito e humanidade e humanos, e contínua no processo civilizatório a temática em outros textos e documentos AT, (Gn, Davi, Liv). De Tobias em relação adiante com infinitudes na linguagem e exortantes em Cântico.

Essas intepretações, afirmadas de alguns estudos teológicos de exegese, de escritos das espécies de gênese documentais, AT, seus contextos afluem para assinalar temática: Puritanismo (Exageros ou e ignorância a pureza, e não castidade e vida indivíduo acentuados), e no sentidos com concessões em direções do erotismo ( provindos da provocação humana da relação com certa insistência de erotismo assinalada ao másculo e fêmea, nas relações de natureza e eixos de exagerados, não da descoberta do outro). Demarcam entendemos, os exagerados eróticos, que permeiam acentuantes comportamentos egoístas, preestabelecidas em cios entre animais irracionais, mais natural, que natureza enquanto humanos. Estes preâmbulos dados: Se tentados, seduzidos e miragem do corpo objetiva e das inclinações abertas, sem sintonia Divina, mais carnal.  No espírito luzeiros no amor, e não intentos de “objeto de desejo”, estes contentos e atentos sinais, da antiguidade cultural, presidem cultura da personalidade humana. Que não devemos permear acentos da preocupação. Afirma-se a natureza H e M, acendem essas exegeses críticos conceituais em que livros Sapienciais: Conhecimentos de conjunto cultural (Documentos), classificados, por delimites sapientíssimos – Sabio, sapiente, numa erudição, raros e detalhes conservador e valores virtuados, nos dons a diferença, do clássico e básico, [Dic…,port, 2019]. A cultura de cananeia, erudita e intimista nas coisas divinais, entronizados em vida. AT compõem em 08 (Oito) documentos, atenuantes em: Jó; Provérbios; Eclesiastes e sabedoria; e avanços religiosos e culturais e na espiritualidade, posteriores acrescidos, não iguais situacionais cronológicos aos tempos, mais adensados e ligantes continuam relação com a própria cultura: Salmistas; Cânticos e cânticos poéticos etc. Mais que afirmados, agregam na fé e conhecimento na humanidade e comunidades. Em tempos A.c., a leitura do comportamento antropológico AT, aos escritos Tobias e Baruc, a literatura e seus contextos literários permanecem extraídas na sabedoria. Em acima tempos, os povos Sumérios, o hábito da escrita e encontros individuais textuais de registros, com analogias, pedagogicamente nos Evangelhos anunciados ao público, em caminhos da verdade e evangelização, anúncio com raízes: Provérbios; fábulas; e poemas, situam compreensão dados as demoras e suplicantes a superação aos impedimentos e barreiras a felicidade – Harmonia do bem, distante do mal, com exortação, de      momentos difíceis  e grande desânimo  e     tristeza do homem.  A região da Mesopotâmica, adentrou a Cultura Cananeia, onde Jesus vivenciou, e fez milagres, e afirmou ser o   amor: Plano de Salvação, como ao Caminho, Verdade e vida.

Bíblia Judaica e PentateucosTorá 

Em contextos teológicos, a Bíblia Judaica, reúne em conjunto Pentateuco, é e chamado a Torá, são prescritos que regulavam agregação e união a: A vida moral, social e religioso do comportamento cultural antropológico inseridos em comunidade. Concebe-se intepretação, devida a uma relação intima com Deus, e fortemente contraditório e contradizendo essas contextualização, aos sábios , o exercício de Deus centralizado na vida dos humanos, compreensão, na claridade de fatos e acontecimentos de relações humanas e divinas com calma e paciência, o invisível ,    torna-se visível, que para outros, não acendem, devidos instâncias, em que se encontram num plano: A vida moral,  social e religioso de povos Judeus, provindos da vida Judaíca, afirmados de exegetas, em origens culturais e dos conhecimento de uma literatura Pentateucos, tornando -se legislação, sob desígnios  de Lei, que escritos de Judeus, então reguladas no completo – Um todo: Preceitos éticos e morais; Sociais no religare á Deus.

E a concepção  exegética, no exercício de investigação e estudos em PF e científicos, no olhar da fé, centrado  Deus – Teo, esses periféricos referenciais a informacionais no desenho histórico, que acenderam á sapiência da sabedoria, que demandam  escritos, e afluências de sábios que procedem as mesmas: Sacerdotes, os profetas, e estes, (as), outras faces da pirâmide e sociedades, de acessos ao conhecimento em Deus, não acendem compreensão dadas ao ser humano, em que época e conferencias, situam PF do Cristianismo católico Apostólicos Romano. 

EE, o exercício disposto e abertos a orientações e revelações intimista com Jesus, bases PF iniciais de S.to Inácio e comunidade, e seus estados de vida, a prática de escritos, uma fonte importante e essencial de formação precisa primordial – O caderninho de anotações  e seus acessórios assistentes, sem fim dados a continuidade de caminho relacional com o Senhor, sem apostos por herança cultural, com os cananeus e ensinos, que com certeza ajudam a compreensão de acentuados em Deus, e as contradições no eterno,  e não nas confusões, para invalidaz, ou  neutralizar espaços divinais.

 Vida moral, social e religioso

A inserção da M e do H, na sociedade, numa espiritualidade aos contextos centralizados em Deus, a permanência em doutrinas e ensinos,     encontra-se o Matrimônio e enlaces de amor mútuo, que abençoados , sejam abençoados, vivência a contritos em bases para Cristãos, orientados na fé e contornos sociais para prontidão acendem neste, mesmo caminho, e assim permanecer, não é afastar ou negar, as mudanças de religiões e vida familiar, é conjunto de construção em Deus. PF Cristão, construir em consagrados em Deus: Caminho que tornemos – Nos Sagrados, dedicados a Deus, no amor ofertados dia á dia, por escolha, converter sempre para manter, nesta escolha mutualmente construtores legitimamente em Deus (Ambos) e testemunhos entre si.  Em sentidos: Erguer; Edificar; Fecundar e Produzir (Mútuos), em alianças em ritos do matrimônio – Um coloca o sinal e luzeiro, ponto de única e primeira – O amor, é rito de ambos e não de sociedade, onde a mesma.

Testemunhar, orando e confirmado a bençãoA  graça do momento.

As contradições de consagrados em matrimônio, para parceiros, uniões instantâneas, certos ritos não existem, e nem apresentam ou tornam presentes, mais pontuais contratos com celebrações e cerimoniais festivas, e não consagrados, que faz parte de casal – Um e outra consagram -se a Deus, o momento inicia e vida. Achega – se em formação e conhecimento em Deus, e vida de caminhada, não é numa será em contextos apressados de calores apaixonados decisivos, enganamos, na performaces de que não podemos ficamos sozinhos ou destorcemos o sentido de despertar o amor, na caminhada de preparação de construção de vida anelada em Deus. Um espaço de 01(um) mês, uma semana, uma vez se conhecem ou estaremos ou estamos preparados. Enganamos – nos, pois o processo é construindo passo a passo, num sentido de consagrados em Deus, e no Espírito de descoberta na visibilidade afetiva da sexualidade e em Eros, no Todo – Sexualidade de si [Conjunto].

As contradições de profanos, pagãs de seleções e apressados casamentos, pautam com extremos e estatísticas de: Adultérios; Crimes com mulher e não cientes cristãos de matrimônios e apelos inconscientes de extremos inconfessos desafetos de casamentos, aparententemente e somente unitivos por bases direcionados por alternativas inseridas aos apelos de sobrevivência social e financeiras,    que convergem consonâncias sociais de pares ou as relações abertas,  ou e parceiros aparente ideologias de vida ou corrente, emergentes emoções e comportamentos aos impasses e impedimentos reais de felicidades, e posteriores enfrentamentos ante realidades e aspectos situam apresentados, totalmente personalidades despreparadas e incapazes, e aos fortes acalorados  desilusões construídas –  o desequilíbrios a força X inferiores vidas e corpos femininos para  desalentos percepções reais posteriores contínuas e contraditórias,  potenciais – explodem agressões e “Feminidios”, índices alarmantes de crimes e desamores. Entre tantos pontos de consensos á estudos em comportamentos da personalidade, investigadas e acompanhadas, em aspectos como: Uniões e casamentos; A somatização de problemas em família não conciliáveis entre ambos; Ciúmes e infidelidades; Contra – censos financeiros planejados, e não; E etc.    Para   novas relações de família em instâncias do “Heteros e Homos”, pontos  contraditórios ao Evangelho, mais compreensão dos laços humanos, que iniciam faces a laços de afetividade, e respeito: Aproximam e partilham famílias e vidas, que se contradiz com sexualidade entre homem e mulher pelo dom da vida, e fecundidade,   sentidos da união para matrimônio, e natureza de fecundos, no amor.  A união afetiva, não  condiz percorrer e realizar sonhos que se  apresentam biologicamente e “possíveis caminhos” socialmente civis de partilhas de vidas e que contém ensejos por aneladas concepções de família, devidos aos apelos da natureza   e criativa fecunda entre si, não germinada e impossíveis, e chamariz aos apelos sociais da sociedade em mudanças de desagregação de família urgentes, que mesmos a vida afetivamente unidos, o conjunto e personalidades formativas,  de “pais ou mães” emergem cuidados e vocação e nem todos(as), possuem ou  têm a contrição opção e escolhas, centrada aos incisos sinais do Livre arbítrio,    em  que Deus no Evangelho  de amor, as contradições não devem existir,  e que Jesus de testemunho vivo, capacitam – Os (as), aos  silêncios e íntimo  ao conhecimento de  Deus, e direções a construção “Reino de céus” – Plano de salvação as contrapesos mundanos, e sim divinos.  Precisamos resgatar valores e virtudes, nos “formar” em Deus espiritualmente e psicologicamente que: Sexualidade; Afetividade e Genitalismo, existem e situam em conjunto numa personalidade, e cabe-nos discernir dentro si, sua reais e profundas percepções a contentos, sem desequilíbrios e carências, pois causam muitos sofrimentos e desalentos aos comportamentos exigidos de retribuições de amor,  bem definidos em si, e a falta , ausência em comportamentos humanos, Contemporâneos   em tempos   atuais:  Em adolescentes, jovens, e caminhos maturidades prontas e humanas.

A natureza contrição matrimonial, aproxima – nos para caminhada, não é e nem será em contextos apressados de calores apaixonados e empolgantes e distorcidos no sentido do despertar do amor, mais preparação formativa espiritual e humana do Ser, para um anelo de vidas que de ambos, todos somos chamados, preparados e nem abertos  laços eternos, que assim consagrados os fazem. Os compromissos eternos, condiz com palavras de força em ritos sagrados proferidas um ao outro [“Eu… te recebo…amar e respeitar…na alegria…tristeza…até que a morte os separe eternamente…”], em celebração rituais de ambos, e celebrante consagrado para conduzir ambos, neste “- “Selo de Cristãos” – Consagrados e abençoados.  

Quando a graça do matrimônio, alimentada nos alicerces da comunhão de ambos e Jesus aos apelos e necessários em abastecer: A alma e espírito para não sobrecarregar e corpo, passos de intimidade de família e casais com Deus, uma rotina indispensável de consagrados no matrimonio e relações em discernimentos encaminhados. Sem este sustento ao alcance de vida consagrados ao Senhor dia a dia, ano…ano, …impossível crescimento espiritual de ambos em um, e a individualidade de ambos (Mulher e homem), em Deus. A cartas de desquites e divórcios representam em litígios violentos; Genocídios; Suicídios; maquiavélicos crimes bárbaros; e exauridos e alongados processos de divisão de bens e família a fios, por vezes sentenças e penais criminais traumáticas finais, o quanto nada restou de amor e fecundos proles, mesmo com, de Matrimônio e quebra de alianças.

Se Deus abençoa, não separa. “O que Deus uniu, o homem não separe…” Os filhos, sangue do meu sangue, carne de minha carne, é visível no mistério da vida de ambos. Jamais se apagam com separações e cartas condescendes, pois é sagrado, somente a morte. As regulações civis, e leis, situam pela separação pautando impedimentos de sofrimentos sequenciais sem aproximá-Los e outros ensejos aos “adultérios obscuros” e ligações civis ilegítimos sociais e relação a contentos. Mais conscientes nubles antecedentes a preparação, ritos sacramentais infalíveis – Morremos com o sinal de consagração divina, e mistério ressurreição.  

Quando se apresenta mídias de informação e comunicação, por dados estatísticos elevadas de veredas a cartas de separações, afirmações de violências domésticas de litígios amargos e sofríveis entre ambos. Questões e problematização afirmam-se Deus, em Jesus Vivo e vida de casais consagrados, desenham quadros: “Deus de discernimentos… não participou da conversa e não houve diálogos familiares e casais, muito menos intimidade divina. Se retornar as origens e avivamento profundos de formação, sem esquecer os registros primeiros – Fotos, vídeos e visita aos padrinhos”. Estes luzeiros e testemunhos vivos e filhos(as), nada significam aos calores do ódio e revoltas proferidas de agressões reinantes, o sal e temperos do amor, em meios entre tantas medidas, em uma analogia, ao tempo para matrimônio nada restou”.

O que é de Deus…, Ohomem”, não separe.

Simplesmente, quem desperta o amor, é Deus, na vida em Deus, apresentado por Jesus Salvador e dom do amor gratuito e livre, mais abertos para a graça de vidas. Fiquemos atentos que: Insinuações; tentações; e seduções, são enganos para discernimentos de caminho, verdade e vida de matrimônios consagrados. Pois estes contornos, eleva-se índices buscas a casamentos instantâneos e parceiros(a), que cessam esperas de sabedoria, e não resistíveis aos apelos aflorados e fluídos de seduções á delícias dos desconhecidos do ser integralidade de sexualidade e natureza, despertada e a pressões egoístas, de um. Apressa – se para e urgentes aos desejos, em que estamos inseridos, se não afirmados cristãos, como PF teológicos e social civil em “visão sabia” a tempos para tudo.   

O conselho eclesiástico canônico e suas regiões, concebem-se direitos e leis intrínsecas civis, aos religiosos, mediante presença de aplicação de situações de nulidades faces a questões   visíveis e invisíveis sem condescendência de futuro, e paridade de amor, para o crescimento de Cristãos casais de consagrados matrimônios realizados e reconhecimentos, mais motivados de processos nulidades – TCEC. Que Objetivos,  não pautam, se percebe anular, mais afirmar que não houve conscientes ao matrimônio e desenhos com leitura da presença em ritos conscientes e embudantes de graça de ambos, mesmos em ritos sagrados, não situados pela consagração de ambos e entre si, mais contradições a priores, a caminho, e ou pôs. Posto inexistente, para conceber “aliança com Deus”, e trocas simbólicas e ícones dela sinalizadas em objeto abençoados e trocados sinal de amor. De fronte e acessíveis considerações, testemunhos e documentos, o tribunal eclesial pôs encaminhamentos de ascendentes conselhos, postergar estudos, e carta de nulidade, cada caso, é um caso e distintos, e não iguais, embora parâmetros discernidos evidencieis, afirmem claramente citados. Posteriores reconhecimentos, ambos, podem e têm autorização, em erguer e iniciarem caminhada com matrimônio, e com formação e espiritualidade, conscientes de que matrimônio: a) Escolha “A”; b) E escolhido “O”, em caminhada e passos imprescindíveis.

A caminhada e passos de casais

Faz essenciais formação e espiritualidade face de construção de vidas e famílias, s que cientes nem todos estão preparados sem esses reais passos galgantes e paulatinos, a visão filosófica da atualidade para apenas olhar  apressado e por vezes da ignorância ao Evangelho de :  Prudência e sabedoria, a conotação e taxada verbalização de pensamento de velho “caretas”   postergada ao namoro “ficar” e permitir -se”, ), para o inicial : “Se não dê certo separa”…Mundo pagã e profano, que tudo por sequenciais desnecessários ao pensamento de falácias,   que as evidenciais afirmam anteriores contextualização e conjuntura de dados da instituição de família em matrimônios e outras situações páreas de mutualidades, consequências a fatores sociais e descontruídas se apresentam e situam problemáticas . A relativização valor á vidas, não subsidiam comportamentos posteriores morais e éticos cristãos e sociais civis   para bases formativas á existirem filhos(a), ou não. A formação direciona diferentes, pois já existem ligação como sinais de contritos encaminhados de uniões; exige-se sábios conselhos e acompanhamentos, que não possíveis aproximações de erros e afetivos de aproximação, por     cautelas, se aconselham sem relações de casal (União), mais aguardar e esperar nutrir o sacramento.

A formação e espiritualidade união

Amadurecer, conceber vocação e estado de vida existe, uma certa possível empolgação para concepção de 2ª união, em sentido de maturidade entre ambos, dados divórcios. Uma realidade comportamental e excelência improváveis, que nega -se tais quais a primeira 1ª.  A verdade de famílias existentes e presentes: Esposas dependentes financeiramente e ou pensões; Filhos(as) dependentes; Pais dependentes; Animais; Bens conciliatórios e outros entornos presentes.  Que os calores da nova paixão e apaixonados, pouco ou quase convivências aos entraves vivos humanos despreparados para tais evidências existenciais, emocionais e comportamentais. Estes consistentes aspectos desencardiam – se ao prolongo e caminhada, e mais ainda e presença de 2ª união e intrínsecos, sérios  contextos de ciúmes, invejas, apelos surpresos de imaturidades, manipulações e sujeições de desejos infindáveis correm em famílias e laços, para negar visibilidade familiares de 2ª presente, por vezes negados aos próximos, pelo desconexo formado de:  “Intrusa(o) e aproveitadora(o)”. E não percepções de esponsal contraídas e escolhas em caminhada de Cristãos batizados.  Justamente sem formação de ambos e família, que se torna fundamental e princípios necessários. Desentendimentos desenvolvem, trilham ambos, grandes embates e indesejáveis maquinações de descrédito ao amor.  É dado ao primeiro, infelizmente, que iniciam contextos que atrapalham o casal, joios se erguem -se, não desejados e queridos. Sérios problemas de totais despreparos de formação humana e espirituais. Infelizmente todos, não estão preparados para acolher “O ou A”, clareza que nem todos ou quase nenhum esteja, conceda permissão e aproximação, sem afirma-se que o respeito humano, deve-se a quaisquer ser humano e independe se. E aí, cabe realmente a vida de cristãos acender a chama do amor em família de ambos, que podem neutralizar e formar os egoísmos irmãos (as).

Jovens, estão preparados, solteiros(as) ou casais? Sem maturidades e ausências de formação na temática e realidade, com certeza, que não, a imagem, pautem, mais e vivenciem, aos sábios postulantes evidenciarem pelas trilhas em forma-se, situar formação a todos – Pastorais de casais de 2ª união presidam por planejamentos formativos primordiais. “Não desperteis …antes que o queira”. A paz, é harmonia. As contradições e mundo contemporâneo sem Deus, não é luz e sim, abertos[ Livre arbítrio ], e as contradições consequênciam  á serias inconsequências sociais, sem orientações morais éticos e Divinos que cabem, aos “sábios contemporâneos” – Aos que tem acessos a informação e desenvolvimento de estudos de questões sociais, depositadas e a serviço da sociedade e comunidade, em seus apostolados profissionais. E nós Cristãos sabemos, que se acaba quando tentamos realmente apressar, onde o Senhor o coloca o “dedo.” Faces e eixos entre casamentos e matrimônios, pela concepção de posse. Ressaltamos a exortação: “Não existe realmente posse em casais, mais aos dons formativos, paulatinos e contínuos de submissão, em sentidos amplos galgadamente, suavemente, onde nascem mutualmente passos e conversão na construção de casal paralelos …não se impõe … e ama-se na medida e sal com temperos e sabores de casais em sentidos Reino dos céus – Plano de Salvação. Maria e Jose figuram em anúncio á trinitária presente encarnação de Deus, Jesus.

Valores e virtudesTalentos e estado de vida

A cultura e família do casamento, presente contrariam ao papel da formação de família porque faz necessários para antecipar a formação da personalidade humana. Por si, e bens destes valores e virtudes entre M+H, principalmente católicos e em juventude urgem pressas de formação e espiritualidade, faces da desagregação e fragmentação de família, bases. Uma forte presença de idolatria humana, em lugar de Deus, um perigo, e dadas desilusões á pessoas, falíveis de erros. Portanto faz -se entender que os frutos do espírito fazem leitura simples com  conceitos e virtudes de dons : O amor é gratuito, é dom, não é apossado nem exigido, é consagrado, espontaneamente ao outro(a), e livre, nas bases centrais: Fé, esperança e caridade.   Em EE a instrução e ensino: “Tudo é permitido”! mas nem tudo convém “. Tudo é permitido, mas nem tudo edifica… (Co 10,23).

Neste entronizante temático, e contextos que conscientes da problemática que sobrevêm a desagregação de famílias e banalização da sexualidade mútua, e matrimônio, que apenas iniciamos abordagem, que merece mais conhecimentos para aprendizagem aos aspectos centrais, que mesmo enquanto mulher de Vida Cristã – Comunidade, e formadora. A formação a  jovens, para vocação e estado de vida no matrimônio, eclodem apelos de emergentes pedidos de Helps, para orientações, que requer mais organização a nível de Igreja  e clero planejar, e discernir vias de exortação aos sacramentos e pastorais de forma a ser força maior e motriz, pois o papa Francisco em 2018,  Sínodo das famílias – Irlanda do Norte – País de Gales, abordou questões desnorteadoras de famílias e acolheu – os casais perseverantes jovens e maduros. Uma das exortações: ‘’ Casais, cristãos, não podem depois de calores de desentendimentos, ficar sem uma aproximação de desculpas e pedidos de perdão, antes de dormir. Se assim acontecem, forte condutor futuro de separação, perdoe – se e desculpes.”      Apenas vivenciamos experiências de pessoas, e não pessoais, que acompanhamentos e aconselhamos sem experiências, assistimos famílias na polêmica de desalentos, mulheres e homens. Aqui chamamos atenção de pastorais ao sacramento de matrimônio, e casais de 2ª união, que esta questão Cristã, urge discernimentos e    planejamentos a nível:  Eclesial, clerical, Vicariatos e paróquias e suas Dioceses. Que a política em instituição de família e estudos acompanhamentos teológicos, sobretudo orações pedem licenças, principalmente Campanhas fraternas e Conselho de paz e justiça, CNBB, deem mais ênfases: a) Formação para: Noivos e matrimônio; b) Pastorais de 2ª União e famílias de ambos; c) Novas relações de famílias frente aos civis DH.  Tal qual, campanha e formações sobre o dízimo na Igreja católica, hoje realidade e sistemático marketing e comunicação, enfatizaram pastoral imprescindíveis, assim nossos apelos formais. 

“Orações e súplicas. Orai e vigiai perseverante. Ciente que a graça com Nossa Senhora, em Jesus, o amor perene, aproxima-se no senhorio de Jesus.”

 [Ensaio e colóquio: Vida Cristã e comunidade – Identidade e completude: Sexualidade e amor do Espírito Santos. Jusenildes dos Santos. University Europeia Atlantic – Ibero. Tecnologia da ciência e informação. Teologia e política – FCP. Docência    CTGC –fusca práticas, 22.07.2019.]  

PROJETO PROGRAMÁVEL DE GOVERNO

“E questionar – se? Não Governo utópico e ideológico”?

Governo é para uma gestão dos aspectos e eixos que anelam para um conjunto:  economia, política e social etc. Os apelos Sócio – econômico e político da sociedade brasileira. Em interrogação? Tempo Contemporâneo Séc. XXI – 2019?

Era da Inteligência artificial e do amor sim, somos homens e mulheres. Não somos máquinas e nem robôs ….

Não é ideológico? Vamos   problematizar?

Vai responder para um déficit da sociedade em todas   as áreas e aspectos da sociedade, em todas as mesmas insere todos, ou quase todos, não é ideológico?

Se não for utópico não é ideológico?

Se for ideológico não é utópico?

Querer sair na rua… Andar na rua… Sem perdas por ausências que pensadas e em construção para adentrar por eixos de anelos a vida, por serem intrínsecos aos apelos sociais e políticos econômicos para uma sociedade em aspectos por déficit?  Se os constructos outros ordenados e organizados política e social? Solucionar apelos urgentes em atitudes e ações de desequilíbrios socio – econômicos etc. Isso é ideológico não? É utópico? Os apelos de trabalho oficial e laboral em quaisquer meios de produção, é utópico? É ideológico?

Se os meios de trabalho ou ocupação regular oficial de sustentáculos e remuneração ou troca política pelo formato trabalho – Salário, para insurgir as necessidades de sobrevivência: Alimentar -se; saúde; educação; informação e comunicação; lazer; espiritualidade e comunidade; projetos familiares; investimentos de realização familiares de bem star sustentáveis – Substanciais comunitários. Se for programático e não utópico é ideal (Para uma parte piramidal? uma maioria ou quase todos das camadas do extrato da sociedade construída presente). Para todos, pode esquecer de envolver todos, numa sociedade que contribui com impostos, paga suas despesas e contribui para o crescimento do país. Isso é ideológico? Então vamos fechar os olhos para uma pirâmide X ou Y. E aí…Esbarramos nas violações…Temos constituição vigente e toda ação em suas bases firmes em seus poderes constituídos. E aí não é ideológico?

Uma Nação é parte de uma organização…em anelos de seres de vidas naturalmente…Políticos…Sócio -Econômicos faz parte?

De grupos instituídos e organizacionais reconhecidos civis oficiais, que respondam aos   apelos programáveis da sociedade, não é ideológico?…Está programável tempo X ou Y linhas Gestivas, não é ideológico? É para responder aos interesses Sócio – Econômicos e Políticos…Não é ideológico?

Ideológico quando? Se envolvem para todos, mesmo programável? Se todos colaboram e são todos cidadãos e contribuintes com seus constructos post financeiros de impostos, a serem suplementados em âmbitos de projetos e outros.  Se sim ou não de A em Z ao tempo? Que trabalham? Pela sociedade melhor em transformação. É irreal…Se está em mudanças e em movimento?  Existe um déficit social aberto? E outros aspectos constructos positivos? E aí é ideológico ou utópico?

É utópico? Se sonhador envolver todos que partilham e trabalham e contribuem para a sociedade em constructos e transformações em déficit? É irreal para governo programável?

Ainda não somos máquina, e nem robôs …Somos homens e mulheres…. e os contextos em déficit são porque somos – Amor e humanidade, mesmo e com convívios em anelos com autômatos e Inteligência artificial, e racional sim…  Nossos “calcanhares de Aquiles” – Seres humanos e organizados sócio-políticos, na perspectiva intrínsecas: A cadeia da em ramificações de anelos para uma convergência natural: Ordena; doutrina; Normaliza; Leis e Regular em monitoramentos – Acompanhamentos.

Governo democrático como se caracteriza? E as controvérsias? Governo Anárquico? É naturalmente ordenado? E organizado? Que se lembre que notícia em informação e comunicação de massa de mídia, fez carnal de disseminação ampliou este preâmbulo temático a exemplo: “Grã-Bretanha vai implantar Sistema SUS – Público em suas prerrogativas políticas em saúde médica,  para projeto  em programa terapêutico para tratamento de infanto juvenil de déficit e patologias de doenças – Vícios por celulares e jogos eletrônicos.” 

[Reflexão: Projeto programável de governo: E questiona-se? não governo utópico e ideológico. Jusenildes dos Santos – University Europeia Atlântic – Ibero -Tecnologia da Ciência e Informação Teologia e política – FCP – Docência – CTGC ufsc.01.07.2019]